Log In

Reviews

Review: Grey’s Anatomy – Desire

Pin it

Cean de DesireSérie: Grey’s Anatomy
Episódio: Desire
Temporada:
Número do Episódio: 57
Data de Exibição nos EUA: 26/4/2007
Data de Exibição no Brasil: 2/7/2007
Emissora no Brasil: Sony

Desire tinha tudo para ser um dos melhores episódios da temporada. Tem um grande roteirista e seus primeiros três minutos, onde os personagens estão estudando para o teste, foi uma das melhores coisas dos últimos episódios. A química entre eles é incontestável e quando os internos estão interagindo na mesma cena, muitas vezes costuma gerar o ponto alto do episódio.

As metáforas estão presentes em praticamente todos os episódios. Algumas vezes estão tão bem camufladas que nem percebemos, já outras escancaradas demais colocando a qualidade do episódio em risco. Há algum tempo não falo sobre isso, mais em Desire o roteirista não foi nada sutil ao tentar ligar/mostrar o drama do paciente com o do médico em cena. Da última vez que a série exagerou desse jeito, foi lá atrás no episódio Oh, the Guilt.

Grey’s Anatomy conquistou seus fãs dessa maneira e não mudará tão cedo. Mas daí eu pergunto: será que agüentaremos isso até uma possível sétima, oitava temporada? Eu não! Esse formulismo não é uma coisa que se muda de um dia para o outro, é complicado e leva tempo, mas Shonda Rhimes tem que começar a pensar nisso agora no auge, porque depois que começar a despencar na audiência e a série entrar em crise, pode ser tarde demais.

Mesmo exagerando nas metáforas, o roteiro de Mark Wilding foi sólido. Desire foi um bom episódio porque Wilding foi competente o bastante em não arrastar demais as cenas dramáticas, assim não dando tempo o bastante para o telespectador se entediar com que estava vendo. Exatamente o contrário que Zoanne Clack fez em Oh, the Guilt.

Após vários flertes e muita espera, finalmente Addison e Alex “selaram o acordo”, como disse o paciente na clínica. Acho que ficou visível que o Alex não quis nada sério com ela por causa da Ava. Ameaçada, Addison até perguntou pro Karev se tinha outra “Denny Duquete situation” nas mãos. E ele negou, mas é claro que tem. Eles já avançaram há muito tempo à restrita relação médico-paciente. É perceptível a cada olhar que eles trocam. Sem a Addison no caminho dele, quero ver se esse relacionamento entre os dois engrena. Alias, a expressão “selar o acordo” foi a maneira com que Alex jogou um balde de água fria em Addison – e são características explicitas do roteirista. Há algum tempo atrás disse que o Wilding escreveu o episódio mais masculino da série (Where the Boys Are). Aqui ele não repete isso, mas o roteiro possui expressões genuinamente masculinas deixando sua marca mais uma vez.

A esposa sempre sabe.

Se na primeira parte da temporada tínhamos o triangulo Derek/Meredith/Finn, na segunda temos Callie/George/Izzie, que aparentemente teve um desfecho. Callie em desespero total implora para Izzie “devolver” seu marido, George diz que vai se transferir para o Mercy West e Izzie finalmente percebe que aquela teoria de serem amigos e agirem normalmente era furada. As coisas entre eles progrediram bastante e foi muito positivo eles não terem arrastado essa história até o final de temporada.

Aprenda a se importar ou vou arrumar outra noiva.

O casamento de Yang se aproxima, assim como o exame anual dos internos. Burke está levando esse casamento muito mais a sério que a Cristina. Quem está cuidando de todos os preparativos é apenas ele. Eu nunca tinha visto isso acontecer. Acho que toda mulher gosta de ficar por dentro de todos os preparativos para o grande dia. A dois anos atrás, minha irmã se casou e lembro que ela adorava ficar por conta dos preparativos. Um exemplo na TV é da falecida Friends. Mônica sonhava com esse dia desde pequena e tinha em mãos um mega livro com todos os detalhes de como seria seu casamento. Já em Grey’s Anatomy surge um novo modelo mulher, aquela que não se importa com a maneira com que será realizada e sim que será realizada. Se dependesse de Yang eles só se casavam no cartório, mas foi exigência do Burke a realização da cerimônia na igreja. A personagem de Sandra Oh foge de todos com clichês televisivos e a cada semana constrói um personagem modelo para os que virão.

Meredith:

O que te faz pensar que tem algo errado entre mim e o Derek.

Mark:

Tem sempre algo errado entre vocês dois.

Cean de DesireTodo mundo percebe isso, mas nenhuma atitude é tomada. Disse acima que agüentar mais quatro, cinco temporadas com aquelas metáforas seria difícil, mas mais difícil ainda será engolir esse lenga-lenga entre Derek e Meredith. Restando apenas quatro episódios para a finale, esse desentendimento deles é preocupante. No primeiro ano eles ficaram juntos. No segundo separados. No terceiro juntos. Mas e no quarto? Quinto? Sexto?… No término do episódio fiquei completamente irritado com isso. Shonda Rhimes está esgotando a paciência do telespectador rápido demais e isso não é nada bom. Mas ainda nos restam esperanças e vamos ver como será o desenrolar dessa relação nessa reta final.

Só um lembrete: O diretor do episódio foi o Tom Verica, que também é um conhecido ator. Seu último trabalho na TV foi em The Nine (ele era o marido da personagem da Kim Raver, 24 Horas).

Semana que vem chegou a vez de nós conferirmos a primeira parte do criticado episódio piloto da nova série da Dra. Addison Montgomery, Private Practice.

*

Trilha sonora do episódio:

“The Secrets of Amanda Prines” – The Reddman
“Better Off” – Let’s Go Sailing
“Again and Again” – The Bird and the Bee
“Nausea” – Beck
“How Am I Doing” – Anna Waronker

Séries citadas:

19 Comments

  1. Fernanda

    Eric,

    Concordo em parte com o que você disse, talvez porque comecei a acompanhar a série agora e ainda não enjoei da fórmula, porém concordo plenamente com a questão do Derek e da Meredith, embora eu ache que um relacionamento estável numa série também seria pedante.

    Quanto a Cristina, entendo que ela só está mostrando o novo tipo de mulher que existe hoje no mundo, que não se importa com os preparativos do casamento, porque isso na realidade é mera formalidade o casamento em si é que importa, embora no caso da Cristina creio que não é bem esse o motivo, vejo mais uma mulher indecisa do que uma mulher que não se importa.

    Mas quero lembrar que considerei um ponto alto neste episódio foi a decepção do Mark, quando viu que a Dra. Addison não se esforçou tanto quanto ele, achei a interpretação do ator incrível e o fora na Dra. Addison, depois excepcional.

    Mas creio que isso só serviu pra deixá-lo ainda mais galinha.

    E quanto a Ava, achei incrível também quando ela disse que ficar naquele quarto era mais divertido que novela.

    Falei de mais… Acho que foi porque adorei este episódio. O peixe na uretra do Diretor foi impagável.

  2. Simone Miletic

    Oi Eric,

    O review ficou ótimo, melhor que o episódio.

    Realmente Shonda está testando nossa paciência em relação ao casal principal, mas, pelo menos, a lenga lenga George e Izzie parece estar chegando ao final.

    Quanto a Cristina: não é que ela seja a única mulher do mundo a não querer saber de casamento, ela quer… Mas foge disso pois acha que isso a fragilizaria, última coisa que ela quer que aconteça.

    A cobrança da Cristina com ela mesma é maior do que de qualquer outra pessoa e ela sente que se baixar a guarda um instante ela já não será tão perfeita.

    Minha psicanalista me disse uma vez que não existe diferença entre a criança que só tira 0 na prova e a que tira 10: ambas querem a perfeição. Uma tem medo de não consigui-la e desiste a outra faz qualquer coisa para ser a primeira.

    Mas ambas são, simplesmente, inseguras. E esse é o caso de Cristina, ela não quer se mostrar humana.

    Ops, nem em comentário eu consigo escrever pouco…

    Beijos

    si

  3. Leon

    Não tiro a razão do Burke… Tipo… ele deve respeitar que a cristina não seja essa pessoa fetiva e talz, mas é muito chato você estar todo animado com alguma coisa e a outra pessoa fazendo cara de “tanto faz” pra toda ideia que você dá.

    A decepção de Mark, para mim, foi o ponto alto do episódio. Foi algo que, pelo menos eu, jamais esperei. gostei mesmo !

    Meredith e Derek, eu não tenho o que comentar, já disse tantas vezes antes : que chato !

    Karev tem que decidir o que quer da vida.

    E quanto ao george, quero ver o tempo que essa mentira ainda dura.

  4. Prue**

    Eric…concordo com vc!!!! em partes!!! claro rs**
    O lance da Yang é mais q compreensivel,não vejo nada demais nisso…de nao querer casar na igreja com tudo q envolve isso,ela nao se recusou a casar, só nao queria q fosse tradicional,tanto q ela até falou de irem ao cartorio e tal…acho q o Burke as vezes exagera, ele sabia muito bem como era a Yang qdo eles começaram a namorar,q é competitiva, é fria, é estranha e até acho q ela tentou mudar por ele, ta mais “humana” mas o q sinto é q ele quer q ela seja OUTRA pessoa…e isso nao da certo…ele ta vendo q ela ta estudando e tudo e fica cobrando em relação ao casamento…parece q ele nunca passou por isso…ter q fazer a tal prova…achei meio insensivel da parte dele.Mas mesmo assim adoro o casal.
    Meredith e Derek tambem me cansam,eu sei q tem q ter sempre algo pra apimentar a relação, tem q ter sempre o q comentar pq senão eles ficam apagados,mas separar e juntar eles toda hora fica pessimo..;parece falta de opção…senti exatamente isso qdo assistia a Barrados no Baile, e sempre tinha esse vai e vem do David e da Donna, parecia tapa buraco…nao temos o q contar, vamos fazer eles voltarem e pronto! espero mesmo q não aconteça isso com essa serie..pq tira a graça.e eu AMO o casal Derek e Meredith..pra q eles complicam tanto as coisas????
    Bom…Callie é um caso a parte…nao gosto dela, nao consigo gostar…é algo mais forte q eu hahaha
    Mas fiquei com dó dela, na cena do elevador, pq ela se rebaixou ao limite…tendo q pedir pra outra se afastar…mesmo eu achando q ela deveria ter dito isso ao marido dela,achei a cena interessante, pq ela mostrou fragilidade e q sabe q é menos importante pro George…a reação da Izzie tambem foi boa…nao acharia legal ela ir contar pro George a conversa com a Callie, achei bom ela se afastar…
    Karev…bom ele é um fofo…já se tornou um dos meus personagens favoritos…e cada episodio isso se solidifica…adoro a forma como ele trata a AVA, adoro como ele é cuidadoso com ela,e adorei comod espertou na Addison um interesse incontrolavel hahahaha, só achei sacanagem ela nao ter aberto o jogo com o Mark, até antes da aposta,tudo bem,ele é um sacana,mas até os sacanas merecem uma chance, e ela deveria ter dito q não via futuro p/ os 2!!!masssss o q ele fez tambem valeu a pena e mostrou q ele tem coração rs**
    Voltando a falar rapidamente do Derek…ele me da no saco, pq pra mim essa duvida toda dele é em relação a CHEFIA…por isso ta tentando se afastar de Meredith, ate acho q ele realmente esteja na duvida se ela queria ou não morrer, mas fazer esse aue todo não era necessario…será q é tão dificil dialogar? mas dialogar direito não da forma q ele fez nesse episodio….
    Bom to pronta pra reta final hahahahaha
    Otemo review Eric!

  5. Raphaela

    Quero que Karev tenha um relacionamento com Ava! e assuma o filho dela !

  6. ana

    eu quero que o George pare de ser um bundão e resolva logo o q ele quer da vida pq a Callie por mais chata q seja não merece passar por isso

  7. Mica

    Embora eu adore o possível casal Karev/Ada, eu fico pensando se os caras farão alguém ali ter um relacionamento com alguém de fora, pq, querendo ou não, a Ava vai ter alta um dia e…como manter a personagem na série!? O Denny eles mataram…

    Recuso-me a comentar o restante, já que seria chover no molhado. Mas só para dizer umam coisinha, será mesmo a definição para o problema Izzie/George/Callie? George não vai sair, já que tem contrato para outra temporada…provavelmente quem vai dançar é a Callie. Uma pena, já que eu adoro a personagem e atriz.

  8. Leon

    Mica, não obrigatoriamente alguem terá que sair da série pra resolver o problema … eles podem se divorciar ou algo do tipo. sei lá.

  9. Mica

    Sim, eu sei. Inclusive, este divórcio (acho eu) é inevitável, independente do relacionamento do George com a Izzie. Mas sei lá…tenho um mau pressentimento em relação à Callie. Espero que eu esteja pressentindo errado, já que nunca fui muito boa nessas coisas mesmo.

  10. Paulo Fiaes

    Olha, eu ate hoje não vi Karev olhando pra Ava com segundas intenções, e se for repetir o caso de Denny Duquete, ahh sei nao, vou pegar leve com greys. apesar de ter achado a maior merda que fizram juntando george e Izie, ate q comecei a gostar da ideia dos dois juntos.

  11. Eric Fernandes

    Paulo,
    Seriously?? De cabeça agora, só nesse episódio, tivemos pelo menos três provas disso:
    01. O Alex dizendo que ela não estava sozinha;
    02. No OR, o Alex tranqüilizando a Ava. Até a Addison percebeu nessa parte;
    03. Alex dando o fora na Addison. Isso não é spoiler, mas pra mim ficou claro que foi por causa dela que ele não quis nada com a doutora. E olha que ele sempre teve uma queda pela ruiva.

  12. Eric Fernandes

    Fernanda,
    A indecisão da Yang era clara no inicio do noivado, mas não percebi isso no episódio. Entendi algo do tipo “Eu quero é casar! Se terá bolo de limão ou morango, tanto faz”. Não falei sobre o Mark nesse episódio, pq vou enfatizar isso no review do episódio de hoje. Ele revelará uma coisa importante. Não gosto do ator nem do personagem, mas tenho que reconhecer que foi uma baita cena. Falou demais nada, passe aqui sempre!!

    Simone,
    Sobre a Cristina, não tinha visto por esse angulo. E realmente faz sentido. Mas o que o Leon disse é realmente verdade, e foi isso que quis deixar claro: a indiferença dela perante a tudo. Mas você está certa também.

    Prue,
    Então agora a culpa é do Burke? Nada disso. Tô pasmo com que você disse. Ele só pediu pra ela escolher o bolo do próprio casamento. Que mau a nisso??? Ela fez um drama danado pra pouca coisa. Não custava nada parar ali 5 min e tentar se empenhar mais. O Burke já fez muita coisa errada, mas nessa ele não está.

    Mica,
    Essa é a maior preocupação dos roteiristas. Ano passado li no TV Guide a Shonda dizendo que seria um obstáculo incluir na série um personagem de fora do hospital para se relacionar com um dos médicos, justamente pela falta de foco. Mas vamos ver o que acontece.

  13. camila*

    eu ainda não acho que o envolvimento do alex com a ava seja romântico…talvez eu esteja errada, mas a impressão que eu tenho é que ele a vê como uma irmã…até pq ia ser muita falta de criatividade explorar essa relação médico-paciente de novo, ainda mais depois do sucesso do caso danny duquete da temporada passada.

    eu adoro a addison e gostei do envolvimento dela com o karev, mas eu sempre achei que ele e a izzie eram um ótimo casal…eu acho o george bobalhão demais pra ela, mas eu já estou começando a aceitar melhor esse casal…só espero que arranjem alguém legal pra callie…

    quanto à Yang, eu acho que em parte sua indiferença com o casamento é pq ela não liga muito para essas “frescuras”, mas tb pq ela ainda não está certa de que é isso que ela quer.

    e o casal meredith e derek não tem jeito…só devem ficar juntos no último capítulo da série…a meredith, como toda “mocinha problemática” não pode ser feliz por muito tempo…

    as metáforas de grey’s são praticamente um personagem da série…é um recurso muito explorado e que às vezes enche…mas essa é a essência de grey’s e a shonda deve espremer essa laranja até não poder mais…

  14. camila*

    eu tô assistindo ao capítulo da addison e eu preciso perguntar: o que foi aquela voz do além no elevador??? a série da addison é comédia?

  15. alessandra

    num gostei do epi da addison…tá muito ally mcbeal…não que eu não gostasse da ally, mas a addison era muito mais segura de si mesma em greys, era uma das coisas que eu mais gostava nela…as cenas do elevador foram horríveis.
    a química entre ela e a melhor amiga dela tb foi meio esquisita…
    do private practice, o único personagem q eu gostei foi o tal do cooper. a cena que ele chorou quando encontrou o carro depenado por uma mulher q ele tinha encontrado pela internet, foi a melhor coisa do episódio…

  16. Camilla

    Eu também acho que a relação entre Karev e Ava seja mais “fraternal”… ainda espero ele e a Izzie juntos de novo… hehehe

    Agora, sobre Derek e Meredith… sem comentários…

  17. Prue**

    Eric…como assim???? estamos discordandod emais meu amigo hahaha
    Vamos la…Burke é um idiota…acho q ele quer as coisas do jeito dele, da maneira dele e nao da abertura pra mundanças…a Yang na cama com ele falou q queria casar, mas q por ela era melhor no cartorio, com ele, ela, Meredith e Derek….tudo bem q ela exagerou, mas ele deveria ter feito metade disso…convidar tdo mundo nao não trasnformar o casamento em evento…é disso q to falando…na cena de ontem deles na loja de noivas so veio a me dar mais certeza disso…mas comentamos no proximo Review…
    So acho q como eles são um casal, tudo tem q ser agradavel aos dois…se ele conhece ela,e sabe q ela nao é ligada nisso..nessas frescura, pq não faz um casamento alternativo???sei la, na praia…em qualquer lugar q não seja tradicional…acho q ele força a barra com ela…
    Sim ela poderia ter parado 5 minutos e escolhido o bolo,mas ela não é assim…e ele sabe disso…
    So acho q ele no fundo quer mudar a Yang…e isso não é legal…

  18. Mica

    Eu sempre gostei do Karev com a Izzie…e continuo gostando, apesar de também adorar ele com a Ava. Não acho que será necessariamente uma repetição da história do Denny. É bem verdade que é mais fácil um médico se interessar por outra médica ou enfermeira, mas vez ou outra acontece com pacientes, ainda mais quando o contato é tão íntimo como o do Alex e a Ava. E será ainda mais diferente se os dois conseguirem ficar juntos, o que não deu para a pobre coitada da Izzie (e mais pobre coitado do Denny, que bateu as botas). Imagino que essa união não seria eterna, mas….seria legal ver os dois juntos.
    Já imaginaram se ela recobra a memória e descobre que é…sei lá, enfermeira, médica ou qualquer outra coisa que a colocasse no hospital? (ok, viagem, viagem, hehehe).

    Quanto à Christina, o Burke está pisando na bola. O que ele fez para ela no episódio de ontem foi horrível. Ele a conhece, deveria saber que ela estava falando sério quando disse que não queria um evento, mas algo simples só entre eles. O pessoal mais chegado do hospital e a família mais próxima seria o suficiente. Um vestidinho adequado, um restaurante legal…arranjos simples e delicados…seria perfeito! Mas não, ele quer impor a vontade dele, como se a cerimônia fosse o mais importante e não o ato em si.
    A Cristina já disse inúmeras vezes que não é fã de casamentos, que acha desnecessário, mas pq o ama ela irá passar por isso, pois quer passar a vida ao lado dele e fazê-lo feliz. Será que ele não pode entender um pouco a mulher que tem!?

    Não gostei muito do ritmo de Private Practice. Como todo mundo notou, ficou muito parecido com Ally McBeal (muito embora eu fosse fã de Ally ^_^). Talvez a série até que seja legal, mas já deu para perceber que o enfoque será bem diferente de Grey’s Anatomy.

    E mais uma vez fiquei sensibilizada com o McSteamy. Só espero que ele coloque um pouco de juízo nessa cabeça em algum ponto da história (se o Alex está tendo, pq não ele!?) e também ganhe roteiros mais complexos e desenvolvidos.

    A melhor amiga da Addison continuará no seriado? Qual a atriz que não continuou?

  19. Barbara

    Rapaz, seu review está ótimo mas em resumo, só tenho uma cousa a dizer: Grey’s anatomy já tá cansando…

    Sério mesmo. Antes ficava na maior expectativa pra segunda assistir e… e que assisti a reprise no domingo à noite e na terça à tarde. Ah, nem… é um tal círculo vicioso..

    Lembra que eu me perguntava o que o George tave fazendo lá? Pois é. Agora mais ainda, com aquela cara de cachorro perdido pra Izzie.

    Ah, nem… Mer e Dereck? Ah, nem… Karev e Ava? Já basta um Denny Duquette…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account