Log In

Reviews

Review: Grey´s Anatomy – Wishin’ and Hopin’

Pin it

Cena de Wishin' and Hopin'
Série: Grey’s Anatomy
Episódio: Wishin’ and Hopin’
Temporada:
Número do Episódio: 50
Data de Exibição nos EUA: 1/2/2007
Data de Exibição no Brasil: 7/5/2007
Emissora no Brasil: Sony

Alguém sabe o que os episódios Tell Me Sweet Little Lies, Deterioration of the Fight or Flight Response (14º e 26º episódio da segunda temporada) e Wishin’ and Hopin’, tem em comum? Sabem? Não? Então eu respondo! Todos estes excelentes episódios foram escritos pela dupla dinâmica Joan Rater e Tony Phelan. Os dois são casados e escrevem juntos desde 2002. Fizeram alguns trabalhos pequenos antes de entrar para o time de roteiristas de Grey’s, mas foi aqui que ganharam destaque.

A dupla é de total confiança de Shonda Rhimes, tanto que escreveram um episódio da season finale tripla da temporada passada e foram eles os encarregados do roteiro do episódio final desta terceira temporada chamado, Didn’t We Almost Have It All, que será exibido no dia 17 de maio nos EUA. Definitivamente, não é pra qualquer um. Neste episódio, eles fazem um trabalho maravilhoso. Excelentes momentos dramáticos misturados com memoráveis momentos cômicos fazem com que Wishin’ and Hopin’, entre para a lista dos melhores da temporada.

Dude, she’s Callie O’Malley!

Sim! Calliope Iphegenia Torres (My God!!) agora é uma O’Malley. Gente, será que esse casamento durará? Ambos agiram no impulso e não pensaram no que estavam fazendo. Muitos pensaram que a Callie não aceitaria. Ela é apaixonada pelo rapaz e nem pensou duas vezes, pois uma atitude de homem assim vinda do George é muito rara. Ela então fez questão de se casar o mais rápido possível, antes que o bambi se arrependesse. Realmente funciona na teoria, mas na prática… Já em seu primeiro dia de casados, as coisas ficaram bem abaladas. Precisou até de metáfora pra ele tomar atitude. Agora, ele falando que o casamento deles estava amaldiçoado foi impagável. Assim como nos minutos iniciais, quando eles anunciaram que estavam casados. A reação dos outros não poderia ser mais hilária. Mais engraçado ainda foi a Izzie falando do tamanho do diamante para Callie! Um dos melhores inícios de episódio de toda a série.

A decisão de Cristina foi a mais sensata possível. Não se deixou abalar emocionalmente pelo pedido de Burke e pediu um tempo para pensar. Assim como naquele momento de tensão com a Ellis Grey, ela se manteve focada e fez um grande trabalho. A Cristina não faz absolutamente nada sem antes pensar em todas as possibilidades. Ela é fria e calculista. Essa sua personalidade diferenciada a acompanha desde o inicio da série. Dificilmente a vemos tomando alguma atitude baseada no seu emocional. Eu acredito em casamento para a vida toda e uma decisão como essa tem que ser tomada com bastante cuidado. Mesmo sendo pouco pressionada por Burke, deu pra perceber no fim do episódio que o sentimento deles é recíproco, aparentemente o contrário de Callie e George.

Ellen Pompeo e Kate Burton ofuscaram a todos nesse episódio. A Pompeo é alvo de muitas críticas pelo seu trabalho, mas nesse episódio ela surpreendeu. Será que quando ela recebeu o script e viu que precisaria alcançar um nível emocional superior ao que ela possuiu, ela fez algumas aulinhas de interpretação? Parecia uma outra atriz em cena. Sua interpretação foi algo que chamou a atenção e seu nome deu um salto nas especulações ao Emmy. Não será nenhuma surpresa se ela aparecer entre os indicados deste ano. Mas mesmo assim, não acho que ela conseguirá. Posso contar nos dedos os episódios que ele mostrou algo mais além daquela interpretação fajuta ao longo da temporada passada. Mas como o Emmy é uma caixinha de surpresas, tudo pode acontecer.

Cena de Wishin' and Hopin'Não foi só neste episódio que Kate Burton mostrou ser uma excepcional atriz. Lembram do ótimo Make Me Lose Control aonde ela chega ao SHG aos gritos e mais tarde confunde o George com o pai da Meredith? Ela brilhou neste episódio da segunda temporada. Aqui, após sofrer um pequeno ataque no coração, ela é levada ao hospital e para o espanto de todos, está completamente lúcida. Para portadores do Alzheimer isso é algo muito raro de se acontecer. Todas as cenas entre Ellis/Yang foram importantes para Cristina traçar o rumo na sua vida. Em especial aquela que Yang pergunta para Ellis se poderia ter uma vida pessoal sem afetar sua carreira. Foi espetacular. Ela percebeu que não é uma regra todos os médicos (semelhante a elas) ter sua vida pessoal danificada, mas sim o caminho que cada um escolhe.

Um dos meus grandes medos é que a Bailey fique focada mais na clínica e deixe de lado o que ela faz de melhor: cirurgias. Sinceramente, não sei o que eles pensaram quando decidiram abrir essa clínica. Já acontece coisa demais na série e esse novo lugar atrapalhar no desenvolvimento do roteiro. Parece que eu estava adivinhando que a primeira paciente da clínica mexeria emocionalmente com Bailey. Miranda está se mostrando uma ótima parceira de Izzie no quesito envolvimento. O que antes ela não achava certo, hoje ela não consegue deixar de lado. Para essa clínica funcionar, só o bom e velho atendimento médico não fará diferença. Além de médicos, eles terão que assumir o papel de pai ou mãe, amigo ou amiga, para tentar fazer a diferença. Digo isso pelo que vimos no episódio.

E mesmo a Kate Walsh (ah, Private Practice…) aparecendo pouco, ela esteve muito bem. Parece que depois de tomar um belo toco do Karev, seus desejos pelo rapaz aumentaram drasticamente. Quando ele passa na frente dela e faz uma cara de safado, faz a doutora ficar maluquinha. Mas o auge mesmo foi quando ela estava transando com Mark e diz que definitivamente não estava pensando nele. Muito bom.

Semana que vem, no primeiro de três episódios, um trágico evento mudará a vida de muitos.

***

Músicas tocadas neste episódio:

“Runaway featuring Psapp” – Sybarite
“Elevator Music” – Beck
“Barracuda Miho” – Hatori
“Canal Song” – Iain Archer
“Believer”- Susanna & The Magical Orchestra
“Fireworks” – The Whitest Boy Alive

Séries citadas:

15 Comments

  1. Maikon Rafael

    Eric, ótimo texto. Como eu gostei desse episódio!!!! Sério. Um dos melhores da temporada.

    Realmente, foi um dos melhores inicios de episódios ever da série. As risadinhas da Yang e Karev e, a cara do pessoal foram hilárias!

    Agora, em relação a Meredith, ela esteve muito bem. Mas melhor ainda esteve a Kate Burton que deixou a Pompeo comendo poeira. Que atriz maravilhosa!! Grey’s tem muita sorte de tê-la no seu cast. Ela tem alguma chance de ganahr uma indicação no Emmy?
    O Casamento do George e da Callie foi algo sem noção. Nem sei o que pensar direito. Completamente imatura essa decisão. Só quero ver como que os dois lidarão com isso. Ea Addison falando isso no fim foi hilário! huauhauhuha

    Vi o promo do próximo episódio no youtube e que diabos é aquilo? Nossa, muito ancioso! Parece ser fodão esse episódio Walk on Water. E estarei ancioso pelo review.

  2. Raphaela

    Bom episódio !!!!!!!!!! O George mudou mesmo né , está mais determinado , tadinha da Izie e suas esperanças na Free Clinic , tomara que emplaque rsrsrs, Grey vai de momentos chatinhos a fantásticos !!!!!!!!!!!!

  3. Barbara

    Olá, Eric! Muito mas muito bom seu texto.

    Normalmente esqueço a metade do que aconteceu… mas agora que achei o teleseries, não tem perigo de isto acontecer. =)

    Simplesmente maaaaaravilhoso este episódio. Sequer acreditei que a Pompeo era mesmo a Pompeo atuando com a Kate Burton. E essa Kate Burton, hein? Fantástica!!!

    E George and Callie. Nem precisamos nos esforçar muito pra saber onde vai parar… Na hora que o George avisou que tinham casado, ele já fez uma cara de “putz, onde fui amarrar meu burro…”

    Cristina é Cristina. Ela com a Kate Burton tb… Ah, vou parar por aqui. Ótimo episódio!!!

    Ah, faltou a conversa da Ellis com o McDreamy. Gostei muuuito. Mesmo achando que o casalzin Mer-McDreamy é bonitinho, o McDreamy precisava de uma balançada (se não, como seriam os próximos episódios, né?) =)

    Abraços!

  4. Simone Miletic

    Eu adoro a Cristina e o Burton!

    A adorei a cara da Addison quando o Karev passa… Bem como a cumplicidade Addison e Callie.

    Também não sei onde essa clínica vai dar…

    Ótimo texto Eric!

  5. Marcos Almeida

    Já que o povo adora fazer isso aqui, ai vai:

    Ellen Pompeo no Emmy 3!!!!!!

  6. Luiz

    Episódio fantástico!
    E mais um que ficou impressionado com a atuação da Pompeo.

  7. Thais Afonso

    Pois é, Simone. Eu também amo essa amizade que surgiu entre a Callie e a Addison. Perder as duas vai ser sofrível. Como eu já tinha falado Eric, a Pompeo está sim acima de sua média, mas a Burton a engoliu com facilidade. Mas ela merece a menção por ter conseguido melhorar tanto.

  8. Tatiana

    Ótimo Episodio!!!!!!!O Karev ficou parecendo um “Bombom” que todas gostariam de degustar…….rsrsrsrsr………………fiquei curiosa para ver segunda…….

  9. Prue**

    Adoreiiii esse episodio….é um dos meus favoritos, já q apareceu a mãe da Meredith..sempre q ela aparece,rolam boas historias!!!! Pompeo arrasou….ela realmente deu um show!!! senti na alma a tristeza dela ao ouvir tudo aquilo da mãe…e qdo ela vai falar com a mae e descobre q ela ja voltou ao estado “normal” nossa q arrepio…ela enche os olhos de lagrimas…triste pacas!!!
    Yang e Burke é um casal pra la de especial hahah adoro os dois e toda a sua complexidade,apesar de achar q exageram na dose de loucura, combinam e muito..o final com eles comemorando o SIm foi muito legal…George me cansa as vezes, ele é tão imaturo q da vontade de puxar a orelha dele,parece q ele encontra os caminhos mais faceis pra não ter q enfrentar as dificuldades,essa ideia de casar foi a pior de todos os tempos…fala serio!!!
    Callie (sim Eric ainda nao gostod ela hahahaha) e Addison??? não sei…como já disse é por conveniencia isso,elas são excluidas da panelinha e acabaram se unindo..claro q tambem teve o fato delas terem ido pra cama com o Mark e tal, ams nao sinto AMIZADE…nunca rolou nada fora do hospital…nada q fizesse com q essa amizade fosse mais verdadeira..sinto q elas são a valvula de escape uma da outra…se encontram despejam os problems e tchau!!! nao gosto da Callie e acho q a Addison merecia uma AMIGA mesmo….
    Karev ta cada vez melhor…nao me canso de falar isso…se teve um personagem q mudou totalmente foi ele…e pra melhor!!
    A free clinic foi uma ótema ideia, pois a minha queria Izzie pode investir a grana do Denny (PAULOOOO SEM COCEIRA HEIN? HAHAHAHAH)em algo bom como ela queria…acho q vai rolar sim…tem q rolar, afinal foi a Miranda q pensou em tudo!!!
    Meredith e Derek…ai ai ai….complicado…amo esse casal,mas as vezes eles cansam…mais o Derek, as vezes eles complicam coisas q não tem pq complicar…mas é a vida…todos temos esse defeito…
    agora a cena q mais me emocionou, foi ver a SRA.Grey e o chefe…ver o qto ela amava ele, e ele amava ela claro…mas ver q eles tinham planos e q podiam muito bem estar juntos e felizes…ou terem passado muitos bons momentos juntos…percebi q era um amor incondicional por parte dela, q ela tava disposta a tudo por ele, e nisso vi o qto a Meredith é parecida com ela…ADOREI!!!!!
    No proximo episodio tudo começa a mudar… ai ai ai…..
    Eric…mais uma vez review PERFEITO!!! :0)

  10. Eric Fernandes

    Olá Barbara, Obrigado!

    Nem me fale nessa balançada deles! hahahaha. Eles estão tão bem juntos, deixam eles quietos lá. hahaha. Tô cansado desses problemas deles.

    Prue, voltou! haha
    Não fala isso da Callie, poxa. Você disse que a Addison tem que encontrar uma AMIGA, mas quem poderia ser então? Acho que as duas combinam sim. Ambas são excluidas mesmo, mas elas nunca quiseram ficar dentro da panela. A cena do Chief e da Elis foi muito boa mesmo.

    Depois de ver o 3×24 de Grey’s…

    Ellen Pompeo no Emmy!!!

  11. Paulo Fiaes

    otima review Eric, e foi um otimo episodio. eu tava assistindo o ep. e me perguntando ‘porque falam tanto que Pompeo brilhou nesse episódio?’ e ai quando ela desabafa com a mãe dizendo que não vai matá-la, os lábios dela faziam uns gestos e eu fiquei perplexo, foi um momento perfeito. acredito quea Ellen Pompeo seja indicada. esse ano o emmy vai pegar fogo.

  12. Eric Fernandes

    Paulo,
    =)

    Realmente a Pompeo se destacou, mas como disse, a Burton esmagou a coitada. Excelente atriz! Se a Pompeo for indicada muita gente vai reclamar e com razão. Tem tanta gte melhor que ela por ai……hahahahaha. Mas enfim, eu tô na dúvida em relação a indicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account