Log In

Reviews

Review: Grey´s Anatomy – Kung Fu Fighting

Pin it

Grey´s Anatomy - Kung Fu Fighting
Série: Grey’s Anatomy
Episódio: Kung Fu Fighting
Temporada:
Número do Episódio: 63 (4×06)
Data de Exibição nos EUA: 8/11/2007
Data de Exibição no Brasil: 17/3/2008
Emissora no Brasil: Sony

Recebi do Eric a difícil missão de fazer o review deste episódio de Grey’s Anatomy antes do retorno dele ao posto. Mas a escolha dele foi justificada: Grey’s voltou a ser o seriado que eu sempre adorei, e ainda tem coisa boa e nova acontecendo. Izzie e George? Bem, a gente finge que não viu e fica tudo bem. George sem Izzie foi até divertido.

Mesmo tendo se libertado das cinzas da mãe, Meredith ainda acredita que algo está errado em sua vida, eu diria em sua cabeça, mas ninguém menos indicado para psiquiatria do que a dupla Meredith e Cristina. As duas amigas podem ser muito diferentes, mas semelhantes em um ponto muito importante: elas encaram o mundo a sua maneira e só acham certo o que lhes parece certo, ponto.

Erica Hahn chegou com tudo em seu primeiro dia de trabalho e, acredito, vai nos render ótimos momentos. Ela é do tipo que perde o amigo, mas não perde a piada. E acabou ficando com dois dos melhores momentos do episódio: quando pergunta para Derek e Sloan se os dois são um casal (“Are you two… a couple?”) e quando ela confronta Richard, quando apelida Derek e Sloan de Bonito e Bonitão (Pretty and Prettier).

Erica chega sendo um vento novo no cenário do hospital e marca essa retomada, onde algumas coisas das quais os fãs vinham sentindo falta (ou era só eu?), como o humor mais leve, as tensões relacionadas às manias tão particulares de cada um de seus personagens, alguma coisa mudando em Meredith em relação a Derek, Izzie voltando a ser mais do que uma boba apaixonada.

Até Lexie nos surpreendeu! De bobinha nossa amiga Grey não tem nada e ela termina a noite com Alex na casa da irmã.. Ohoh, será que a aproximação das duas vai retroceder depois dessa? Mas a principal questão relacionada ao fato: Alex já se desencantou de Ava? Vamos ter mais um coração partido pelo bad boy do grupo?

Voltando ao principal, Meredith acaba por se identificar com um dos principais pacientes da noite, um rapaz cujo pára-quedas não abriu, que caiu de mais de 3000 metros e não sofreu nada além de um apêndice suturado. E que é apaixonado por sua treinadora, mas não tem coragem de falar. Meredith compara a experiência dele, de ter sobrevivido, com o momento dela após ter quase morrido afogada.

Confesso, no começo gostei dessa comparação, que foi o que acabou detonando vários sentimentos em Meredith com relação a ela e Derek, mas algo ali também me incomodou, não sei bem o quê.

E a briga entre Izzie e Christina? Ela esquentou – e Izzie nem saiba ainda que a amiga deu abrigo para Callie. Eu achava que a entrada de Hahn ia complicar a vida de Christina e deixar a história mais interessante, mas o que realmente está tendo esse efeito é a briga das duas. Ainda mais com Izzie resolvendo que agora também que se especializar em cardio.

Interessante também ver a diferença entre as duas: Cristina se preocupa, como médica, a saber tudo sobre a cirurgia, já Izzie se preocupa em saber tudo sobre o paciente. E, no caso em questão, uma cirurgia de coração com o paciente acordado, foi uma vantagem tem Izzie na cirurgia ao invés de Cristina. Só devemos lembrar que isso não transforma nenhuma das duas em uma médica pior.

E a avaliação do paciente, ao identificar cada uma das pessoas no observatório como um pássaro, foi extremamente perspicaz, vocês não acham? Principalmente no caso de Richard e Derek.

Grey´s Anatomy - Kung Fu Fighting Até George não me pareceu tão chato. Vamos falar a verdade: ele segurando o vestido de noiva o dia a todo, estando sujeito aos comentários mais variados, foi divertidíssimo. Talvez também pelo fato de eu andar tão irritada com ele, adorei vê-lo sendo torturado.

E, começando a amarrar umas linhas soltas pelo caminho, os roteiristas colocam Callie seguindo em frente, depois do ótimo desabafo com a loira fútil que perdeu o prêmio do vestido, ela deixa a história com George para trás e, talvez, tenha uma recaída com Sloan.

O episódio se encerra com uma noite de cavalheiros, com Hahn entre eles, jogando Banco Imobiliário. Hummm… Esse momento entre os “chefes” foi interessante. Espero que se repita.

A Simone está substituindo interinamente o colunista Eric Fernandes.

Séries citadas:

9 Comments

  1. Mica

    Eu particularmente gostei muito desse episódio e acho que a Hahn veio trazer um q a mais à série. Todos os momentos com ela foram muito bons.
    Eu não suporto Izzie/George, mas quando os dois estão focados em outras coisas que não no relacionamento patético dos dois a coisa anda. Agora, ninguém merece aquela cena da Izzie chorando na cama. Foi a única cena realmente sem graça do episódio.
    E aquelas duas loucas com o vestido de noiva? Senhor! Cada vez que vejo uma pessoa chegando a tal ponto para conseguir o que deseja eu percebo o quanto levo uma vidinha sem objetivos…

    Para finalizar, também achei interessante os ‘chefes’ jogando banco imobiliário. Não gostei muito do discurso que acabou levando a Hahn para o meio (tolo e sem sentido na minha opinião), mas gostei do resultado.
    E é bom ver Derek e Sloan juntos. Sozinhos e desamparados, é bom vê-los reatando a amizade.
    Quanto ao Alex, a minha grande dúvida é pq a Ava se mandou da outra vez? Ela queria que ele tivesse feito o que naquela situação!?

  2. Tatiana

    E aeeeeeeeeeee Si, ótimo review!!!!!!Adorei este episodio tbém,o fora da cristina foi tudo, foi bom ela está em seu lugar e melhor ainda se mexeu correu atrás das informações e ficou de fora da cirurgia, ela não está mais no topo….rsrsrsr;
    Não sei se sou só eu…..masi a Torres está cada dia mais chata(tudo bem ela passou por traição e tal….)mais precisa “quase” destruir a carreira dela??Izzie/George nem se fala né…….já deu o que não tinha que dá………Alex, foi sincero pelo menos com a Lexie….avisou que é um “canalha” e pronto e mesmo assim ela foi até o fim……azar ou sorte dela sei lá……rsrsrsrsrsr :)

  3. Leonardo Toma

    Excelente review!

    Hahn foi uma ótima aquisição para a série. “Um novo ar” era o que o hospital realmente precisava. Também gostei de ver o George ser torturado. Essa história dele com a Izzie me dá uns revertérios na barriga…

  4. sandra

    Gostei muito do episódio, só não dá para “engolir” a paixão Izzie/George, não tem
    química, é completamente sem sentido, pelo menos eu vejo assim. E o grande e desesperado amor que morreu tão tragicamente? Esqueceu? Eu sei que para esquecer um amor, nada melhor que outro, só que o George?… Estou falando como mulher e como alguém que adora seriados. Na vida real até pode acontecer de amar um amigo, mas a atração já acontece no primeiro olhar, não existe essa de se apaixonar “derepente” por alquem que já conhecemos, a coisa vem aos poucos. Claro que posso estar errada, mas é assim que penso e acredito que os roteiristas deveriam ter explorado melhor essa paixão emergente.

  5. Samara

    Sinceramente não sei qual o real problema de George e Izzie juntos. Caros tele-mániacos por séries na ficção tudo pode acontecer. O autor deve ter liberdade para enveredar por caminhos desconhecidos e inusitados. Afinal de contas por mais “absurdo” que seja, é quase (não irei generalizar)impossível um casal como Izzie e George se formar na vida real. Ela uma mulher linda e ele um nerd sensível. Portanto, tele-mániacos, isso é apenas um conselho, deixem a trama de Grey’s Anatomy rolar.

  6. Samara

    Sinceramente não sei qual o real problema de George e Izzie juntos. Caros tele-mániacos por séries, na ficção tudo pode acontecer. O autor deve ter liberdade para enveredar por caminhos desconhecidos e inusitados. Afinal de contas por mais “absurdo” que seja, é quase (não irei generalizar)impossível um casal como Izzie e George se formar na vida real. Ela uma mulher linda e ele um nerd sensível. Portanto, tele-mániacos, isso é apenas um conselho, deixem a trama de Grey’s Anatomy rolar.

  7. Pingback: Para vocês não dizerem que eu não faço nada « Só Seriados de TV

  8. Mayara

    Adorei a chegada de Hahn! Estava preocupada se iria continuar tão encatada com a série nessa temporada já que Addison deixa o show e pq na terceira temporada com tanta tensão com Burke e tal eu sentia falta da Cristina engraçada e competitiva. Sei que ela nunca mudou, mas ela na terceira temporada ela não teve momentos mais leves como antes.

    Então Brooke chega com Hahn e ela é uma personagem que você tem que amar, pq tem personalidade, é brilhante, e com certeza vai enlouquecer a Cristina.
    Fiquei muito feliz por ela ter entrado, escolha muito feliz.

    Gostei do resto do episódio, e já nem me incomodo com o lance da Izzie e George. Só é uma pena que Callie tenha sofrido tanto, passei a gostar da personagem.

    E ah, Bailey é maravilhosa! Chandra é a melhor coisa da série, Bailey é a que sempre está bem, sempre sabe o que fazer e mesmo quando é mostrada suas fraquezas é impossível não adora-la.

    Ótimo review.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account