Log In

Reviews

Review: Gossip Girl – Rufus Getting Married.

Pin it

Gossip Girl - Rufus Getting Married.

Série: Gossip Girl
Episódio: Rufus Getting Married.
Temporada:
Número do Episódio: 48 (3×05)
Data de Exibição nos EUA: 12/10/2009
Data de Exibição no Brasil: 22/11/2009
Emissora no Brasil: Warner

Acredito que eu sempre aprendo algo diferente em cada série que assisto e acabo levando para minha vida. E com Gossip Girl não seria diferente, por mais que afirmem que a série é fútil. Mas vamos ao episódio.

Rufus Getting Married teve o casamento da Lily e do Rufus, como o nome do episódio já diz, e eles acabaram descobrindo que o Scott é o filho deles. Acho que se pode dizer que foi um episódio que encerrou alguns plots pendentes e abriu espaço para novos. Não foi um episódio perfeito, mas foi bom, principalmente para ser o tema da minha última review sobre Gossip Girl.

Como toda série, GG teve seus bons e maus momentos e eu acompanhei todos eles, sempre ansiosa para ver o que acontecia e por isso, comecei a ler os livros e li 11 deles. Adorei ver como cada personagem amadureceu na série e mudou desde a primeira temporada, como o Chuck, que hoje é meus personagem preferido, só perdendo para a Blair – às vezes. Aliás, quem imaginaria que os dois ficariam juntos e seriam tão perfeitos um para o outro?

E o casamento da Lily e do Rufus? Foi realmente lindo e eu ainda não acredito que demorou tanto para acontecer. Porém, ele aconteceu no momento certo e depois que eles souberam que o Scott é o filho deles. Poderia ter sido melhor se outra pessoa tivesse contado isso e não a Georgina, que chantageou a Vanessa, mandando-a separar o Dan e a Olivia. Nem preciso dizer que a cena em que ela tenta convencer o Dan de que a Olivia está com o Orlando Bloom foi hilária, certo? Assim como quando ele acha que a Vanessa está gostando dele.

Gossip Girl - Rufus Getting Married.

O que me surpreendeu nesse episódio foi que a Bree estava usando o Nate para chegar ao Carter e se vingar dele, após ele ter desaparecido na hora do casamento com a prima dela. Também me surpreendeu o fato do Carter ter mudado mesmo, contando tudo que fez para a Serena ao invés de ter fugido com a passagem que o Chuck deu para ele. É realmente uma pena que as coisas não tenham dado certo entre eles, pois estava gostando do casal.

A Jenny e o Eric não tiveram tanta importância nesse episódio, mas vale destacar a amizade dos dois na série, com exceção dos momentos rebeldes dela, quando ela só queria ser rainha. Agora, ela conseguiu e parece que está cumprindo bem o papel, ao menos por enquanto. Para não dizerem que não falei da Serena, gostei dela organizando o casamento da mãe junto com a Blair. Até me esqueci um pouco de todos os momentos irritantes dela.

Talvez eu não tenha dito tudo sobre esse episódio, pois eu quis mostrar um pouco da história da série e as principais mudanças que aconteceram. Essa é a minha última review de Gossip Girl, infelizmente, por falta de tempo. Por isso, gostaria de agradecer a todos que leram minhas reviews e a todos que comentaram sempre ou apenas uma vez. Muito obrigada mesmo. XOXO

Séries citadas:

5 Comments

  1. Paulo Serpa Antunes

    Duda,
    Preciso dizer que foram as tuas reviews (fazendo muitos paralelos com os livros) que me fizeram primeiro suportar e logo na sequencia aprender a me divertir com Gossip Girl. Tuas colaborações no TeleSéries já estão deixando saudades!

  2. Thais Afonso

    Duda, vou sentir sua falta. E realmente, ótimo episódio de despedida. Não foi dos melhores de GG, mas ele tem aquele tom de fechamento. Principalmente por causa do casamento. Aliás, fiquei tão feliz com o casamento e com a Lily toda fofa, que até ignorei todos os defeitos do epi.

  3. Bianca Cavani

    Maria Eduarda,
    Também gostei muito das suas reviews e mando um abração de despedida.
    Gossip Girl é uma série na qual se pode ver os costumes, as modinhas, o viver despreocupado dos endinheirados – sobretudo os jovens – do país mais rico do mundo: é claro que não iriam abordar a fome na África e coisas assim. Então eu, que não esperava nem queria nada diferente – em GG, bem entendido – curto bastante suas situações ligeiras, divertidas, e de resto toda a superficialidade inseparável de uma série desse gênero. Só não gosto quando fica parecendo novela, tipo o Chuck vai à casa da Blair para, finalmente, dizer que a ama, mas vê no chão a jaqueta de um homem, e vai embora sem dizer nada. Ou o Scott fica fazendo onda para contar à Lilly e ao Ruffus que é o filho deles…
    A Serena: ora, ela está meio perdida diante das inúmeras opções, perdida por estar entrando para o mundo dos adultos e não ter ainda definido o que quer desse mundo, por ter passado toda a infância vendo como as relações afetivas são transitórias (pelo exemplo da mãe), etc. Assim, a personagem não me irrita, ao contrário, gosto.
    Bem, é isso. felicidades!

  4. jf

    De fato, eu nunca entendi o que houve com o filho de Lily e Rufus. Nao falaram mais nele, sei lá, muito estranho o_o’

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account