Log In

Reviews

Review: Gossip Girl – Hi, Society!

Pin it

Gossip Girl - Hi, Society!
Série: Gossip Girl
Episódio: Hi, Society!
Temporada:
Número do Episódio: 10
Data de Exibição nos EUA: 5/12/2007
Data de Exibição no Brasil: 6/3/2007
Emissora no Brasil: Warner

Antes de qualquer coisa eu tenho que dizer: Eu AMO a Blair com o Chuck, de verdade. Não que eu ache que eles tenham que casar, ter dois filhos e ser felizes pra sempre, claro que não! Mas eu adorei esse casinho que eles tiveram (ou ainda estão tendo, vai saber). A Blair finalmente conseguiu ser ela mesma com um cara. Perto do Nate, que na cabeça dela é “o garoto perfeito”, ela sente a necessidade de ser perfeita também, mas perto do Chuck, que é tão “bitch” quanto ela, a Blair consegue se ver livre do estereótipo que ela criou pra si mesma. Fora que foi muito legal ver ela toda fria com o Nate enquanto mandava mensagens pro Chuck. Aliás, o Nate é um tanto indeciso, não acham? Primeiro ele está totalmente apaixonado pela Serena, praticamente nem pensa na Blair. Mas é só a garota largar ele que de repente ele “percebe o que perdeu”? Esse é o tipo de clichê que eu odeio na TV!

Mas pelo menos parece que o cara virou homem e resolveu resolver seus problemas no melhor estilo Ryan Atwood. A briga na festa foi um daqueles momentos clássicos do Josh Schwartz. E eu nem preciso dizer que adorei né? Mesmo Carter sendo inocente no que diz respeito a Blair, nós sabemos que ele não é flor que se cheire e se não mereceu o soco por causa da Blair, mereceu por ter armado pra cima do Nate e do Chuck. Fora que todo esse rolo é bem irônico. Primeiro Serena dorme com o namorado da melhor amiga e foge da cidade, e agora Chuck dorme com a ex-namorada do melhor amigo, e adivinha! Foge da cidade! Aliás, por essa eu não esperava… Parece que Chuck realmente teve seu coração partido coitado. Pra onde será que ele foi?

E nesse episódio também fomos apresentados a uma nova personagem: Celia Rose! Eu acho que ela é a “mãe rica opressora” mais bitch que eu já vi na TV. Me fez pensar que a Emily Gilmore era um doce de pessoa! Aquele discurso que ela fez pro Dan foi muito mau. Não foi aquela coisa básica de “você não é bom o suficiente, não acha?”. Aliás foi tão bom que merece até ser citado:

Esse sentimento nunca vai embora. Só fica pior. Você sempre vai usar um garfo de sobremesa pra sua entrada. Você sempre vai se sentir mal vestido, não importa o que você vestir. Nos jantares vai sempre ser como se eles falassem uma língua que parece inglês, e você pensa que fala, mas eles não te ouvem — e você não os entende. Conforme o tempo passar você vai sempre sentir que as pessoas nunca te enxergam e quando elas olham pra você, pensam se você não é um capricho da Serena, um caso de caridade. Até o dia que você perceber que garotas como Serena não terminam com um Dan, elas terminam com os Carters do mundo, e você vai virar apenas uma piada pra ser contada nos coquetéis, sobre a sua juventude boba. Então porque você não desiste e se poupa da dor? Tenho certeza que a Serena vai entender.

Mas ainda melhor do que o discurso de Serena foi a resposta de Dan. Acho que CeCe não esperava por essa! Tudo bem que depois a Serena fez o favor de estragar tudo, não acreditando nele. Tudo bem, era a vó dela, mas essas pessoas das séries nunca assistem TV? Ela tinha que no mínimo confrontar a avó antes de presumir que o Dan tinha inventado aquilo. Até porque não fazia muito sentido ele inventar tudo aquilo, e nem condiz com a personalidade dele. Mas uma coisa que me deixou feliz foi o Dan ter simplesmente contado tudo pra Serena. Não é o que acontece normalmente, o que sempre acaba piorando as coisas. Honestidade é a melhor escolha, na maioria dos casos.

E falando em honestidade, nós descobrimos que Lily não foi muito honesta no passado. Isso não me surpreendeu nem um pouco, mas a reação do Ruffus sim. Deixou bem claro que ele ainda tem muitos sentimentos por ela, apesar de estar tentando consertar seu casamento. O que eu acho ótimo, porque eu simplesmente não consigo suportar Allison Humphrey. Carisma zero! A mulher é sem graça até a raiz do cabelo! Mas pelo menos ela serviu pra alguma coisa nesse episódio. Jenny é uma garota que está sempre no limite, entre “fazer alguma coisa meio duvidosa pra fazer parte da elite” e “virar uma bitch completa”. Ela precisa de alguém pra lembrá-la que apesar desse mundo parecer maravilhoso, ele não é perfeito. Ela tem que avaliar as suas prioridades.

E sou só eu que acho ou a Lily está mesmo tomando jeito? Eu não estava esperando que ela fosse atrás de Dan e deixasse bem claro que aprova o romance dele com a filha. A cena foi muito bem feita, fofa. Me fez pensar que a Lily está meio que se redimindo pelos erros do passado dela através de Serena. Eu só espero que ela vá além e não “faça as pazes” apenas com o Humphrey filho. Não vejo a hora dela e Ruffus finalmente ficarem juntos. Acho que Cece não vai gostar nada de saber que os dois estão se reaproximando.

Gossip Girl - Hi, Society!E falando em passado… Vocês perceberam que o Carter soltou algo sobre em uma noite em um barco com Serena? Pra mim isso indica que os roteiristas vão mostrar um pouco desse passado fora do país em algum dos episódios que vêm por aí. Devemos ter algo da Vanessa também, já que a garota aparentemente desapareceu. Eu fiquei até bem feliz, já que fizeram a Vanessa uma chata na série, mas desaparecer do nada também é estranho. E falando em mistério: CeCe está ou não doente? Ela disse que não, mas se isso é verdade porque ela tem tantos remédios com ela? Um mistério a ser descoberto nos próximos episódios!

Séries citadas:

Estudante de design, é fã de Gilmore Girls, Firefly, Battlestar Galactica e Felicity. Atualmente assiste Sons of Anarchy, Friday Night Lights, Mad Men e Glee.

7 Comments

  1. Pingback: O Que Anda Acontecendo nos Blogs da Sociedade! « Sociedade dos Blogs de Séries

  2. Eric Fernandes

    Eu também adoro o Chuck com a Blair. Esse episódio eu achei um dos melhores da temporada, através apenas do próximo que a Warner exibirá.

    E jú, o que você acha daqueles rumores que um personagem da série (e pelo visto da vida real…) é gay? E tem algum palpite?

  3. Vicente

    Eu acho que o personagem gay da série é o irmão da Serena… Estão lembrados daquela tentativa de suicídio sem uma explicação convincente e tão cercada de segredos dos primeiros episódios?
    Bem, esse é o meu palpite.

  4. Julia

    Bem eu tenho tentado não ler spoilers, mas acho que o Eric é um bom palpite sim. Claro que mais obviamente gay ali é o Chuck né. Fora que lá pelo oitavo livro ele realmente vira gay.

    Quanto a vida real, eu li que há rumores de que o Chance Crawford (Nate) é gay, mas sei lá… Nunca achei que ele tinha jeito de gay.

  5. juulia

    gente eh CHACE crawford, nao chance que eh escolha em ingles :B
    HOEAIHOEHIAE’
    eu pensei que voce fosse falar de uma das cenas fiinais: a transa do nate e da blair, eu achei tao liiiiinda *-* que ate chorei :}

  6. minnie

    eu adorei esse episódio… foi a primeira vez q eu realmente gostei de ver a Serena cum o Dan, no final, qnd eles dançam juntos
    Tô adorando esse review!!

  7. Marcela

    Aiiin , eu ameei esse episódio ³
    Foi muito bom ! Eu simplesmente amei quando a Blair falou aquelas coisas pro Chuck e ele chamou pela Blair daquele jeito , parecia tão preocupado com o que ela pensava , eu achei demais !
    Eu também achei muito estranho esse negócio do Nate , mas eu acho que de certa forma a Serena foi mais um ‘capricho’ . Como se ele pensasse ‘nossa , eu estou sendo jogado pra cima da Blair , eu quero algo diferente do que me mandam’ , assim foi atraído pra Serena , sabe ?!
    Ou talvez ele só não quisesse sentir essa sensação de ‘perder a garota’.. Mas eu fico com a primeira opção ^^
    Beem , eu não sei porque mas eu acho as partes de Serena e Dan meio chatas , por mim a série seria 100% Blair o tempo inteiro , uahauhauaha , mas assim , esse episódio foi realmente bom ‘serena-dan’ , teve momentos bem legais :D
    A CeCe me leembra a Blaiir , eu fiico imaginando a Blair desse jeito na idade dela :P
    Mas eu ainda acho a Blair menos bitch !
    E sobre Rufus e Lily , eu sinto que a história deles éah simplesmente demais , mas eu não consigo gostar dos dois juntos ! Eu simplesmente não consigo ! E eu juro que tento :T
    E eu achei simplesmente demais a cena em que a Blair e o Nate tavam se beijando e o Chuck viu !
    A cara que ele fez foi sem-preço ! Eu também me surpreendi muito em saber que o Chuck tem umcoração e mostrar esse lado tão ‘apaixonado’ pela Blair !

    Resumindo : eu achei esse episódio um dos melhores da série !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account