Log In

Reviews

Review: Gossip Girl – Bonfire of the Vanity

Pin it

Gossip Girl - Bonfire of the VanitySérie: Gossip Girl
Episódio: Bonfire of the Vanity
Temporada:
Número do Episódio: 28 (2×10)
Data de Exibição nos EUA: 10/11/2008
Data de Exibição no Brasil: 11/2/2009
Emissora no Brasil: Warner

Existem episódios de Gossip Girl que, assim como de várias outras séries, só valem a pena assistir por causa de uma história, uma cena ou um diálogo. E esse episódio se encaixa perfeitamente em um deles: a de uma cena. Não que o episódio não tenha sido bom, mas eu sinceramente tinha mais expectativas para ele.

Eu esperava que o romance entre a Serena e o Aaron me fizessem pelo menos suportá-lo, porém acho que isso não é mais possível. Estava até começando a gostar dele quando ele a levou até a Times Square, a beijou e disse que ela era a musa dele. Só que pouco tempo depois outra mulher aparece em seu estúdio e ele ainda diz que ele e a S. não são “exclusivos”? O episódio não merecia acabar com ela entendendo tudo e levando-o para o tal teatro de marionetes no Central Park.

Também esperava que a Jenny fosse fazer alguma coisa quando a Agnes botou fogo nos vestidos que ela criou. Mesmo sacrificando tanta coisa, como ela mesma disse, ela só ficou ali olhando e pedindo que ela não fizesse aquilo? Aliás, por que a Jenny foi morar na casa dela? Tudo bem que ela não tinha outro lugar para ir, só que ela mal a conhecia! E o Rufus não fez nada sobre isso, preferiu acreditar que a filha voltaria para casa. Sério mesmo?

Já na história mais leve do episódio, vimos mais um personagem dos livros aparecendo: Cyrus Rose, pai de Aaron. Achei um tanto estranho ninguém ter percebido isso logo de cara, todavia foi engraçado ver a Blair achando que o namorado da mãe era perfeito, e na verdade não tinha nada a ver com o que ela imaginou. Mas parece que ela encontrou alguém à altura dela no quesito armações, pois no final do episódio ele acabou indo morar lá.

E por enquanto não estou odiando o Dan. Está certo que ele deu muitos motivos para isso durante todo o episódio, principalmente quando teve a chance de ser tornar famoso, ao tentar descobrir o segredo sobre Bart Bass e seu império. Mas ele não aproveitou a chance. Gossip Girl - Bonfire of the VanityAfinal, ele já tinha a carta de recomendação para Yale, que conseguiu com a história do Chuck com a mãe e publicando o tal segredo ia destruir uma família. E ele fez justamente o contrário, acabou unindo uma família ao mandar o conto que ele escreveu para o Sr. Bass.

No que chegamos à cena que para mim fez o episódio valer a pena: após Bart ler o conto do Dan, ele conversa com Chuck e o exime de qualquer culpa do falecimento da esposa, que morreu ao dar à luz. E vemos que a verdadeira razão para eles não serem próximos é que Chuck o faz lembrar muito dela. Será que agora veremos um relacionamento digno de pai e filho entre eles? Eu espero que sim. Até o próximo episódio. XOXO

Séries citadas:

4 Comments

  1. eudes junior

    Eu tbm não suporto a historinha do Aaron e da Serena! Para mim o resto foi bom.

  2. Juninho

    Também não entendi,porque a Jenny ficou olhando a Agnes queimar suas roupas e não fez nada,pareceu novela mexicana ela chorando que nenhuma idiota,e também não gostei da atitude da Serena se permitindo ao namoro moderninho com o Aaron.
    A Trama com Bart,Chuck e Dan foi bem legal,mas o melhor e o novo namorado da Mãe da Blair,o Pai do Aaron,o tiozinho é muito divertido e junto com a Blair fica demais,os proximos episodios serão bem legais com a historia dos dois,e é engraçado como Cyrus Rose é tão legal,e Aaron Rose é tão Chato!

  3. Mayara

    Odeio Aaron&Serena, tudo bem que o Dan também não merece a Queen S. porem esses dois de da asco :P

    Otima revew
    :*

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account