Log In

Reviews

Review: Gossip Girl – Bad News Blair

Pin it

Gossip Girl - Bad News Blair
Série: Gossip Girl
Episódio: Bad News Blair
Temporada:
Número do Episódio: 4
Data de Exibição nos EUA: 10/10/2007
Data de Exibição no Brasil: 29/11/2007
Emissora no Brasil: Warner

Eu não gostei tanto desse episódio quanto gostei do terceiro, mas ainda assim foi bem interessante, já que deu mais profundidade aos personagens principais. Afinal nada na vida é preto no branco certo? Além disso, eu também amei a cena de abertura, que faz uma referência ao filme Bonequinha de Luxo. No livro a Blair é simplesmente apaixonada por esse filme e pela Audrey Hepburn, aposto que todos os fãs da série literária adoraram a lembrança.

E é com a própria Blair que vamos começar… Eu sempre disse que ela não era tão bitch assim. Na verdade se repararmos bem, apesar de tudo que ela apronta, até que ela perdoa bastante. Perdoa Nate, perdoa Serena, e eventualmente perdoará a mãe também (aliás, alguém reparou que trocaram a mãe da Blair? No piloto era outra atriz, essa é bem melhor por sinal). Mãe essa que com certeza contribuiu para a formação da personalidade “eu tenho que ser perfeita” de Blair.

Ao longo de todo o episódio fica claro que a Blair criou uma prisão psicológica pra si mesma e não consegue se liberar dela. Eu sei como é isso. Desde criança as pessoas enxergam as suas características mais fortes, te botam um rótulo e esperam que você não saia daquilo. Eu sempre fui a intelectual, a Blair a perfeita. Você vive essa projeção, essa vida como você acha que deveria ser, por tanto tempo que no final acaba acreditando nela e reprimindo outras características em você que talvez não se encaixem no rótulo. O problema é que eventualmente você acaba não gostando tanto assim do resultado, e é exatamente por isso que Blair não conseguia fazer as fotos de jeito nenhum. Apesar de ser uma garota linda ela se sente insegura, principalmente perto da mãe e de Serena. Por isso precisa ter o namorado perfeito, e por isso que faz questão de humilhar qualquer um “abaixo” dela. Como o fotógrafo disse: Como o cliente vai gostar do vestido, se a modelo não gosta de si mesma?

Nesse episódio também vemos que Serena não é tão boazinha assim. Apesar de ela fazer aquela cara de inocente sofrida é bem estranho ela não ter se tocado que estava pegando o lugar da Blair. Talvez ela simplesmente não tenha nem pensado muito nisso, porque a verdade é que ela realmente adora um holofote. Além disso, dar o cano no Dan repetidas vezes também não foi muito legal.

E falando nele, acho que resolveram mostrar o lado chatinho dele nesse episódio. Tudo bem que a Serena já tinha desmarcado com ele uma vez, mas ele não viu que naquele momento ela e Blair estavam tendo uma crise? Será que ele não podia vir com aquele papo de “você me prometeu atenção total” mais tarde? Pelo menos a cena dele com a Blair foi bem legal. Arranjaram um jeito de ele falar sobre como se sente sobre a mãe ao mesmo tempo em que nos mostraram que a melhor amigado seu amor não o odeia tanto assim. E essa cena teve uma das melhores frases do episódio:

Normalmente eu não deixaria você chegar tão perto de mim sem tomar uma vacina antitetânica.

E, surpresa das surpresas, parece que Chuck realmente tem um coração. Afinal ele não pensou duas vezes quando teve que abrir mão de sua bola querida e de seu Piaget pra salvar a pele do amigo. Aliás, o tempo todo dá pra ver que Chuck estava morrendo de ciúmes de Carter, não só por ele estar roubando seu amigo, mas também porque Carter representava (ao menos pra Nate) tudo que Chuck não era. A briga não era apenas pessoal, mas também ideológica. Se é que dá pra se falar em ideologia quando se trata de Chuck Bass.

Bem que tentaram dar um pouco mais de profundidade ao personagem de Chance Crawford, mas é difícil viu. O menino é impressionantemente lindo, porém como ator deixa um pouco a desejar. Ninguém merece aquela cara de perdido. Ele acha que só adolescentes ricos não sabem o que querem da vida? Cai na real, quase ninguém sabe, pais pobres também pressionam os filhos, a vida não é perfeita! E ele em vez de fazer algo pra tentar descobrir o que quer fazer afinal, fica perdendo o tempo com o Chuck ou em jogos de pôquer. E ainda é ingênuo o bastante pra cair em uma armadilha bem básica.

Acho que a única coisa “interessante” que descobrimos sobre Nate foi o problema financeiro de seu pai. E eu botei interessante entre aspas porque é bem típico de série teen algum dos pais ter problemas com dinheiro. É óbvio que os 200 milhões não sumiram por nada, e a pressão que o pai de Nate está fazendo pra conseguir o acordo com Eleanor Waldorf indica que os negócios não vão nada bem.

Gossip Girl - Bad News BlairMas a minha parte favorita foi o final, quando Serena e Blair roubam as roupas da mãe e decidem fazer sua própria seção de fotos. Foi exatamente o tipo de cena que eu sempre espero ver em Gossip Girl. Leve divertida e com aquele toque de maldade, afinal Eleanor ficou sem uma boa parte de suas criações. E falando nisso, parece que o próximo episódio está cheio desse tipo de cenas, então: não percam!

Séries citadas:

Estudante de design, é fã de Gilmore Girls, Firefly, Battlestar Galactica e Felicity. Atualmente assiste Sons of Anarchy, Friday Night Lights, Mad Men e Glee.

14 Comments

  1. Pedro Jayme

    Julia, Dan já era chato antes. Sempre julgando Serena. Não aguento esse arzinho dele “sou humilde mas sou digno nessa sociedade fútil”
    Não entendo como Serena aguenta um cara tao xarope, ela se decepciona com ele e logo depois volta a querer que algo role.
    Quanto a Blair, a meu ver é a típica pobre menina rica mas ainda uma bitch. Perdoou Natan por interesse (medo que o rompimento abalasse sua imagem), e a meu ver, não perdoou Serena, nem perdoará. É seu lado inseguro, que precisa de um pouco dos holofotes que vem da amiga.
    Senti falta da Jenni…e por fim, mto legal Chuck resgatar o Natan no poker. Bom ver outra faceta dele, não só o lado sombra. Ah ,muito boa review, texto fluido e objetivo.

  2. Thiago FLS

    O que eu mais curti nesse episódio foram as verdades que Chuck disse sobre o “amigo” que quase ferrou com Nate.

  3. Milena

    Nossa, eu já acho a Blair uma menina pra lá de mimada, que se utiliza de subterfúgios como “mãe distante”, “Serena adora um holofote e ninguém me dá atenção)” etc e tal para justificar seus atos, o que na minha opinião, nada justifica as atitudes dela. Ao menos a Serena está tentando melhorar, enquanto ela, a cada episódio, faz alguma coisa ruim, faz cara de senta e depois se arrepende (ou não).

  4. Olive

    Você não inflacionou a conta bancária do Nate? Acho que eram “só” 200 mil dolares e não 200 milhões.

  5. rafael

    achei muito bom o episódio, principalmente o final. só acho nada a ver as pessoas ficaram julgando os personagens (?) e o review tá boa.

  6. ri

    até que tento assistir essa série mas é tão fútil que esqueço de tomar antes um anti ácido porque tanta futilidade me causa nausea.

  7. Michelle Lima

    Querido(a) ri,

    Se você não gosta da série e a acha fútil demais para o seu enorme QI, simplente não veja, não tem necessidade de entrar aui para falar mal dela.

    Beijo!

  8. Pingback: Celebrity Hollywood News » Blog Archive » Review: Gossip Girl - Bad News Blair

  9. carlos

    aff.. essas mulheres de gossip girl são tudo um bando de puta maldita

    hahahahaha

  10. marcela

    sou uma fã do livro e da serie
    não sou patricinha
    mais acho que fala de um circulo que muitos desconhecem e é legal ficar a par da vida desses personagens ; po me diz quem não queria gastar rios de dinheiro em festas , roupas sapatos , viagens , etc.
    xoxo

  11. jany

    esse povo que não tem oq fazer, vem p falar merda de gossip girl
    bando de otarios!!

    adoreiii sua resposta Michelle Lima!!

  12. Patrícia Salomao

    Saudades de Gossip girl, não era só futiliade, tinha muito ensinamentos nas cenas de e solução dos problemas. Amo Chuck e Blair

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account