Log In

Reviews

Review: Gilmore Girls – Santa’s Secret Stuff e To Whom It May Concern

Pin it

Cena de Santa's Secret Stuff Série: Gilmore Girls
Episódio: Santa’s Secret Stuff e To Whom It May Concern
Temporada:
Número dos Episódios: 142 e 143
Datas de Exibição nos EUA: 23/1/2007 e 30/1/2007
Datas de Exibição no Brasil: 15/2/2007 e 22/2/2007
Emissora no Brasil: Warner

Semana passada não pude fazer a review do episódio Santa’s Secret Stuff, uma pena na verdade, pois foi até agora o melhor episódio da temporada, e me atrevo a dizer que o episódio desta semana, To Whom It May Concern, segue o mesmo caminho. Sempre enfatizei que, dentre outros, o maior desapontamento que tinha com essa temporada era a grande ausência de momentos entre mãe e filha. O episódio onde temos um natal pós-natal e o colapso de Richard certamente veio pra trazer a Rory pra mais perto de Lorelai, e que prova que momentos em que as duas têm por telefone, não substituem os momentos em que Lauren Graham e a Alexis Bledel atuam juntas.

Lorelai ter esperado pra comemorar o Natal com a filha foi bem bonitinho, uma ação típica dessa mamãe, mas fiquei com dó da pobre Gigi e do Christopher. Quer dizer, por capricho da Lor imagino que eles também tiveram de evitar totalmente o espírito natalino. Deu pra perceber que eles ainda tem muito espaço pra conquistar dentro da casa e Christopher teve de penar pra conseguir com que as garotas trocassem suas meias chamuscadas pelas novas meias mega-exageradas, mas espaço se conquista aos poucos. Adorei ver a Rory ter de aprender dividir as coisas com a Gigi, ela já é adulta, mas foi criada como filha única e sempre teve tudo só pra ela imagino que deve ser difícil essa parte, ela agora tem de dividir o quarto, os chifres e a pá da batedeira.

Luke aparecendo na pousada e dando de cara com Michel foi uma das cenas mais engraçadas, é uma pena que este personagem tenha aparecido tão pouco, mas a cena rendeu uma frase que me fez dar boas risadas:

Estou vendo que o seu senso de estilo não mudou. Alguém da sua família é dono de uma empresa de flanela, ou algo assim?

As cenas entre Lorelai e Luke houve uma tensão absoluta e a carta de referência fez com que ela pensasse novamente no seu ex-noivo. Acho que a dificuldade inicial da Lorelai em escrever a carta certamente foi pelo ressentimento que ela ainda deveria ter pela situação, mas tudo clareou quando eles se encontram no shopping e ela se lembrou que a presença do Luke se deu muito antes do relacionamento amoroso dos dois e de tudo que ele foi pra Rory.

Finalmente temos a Lane novamente, mas a barriga dela estava extremamente grande e muito falsa – de quantos meses ela estava afinal? Mas foi legal vê-la enraivecida com a situação, talvez pelos hormônios é fato, mas também por de ter sua recém-liberdade lhe tirada novamente com sua mãe agora sempre por perto.

Já o começo do episódio desta semana abre com o final de um jantar de sexta feira, uma pena, pois eles são umas das melhores partes. Pra variar a refeição estava péssima, Emily e seu gosto exótico… Mas o que me chamou atenção foi quando ela falou que ela não poderia ir acompanhar a Lorelai para o planejamento do casamento dela e do Christopher. Eu não sei porque, mas achei que isto já tinha acontecido num desses ‘pulos no tempo’. Mas tudo bem, não aconteceu, será que um dia vai acontecer?

Desde o momento em que vi a Lor escrevendo a tal carta para Luke, e vendo ela esconder isso de Christopher, sabia que ele ia descobrir de alguma forma. Não deu outra, quando ele encontra a carta e começa a ler simultaneamente com a juíza no tribunal, ver a reação dos dois, do Christopher e do Luke foi tudo. Não concordo em dizer que a carta de referência estava mais para uma carta de amor, mas que estava recheada de sentimentos nas entrelinhas, que devem ter sido como facadas nas costas de Christopher, com certeza estava. Mas como disse na minha review passada, o ponto fraco deste casamento é a insegurança de Christopher. Não digo que ele não deveria ter reagido, deve ser impossível ler uma carta dessas e não confrontar a pessoa por ter omitido o fato, mas ele reagiu excessivamente. Ele deveria ter enfrentado a situação de frente, exigido um comportamento diferente da Lorelai, e não ter fugido feito uma criancinha. Veremos no que isso vai dar…

No tribunal, ver a Anna atacando o Luke, principalmente quando o Luke fez questão de não atacá-la, foi difícil, ainda mais que Luke não queria nada mais do que passar alguns finais de semana com a April. Mas mesmo assim, com os ataques e o comportamento de Luke, ele ganha a custódia parcial. Achei fácil demais, poderia ter dado um suspense maior na história. Porém acredito que o ponto central (e a ironia) dessa história, é que o que separou Luke e Lorelai é o que pode reuní-los novamente.

A gravidez inesperada de Sookie foi muito engraçada, não sei se vocês sabem, mas tiveram de fazer isso porque a atriz ficou grávida. Quando fiquei sabendo da notícia parei pra pensar no que fariam, afinal de contas o Jackson havia feito uma vasectomia, mas driblaram muito bem essa história, deixando a notícia ficar bem engraçada, principalmente quando a Sookie conversando com a Lor pergunta se ele quer que ela comece a escovar os dentes dele e cortar a carne pra ele e a Lor responde:

Eu acho que ele não quer a carne dele cortada de jeito nenhum.

As cenas entre a Rory e a Paris também foram bem engraçadas, como não poderiam ser? Mas a Rory passando o episódio inteiro pensando se a Lucy vai ou não perdoar ela foi chaaaaato, ainda bem que isso ficou pra trás quando a Paris decide tirar as dúvidas com a Lucy no refeitório. Foi muito legal o que ela disse da Rory, afinal ela é a Paris! É extremamente raro ver ela fazendo elogios a alguém.

No final do episódio a Rory toda orgulhosa com o Richard, dá pra ver no rosto dela, não dá? Ela sempre teve uma admiração muito grande por ele, não é a toa, pois ele é brilhante. Mas de repente Richard tem um colapso, cai no chão e só ouvimos a Rory gritando:

Alguém ligue para a emergência!

Cena de To Whom It May Concern
É muito triste, mas eu adoro o episódio em que o Richard tem o primeiro colapso, Forgiveness and Stuff. A família Gilmore está reunida e quase chega a se reunir, além disso temos Lorelai que tem dificuldade em lhe dar com a situação e onde o Luke a está apoiando. Será que dessa vez o é o Christopher quem estará presente?

Séries citadas:

9 Comments

  1. Mica

    Todo mundo sabe que eu amo o Christopher, mas…que chilique foi esse que ele teve!? Admito ele ter sentido ciúmes e deveria de fato conversar com a Lorelai, mas…ele hiper-reagiu (juro que nunca sei usar hifens, perdoem-me) e a coisa degringolou de vez.
    Quanto à Sookie…percebi que a atriz tinha engordado. Engraçado, pois os quilos a mais dela vieram exatamente na mesma época que a Paris finalmente emagreceu (e voltou a ficar linda). Inclusive, a Paris está muito melhor nesta temporada. Os surtos dela estavam demais até mesmo para a Paris.
    Juro que não entendo o pq da Anna fazer tanto auê em relação à guarda da filha. Se fosse aqui no Brasil, a coisa seria praticamente certa: finais de semana alternados e metade das férias para cada. A garota já é adolescente e seria ouvida no caso de algum dos pais alegar que a criança não tem bom relacionamento com o outro. Não entendo mesmo a justiça americana. Ou será que é só em seriado assim? (pq aqui, as novelas e afins também fazem uma lambança na nossa Justiça)
    Seja como for, nada mais justo a decisão das visitas para o Luke. Ele é o pai, merece ter contato com a filha e, mais importante, a April merece contato com o pai. E ela gosta mesmo do Luke, isso é mais do que óbvio. Assim como é óbvio que ele é um ótimo pai…vide a forma como ele sempre foi presente para a Rory, e tem sido presente na vida da April desde que ela surgiu de pára-quedas.

    Infelizmente perdi os dois últimos episódios pois estava me mudando. Espero conseguir assistir de agora em diante.

  2. Roseana

    Excelente rewiew…amei o episodio e a carta de Lorelai sobre Luke creio que ainda realmente o ama…tambem espero que o relacionamento entre mãe e filha se desenvolva ainda mais…so o que tenho a falar é que quero Lorelai de volta com Luke e olha que eu era a favor do relacionamento com Crhis…

  3. Vanessa

    Acho que finalmente Lauren Graham voltou a sua forma, a atuação dela estava muito estranha, a cena dela contando o que se passava na sua cabeça enquanto tentava escrever a carta, e o jeito que ela olhava para o Luke era a clássica Lorelai.

    Tb acho essa história da Lucy chata e exagerada por causa de uma bobagem. Acho que fizeram essa história só para ter algum enredo para a Rory. E uma coisa que me incomoda: cadê aquela segura Rory que sempre quis ser jornalista desde criança? Hoje ela parece perdida, insegura, como ser não soubesse o que quer da vida. Para quem já foi editora do jornal de Yale, parecer uma adolescente chata que não sabe o que fazer é ridículo.

    Apesar de gostar da Lorelai e do Luke juntos, acho que essa história está muito previsível. Gostaria de ver Lorelai sozinha por uns tempos, para dar um tempo nesse drama de com quem ela fica e desenvolver novas histórias, faz tempo que não mstram o trabalho dela na pousada. E adoro o Michel, acho que ele deveria aparecer mais.

  4. Maria Eugênia

    O Chris sempre será um estepe, por mais que a Lorelai tente mudar essa situação, ela não consegue, e a carta deixa transparecer bem isso.

  5. eduardo

    O melhor episódio da temporada (que, se me permitem, pede que desculpemos as chateações no enredo que se seguiram até aqui).
    É visível uma mãozinha, que demonstrou-se a grande mão, de Lauren como produtora.
    Gilmore Girls segue, a partir de agora, auspiciosa.
    Entrementes, o que costuma preocupar-me, por acreditar que vem prejudicando demasiado a série, é o desenrolar dos casos amorosos entre Lorelai/ Chris/ Luke; e a Rory com os seus. Por vezes fica algo assaz enfadonho.
    Quanto aos outros personagens, pode-se bem trabalhar mais com eles. A despeito de parecerem periféricos, são eles de fato o que faz da cidade de Stars Hollow o lugar do mágico-lúdico.

  6. paulo fiaes

    Ligia,

    n sou de acompanhar gg, mas assisti pedaços do ep passado e gostei do lance lorelai e luke na loja de brinquedos. olha, vc escreve mto bem, gostei da sua review, eu n sei se irei assistir gg, mas com certeza irei ler as suas colunas.

    abraços

  7. Rafaelly

    Tb estava achando a Lauren estranha…Finalmente acho q ela está voltando a achar o tom da Lor.Ainda bem!!!
    A parte da Sookie grávida foi show…Michel no episódio passado com o Luke tb!
    E sobre a carta da Lor…sem comentários!!!A carinha q o Luke faz enquanto estava ouvindo fala por si só.Um arraso!!!
    Senti pena do Chris, pois não deve ser fácil ser segunda opção,mas q fiquei feliz por isso ter acabado fiquei.Aliás, espero q tenha acabado!!!
    Quero ver Lor na Dragonfly,com o Luke no Luke’s, quero ver Miche e Lor conversando…Espero q o Chris vá passar umas férias em Paris, sozinho, com a Sherry…sei lá!Mas larga do pé da Lorelai, chulé!!!

  8. Prue**

    Olha concordo com vc que esses foram os melhore episodios até aki….em relação a carta, acho que o q mais machucou o Chris foi ver q o Luke não so preencheu o coração da Lorelai, como foi a figura paterna pra Rory desde o inicio…qdo ele leu q ele participou ativamente da vida da Rory,deve ter sentido uma faca entrando no coração, pq ele se ausentou e se omitiu por muito tempo….será q ele achou q isso nao pesaria hj????? entaum acho q alem de ciumes e insegurança, ele ta meio q caindo na real q o tempo passou,coisas aconteceram enauqnto ele tava fora….Tamb´me adorei a cena do Luke com o Michel..alias adoro o Michel hahahaha engraçadissimo….Sookie gravida é uma figura…melhor ainda foi a conversa dela com a Lor…sobre os prós e contras de ter um novo baby…
    Sinto falta do Logan…acho q ele deveria aparecer mais….a historia da Lucy tava chata mesmo…ainda bem q acabou…e ver a Paris elogiando a Rory foi fofo, ainda mais vindo dela rs*
    Parte final de cortar o coração….Richard passando mal….Ah! tambem achei q será uma grande ironia,se a April reaproximar o Luke da Lor….seria perfeito!

  9. Aline

    Gostaria de deixar minha tristeza e desapontamento com o término dessa série, pois tudo levava para um exelente desempenho de todos os atores. Infelizmente devido a falta de imaginação e idéias dos produtores, não poderemos mais curtir essa série. O qual minha filha e eu curtimos muito juntas, e outras pessoas nos comparam com elas duas (mãe e filha), e as situações que ocorrem no decorrer da série.Que sempre demonstração uma situação similares com a vida real. Infelimente o desapontamento com os produtores e diretores dessa série é de uma forma desepcionante, esperava que os mesmos teriam um amor mais forte com a série, para que torna-se uma das maiores séries americanas, que focaliza a vida pessoal e estudantil, das familias e em particular das mães com seus filhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account