Log In

Reviews

Review: Gilmore Girls – Merry Fisticuffs

Pin it

cena de Merry Fisticuffs
Série: Gilmore Girls
Episódio: Merry Fisticuffs
Temporada:
Número dos Episódios: 141
Datas de Exibição nos EUA: 5/12/2006
Datas de Exibição no Brasil: 8/2/2007
Emissora no Brasil: Warner

Este episódio não foi tão bom quanto esperava, especialmente em comparação com o Knit, people! Knit! da semana passada, mas com certeza teve bons momentos… Não sei se vocês sabem, mas este episódio foi escrito pelo nosso querido produtor executivo, David Rosenthal, e também não sei porque, mas na minha opinião os episódios escritos por ele na temporada passada antes de assumir o cargo (The Ungraduate e Super Cool Party People), foram bem melhores dos que aqueles que ele escreveu nesta temporada (The Long Morrow, Go, Buldogs! e este episódio, Merry Fisticuffs). O que será que aconteceu?

Primeira cena é de Lorelai e Christopher encenando ‘a família perfeita na casa perfeita’, não sei porque Lorelai deixou-se ir tão longe, mesmo sabendo que jamais sairia de Stars Hollow, e muito menos da sua querida casa. Quer dizer ela não fez o Luke desistir da casa dos sonhos dele e reformar a casa dela para os dois? Eu não sei o que o Christopher tinha na cabeça em pensar que a Lorelai deixaria Stars Hollow!

Em mais um torturante encontro com Emily para organizar a festa para comemorar o casamento dos dois, Lorelai age como era de se esperar, fazendo suas gracinhas e contrariando Emily (e porque ela insiste em agir assim na frente da mãe?). A estrela da vez, durante todos os momentos da organização da festa se mostra totalmente resistente, alias, isso parece um padrão desde o seu casamento, vocês não concordam? Resistindo em não andar com Chris por Stars Hollow, em não mudar de casa (mesmo sabendo que os cidadãos de SH não aceitam Chris), em não querer uma festa, em não querer ter filhos, em não querer fazer os votos… e por ai vai. Não é de se admirar que Chris tenha surtado.

O grande esforço em deixar Christopher mais maduro nesta temporada parece que termina aqui. A maturidade de Chris foi uma coisa muito repentina e até que demorou pra que houvesse uma recaída. E não dá pra negar que esta recaída se dá por parte por Lorelai, que é capaz de deixar o moço completamente inseguro. Acho que tudo desmoronou quando ele vê Lorelai segurando a Doula (só podia ser filha da Liz e do T.J.) ao lado de Luke, e a inegável tensão entre os dois. Mais a frente Christopher diz a Lorelai que quer ter um filho com ela, e ela relutante diz que quer ter mais um filho também, mas que não agora, pois eles acabaram de se casar. E é onde Christopher solta a frase que comprova sua grande insegurança:

Você acha que nós não vamos dar certo?

E digo mais, pra mim, a insegurança de Christopher, mais que a resistência de Lorelai, é um dos grandes vilões do casamento de Christopher e Lorelai. É onde ele faz com que Lorelai se choque com o que ela não quer ver, como, por exemplo, quando ele fala pra Lorelai que ela planejou um casamento com ‘aquele cara do restaurante’, a deixa falando sozinha, e acaba numa briga (sem sentido) com o Luke.

Quando fiquei sabendo do 2° round entre Chris e Luke, imaginei que seria mais sério, que os dois falariam poucas e boas um para o outro, mas não como a primeira os dois ‘entraram mudos e saíram calados’. Mas eu confesso que foi hilária, dei boas risadas! Mas fiquei com dó do Christopher que só deu soco no ar e apanhou….

cena de Merry FisticuffsAgora, quanto a Rory e Logan, achei uma tremenda sacanagem o que ele fez. Tudo bem, foi meio que ‘chumbo trocado’, mas decidir do nada que não poderia mais mentir pra Lucy e contar tudo pra ela deixando Rory totalmente desprevenida foi um golpe muito baixo, até mesmo com a desculpa dos ciúmes. O Logan sabe que a Rory não é uma pessoa de muitas amizades, e que a Lucy de fato era uma pessoa importante pra ela.

Mãe e filha com problemas no seu relacionamento, a discussão de ‘Homens são de Marte e mulheres são de Vênus’ foi bem engraçadinha, mas a Rory pisou na bola quando disse:

Eu não sei, porque Marte e Vênus são planetas, certo? Então eles tem algo em comum.

Sério que eles tem algo em comum? Rory e Logan não tem nada em comum? Entendi perfeitamente o que ela estava querendo dizer, mas acabou saindo uma fala bem estúpida. Mas ok, foram poucas cenas entre mãe e filha, basicamente dois telefonemas… e quem se importa? Essa série nem é sobre mãe e filha! Isto é, brincadeira da minha parte, porque ultimamente tenho sentido que o que está mais em questão são os relacionamento das duas, e não o relacionamento entre as duas…

O Luke caindo na real, e tendo de procurar um advogado, pois esta sendo proibido de ver sua filha foi cruel. A Anna sempre foi uma pessoa boa, até o momento em que à vontade dela não era contrariada, a mesma coisa que aconteceu no episódio em que a Anna descobre que o Luke apresentou a Lorelai pra April. Com certeza vai ser uma batalha difícil, mas o Luke tem sido um excelente pai e merece ver a filha. Veremos o que vai dar…

As cenas com o Kirk também foram bem engraçadinhas, ele não tem nada na cabeça mesmo, e sempre age como uma criança, muito hilário… Mas o melhor do episódio fica com a cena final da Emily falando pra Lorelai sobre casamento, ultimamente ela tem me chamado mais atenção do que nunca. Durante muito tempo achei que a Emily era cega para o Christopher, que ela achava que ele era perfeito, e foi bom ver que ela sabe que o Chris às vezes pode ser imaturo e que não é perfeito. E ela termina com o conselho de que Lorelai tem de se comprometer e levar a sério o seu casamento, pois um anel não é garantia nenhuma. Ao menos uma vez a Lorelai tem de dar créditos a Emily, ela foi ótima.

Séries citadas:

64 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account