Log In

Reviews

Review: Fringe – Midnight

Pin it

Fringe - MidnightSérie: Fringe
Episódio: Midnight
Temporada:
Número do Episódio: 18
Data de Exibição nos EUA: 28/4/2009
Data de Exibição no Brasil: 11/8/2009
Emissora no Brasil: Warner

Às vezes me considero um pouco lento para entender as coisas.

Não, está review não será uma analise de minha vida. A afirmação que fiz foi para explicar algo que já foi dito há muito tempo pela equipe criativa da série, que Fringe é uma série que tenta pegar o melhor do que há nos CSIs da vida, ao mesmo tempo que tenta ter o que há de melhor nos X Files da vida. E isto não é nenhuma novidade no mundo das séries, a própria Arquivo X utilizava este método. Mas confesso que só consegui entender quando fiz uma review separando a parte CSI da parte Arquivo X de Fringe, entenderam? Calma que eu explico.

Fazer uma review de qualquer série é complicado, e de séries com sua própria mitologia é mais complicado ainda. Fringe é uma dessas séries onde há um universo próprio e a dificuldade em comentar sobre este universo são duas: Entender o próprio universo que estamos conhecendo, e entender os personagens que nos são apresentados neste universo.

Pra tentar passar o que penso da série em forma mais clara, resolvi a partir desta review dividi-la em três partes: What Fuck is that? The Walter Freak Show, e The Rest.

What Fuck is That?: Aparentemente, a trama principal da série gira em torno desta guerra iminente contra a ZFT. Todos os mistérios que a série nos jogou até agora fazem parte deste quadro – Quem é o Observador? Que soldados são estes que David Jones está recrutando? Qual o real envolvimento de William Bell e a Massive Dynamic nesta história?

Neste episódio tivemos a revelação de que William Bell é o responsável pelo ZFT. Claro que toda história tem três verdades, e por enquanto só sabemos a “verdade” do Dr. Nicholas Boone, e devido ao fato do personagem ter nos contado tantas “inverdades” em apenas um episódio, não podemos agir feito tolos e acreditar nele cegamente.

Outra coisa que vai contra o que Dr. Nicholas falou é o fato de ser óbvio demais William Bell ser responsável pelo ZFT. Fringe tem suas falhas, mas reparem que nenhuma delas envolvem a trama principal da série, e digo mais, o What Fuck is That? e o The Walter Freak Show são os pontos altos da série, e com isso digo que a série mesmo tendo cada vez mais mistérios, ela sempre tenta fugir sempre da obviedade.

Aguardemos cenas dos próximos capítulos.

The Walter Freak Show:

Finalmente filho, está abrindo sua mente a novas possibilidades.

Esta é a resposta de Walter ao ouvir de Peter que eles deveriam procurar pelo Drácula. Personagem sensacional. Acho que poderia passar várias reviews apenas escrevendo “Walter é o cara, Walter é o cara, Walter é o cara…” e as pessoas ainda iriam comentar dizendo que concordam comigo. Há uma perfeição na construção deste personagem que casa com a atuação belíssima de John Noble.

Interrompemos está leitura para The mimimi:

The mimimi é o espaço onde critico algo que não me agradou e que principalmente, me incomodou e o “mimimi” desta review é John Noble não ter sido indicado ao Emmy, está é a segunda maior injustiça deste ano, a primeira conhecemos nesta temporada pelo codinome “Lafleur”.

The Walter Freak Show (continuação): Claro que nao reservei este espaço para falar apenas que Walter é o cara. Este episódio especificamente não houve ligação de Walter com o freak da semana, mas há algo que tem me chamado a atenção no Walter nos últimos episódios, ele age como se tivesse lúcido.

No episódio passado tivemos ele vendo o vídeo com Olivia criança, e antes disso Peter Havia comentado que Walter parecia não estar contando tudo. Neste episódio tivemos a conversa entre Walter e Nicholas, onde eles conversaram sobre alma, redenção e um certo desapontamento do Walter por não ter conseguido ser bem sucedido como seu amigo “Belly”.

E a interpretação de Noble é tão rica, que se antes o víamos confuso devido ao fato de ter ficado tanto tempo preso e principalmente solitário (que creio que seja a pior das prisões), agora o vemos de certo modo como misterioso, repetindo o que Peter disse “parece que ele não está nos contando tudo”. Mas por enquanto, como Walter disse, ele ainda não está sendo julgado.

Fringe - MidnightThe Rest: Como todo resto que se preza, é a parte desinteressante da história. Mas ao contrario daquelas sobras de comida que deixamos para o dia seguinte, ou damos para alguém, o The Rest quer compreender as falhas de partes cruciais da trama, e aqui inclui principalmente Olivia e Peter.

Olivia falando para Broyles sobre quantas pessoas morreram desde que a divisão Fringe foi criada, foi o clássico “tapar o sol com a peneira”. Uma explicação falha para tentar justificar o porque de tudo eles fazerem ao bel prazer e sem parecer haver um controle deles (e neles). Quer dizer que toda vez que um prisioneiro for preso, eles vão ceder as exigências do prisioneiro? E há uma falha principal nisto que é Olivia querer nos mostrar com palavras o quanto sua vida mudou.

Palavras são só palavras…

Eu citei “Lafleur” acima, o codinome do Sawyer nesta temporada em Lost. E estou falando dele agora para vocês entenderem bem o que estou falando. Sawyer nesta ultima temporada de Lost continuou colocando apelido em seus amigos, tendo tiradas sarcásticas e fazendo citações das melhores coisas que já ouvimos, lemos, ou assistimos. O que mudou nele foi sua atitude. Completando o que disse no parágrafo acima:

Palavras são só palavras, a atitude é que conta.

E este vazio que vejo em Peter e Olivia é a grande falha da historia. Uma coisa é você se acostumar a um careca falando o mesmo que você, a seu pai ter uma idéia cada vez mais louca e o pior, está certo. É seu noivo ser morto, você descobrir que é traidor, e ficar dividindo as memórias dele contigo. Eu entendo que eles já se acostumaram com essas bizarrices, mas me parece estranhos eles não se chocarem mais. E principalmente, eles não perguntarem aquilo que bons professores nos ensinaram no jardim de infância, a sempre perguntar “por quê?”

Por que toda bizarrice acontece em Boston? Por que todas essas bizarrices envolvem a mim (Olivia)? Por quê?

É difícil entender como há um personagem tão bem construído na série, como Walter e personagens tão mal desenvolvidos como Peter e Olivia. E está falha nos personagens de certo modo enfraquece a série porque eles deveriam ser a nossa ligação com a série, o elo de identificação. Porque a sensação que tenho é que por mais incrível que seja estas historias bizarras que estão sendo contadas, eu não me importo. E isto porque Peter e Olivia parecem não se importar também.

Séries citadas:

9 Comments

  1. francisco koller

    É simples, caro Paulo. Walter é Fringe. Um dos melhores personagens de seriados surgido nos últimos anos. Assim como Langston, Grissom, Sawyer, Munch, entre tantos.

  2. Luciano Cavalcante

    Adoraria descobrir que, em um “jogo de espelhos” de JJ, o verdadeiro protagonista principal da série teria o nome de Walter Bishop.

  3. Cristiano

    Também acho que o Walter rouba a cena, mas o que me chamou a atenção foi quando o Dr. Boone, antes de morrer, disse ao Walter: ” O que somos capazes de fazer para salvar aqueles que amamos?”
    Isso para mim foi uma deixa para algum ato heróio do Walter para salvar o Peter em episódios futuros. Ou até mesmo a vida da Olívia, por quem ele tem um grande carinho e por quem talvez tambem tenha sentimento de culpa, pois o vídeo da Olívia visto por ele indica sua participação nas expereiências feitas com as crianças na década de 80.
    Se eu estiver certo, espero que esse ato heróico do Walter não lhe custe um grnade sacrifício, poruque Fringe sem Walter não dá.

  4. Andréa

    Será que Peter morreu e voltou de outra dimensão? pois em um dos episódios Water vai a uma campa e acaba qdo mostra o nome do Peter. O que vc entendeu disso…

  5. paullo kidmann

    concordo com tudo q vc diz Paulo! mais ainda assim conseigo amar a Olivia…q é um dos meus personagens favoritos da série (tenho quase certeza q isso é por causa da Anna!). mais walter é o cara sim…A-M-E-I o mimimi e concordo q o Noble não ter sido indicado foi um erro gravissimo fazer oq q néh?

    xoxo

  6. k.f.Andrade

    Parece que você esta vendo apenas “a margem”.
    Não duvido se o querido Walter aparecer como o grande vilão na 2° temporada. Seu passado o condena.Certamente Olivia nos surpreenderá.

  7. Érico Cardoso

    Como? Onde? consigo ver os episodios perdidos de Fringe….só comecei a ver a partir do 10, ou seja, queria ver do 1 ao 9.
    Obrigado!

  8. Bruno

    E entre 1981 e 1983 já existia VCR VHS? Walter tem *muitas* fitas VHS…

    Achei o episodio em si bom, mas não consegui localizar o Observador, novamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account