Log In

Reviews

Review: Friday Night Lights – Who Do You Think You Are?

Pin it

Friday Night Lights -  Who Do You Think You Are?Série: Friday Night Lights
Episódio: Título: Who Do You Think You Are?
Temporada:
Número do Episódio: 34 (2×12)
Data de Exibição nos EUA: 18/1/2008
Data de Exibição no Brasil: 7/3/2008
Emissora no Brasil: Sony

Friday Night Lights sempre se preocupou em tratar de diversos temas polêmicos e que atraem uma discussão muito ampla, principalmente para o seu público alvo, que são os adolescentes. Entender como é o mundo desses jovens é a grande força da série, que procura desvendar os mistérios que rondam essa idade, tentando trazer o máximo de realidade possível com base no cotidiano dessas pessoas.

Assim foi o episódio exibido nessa semana. Smash e Noelle estavam começando a se conhecer e a se gostar. Mas um garoto negro namorando uma garota branca ainda não é algo bem visto pela sociedade texana. A família de Noelle manifestou o seu desprezo pelo namoro em um jantar em sua casa e a mãe de Smash, sem ter muito o que fazer e querendo proteger o filho, concordou com tudo. O desprezo por parte da família, no entanto, apenas reflete o preconceito racial nas ruas, tema este também muito bem retratado na nova temporada de One Tree Hill.

O preconceito retratado no programa não ficou apenas no âmbito racial. Santiago está vivendo uma ótima vida, tendo a oportunidade de crescer e de sonhar. Os seus sonhos poderiam até ser interrompidos pelas amizades que criou na época do reformatório e, ainda mais agora que aqueles mesmos amigos estão de volta. O preconceito com essas pessoas também é visível na sociedade, mas acredito que não é uma coisa que essas pessoas gostariam de sentir, mas elas são obrigadas a sentir. Esses mesmos criminosos não fazem nada para que a sociedade tenha confiança neles. Pelo contrário, eles fazem com que o desprezo aumente ainda mais. Buddy Garrity tenta não passar o seu preconceito para Santiago e é gentil com os seus amigos, convidando-os até para uma festa em sua casa. As coisas saem dos trilhos, mas Santiago consegue mostrar que está focado em tentar viver uma vida e aproveitar a oportunidade que lhe foi dada.

Friday Night Lights -  Who Do You Think You Are?Um outro momento importante no episódio, acho que em todos são, é a família Taylor, que já considero uma das melhores na televisão. A oportunidade de ver uma verdadeira família tendo discussões como qualquer outra e tomando decisões é de extrema importância para entender o que é ser uma família. A série deixa isso claro, em todos os momentos que eles estão na mesa jantando e tendo discussões, ou quando eles tentam criar a sua filha da melhor maneira possível. Todos esses momentos, essas situações, é um reflexo do verdadeiro significado do que é construir uma família e de se consolidar como tal.

Nesse episódio vemos a família Taylor tomando uma importante decisão: levar Gracie Bell para uma creche. Obviamente que com o trabalho, tanto de Eric quanto de Taylor, não ia ter ninguém para cuidar do bebê, principalmente agora que a irmã de Tami foi embora. A única saída é deixá-la em uma creche, mas vemos o quão essa decisão é importante e o quanto demorado pode ser para uma mãe decidir isso. Por essa razão, muitas mulheres acabam saindo do emprego e algumas resolvem dedicar grande parte da sua vida para isso. A série tenta quebrar aquele velho tabu de que o homem foi feito para trabalhar e de que a mulher foi feita para criar os filhos. Isso já foi há muito tempo atrás, agora os tempos são outros. E mesmo sendo uma decisão muito complicada, a série mostra que é preciso ser tomada e é preciso coragem para fazê-lo.

Na outra ponta do episódio, está o personagem de Lyla Garrity (cada vez pior), apresentando agora um programa cristão na rádio e se apaixonando por um dos apresentadores. Isso, obviamente, faz com que as esperanças de Tim Riggins de tentar conquistá-la irem por água abaixo. Matt também aparece um pouco no episódio e a série nos lembra de como o seu personagem era bom na primeira temporada, quando ele tinha aquelas conversas loucas sobre relacionamentos com Landry. Eram momentos engraçados e a série perdeu um pouco disso. Matt e Jason praticamente não aparecem mais nos episódios, se tornando, agora, meros coadjuvantes de uma história que girava, basicamente, em torno deles e da família Taylor.

Séries citadas:

7 Comments

  1. Paulo Fiaes

    excelente texto
    gostei da citação sobre One Tree Hill
    e até dificil falar que existe racismo nos dias de hj, mas existe, eu mesmo já passei por isso, mais de uma vez.
    agora, de quem é a culpa?
    no caso dos amigos de santiago, eu n confiaria neles, mas sei que os julgarias por suas roupas e comportamentos, deveria ser assim?
    é um tema complicado, e sei q posso ser mal interpretado aqui
    mas costumo dizer que a sociedade é machista e racista.
    veja só, um homem branco mal vestido andando sozinho a noite pode assustar alguns, um homem negro mal vestido andando sozinho a noite, asusta quase todos.
    como disse racismo é complicado, é mais uma coisa que precisava mudar na mente das pessoas, e geralmente essas sementes foram colocadas nela desde que nasceram.

    sobre Lyla, eu adorei o plot pra personagem nessa temporada, sei la, ja tive uma amiga porra louca que virou crente, e é parecido com q Lyla ta fazendo, é surpreendente. e n tenho achado chato essa história dela e do Tim

    e sim, Matt e Jason foram os grandes erros da temporada, mas vai ser de Matt a melhor cena da série, ou uma das melhores.

  2. Bárbara

    Ótimo review. Uma dúvida, sou fã de OTH e de que preconceito racial vc está falando na série?

  3. Vinicius Silva

    Olá Barbara…

    Me refiro a um dialogo entre Mouth e Skills no parque, não lembro em que episódio foi agora. Acho que vou ter que soltar spoilers aqui, mas então, eles estão falando sobre a situação de Mouth no trabalho e o Skills fala de algo relativo ao que as pessoas pensam sobre o que está acontecendo e faz uma comparação se, por acaso, isso acontecesse com ele.

    Não vou me aprofundar muito porque senão posso soltar spoilers aqui e as vezes as pessoas não gostam e tudo mais. Mas, se você tiver acompanhando, acho que se lembrará. Mas, repito, a comparação não precisa ser levada à risca, porque não é nada muito próximo…

    Abraços!

  4. Darth Cesar

    È justamente por essa diversividade nos temas que gosto da serie, e não seria justamente o fato dela ser tão diferente, (pelo menos eu acho que é), das outras series teen que não esta tendo muita audiência nos esteites? Afinal, qual foi a serie teen que já mostrou uma personagem crente? Também gosto da Lyla, mas convenhamos, o flagrante do Riggins foi pra la de clichê.
    Quanto ao preconceito ref. aos amigos do Santiago, eu acho que não é racismo ou preconceito, e sim o fato que cada um tem que cuidar da sua pele… Principalmente no mundo de hoje, seguro morreu de veio!
    Agora a situação do Smash já é diferente, ai é uma questão da família e o casal quebrar as regras da sociedade, o que convenhamos não deve ser nada fácil.
    Enquanto via o drama dos Taylor ficava só imaginando a dor dos pais em ter que deixar um bebê na creche, já sofro só de emprestar uns dvds a amigos?!!!

  5. Andrea

    Ótimo review, mas a frase abaixo ficou engraçada…

    “Obviamente que com o trabalho, tanto de Eric quanto de Taylor, não ia ter ninguém para cuidar do bebê”.

    Taylor é o sobrenome da família. :)

    ***

    Condordo que Matt e Jason viraram coadjuvantes esta temporada. O elenco é grande e boa parte da temporada ficou muito focada naquele crime envolvendo a Tyra e o Landry, então alguns personagens perderam espaço mesmo.

    A Lyla está chatinha. Mas essa religisosidade repentina dela também é um tema social e bastante realista. O que eu acho piegas é eles usarem isso como um jeito de juntar o casal “bad boy” e bebum Tim com a “Madalena arrependida” Lyla, que é o que o episódio pareceu indicar…

  6. Vinicius Silva

    É Andrea, vi agora…

    Era pra ser: “Obviamente que com o trabalho, tanto de Eric quanto de TAMI, não ia ter ninguém para cuidar do bebê”.

    seria TAMI e não Taylor, acabou passando na hora da revisão e deve ter passado pelos olhos do paulo. Vou pedir para ele editar o texto.

    Obrigado! Erro meu!

  7. Bárbara

    Lembrei!!!!!!!!!!!!!

    Tb estou acompanhando a quinta temporada. É verdade.

    Valeu!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account