Log In

Reviews

Review: Friday Night Lights – Pantherama!

Pin it

Friday Night Lights -  Pantherama!
Série: Friday Night Lights
Episódio: Pantherama!
Temporada:
Número do Episódio: 29 (2×07)
Data de Exibição nos EUA: 16/11/2007
Data de Exibição no Brasil: 11/1/2008
Emissora no Brasil: Sony

Sempre, quando termino de ver os episódios de Friday Night Lights, fico maravilhado com a ousadia da série. Em nenhum momento ela perde o seu ritmo de narrativa e sempre proporciona momentos intensos, emocionantes e realistas. A realidade sempre foi o objetivo, desde a técnica utilizada para filmar até a abordagem das tramas. Nos dramas teens, principalmente, é muito comum o seriado cair de produção em dado momento, mas isso definitivamente não vem acontecendo com Friday Night Lights, que mesmo não tendo bons picos de audiência, vem se mantendo no ar graças a esse sucesso que faz junto à crítica especializada.

A cidade de Dillon está movimentadíssima nesse episódio intitulado de Pantherama. São dois os motivos: primeiro, é a época em que os recrutadores das Universidades procuram jogadores para os times deles. Segundo, Pantherama também é a festa em que o colégio Dillon High promove todo ano para arrecadar fundos para o time e para a escola.

Em meio a tudo isso, surge Julie Taylor e o novo professor do Dillon High, Noah Barnett. Ele tem o projeto do Dillon Chronicle, jornal do próprio colégio feito pelos alunos. Julie, já exercendo o espírito jornalista que parece ter, promove uma pauta para apurar o que é feito com o dinheiro que é arrecadado com o Pantherama, para onde ele vai e como é gasto. Julie vai se tornando uma das coisas que o seu pai mais odeia: a imprensa. E isso fica visível quando ela o questiona sobre o que é feito com o dinheiro e ele que, sem dar muita importância, prefere não comentar. E não é que está lá na matéria, “técnico do Dillon Panthers preferiu não comentar o assunto”? Cá entre nós, não existe profissão melhor que a de jornalista.

Por fora, com toda a movimentação na cidade e com tantos recrutadores, Smash se sente ainda mais um astro ao ser perseguido por tantas Universidades. O seu grande sonho é se tornar profissional. E a série toca em um ponto muito importante. Onde fica a educação? Os atletas estão esquecendo cada vez mais de que a educação é algo importante e que nem tudo gira em torno do esporte. Hoje, eles estão mais preocupados em ganhar dinheiro e comprar carros conversíveis, estar rodeados de mulheres e serem famosos. Esse é o sonho de Smash e também o alvo da preocupação de sua mãe, que compartilha a sua angústia com Eric Taylor.

Friday Night Lights -  Pantherama!Ainda no episódio, outro momento crucial: Buddy Garrity consegue a guarda de Santiago – o ex-detento que Lyla acolheu. Ainda com muitos preconceitos, que pôde ser visto no personagem de Tami Taylor, Buddy está ciente de que será difícil mas que pode fazer o melhor por este garoto, que não foge à regra do que acontece com muitos jovens americanos vindos de famílias pobres: abandonado quando criança, passando por muitos lares adotivos e, cansado, resolve entregar a sua vida ao crime. Agora, ele tem a chance de ser jogador do Dillon Panthers e de ter uma vida melhor.

Se Santiago está tentando organizar a sua vida, Tim Riggins tenta fazer o mesmo, só que não conta com o apoio de pessoas como Buddy, Eric ou Tami Taylor. Depois de sair de casa por conta do seu irmão e do caso que ele mantém com a antiga namorada de Riggins, é difícil prever o que vai acontecer de agora em diante com o personagem, mas tenho certeza que ele sofrerá mais um pouco até organizar a sua vida novamente.

A segunda temporada, por enquanto, vem mantendo muito bem o nível de sucesso do seu ano anterior. Tá certo que alguns fatos como, por exemplo, o crime que ligou os laços entre Landry e Tyra possa não ter agradado muito os fãs, mas é inegável o poder de realidade com que os assuntos são tratados pela série e principalmente, a grande forma do seu elenco. Ponto para Friday Night Lights.

E, antes que eu me esqueça, um feliz 2008 para todos!

Séries citadas:

15 Comments

  1. Paulo Fiaes

    rapaz,

    esse episódio achei incrível a trama de Smash

    a preocupação da mãe dele com o fato dele observar e desejar a fama e esquecer todo o resto

    na verdade, o futuro é uma grande interrogação e achar q já sabemos o q vai nos acontecer adiante é errado, temos sim que acreditar, ir atrás, mas ter pés no chão e principalmente a mente aberta para ter plano b, c, d ,e, … z. e é o q acontece com a maioria, n precisa ser famoso em si, mas tem q ser rico pra comprar tudo q o dinheiro puder, pra se achar mais importante do que os outros, e esquecem a educação, esquecem que estudar é a melhor maneira de evoluir como pessoa, esquecem que dinheiro por mais que seja essencial n pode te definir como pessoa. e assim infelizmente é a maneira q muitos vivem.

    FNL é sensacional, melhor série da atualidade.

  2. João da Silva

    FNL é infinitamente melhor que as outras séries do gênero. É fácil perceber isso comparando a série com One Tree Hill, que é tão ruinzinha.

  3. Cristianny

    Bom, comentando aqui pela primeira vez, embora sempre leia os comentários!

    Gostei do episódio e gosto realmente como as questões são abordadas na série.

    A questão do Smash é bem interessante mesmo e muito normal dentro do mundo esportivo, embora no Brasil seja pouco notado. Não que por aqui as universidades fiquem caçando os atletas, mas existem sim certas facilidades para os atletas, digamos assim, de ponta, em algumas instituições. Por um lado é compreensível, mas por outro é preocupante, já que a carreira de esportista não dura muito tempo e se não os estudos não forem levados a sério o futuro depois do “esquecimento” pode ficar comprometido.

    Acho bacana demais colocar a preocupação da mãe do Smash na série, como também a preocupação do tecnico… é importante o acompanhamento de todos nas questões “educacionais” dos atletas, a final, quando se trabalha com esporte a nível escolar o papel de educador é importantissimo. Já tinha visto em outro episódio a exigencia de passar de ano para continuar no time… no geral, nas duas temporadas eles discutem bastante esse assunto e esse é mais um ponto positivo de FNL.

    To gostanto bastante do desenrolar do climinha entre Matt e Carlotta. Acho Matt um personagem incrível, meio morto as vezes, mas completamente dentro da realidade!

    Tim é um cara curioso… tem um que de auto destrutivo nele que muito me atrai… é legal ver o desenrolar de seu crescimento pessoal que certamente ainda contará com várias quedas!

  4. Cristianny

    Bom, comentando aqui pela primeira vez, embora sempre leia os comentários!

    Gostei do episódio e gosto realmente como as questões são abordadas na série.

    A questão do Smash é bem interessante mesmo e muito normal dentro do mundo esportivo, embora no Brasil seja pouco notado. Não que por aqui as universidades fiquem caçando os atletas, mas existem sim certas facilidades para os atletas, digamos assim, de ponta, em algumas instituições. Por um lado é compreensível, mas por outro é preocupante, já que a carreira de esportista não dura muito tempo e se não os estudos não forem levados a sério o futuro depois do “esquecimento” pode ficar comprometido.

    Acho bacana demais colocar a preocupação da mãe do Smash na série, como também a preocupação do tecnico… é importante o acompanhamento de todos nas questões “educacionais” dos atletas, a final, quando se trabalha com esporte a nível escolar o papel de educador é importantissimo. Já tinha visto em outro episódio a exigencia de passar de ano para continuar no time… no geral, nas duas temporadas eles discutem bastante esse assunto e esse é mais um ponto positivo de FNL.

    To gostanto bastante do desenrolar do climinha entre Matt e Carlotta. Acho Matt um personagem incrível, meio morto as vezes, mas completamente dentro da realidade!

    Tim é um cara curioso… tem um que de auto destrutivo nele que muito me atrai… é legal ver o desenrolar de seu crescimento pessoal que certamente ainda contará com várias quedas!!!!!

  5. Paulo Fiaes

    olha,

    n acho q one tree hill seja ruim, sim, considero FNL mais realista e essa segunda temporada da série está impecável. mas OTH tb teve uma excelente primeira temporada, essa quarta temporada n é ruim, apenas cometeu alguns deslizes q pode ter manchado um pouco, mas no geral foi mto boa. alias, tem um episodio da quarta temporada de OTH(4×13) que é um dos melhores episódios de todas as séries na temporada passada. um episódio simples, mas que aborda vários dos dramas de um jovem.

    Outra coisa, é de OTH o episódio mais significativo na história de uma série teen.
    With Tired Eyes, Tired Minds, Tired Souls, We Slept(3×16)nenhuma série lidou tão bem como OTH com um assunto que talvez seja o maior problema de um adolescente, as diferenças. e OTH fez com perfeição.

    Por fim, n sei quem viu os 2 primeiros episódios da quinta temporada, mas novamente a série se reinventa. e agora eles são jovens adultos, e sei que é muito cedo pra falar alguma coisa, mas se manter a qualidade desses 02 episódios, a série estará entre as melhores teens.

    O problema q vejo com OTH é o preconceito q estão tendo com ela, sinto que isso ocorre pq ela é velha, sinceramente, n acho q gossip girl seja melhor que tree hill, mas é moda falar que gossip girl está bom, e de fato está, mas muitos tem essa opinião sem saber realmente o q sentem pela série, a mesma coisa com FNL, e eu admito, os temas trabalhado em FNL nessa segunda temporada é de dar inveja a qualquer série adulta, mas lembro que precisei está aqui nos coments falando que essa temporada era excelente, q vcs deviam n se importar com o lance de Landry ter matado alguém e mtos ou quase todos metiam o pau na série. estranho isso né?

    como disse, mtos falam mal de OTH pq ouviram alguns falarem isso por ai, provavelmente esses alguns q falavam mal da série n assistem uma série teen há 10 anos, como eles gostam de dizer, cresceram,(será?) e sim, eu sei q é dose lidar com a falta de expressão de Chad Murray, em qualquer situação ele só tem aquela cara, mas ele n é mto diferente dos atores de GG e até de FNL, e o principal, ele n compromete a série.

    OTH é uma série ultrapassada somente na mente daqueles q se deixam levar pela opinião alheia.e por favor, n estou me referindo a joão da Silva, ele tem direito a ter a opinião dele e eu n sei o motivo dele ter essa opinião, mas respeito. esse desabafo é em geral, pq n é a primeira vez q vejo falando das séries jovens do momento e pra falar delas tem q meter o pau em OTH, e na maioria das vezes q fui procurar um motivo, simplesmente n existia um.

    E n digo q OTH seja a melhor coisa já produzida na tv americana, nem a melhor série teen de todos os tempos, mas também está longe de ser ruim, e o fato dela ter ido pra fox life só aumentou o desinteresse do povo aqui no país pela série. e por favor n venham me falar q ela é ruim e por isso a fox mandou pra fox life, pq só lembrando, the office, earl e how i met your mother estão no fx e fox life, e sao algumas das melhores séries de todos os canais da fox. e oth era uma das séries com mais audiências da fox principal, foi questão de restruturação deles mesmo. na verdade, tentaram fazer com q OTH chamasse novos assinantes pra Fox Life, mas com tanta merda q a fox vem cometendo, vcs acham que esse plano daria certo?

    sei la, acho q quem parou de ver OTH pq a série deixou de ser cool(o q n eh verdade) e pq eh melhor dizer q assiste FNL então perdeu uma ótima quarta temporada e pelo início da quinta, pode está perdendo uma ótima quinta temporada tb.

    João Silva, sério. n estou desrespeitando sua opinião, eu quis falar no geral, pq alguns(e nao digo q vc esteja incluido) falavam mal da série sem saber pq estavam falando.

  6. João da Silva

    Paulo Fiaes, eu assisto regularmente OTH (apesar das trapalhadas da Raposa, que fica reprisando o mesmo episódio diversas vezes esta temporada). Eu não comento sobre séries que eu não assisto.

  7. Vicente

    Meu apoio para o grande Paulo Fiaes. O porta-voz dos fãs de “One Tree Hill” no TeleSéries…

  8. Giselle Bauer

    Também achei muito bacana a preocupação da mãe do Smash e a Cristianny tem toda razão como acontece isto no mundo esportivo principalmente no futebol.
    Os clubes deveriam se preocupar com a educação dos meninos que vão tentar a sorte nos clubes. O Cruzeiro de MG faz um trabalho legal.Eles tem uma escola para os atletas.Voltando ao Smash eu não consigo gostar dele não tem jeito. Ele é muito egoísta. O climinha entre o Matt e a enfermeira tá ficando legal. E pronto agora a Julie vai gostar do professor. A Lyla graças a Deus tem aparecido pouco. E o Tim tá mais do que certo.Pô a mulher transa com ele e agora fica andando com o irmão dele.Dá um tempo! E tadinho tá tão largado. Se ele quiser tem lugar aqui em casa pra ele ehehehehe.

  9. Vinicius Silva

    Essas gurias que amam o Tim.

    Eu preciso dizer que eu concordo com o Paulo? Sou um eterno fã de One Tree Hill e eu já estava preparando um breve comentário sobre essas pessoas que comentam a série sem ao menos saber como ela está ou porque a imprensa fala isso e na internet fala isso também. Na verdade, logo quando a 5ª temporada foi ao ar nos Estados Unidos, um crítico americano meteu o maior pau nos episódios, dizendo que oth tinha perdido a sua força e que não estava mais utilizado a sua ousadia peculiar da terceira temporada. Se formos pela mente dessas pessoas estariamos perdendo um grande episódio, dois grandes episódios.

    Gossip Girl é a nova modinha? Sim, é. Mas não venha me dizer que GG é melhor que OTH, porque não tem como. O roteiro de GG é a coisa mais inútil, ou uma das, que tem na televisão. Simplesmente aquele mundo não me fascina e oth tem os seus méritos por criar episódios memoráveis.

  10. Paulo Fiaes

    e Vinícius,

    desculpa mudar o assunto na sua review. aqui é pra discutirmos sobre FNL, que é a melhor série teen da atualidade, e que esse episódio nos trouxe algumas coisas para serem refletidas, mas só um último comentário sobre OTH. O início da terceira temporada foi péssima, tanto que foi nessa temporada que a série correu maior risco de ser cancelada, se não fosse as mudanças que eles fizeram no episódio 3x 16 em diante, ficaríamos sem OTH desde lá. Outra coisa, eu não digo que OTH não tenha episódios ruins, que eu sei que tem. nessa quarta temporada, odiei a historia do psico Derek, e talvez os dois piores episódios da série, na minha opinião sejam os eps 4×16 e 4×17. mas isso faz de OTH ruim? não. repito, quarta temporada acima da média. essa historia do psico Derek, se tivesse sido desenvolvida melhor, seria o melhor tema abordado em uma série teen na atualidade, o o tamanho real do risco que corremos abrindo nossas vidas na internet: Blog, orkut e por ai vai. eu mesmo tenho um blog, e ele é extremamente pessoal, até mesmo quando falo de séries, filmes, musicas entre outros. Então, seria uma excelente historia, mas q na minha humilde opinião foi trabalhada de maneira errada. outra coisa, vou ser repetitivo aqui agora, quase todos aqui estavam metendo o pau em FNL nessa segunda temporada, e não foi só no episódio premiere, foi pelo menos nos 3 primeiros eps. e eu e Eric ficavamos indignados tentando fazer com que o povo aqui percebesse o brilho da série. eu sei que hj quem está elogiando deve ter percebido a qualidade acima da média dos episódios, mas é muito fácil também ir junto com o publico da série e principalmente com a critica e dizer que FNL é otima, é bla bla bla.

    Então, sinceramente, não sou formado em nada pra desmerecer um critico, mas esses 02 episódios da quinta temporada de OTH com certeza não foram ruins, mto pelo contrário, chegaram perto da perfeição. E sim, concordando com Vinicius, é de OTH alguns dos episódios mais memoráveis de uma série teen, além do ep. que ja citei no outro coment. Então, essa defesa a série é simples, vou de acordo ao que penso e assisto. tanto com FNL, como OTH, Gossip Girl, e qualquer série que eu veja.

    e João, só retificando, esses coments não é pra vc, e sim em geral, alias, você deixou sua opinião, assistiu a série e não gostou, tem outros que tem a mesma opinião, e isso é normal, muitos aqui não gostaram dessa segunda temporada de FNL, pelo menos é o q diziam nas primeiras reviews dessa temp. então, o que quero dizer é que cada um tem que realmente dizer o que pensa e acredita, e você João tá mais do que certo em falar assim “vi e não gostei”.

  11. Giselle Bauer

    Ai! Eu acho o Tim lindo ahahahaha
    Estes são os meus surtos de tiete ehehehe.

  12. Cristianny

    O Taylor/Tim é M A R A V I L H O S O kkkkk
    Deixa a mulherada surtar uma pouquinho!!!

    Também acho uma gracinha o jeito atrapalhado do Matt!!!

  13. João da Silva

    Eu estou até agora gostando mais da segunda temporada de FNL que da primeira.

    Com relação a OTH, percebi, especialmente esta temporada, um uso exagerado de clichês e de situações irreais. Entretanto, a idéia de mostrar os personagens já adultos, na próxima temporada, me pareceu muito inteligente, já que assim compensa o problema típico de séries nesse estilo, que é o de terem atores muito mais velhos que os personagens que eles interpretam. De qualquer forma, não pretendo abandonar a série.

  14. João da Silva

    E então, pessoal, qual é a atriz/personagem mais bonita de FNL?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account