Log In

Reviews

Review: Friday Night Lights – New York, New York

Pin it

Friday Night Lights - New York, New YorkSérie: Friday Night Lights
Episódio: New York, New York
Temporada:
Número do Episódio: 45 (3×08)
Data de Exibição nos EUA: 19/11/2008
Data de Exibição no Brasil: 29/5/2009
Emissora no Brasil: Sony

“É o melhor drama teen da atualidade!” Esta frase está virando quase um bordão quando se fala em Friday Night Lights. Mas é a pura verdade. Longe de ser um mero drama adolescente que trata de assuntos referentes a esta idade, a série vai muito além ao invocar temas adultos – e também juvenis – com um amadurecimento evidente, o que a torna diferente das outras.

New York, New York representa um pouco disso, mas é também o final da saga de Jason Street. O mais importante jogador dos Dillon Panthers, que sofreu uma terrível contusão e ficou paralítico. Seguiu tentando reestruturar a sua vida e a sua paixão pelo jogo. Muitas incertezas pelo caminho. Muitos sonhos que foram dissipados com aquela jogada a partir de um erro de passe seu e que originou tudo isso. Entretanto, ele seguiu lutando, principalmente para dar uma resposta à namorada, Erin, e o seu filho, Noah, com o intuito de não decepcioná-los.

E foi assim que ele foi tentar a vida em Nova York com um agente esportivo. Foi difícil chegar até onde ele chegou, mas este foi apenas o primeiro passo. Uma outra jornada estará começando a partir daquele momento, em que ele pôde reunir novamente a sua família e segurar o bebê que tanto ama.

O episódio também trouxe outras possibilidades. Tyra Collete, por exemplo, está sempre tentando construir um futuro diferente da sua mãe e irmã. No entanto, ela está cometendo os mesmos erros das duas. Com a oportunidade de conseguir uma vaga numa Universidade batendo à sua porta, ela simplesmente jogou tudo pro alto para ficar com o cowboy por quem está apaixonada, desistindo de todo um futuro por um homem.

Matt Saracen também está tomando um novo rumo, mas como jogador. Sempre jogando como quarterback, ele agora tentar participar mais ativamente do time como wide receiver, que é aquele que encaixa os passes das jogadas anunciadas pelo quarterback.

Friday Night Lights - New York, New YorkE o que dizer das cenas entre Eric e Tami? Os dois representam o que é ser um casal. Eles agem com naturalidade e nenhuma cena com eles soa forçada, até mesmo a discussão envolvendo a compra de uma nova casa. Tudo foi tão bem desenvolvido, até Eric finalmente falar que eles não podiam comprar, mas que ele gostaria de dar aquela casa para Tami. E ela entendeu os motivos do seu marido, uma vez que os dois decidiram em conjunto. E, assim, Friday Night Lights continua com uma temporada impecável.

Adaptado de texto publicado originalmente no weblog Sob a Minha Lente.

Séries citadas:

3 Comments

  1. Chelsea

    Vinicius, cliche em relacao a série, só em elogios mesmo, pois eu acho que ela foge de 95% dos cliches das séries teens.E, nesse episódio, nao sei o que emociona mais: despedida do Six, Tyra voltando para o caminho “incorreto” e a casa da família Taylor (com Eric sendo extremamente racional e Tamy, surpreendentemente, sendo emocional). Mas a coisa que mais me emocionou foi o “velho” e clássico junto (junto com Clear Eyes, Full Hearts, Can’t Lose) “Texas Forever”. Alguém parou pra pensar que isso nao vai mais existir na série? Quando eu parei pra pensar, fiquei chocada! Bem, vou ter que comecar a me preparar pra na próxima temporada esperar a despedida de algumas pessoas antigas…
    Gi (pode chamar de Gi?) o Tim tava lindo no episódio, nao é? Ai a gente em Dillon, como diria o meu tio, “Deus-me-livre-quem-me-dera”. Bjs

  2. marília

    essa série é simplesmente fantástica!

    eu não entendo como não é mais reconhecida!

    Eu agradeço a bendita parceria, pq imagine… hj não teríamos essa obra prima no ar, não fosse a sensibilidade de alguns…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account