Log In

Reviews

Review: Friday Night Lights – Let’s Get It On

Pin it

Friday Night Lights -  Let's Get It On
Série: Friday Night Lights
Episódio: Let’s Get It On
Temporada:
Número do Episódio: 27 (2×05)
Data de Exibição nos EUA: 2/11/2007
Data de Exibição no Brasil: 14/12/2007
Emissora no Brasil: Sony

Depois do mediano Backfire, Friday Night Lights retorna com o ótimo Let’s Get It On, deixando a trama da série cada vez melhor.

Eric Taylor está de volta como treinador do Dillon Panthers e não vai ser nada fácil dirigir o time nessa temporada. Antes de mais nada, ele precisa animar o grupo que sofreu a primeira derrota no jogo passado. Feito isso, Eric precisa trazer Matt e Smash, os dois melhores jogadores da equipe, à normalidade. Para fazer com que os dois voltem a ser amigos, Eric promove um jantar em sua casa.

Matt e Smash deixam claro as suas diferenças e o que cada um pensa sobre o outro. Além disso, Matt também não deixa de citar a volta repentina de ‘Coach’ Taylor para treinar a equipe novamente. Para Saracen, ele usou os jogadores na temporada passada para conseguir o emprego no TMU e como não deu muito certo, ele está usando-os novamente, assim como Julie usou-o para sair com o sueco. No caso de Smash, ele quer ser a estrela e tem tudo para ser. O problema é que esse estrelismo afeta Matt, por ele querer chamar mais a atenção do que o próprio time, pensando somente em si mesmo.

Friday Night Lights tem um primor diferencial nos diálogos, talvez seja a grande diferença para outros dramas teens. Isso, de certa forma, impressiona. Porque ela não fica apenas na mesmice de sempre, de querer mostrar um casal, como eles se apaixonam, depois terminam, depois voltam. A série não tem a intenção de cair em clichês, e mesmo quando cai, a gente até deixa passar. Os roteiristas conseguem trazer muita realidade nas interpretações dos atores e em todas as cenas dos assuntos que o seriado proporciona discutir.

Lyla está no México para ajudar Tim a fazer com que Jason desista de fazer a cirurgia que possivelmente faria ele andar novamente, com injeção de tubarão. A melhor cena de FNL está exatamente nesse momento, quando Jason pula da sua cadeira de rodas no mar, nada até a costa e depois decide não fazer mais a cirurgia. Foi um pouco forçada demais. A série não precisava mostrar esse tipo de cena pra fazer com que Jason desistisse da cirurgia. Mas, ainda assim, ela trouxe ainda mais emoção para os telespectadores, mas outro tipo de situação poderia ser criada.

Friday Night Lights -  Let's Get It OnO que acabou nesse episódio foi o romance dessa temporada, com Tyra e Landry. Não porque ela quis, mas sim porque o pai de Landry quis. Ele ainda não digeriu a história contada pelo seu filho sobre o ataque que Tyra sofreu na temporada passada. Tyra obedece o pai de Landry contra a sua vontade, mas ela mesma acredita que isto é o melhor, porque é uma forma de protegê-lo do que possa vir a acontecer.

Matt também expõe a raiva que estava sentindo por Julie quando foi trocado pelo sueco. Julie, depois de tanta besteira que fez, está agora tentando consertar as coisas, mas não vai ser fácil simplesmente voltar a sair com o seu ex-namorado acreditando que está tudo normal. E Matt, finalmente deixa isso muito claro, seguindo o conselho indireto que Tammy o deu, mostrando que a base de todo relacionamento está na confiança.

No final, os Dillon Panthers conseguem vencer o seu adversário já no final do jogo graças a Landry Clarke, que depois é ovacionado pelos torcedores fanáticos. Matt e Smash também resolvem as suas diferenças depois de sentir todo o entusiasmo do time em querer ganhar o jogo. Mais um episódio sensacional, como só Friday Night Lights sabe fazer.

Séries citadas:

6 Comments

  1. Luis Trigo

    A dispensada que Matt deu em Julie valeu o episódio.Quando vi a cena deu uma vontade louca de gritar:”TOMA!”
    Tomara que Landry e Tyra voltem, gostava muito deste casal.

  2. Darth Cesar

    Por cenas como aquela do Jason na praia é que eu adoro a serie, me pareceu com alguns momentos de Califonication, uma coisa bem intimista.

  3. Olga Nogueira

    Também gostei de ver Matt se firmando frente à Julie. Foi bom que ele não se deixou dobrar facilmente e isso é importante também para sua auto-estima. Um cara que gagueja sempre que vai falar com alguma figura importante para ele, precisa fortalecer muito sua auto-estima e foi justamente o que ele fez!
    Esse foi um episódio em que Lyla deu uma boa melhorada na chatice que a acomete há tempos.
    E Tami recuperou instantaneamente seu equilíbrio e bom senso com a volta do marido. Isso me cheira a dependência. Concomitantemente, Julie parece ter recuperado a razão. Ambas se desestruturam totalmente se o Coach Taylor não está por perto…

  4. Eric Fernandes

    Pois é Luis. Quando o Matt dispensa a Julie deu uma vontade de gritar a mesma coisa aqui também. Foi lindo demais! huauhauhauh

    Belo episódio!

  5. Giselle Bauer

    Adorei o fora que o Matt deu na Julie. Bem feito!
    Que peninha! A Tyra terminou com o Landry mas eu acho que foi pra proteger ele. Muito legal o Landry se dando bem no time. E a Lyla e o Smash
    continuam uns chatos.

  6. Thiago Sampaio

    O episódio seria perfeito se não tivesse o núcleo mexicano, claro, em minha opinião. A única coisa que deu certo foi Jason nadando até a praia. De resto…

    Landry e Tyra estão roubando a cena, assim como Mr. e Mrs Taylor. Pena q o assassinato talvez tenha levado as coisas longe demais, mas mesmo assim, continuam como um dos melhores núcleos da série.

    Quanto ao final, no jogo em que Landry é aclamado… Nossa, que perfeição, cara! Tem filme que não consegue fazer isso de jeito nenhum! Ponto pra direção e edição. Pena FNL ser a série mais injustiçada desde Studio 60. Pelo menos, além de melhor, conseguiu mais uma temporada.

    Mas acho que se fosse da ABC ou CBS, teria um futuro melhor. Maldita NBC em época de vacas magras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account