Log In

Reviews

Review: Friday Night Lights – Leave No One Behind

Pin it

Friday Night Lights - Leave No One Behind
Série: Friday Night Lights
Episódio: Leave No One Behind
Temporada:
Número do Episódio: 36 (2×14)
Data de Exibição nos EUA: 1/2/2008
Data de Exibição no Brasil: 21/3/2008
Emissora no Brasil: Sony

A pressão está cada vez mais forte em cima do time dos Dillon Panthers. Com a suspensão de Smash por três jogos, o que representa o resto da temporada, o grupo fica desfalcado do seu principal jogador, aquele que é responsável por correr com a bola até a área de touchdown. Os problemas para Eric Taylor não param por aí, porque agora ele precisa lidar com o lado que não conhecia de Matt Saracen.

Isso mesmo. Depois de 13 episódios exibidos, eis que Matt retorna das profundezas de um roteiro esquecido para o seu personagem e teve a história centrada mais nele, mostrando como está a sua vida depois do término de namoro com Carlota, que saiu do país e voltou para a Guatemala. Com isso, Matt se torna uma pessoa irreconhecível, para o técnico, para os seus colegas de time e até para ele mesmo. Beber em pleno dia de semana com Tim Riggins? Definitivamente, não é algo que uma pessoa como Saracen faria. Ainda por cima, chegar bêbado no treino? Como pode o armador principal da equipe treinar bêbado? São problemas que o Coach Taylor terá que ajeitar para encarar os playoffs, com jogos que prometem trazer um tom ainda mais dramático para a série.

E, nesse mesmo episódio, uma pergunta pairou no meu pensamento: por que as mulheres só dão valor quando percebem que estão perdendo alguém? Por muito tempo, Landry ficou atrás de Tyra, dando a entender para ela que estava realmente apaixonado. A vergonha e o orgulho de Tyra falaram mais alto, que alegou não estar preparada para começar um romance com ele, não da forma como eles se apaixonaram. No entanto, quando Landry começa a sair com uma outra garota, Tyra percebe que gosta realmente dele ao sentir ciúmes e ao entrar numa “competição”, mesmo que disfarçada. Até achei que Landry tinha tomado a decisão certa ao continuar saindo com Jean, mas ele também se mostrou uma pessoa madura quando resolveu terminar o que havia começado por ainda estar apaixonado por Tyra. Seria, sim, injusto ficar com uma pessoa sem ao menos gostar na mesma proporção e, então, ele acaba voltando para Tyra.

Mas Friday Night Lights estava preparando muito mais para esse episódio, lapidando a sua narração e nos presenteou com dois momentos espetaculares, de incrível intensidade. O primeiro deles é quando Eric Taylor ajuda a trazer a avó de Matt para casa. Na mesma cena, Eric esquece que é técnico e age como um pai, tentando achar respostas para o comportamento recente de Matt. Quando ele joga o garoto no chuveiro para tirar o seu cheiro de bebida, a cena ganha um ar dramático ainda maior, principalmente quando Matt despeja tudo que estava guardado dentro de si, da forma como as pessoas o abandonaram e em como ele se sentia exatamente abandonado e a sua expressão facial com a água do chuveiro caindo em seu rosto, representava uma solidão e essa sua síndrome de abandono, enquanto que, a sua voz cada vez mais alta, combinava com o seu sentimento de revolta, que acabou por acarretar no seu novo comportamento.

A outra cena já é no final do episódio. Smash, depois da suspensão de jogos pelo Dillon Panthers, também vê a chance de jogar pela liga TMU indo embora. Aquilo que a sua mãe alertava em outros episódios, acaba vindo à tona e ele sabe que é preciso ter algo mais, além de jogar futebol ou de ser famoso. As suas palavras para encorajar o time a vencer a partida e levá-los para os playoffs era o que faltava para unir ainda mais essa equipe, para mostrar que eles são realmente um grupo e que cada um irá ajudar o outro em momentos de dificuldade. Não importa o quão duro seja o caminho, ou as dificuldades que eles enfrentarão, o importante é saber que cada um pode contar com o outro e isso deixa o ‘Coach’ Taylor extremamente emocionado, causando arrepios para quem está assistindo.

Friday Night Lights - Leave No One BehindFriday Night Lights conseguiu com esse episódio reunir os ingredientes da sua maravilhosa primeira temporada. Drama, emoção, belos diálogos, uma linda trilha sonora ao fundo. Tudo isso estava lá, pefeitamente ligado com aquela direção sempre peculiar, que lembrou bastante um pouco do que foi o episódio piloto, quando Peter Berg assinou a direção. Um episódio que retoma um pouco as raízes que encantaram o público na primeira temporada e confesso que, desde já, esse é o capítulo com a melhor cena de toda a temporada.

Séries citadas:

6 Comments

  1. Cristina

    Em cenas como a do Matt no chuveiro e a parte final com Smash, percebo que apesar da 2ª temporada não estar tão boa quanto a 1ª, Friday Night Lights ainda é muito superior a muitas séries exibidas, principalmente outras séries “teens”. O conjunto da áreas é muito bem trabalhado, as músicas, as expressões dos atores e o posicionamento das câmeras fazem a série ter um diferencial.

    Queria saber como está a situação da renovação para uma 3ª temporada. LI que a NBC está fazendo um acordo com a DirecTv, mas não entendi se FNL vai passar só na tv a cabo, ou vai passar tanto na NBC quanto na DirecTv.

  2. Eric Fernandes

    Review perfeito;
    Episódio perfeito;
    Série perfeita;
    Cena do Saracen no banheiro perfeita.

    Cristina,
    Fontes internas já garantiram a nenovação para uma 3ª temporada. Só falta a NBC emitir um comunicado oficial, mas que já foi renovada, foi.

  3. Paulo Antunes

    Primeiro episódio realmente muito bom da temporada. Friday Night Lights tem que ter no cena de treinamento, cena de vestiário, testosterona. Eles não podem deixar o futebol tão em segundo plano.

  4. Roberto

    Ótimo episódio, um dos poucos realmente bons dessa segunda temporada.

    Aviso que vou comentar um detalhe do próximo episódio, mas sem relevância pra história.

    SPOILER

    Pena que logo após criarem todda essa tensão com o final do episódio, em que Smash incentiva todo o time em busca da vitória, já que ele só volta a jogar se o time chegar aos playoffs, o episódio seguinte começa depois do jogo!
    Fiquei esperando uma sequência emocionante com os lances do jogo sendo decidido no final, e nada.
    Sequer comentam o resultado, que imagino tenha sido vitória, caso contrário os Panthers não teriam mais chance de classificação pra fase final.
    E ainda rola outro jogo sem graça no episódio.
    Espero que pelo menos nos playoffs eles dediquem a devida atenção aos jogos da equipe.

  5. Giselle Bauer

    Ótimo review e excelente episódio. Teve momentos em que eu me emocionei muito como a ótima cena do chuveiro e em dois momentos do Smash:com a mãe dele e ele sozinho chorando no vestiário quase chorei junto. A Julie até que tinha melhorado mas de novo voltou a ser muito imatura. Primeiro ficou com ciúmes da irmã e agora do trabalho da mãe com o time de vôlei. Quanto a Tyra concordo só
    deu valor quando viu que estava perdendo o Laundry
    até queria que ele continuasse com a menina mas … vamos ver agora como a Tyra vai se comportar . O Jason não apareceu e sinceramente não fez falta assim como a Lyla que apareceu muito pouco. Até acho que nos dois últimos episódios ela apareceu até demais. Sempre achei ela chatinha mas agora tá pior. Também li que é muito provável que tenha a terceira temporada e eu estou muito feliz com esta notícia.

  6. Paulo Fiaes

    eu n acho essa temporada pior do que a primeira
    ate o ep 9 ou foi o 10
    enfim, antes da paralisação
    achei todos eps, com exceção de um, sensacionais
    do 10 ao 15 tivemos alguns bons eps
    mas a série exagerou em alguns clichês
    e quis criar mtas historias pra Tim Riggins
    deixando plot de outros personagens de lado
    mas no geral, acho essa temporada no nível da primeira, claro q pensando com mais calma, eles deveriam investir mais no futebol, quem sabe agora se for mesmo pra um canal pago, eles terão mais liberdade criativa, quem sabe o futebol não volta.
    agora, eu ia dizer que essa temporada de One tree hill conseguiu superar FNL, mas One tree Hill nessa temporada deixou de ser teen, então n sei se dá pra fazer a comparação, mas enfim, duas ótimas séries.
    abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account