Log In

Reviews

Review: Friday Night Lights – It Ain’t Easy Being J.D. McCoy

Pin it

Friday Night Lights - It Ain't Easy Being J.D. McCoySérie: Friday Night Lights
Episódio: It Ain’t Easy Being J.D. McCoy
Temporada:
Número do Episódio: 43 (3×06)
Data de Exibição nos EUA: 5/11/2008
Data de Exibição no Brasil: 15/5/2009
Emissora no Brasil: Sony

Não é mesmo fácil mesmo ser J.D. McCoy, como o próprio título do episódio sugere. Friday Night Lights apresentou um capítulo mais voltado para o novo quarterbarck titular do Dillon Panthers. Mesmo assim, quem roubou o episódio dedicado a McCoy foi Jason Street.

Comentei na resenha passada que o retorno do antigo QB 1 foi meio forçado, uma coisa que aconteceu “do nada”. Mas não tenho do que reclamar quanto ao seu retorno à série. Essa sua força de vontade para tentar ajudar a sua família, para se tornar um bom pai contagia o telespectador e também os irmãos Riggins e Herc, que estão trabalhando com ele na casa de Buddy Garrity que eles compraram para reformar e revender depois.

A cena em que ele canta para o filho ao telefone é espetacular, emocionante, de fazer qualquer pessoa chorar. Como era um dueto, ele imita a voz masculina e a feminina, dá a cena um caráter ainda mais especial. Simplesmente encantador e contagiante.

Enquanto isso, J.D. McCoy continua sofrendo muita pressão do seu pai, que venho comparando com Dan Scott, personagem da série One Tree Hill. Para quem acompanhou a série na sua primeira temporada, vimos o quanto Dan pressionava o seu filho para ele se tornar um grande jogador de basquete. O pai de McCoy faz o mesmo – mas nada que algumas saídas com Tim Riggins não possam fazer com que ele saía da linha dura imposta pelo pai.

Friday Night Lights - It Ain't Easy Being J.D. McCoyAlém disso, o episódio trouxe a reconciliação de Matt e Julie, que se afastaram no início da temporada passada. Eu realmente não esperava que Matt fosse tão direto em relação a esta nova fase do relacionamento deles. Existem males que realmente vêm para o bem. Como ele perdeu a vaga de titular, sobrou-lhe mais tempo para rever certas coisas, inclusive para aproveitar a paixão que ele sempre teve por Julie. Friday Night Lights é uma série teen, mas que tem o primor de ser feita para gente grande, com temas delicados uma capacidade incrível de nos fazer emocionar.

Adaptado de texto publicado originalmente no weblog Sob a Minha Lente.

Séries citadas:

7 Comments

  1. Vicente

    Só o fato de terem acalmado aquela antiga câmera nervosa da série já faz com que ela mereça ser assistida… No mais, embora seja mais do que repetitivo por aqui, é uma ótima série! Gostei até mesmo da entrada do JD McCoy!

  2. Chelsea

    Vicente, temos que ser repetitivos. FNL é um dos melhores dramas da atualidade, e, se Deus quiser, gracas a uma temporada mais curta, teremos um premio pra série, que é injustamente chamada de Teen. Inclusive, eu achava que as premiacoes, deveriam repensar os seus conceitos: é difícil vc encarar 24 e True Blood como Dramas; deveria ter a parte Acao. Com isso teriamos disputas um pouquinho mais justas (assim como se tivesse: Melhor Série Teen). Mas voltando ao episódio, a série se encaminha para a sua parte final, já deixando saudades, e já está fazendo uma preparacao para a saída de outros personagens, como podemos ver ao longo dos episódios (Coach pensando em como deixar o Matt no banco em seu último ano, ou avisando ao Tim que ele é o líder e que no próximo ano ele nao será um Panther (ai, que aperto no coracao em saber disso)). QUanto a JD nao consigo gostar dele. Penso até que ele é o Peter Pan, etc, mas nao dá. Eu acho ele um medroso. Ele tem que se rebelar (acho que eu e Tim temos pontos de vista parecidos).

  3. Vicente

    Você mesma, Chelsea, inconscientemente acabou me justificando. É justamente esse jeito de ser do JD McCoy que me fez gostar de sua entrada na série. Ele é o oposto dos demais atletas do Panther e, pelo que o episódio seguinte ao comentado acima pôde mostrar, não é uma rapaz que é daquele jeito simplesmente porque seu pai o oprima (como o Nathan de “One Tree Hill”). Ele acredita realmente naquilo tudo! Acho que isso faz dele um personagem extremamente rico e que apresenta um problema bastante abordado em filmes e séries com a mesma temática esportiva de FNL mas agora, sob uma perspectiva diferente… Isso sem falar nos conflitos com o Coach que isso deve gerar! Pode ser até que eu esteja enganado e não seja nada disso… Você parece estar mais adiantada do que eu nos episódios e consequentemente com mais base pra falar. Pode ser até que com o correr dos episódios eu venha a mudar de opinião… Vamos aguardar.

  4. Chelsea

    Vicente, eu já vi a temporada, por isso me controlo pra nao soltar spoilers. No final da temporada discutiremos JD, ok?

  5. Vicente

    Imaginei que vc já tivesse assistido toda a temporada, Chelsea. Vamos aguardar, então, até o final via Sony…

  6. Matheus

    Essa série é muito boa,pena que não é muito reconhecida e poucas pessoas assistam.

    E esse sem dúvida foi um dos melhores episódios da série.Gostei muito da Julie e do Matthew terem voltado e com grande estilo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account