Log In

Reviews

Review: Friday Night Lights – I Think We Should Have Sex

Pin it

Cena de  I Think We Should Have SexSérie: Friday Night Lights
Episódio: I Think We Should Have Sex
Temporada:
Número do Episódio: 17
Data de Exibição nos EUA: 21/2/2007
Data de Exibição no Brasil: 5/11/2007
Emissora no Brasil: Sony

I Think We Should Have Sex é outro daqueles episódios que sabíamos que iria acontecer. Em algum momento a virgindade de Matt e Julie viria ser abordada. É outros destes temas obrigatórios da televisão e do cinema, de One Tree Hill a Everwood, de O Último Americano Virgem a American Pie.

O episódio tem seus bons momentos, a maioria cômicos – Landry oferecendo uma camisinha vencida, o péssimo lugar que Matt arranjou para os dois transarem, a ereção de Matt:

Yeah, but don’t touch me right now; just give me a minute, please.

É incrível também a presença de Connie Briton e Kyle Chandler no episódio – o desespero dos Taylors foi incrivelmente real.

Don’t do that, don’t you smirk at me right now, I am very upset. You are not allowed to have sex. You’re fifteen years old.

Mas mais uma vez a série entrega bons momentos cercados de lugares comuns por todos os lados. Os garotos sendo vistos comprando camisinhas (a duas semanas atrás vi a mesma cena num episódio de Runaway), as mentiras de perna curta, a decisão do Matt de não adiar a transa, os dois dormindo além do horário. Ver Tim Riggins apanhando por causa do pai também não é lá muito original…

Cena de  I Think We Should Have SexA questão dos clichês em drama teen é a seguinte: para quem tem 15, 16 anos, tudo é novo. Quem tem 16 anos não sabe que um dia existiu ou se sabe não conviveu com Barrados no Baile, Minha Vida de Cão, Party of Five e Anos Incríveis e diversos outros shows onde todos estes temas já foram abordados.

Para quem tem mais idade, Friday Night Lights é uma série interessante, esteticamente atraente, mas que tem esta dificuldade de criar novas situações e reinventar esta rica experiência que é a adolescência.

MVP: Connie Briton

PS: Alexandra Holden, nham!

Séries citadas:

É jornalista, pós-graduado em Jornalismo Digital pela Pucrs e trabalha com produção de conteúdo para Internet desde 1995. É editor de internet do Jornal do Comércio, de Porto Alegre. Fundou o TeleSéries em agosto de 2002. Na época, era fã de The West Wing, The Shield, Família Soprano e Ed. Atualmente é viciado em The Good Wife, NCIS, Game of Thrones e Parks and Recreation.

9 Comments

  1. Paulo Fiaes

    Thata, vc é especial. as vezes me assusto com o fato de vc ser bem mais madura do que eu, e olha q tenho 26.

    outra coisa é que como Paulo bem frisou, Friday não atrai publico novo, porque os q tem menos de 16 anos, preferem atrações tpo gossip girl da vida, nao q a serie seja ruim, mas se compararmos a qualidade dela com FNL fica mto atrás. E FNL, apesar de ser teen, é uma série inteligente, nao comete furos no roteiro, e é bem realista. e nós sabemos o que o publico acha de serie realista demais.

    abraços, otima review.

  2. Mariana

    Ai, eu acho FNL uma delícia de assistir! E olha que de teen não tenho mais nada. Tenho 28 anos e adoro seriados, assisto por puro prazer. É um guilty pleasure mesmo.
    Na minha opinião, adoro pensar que ainda existem Matt Saracens por ai…
    Só uma coisa me perturba: sou uma traumatizada por Jason Katims e do que ele fez com Roswell, então nada me tira da cabeça que essa beleza que FNL é está prestes a acabar, ou que em breve as características mais belas dos personagens principais, como o Coach Taylor, ou o Matt podem ser destruídos num piscar de olhos.
    Ele faz primeiras temporadas de tirar o fôlego, e logo em seguida, começa a destruição na segunda… Espero que ele tenha aprendido a lição com Roswell e não faça o mesmo. Crítica maravilhosa, adoro tudo sempre por aqui. Esse site foi incrível descoberta!

  3. Thomas5th

    Paulo Fiaes, eu vi Gossip Girl e gostei. Tem algumas variações nos clichês, o elenco é bom, e só vai depender dos roteiristas (os mesmo de The O.C.) pra saber se ela fica ou não devendo pra FNL.

  4. Paulo Fiaes

    rpz.. é questão de gosto, eu tb assisto gossip girl, mas sei que dificilmente a série vai me surpreender ou até emocionar como alguns eps de FNL. e olha, eu nem sou esse defensor de FNL, mas em relação a série teen, ela está um pouco na frente.

    Marianna,

    e quem disse q nao existe mais pessoas como Matt por aí? é como eu digo, poucos estão pagando por causa de muitos… nao desista de querer encontrar. um dia vc pode ser surpreendida.

  5. Thomas

    É lógico que ela está na frente, ela já tem 23 episódios, a história já está bem desenvolvida, Gossip Girl tem quatro. É questão de gosto, mas não é tempo suficiente pra rankear uma série, pelo menos não pelo roteiro.

  6. Thomaz Jr

    Pq alguem da minha idade assisti FNL?
    Pq FNL é diferente. Por mais cliché que seja certas situaçoes em FNL a estética é nova. O realismo de FNL é mto bom.
    Barrados no baile e a atual Gossip Girl são utópias. Tds com cara de “vou posas p Vougue” e ja volto.

  7. Rafaelly

    Pô…eu tenho 22, vi Barrados e tanta outras seéries q abordaram as mesmas coisas, mas acho FNL muito lega justamente pela simplicidade.O casal Taylor humilha…

  8. Darth Cesar

    A serie esta cada vez melhor, e pra mim só demonstra que o genero teen esta evoluindo, os personagens tem problemas sérios (como a virada na vida no ex quaterback) mas sem querer parecer muito adulto e a diferença esta justamente no fato dessa serie valorizar os personagens adultos, tanto que o principal é o treinador.
    FNL ja é a 4. geração de series teen que merecem destaque, 1 barrados, 2 dawson, 3 The OC (pelas 2 primeiras temporadas e agora FNL.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account