Log In

Reviews

Review: Friday Night Lights – Homecoming

Pin it

Cena de HomecomingSérie: Friday Night Lights
Episódio: Homecoming
Temporada:
Número do Episódio: 7
Data de Exibição nos EUA: 14/11/2006
Data de Exibição no Brasil: 27/7/2007
Emissora no Brasil: Sony

É meio estranho para nós brasileiros compreender o conceito de homecoming. Mas eis outro tema recorrente em seriados americanos. Nesta temporada em especial tivemos dois episódios chamados Homecoming. Em Heroes, o lema “Save the Cheerleader, Save the World” chega ao seu ponto máximo. Em Friday Night Lights, o grito de guerra “Clear Eyes Full Hearts Can´t Lose” volta a ser entoado.

O homecoming é uma tradição geralmente ligada a escolas ou universidades que, uma vez ao ano, abre suas portas para receber seus ex-alunos. Nas escolas, o ponto alto do retorno é geralmente uma partida de futebol – com direito a apresentação da banda da escola, a escolha da rainha e do rei e, logo após, o tradicional baile onde os garotos convidam as garotas.

Heroes abordou muito bem o homecoming do ponto de vista único da teenager Claire – o sonho de uma garota se tornar a rainha e ser vista por toda a cidade. E mesmo com Sylar, assassinatos e tudo mais, por incrível que pareça Friday Night Lights acabou sendo ainda mais sombria ao abordar o tema. Ponto para Friday Night Lights.

O episódio retoma alguns elementos das primeiras semanas do episódio, dedicando algumas tomadas a fascinação doentia que o futebol americano exerce sobre Dillon – aqueles homens de idade, exibindo orgulhosos seus anéis de futebol como a grande conquista de suas vidas.

Um destes homens ganha nome e voz na pele de Lucas Mize, ou “the Maneater”. O filho pródigo retorna a cidade como herói, mas implorando por um emprego qualquer ao treinador Taylor. Impossível não olhar um personagem como este e lembrar de Al Bundy, do ponto de vista cômico, ou, do ponto de vista dramático, imaginarmos naquele lugar nos mesmos ou algum amigo que vive preso ao passado. Esta era realmente uma trama obrigatória a série, mas que poderia ser ainda melhor trabalhada.

Obrigatório também era a série abordar a pressão os atletas e também trabalhar o tema do doping. O dia chegou. Desesperado para conseguir colocar seu nome na lista de um famoso olheiro, Smash se desconcentra, faz uma péssima partida e vê seu sonho de fazer sucesso e dar uma casa para sua mãe ficar mais distante. Smash perdeu para si mesmo, mas só o que consegue escutar é que esta destinado ao fracasso por não ter o tipo físico necessário. Por isto as drogas e por isto um bom cliffhanger para o restante da temporada.

Cena de HomecomingOs Panthers ganham, amparado por um Tim subitamente sóbrio e inspirado pelo retorno de Jason Street ao mesmo estádio que acabou com sua carreira (estranho não terem abordado isto). No lugar do baile temos uma rave no deserto, organizada por Tyra, com Matt fazendo uma atrapalhada movimentação para cima de Julie.

Eu ainda tinha minhas dúvidas sobre Friday Night Lights. Elas se foram. Se a média de qualidade da série for igual a destes primeiros episódios, não dá pra negar, o show é bom.

MVP: Gaius Charles.

Séries citadas:

É jornalista, pós-graduado em Jornalismo Digital pela Pucrs e trabalha com produção de conteúdo para Internet desde 1995. É editor de internet do Jornal do Comércio, de Porto Alegre. Fundou o TeleSéries em agosto de 2002. Na época, era fã de The West Wing, The Shield, Família Soprano e Ed. Atualmente é viciado em The Good Wife, NCIS, Game of Thrones e Parks and Recreation.

11 Comments

  1. Thomás

    Perdi os últimos 2 ou 3 episódios, mas o episódio dessa semana (não sei o nome, sei que é o 8) eu vi, e não perco mais nenhum, tá muito boa a série mesmo!

  2. Thomás

    ali depois de “,sei que é o” era pra ser 8, mas aparentemente 8 + ) = 8).

  3. Paulo Antunes

    Obrigado pelo elogio, Eric.

    Aliás, o MVP é descaradamente roubado do Juliano Cavalca!

  4. JORDAN BRUNO

    O Masters of Horror tbm tem um episodio chamado Homecoming …

  5. Thiago Sampaio

    O show é bom, assim como essas reviews. Fantásticas. [2]

    Acho que as reviews de FNL são as únicas que acompanho, pq… não assisto algumas das outras séries, e já vi Lost, 24 e Heroes a tempo tempo…

    A direção da série é muito boa. Este foi apenas o 7ª epi q vi, e comparar com Heroes é meio furada pq as duas não tem nada a ver, mas qm deveria estar concorrendo como melhore drama era FNL

    As vezes, o seriado dá mais destaque à uns núcleos não tão vitais, mas ele funciona sim. FNL é pra ficar

    Jordan (7): fiz uma pesquisa no IMDb e encontrei 67 seriados (67!) que tiveram Homecoming no título
    http://www.imdb.com/find?s=ep&q=homecoming

  6. Rafaelly

    E nem de longe futebol é o tema central dessa série.Ele é o artifício usado para se falar de dramas pessoais e de uma cidade cujos habitantes vêem nesse esporte a chance de não serem mais um no meio da multidão.Vide Riggins ou o Smash q não teriam grandes chances na vida se não fosse o futebol, daí o desespero do Smash.
    E é por essas e outras q ainda espero q a Sony mude aqueles anúncios…FNL não é um seriado exclusivamente para “macho” de maneira nenhuma.

  7. Thomaz Jr

    Esse episódio foi ótimo. Sua reviews tbm.
    Legal o destaque que Tyra teve. Ela é uma personagem interessante que nem sempre “aparece” tanto qto deve.
    FNL só peca pelo elenco. Tem atores mto fracos ali.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account