Log In

Reviews

Review: Friday Night Lights – East of Dillon

Pin it

Friday Night Lights - East of Dillon

Série: Friday Night Lights
Episódio: East of Dillon
Temporada:
Número do Episódio: 51 (4×01)
Data de Exibição nos EUA: 28/10/2009
Data de Exibição no Brasil: 3/7/2010
Emissora no Brasil: AXN

Como eu estava com saudades da abertura de Friday Night Lights.

A redistribuição da cidade de Dillon ainda está sendo repercutida no começo desta quarta temporada da série. Apesar do foco, claramente, ser o desafio que Eric Taylor terá pela frente para erguer o outro time da cidade, vale ressaltar também que Tami Taylor terá muito trabalho para controlar a pressão exercida pelos pais dos alunos que foram remanejados para o outro colégio – desorganizado, com ensino de má qualidade e sem qualquer estrutura. Landry, por exemplo, era um que já tinha uma vida escolar estruturada na Dillon High e foi automaticamente transferido e agora ele terá que começar tudo de novo.

Essa pressão dos pais pôde ter sido vista no discurso de boas-vindas de Tami Taylor ao novo ano letivo, quando todos cobraram respostas e medidas. Enquanto isso, o Dillon Panthers agora é comandado por JD McCoy. Se antes ele era apenas um calouro na temporada passada, aqui ele já aparece como um personagem arrogante, uma característica que veio exatamente do fato dele ser o QB do maior time da cidade, por assim dizer. Pois nestas duas jornadas que a série deve se focar nesta promissora quarta temporada, que tem tudo para ser ainda melhor que a anterior.

O trabalho de “Coach” Taylor será muito maior do que ele mesmo esperava. Um campo defeituoso, sem marcas e sem placar, um vestiário que não possui estrutura para os atletas e falta de equipamentos para o treino, sem contar da falta de pessoas. Eric Taylor teve que sair “catando” quem gostaria de jogar futebol americano.

O engraçado é que todos queriam ser quarterback, até aqueles mais gordinhos que claramente possuem uma função de defesa. E, obviamente, ele já encontrou problemas. Aliás, os sermões de Eric Taylor e a maneira ética, íntegra e verdadeira com a qual ele conduz o seu trabalho é uma das coisas mais importantes e bonitas que a série tem a passar. Ele não se preocupa apenas com a tática ou com o seu jogo. A sua preocupação passa também por zelar pelos seus jogadores e, principalmente, pela sua “casa”.

É por isso que ele diz em um determinado momento: “quem não quiser ficar aqui, que por favor saia da minha casa”. Foi a maneira que ele encontrou de deixar apenas aqueles que realmente queriam fazer parte do grupo, isto é, que queriam fazer parte de uma família coordenada por Eric Taylor. Porque é exatamente isso que ele pensa. Mais uma vez, o ator Kyle Chandler esteve impecável em suas cenas. Impecável como Friday Night Lights consegue ser.

Enquanto isso, Tim Riggins desiste da faculdade e retorna para Dillon. Acho que ele estava cansado de continuar tentando ser uma coisa que ele não gostaria. Pode ser saudades também do Texas, mas ainda é bom esperar para saber o que será do personagem já que ele será um dos principais nesta temporada (como foi nas outras, mas tendo uma participação ainda maior).

O irmão de Tim está prestes a ser pai e a vida parece não estar sendo fácil, ainda mais agora que o irmão retornou para a cidade. Matt não conseguiu entrar na Universidade de Artes de Chicago e ganha a vida entregando pizza na cidade. Pelo menos ele conseguiu manter o seu namoro com Julie e, principalmente, a companhia da sua avó Lorraine, que apareceu em uma cena. Basicamente estes são os presentes dos personagens que ainda continuam na série.

Além disso, Julie também deve passar para o outro colégio, mesmo os seus pais sendo contra. Grande parte dos seus amigos foram colocados na outra escola e ela não quer perder este vínculo.

O que mais me chamou a atenção foi que este episódio teve uma composição praticamente igual ao episódio piloto da série. E talvez ele funcione como um novo piloto. Dividido por dias e mostrando a preparação de ambos os times (Lions e Panthers) para os seus respectivos “jogos de sexta-feira”, Jason Katims (roteirista) e Peter Berg (diretor) souberam mostrar de maneira precisa a diferença que existe entre os dois times e, principalmente, entre as duas regiões.

Friday Night Lights - East of Dillon

Ao mesmo tempo em que víamos aquele lindo campo do Dillon Panthers, Friday Night Lights mostrava exatamente o contraste no East Dillon, tanto pelo número de torcedores quanto pela qualidade do jogo. A equipe de Eric Taylor, literalmente, apanhou tanto do seu adversário que eles nem tiveram condições de terminar a partida. Com isso, talvez a melhor série dramática que esteja em exibição nos Estados Unidos neste momento está de volta, com toda esta incrível capacidade de narrar a vida destes “adolescentes” de uma maneira tão “adulta”.

A temporada promete. Os desafios de Eric para transformar esta pífia equipe em um bom time também. Todos perseguindo pelos seus sonhos, alguns ainda decidindo sobre eles e outros lutando por sobrevivência. Assim é Friday Night Lights! “Clear Eyes, Full Hearts, Can’t Lose!”

* **

Texto publicado originalmente no weblog Sob a Minha Lente.

Séries citadas:

9 Comments

  1. Flávia

    Em um só episódio, FNL conseguiu mostrar toda a frustração do Saracen com suas próprias escolhas; o cuidado do Coach Taylor com seus pupilos e seu sentimento de impotência diante de toda a falta de estrutura; a inadequação do Riggins ao mundo pós-high school; e a pressão tremenda sobre a Tami. Tudo isso de forma completa, profunda. Poucas séries conseguiriam.

  2. Gessy

    episódio perfeito!! finalmente FNL volta ao ar e em grande estilo!

  3. Giselle

    Estava com uma saudade de FNL. Amo esta série.
    Excelente review Vinícius.
    Achei o episódio ótimo .
    O Coach Taylor vai ter muito trabalho com aquele time e concordo contigo o Kyler Chandler deu um show. Baita ator !!!
    Fiquei com peninha da Tami. A vida dela não ser nada fácil.
    Matt e Julie fofos como sempre.
    E o que aconteceu com o JD McCoy ? Nossa como aquele garoto ficou arrogante.
    E o meu Tim Riggins ?
    Bom ele nunca quis ir para a faculdade. Não é a dele !!!
    Só espero que ele não se meta em confusão. Me deu uma pena dele sendo expulso de casa pelo irmão.
    Mas a casa não é dele também ?
    E o que é aquela Becky ? Chatinha demais !!!
    Tô sentindo que esta garota vai dar trabalho pro Riggins .
    AH !!! E o Tim com aquela cueca preta, não tem preço kkkkk !!!

  4. Vicente

    A desvantagem na mudança de SNL para o AXN fica na falta de uma reprise no início da madrugada…

  5. Chelsea

    Adorei o episódio.
    Como bem colocado no post, a situacao de Matt foi de dar pena, e a cena do ex QB entregando pizza pro atual QB foi muito difícil. JD realmente virou um idiota (e, o pior, agora parece ser, inclusive, um pouco ignorado por todos da família. Sua mae sumiu e o papai tá focado no time).
    Landry, pra mim, vai ser um dos destaques da temporada. Ele será o nosso elo entre o Panthers e o Lions, ele que vai mostrar as diferencas, e, quem sabe, se tornar uma lideranca no novo time.
    Tim Riggins teve a reacao mais do que esperada, abandonando a universidade (que, como ele mesmo diz pro Billy, ele nunca foi pq quis, foi por forcacao de barra do irmao e de Lyla). Falando em Tim, ele parece ter realmente deixado Lyla de lado e voltado a ser o saudoso Riggins solteirao (nós meninas agradecemos aos roteiristas, BTW, pela cena da cueca preta, né, Gi?) e a noite passada na casa da mae da menina parece que vai ser algum arco na série (nem que seja o estopim pro final do relacionamento dele com Lyla).
    Por fim Coach e Principal Taylor, ambos lidando com essa nova vida, e tendo a notícia de que Julie quer mudar de escola, saindo da Dillon High e indo pra East Dillon, já que nenhum dos seus amigos estuda mais na atual escola.

    PS.: Cada dia mais deprimente a situacao de Vovó Saracen.
    PS2.: Sei que a intencao era mostrar a diferenca de Panthers/Lions, mas eu achei desnecessário mostrar a menina cantando o hino dos EUA por um bom tempo. Nao podia ser só o final nao (e nao, Honey, nao queremos botar a mao no peito e cantar, vc nao nos inspirou a nada)?
    PS3.: Buddy, daqui uns 4 capítulos, vai ser East Dillon Lions doente, vendo que os Panthers nao sao mais o time que amamos, podem apostar.
    PS4.: A frase no final dita, o clássico Clear Eyes, Full Hearts, Can’t Lose, com certeza vai ter importancia, mostrando que esse nao era apenas o bordao dos Panthers, mas tbm é uma coisa em que Eric acredita.

  6. Mauro Irapuan

    Nossa que maravilha poder ver novamente
    Friday Night Lights, uma das melhores séries da atualidade.

  7. Rosana

    Esta série é demais!!! Existe algum horário de reprise? Todos os atores e atrizes são lindos e as mensagens melhores ainda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account