Log In

Reviews

Review: Friday Night Lights – Are You Ready for Friday Night?

Pin it

Friday Night Lights -  Are You Ready for Friday Night?
Série: Friday Night Lights
Episódio: Are You Ready for Friday Night?
Temporada:
Número do Episódio: 25 (2×03)
Data de Exibição nos EUA: 12/10/2007
Data de Exibição no Brasil: 30/11/2007
Emissora no Brasil: Sony

Os Dillons Panthers estão de volta! Agora, literalmente falando. O torneio de futebol americano ainda não tinha começado pra valer e os primeiros episódios foram mesmo pra dar seqüência ao que ficou pendente na temporada passada, preparar o terreno pro que vem agora e, acima de tudo, mostrar o rumo dos personagens depois de oito meses.

Eu entendo que é completamente normal que seriados, por conta de sua longa duração, tenham altos e baixos. O fato é que isso não acontece com Friday Night Lights, que atualmente, é a melhor no gênero teen drama. Não por ter aquela câmera nervosa – coisa que até agora não foi visto com freqüência – mas, por fazer, do drama, algo simplesmente emocionante, que é como deve ser feito. Além disso, os assuntos tratados pela série são feitos com realidade, a ponto do telespectador se identificar com o que está sendo visto e também com os personagens que vivem essa experiência através da televisão.

Dá pra definir os fatos do episódio e vida dos seus personagens com uma palavra só: bagunça. A família Taylor, que outrora era símbolo de união, está completamente perdida com a ida de Eric para Austin. Julie se tornou uma pessoa irreconhecível e a sua mãe, Tami, precisa lidar sozinha com uma adolescente revoltada e com um bebê recém-nascido. Muita coisa pra uma pessoa só, não acha? Mesmo a Tami sendo a pessoa experiente que é, é impossível que não sinta a falta do marido para lidar com que vem acontecendo. Assim, a ausência de Eric dentro de casa é evidente e perceptível pelo ambiente criado pela equipe de cenografia, que já podia ser observado no início da temporada. Tudo completamente bagunçado, roupas jogadas no chão, móveis fora do lugar. Toda essa confusão imposta pelo cenário reflete no relacionamento entre Tami e Julie em uma das melhores cenas até agora nessa temporada: o tapa de uma mãe em sua filha.

Quem também está com a vida bagunçada é Matt. Depois do término com Julie, ele se torna uma pessoa amarga e faz coisas que não é normal do seu personagem. A cenografia dá mais um show ao mostrar a casa de Matt, praticamente da mesma forma com o que fizeram no cenário da residência dos Taylor. Apesar de ter terminado com Julie, pode estar surgindo um novo romance entre ele e a enfermeira que cuida da sua avó. Já era até um fato esperado, mas tomara que os roteiristas explorem um pouco mais toda essa atmosfera de término de namoro entre duas pessoas que estavam apaixonadas.

Friday Night Lights -  Are You Ready for Friday Night?Mas nada disso supera a vida que Tim Riggins tem levado, muito pior do que no início da temporada passada. Primeiro, ele descobre que seu irmão está saindo com a Jackie (sim, aquela mesma mulher de 33 anos com quem teve um caso nos últimos episódios da 1ª temporada). Depois, ele entra em choque durante o treinamento devido ao trabalho pesado imposto pelo novo técnico. Agora, imaginar uma pessoa como Tim Riggins se rendendo a Jesus como Lyla pediu. já mostra bem o desespero do garoto. Só faltava ele perder a amizade com Jason Street, mas acaba reconquistando-a e ambos partem para o México para o ex-QB fazer a sua cirurgia, com a esperança de voltar a andar.

Do lado oposto do episódio está Landry e Tyra, que são aqueles que mais deveriam estar com as suas vidas bagunçadas e confusas. Mas, acontece o contrário, e ambos proporcionam sempre boas cenas quando aparecem e não deixam, de forma alguma, o episódio cair de qualidade. Landry é o personagem que mais vem aparecendo nesse início de temporada – com direito a cenas de sua família falando sobre o que vão comer no almoço, coisa que nunca havia sido mostrada antes.

E, no final de um episódio que só Friday Night Lights consegue fazer, fica claro que Eric Taylor deseja estar de volta como técnico dos Dillon Panthers, até por conta da situação que a sua família se encontra. Ela que clama por ele, inclusive Buddy Garrity, que está dando um jeito de tirar o ‘Coach’ MacGregor do cargo. Com um episódio como esse, fica impossível não amar essa série e ficar cada vez mais viciado. E aí, “vocês estão prontos para as noites de sexta-feira”?

Séries citadas:

3 Comments

  1. Thomaz Jr

    Eu estou pronto! rs

    Esse episódio foi o que mais me gostei dos 3.
    Aquele início com tds acordando foi o tipo de simplicidade deliciosa que só FNL faz.

    A socialização do tempo tbm foi boa, fez com que tds os personagens tiveram destaque durante o episódio.

    Que inveja de Matt! Adoraria dar uns “ponta pés” no Smash.

    Eu acreditando que Lyla ia cair em pecado com o Tim, mas a garota está fervorosa e não está se rendendo aos prazeres da carne facilmente. Sem dúvida Lyla se tornou uma personagem mais interessante.

    Mas, o assassinato continua me incomodando. Não queria que Tyra e Landry tivessem que se preocupar com um assassinato e ocultação de cadaver. Seria mto mais “FNL” se eles se detessem ao cotidiano, ao corriqueiro, ao mediocre… a cenas como aquela em que o episódio abre.

  2. Giselle Bauer

    Este episódio foi muito bom .O melhor até agora da segunda temporada. A Julie mereceu aquele tapa.
    Como ela está insuportável.Ter ciúme da mãe com a irmã é dose. Cara ela já tem 16 anos.Dá um tempo.
    A Lyla é outra cada vez mais chata.Tem que ficar sozinha.E o irmão do Riggins sair com a mulher que dormiu com o irmão.Pior é ela. Tyra e Laudry muito fofos. O Matt tinha que fazer aquilo mesmo com o Smash.Carinha mais mala impossível.Pra falar a verdade eu nunca gostei dele. E o meu coach parece que vai voltar. Oba! tem que botar ordem no terreiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account