Log In

Reviews

Review: CSI – The Gone Dead Train

Pin it

CSI - The Gone Dead TrainSérie: CSI
Episódios: The Gone Dead Train
Temporada:
Número do Episódio: 204 (9×22)
Data de Exibição nos EUA: 7/5/2009
Data de Exibição no Brasil: 22/6/2009
Emissora no Brasil: AXN

Já faz quanto tempo em que disse que a dupla Robbins e Langston ia render bons momentos? Pois bem, The Gone Dead Train chega para confirmar meu palpite e ainda o melhora, afinal, não só interagem muito bem na sala do necrotério como ainda nos deram uma amostra do que seria uma dupla meio atrapalhada de investigadores formada pelos dois.

Aparentemente roteiristas e produtores resolveram nos dar uma parcela de episódios “diferentes” todos de uma vez: depois de um episódio espacial, um com um martelo em uma árvore, chega um em que o mortos sem causa aparente se acumulam na sala do Dr Robbins, até o momento em que se descobre que tudo seria causado por um surto de raiva, segundo eles, doença abolida da região nos últimos anos.

Catherine acaba sendo uma das vítimas do surto, após ser mordida pela mãe de uma das primeiras vítimas, em um ataque que acabou sendo uma das melhores aberturas de episódios de CSI nesta temporada. Confesso que, quando o doutor Robbins ficou atendendo seu celular eu já tinha certeza de que algo aconteceria, só não sabia que íamos presenciar uma briga e tanto.

CSI - The Gone Dead TrainA partir daí tudo funcionou como um relógio no episódio: Nick e Riley investigando a estranha morte de uma mulher em plena rua, usando Hodgins como “boneco” de teste – Riley cada dia me lembra mais a Sarah dos primeiros tempos, com sua atitude; Robbins e Langston indo até outra cidade investigar a fonte do tal surto de raiva – gerando duas das melhores cenas, a primeira no carro discutindo blues a segunda se passando por médicos da universidade;a participação de Jere Burns como provável culpado pelo surto, que desde Good Morning, Miami tem acertado na escolha de pontas em seriados de primeira linha; e David tendo a oportunidade de fazer a sua primeira autópsia sozinho.

Eu repito sempre o quanto valorizo os episódios que destacam o trabalho da equipe e esse foi mais um desses, mesmo quando trabalhando em duplas.

A solução do caso da moça morta encontrada no meio da rua acabou sendo das mais improváveis: morte por osso de costelinha. Pode parecer absurdo para alguns, mas foi um daqueles casos bem com cara de CSI. E uma comprovação de que dietas agressivas podem fazer muito mal a sua sáude – sem esquecer que as garotas queriam participar de um concurso de beleza em que tudo tinha de ser feito por Deus, ou seja, nada de intervenções de médicos cirurgiões. Vamos admitir, tal concurso é a cara de Las Vegas.

Agora só faltam dois episódios para encerrar uma temporada que, de maneira bastante improvável, acabou se revelando excelente temporada, a despeito da saída de Grissom.

* * *
Texto publicado originalmente no weblog Só Seriados de TV.

Séries citadas:

3 Comments

  1. Danielle

    Bom, quanto ao episódio nada posso afirmar pois não o vi. Aliás, parei de ver CSI quando Sara saiu, voltei a ver quando ela voltou no início da temporada e só.

    Pra uns essa temporada pode ter sido boa, mas para a maioria foi um certo fracasso que começou com a saída da Sara, depois com a do Warrick e finalmente com a de Grissom.

    Veja bem, essa opinião não é minha pois não vi a temporada, mas me baseo nos comentários dos que assistiram, e claro da audiência que simplismente despencou.

    Produtores e escritores estão cientes de que o resultado não foi bom, e já planejam algumas novidades para a próxima temporada.

  2. Tati Siqueira

    Oi Si, então…..gostei bastante desse episodio, agora não podemos dizer que os produtores esqueceram da Catherine; Tem para todos os gostos;

    Tbém gosto qdo os coadjuvantes entram em ação, provando que tbém sabem levar um episodio na boa;

    Agora que crime besta aquele do ossinho e futil… Jesusssssssss;

    Qto ao da Raiva, a que ponto chega a vigança, em vez da pessoa se vingar no culpado, acaba por matar pessoas que nada tinha a ver com a familia da vitima, ou até mesmo com a vitima;

  3. Celia lemos

    Realmente do ossinho é motivo de risada, mas o episodio foi mais ou menos,CSI começou a decair com romance não é uma serie para isso,agora levantar voo de novo sera dificil ainda mais sem o comandante mor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account