Log In

Reviews

Review: Criminal Minds – The Eyes Have It

Pin it

Criminal Minds - The Eyes Have It

Série: Criminal Minds
Episódios: The Eyes Have It
Temporada:
Número dos Episódios: 97 (5×06)
Data de Exibição nos EUA: 4/11/2009
Data de Exibição no Brasil: 8/3/2010
Emissora no Brasil: AXN

Eu bem disse que a principal questão era: como Morgan se sairá como líder e como essa “nova” equipe vai ficar?

Pois a coisa funcionou como se fosse feito para ser sempre assim. Como Rossi disse, Morgan é um líder natural – adoro o fato de Rossi sempre colocar as questões mais difíceis em pauta, mesmo que as pessoas fiquem completamente sem jeito – e talvez isso tenha facilitado que todos seguissem fazendo seu trabalho tão bem.

Mas acho que é mais que a questão de ser ou não um líder: Morgan é aquele cara decente e correto que fará o trabalho certo, que não vai se deixar levar pelo poder. Adorei a cara da Strauss quando ele diz que não quer a sala e que a situação é temporária.

Ele não querer a sala da Hotch nos permitiu ter o momento “fofo” do episódio com JJ pedindo à Garcia que arrumasse uma sala para ele e para que esta fizesse isso com uma qualidade de primeira.

Criminal Minds - The Eyes Have It

Quem terá trabalho de verdade serão os roteiristas no futuro: como fazer Morgan voltar a responder para Hotch sem que a gente ache que algo não está certo ali?

E o caso de Morgan e a Tamara? Não sei. Ele não cruzou nenhuma linha, o culpado pela morte do irmão dela já foi julgado e é clara a atração entre os dois. Deveria ele ter renunciado a isso? Não consigo enxergar dessa maneira.

Bom, deixemos isso de lado por enquanto e vamos falar da investigação da noite antes que meu espaço acabe.

O crime: mortes aleatórias, sem um padrão de vítima, nem mesmo de ação. Todas indicando para um mesmo culpado apenas por um motivo: ele retira os olhos de suas vítimas.

Não, eu não imaginava o que vinha: ele não os comia, como poderia imaginar Reid, mas os colocava em animais empalhados. Eu sinceramente não consigo imaginar qual dos dois destinos é pior.

Destaque para o trabalho de Todd Giebenhain como o desequilibrado Earl.

* * *

Texto foi publicado originalmente no weblog Só Seriados de TV.

Séries citadas:

5 Comments

  1. bia mafra

    o unico problema uqe vejo na relação do morgan com a irma da vitima eh que essa relação, principalmente por parte dela, seja embasada na perda e haja um termino rapido. o que eu particularmente eu torço, acho que um para para o Derek tem que ser forte, tipo casal entre tapas e beijos, e nao aquela coisa madura e calma. acho que ainda renderia uns bons risos (tipo aquela que entrou no lugar da jj, mas nao tao antipatica)
    o caso foi sinistro, mas sem mais delongas.
    outra coisa, queria ver o hotchner de volta ao lugar dele, mas nao queria ver o derek esquecido, mas poderia criar-se um cargo para ele, uma função diferenciada dos demais.

  2. Lu

    O momento que eu gostei mais do episódio foi quando pareceu que o Derek e o Hotch tinham mudando de lugar: o Hotch prendendo o assassino sem esperar o resto da equipe e o Morgan chegando depois e perguntando “Não poderia ter esperado o reforço”? Eu perdi a conta das vezes em que o Hotch perguntou isso ao Morgan. A cara de Prentiss de quem queria rir foi muito legal.

    Não fico surpresa pelos roteiristas terem conseguido inverter os papéis de uma forma tão competente. Porque depois que o Gideon saiu, eles tiveram que fazer o mesmo. O personagem do Mandy não faz falta nenhuma e eu gostava dele. A estrutura da equipe se mantém, especialmente pelo Hotch estar ali. Eu ainda o vejo como chefe.

    Eu me pergunto onde os produtores arranjam tanta gente sinistra. Estava escrito na cara do Earl “Serial Killer: cuidado”.

  3. Rodrigo Eduardo

    Eu tenho pavor de cenas com “olho” arrancar, furar, queimar enfim, e parece que isso me persegue, mas como eu adoro muito a série, resolvi assistir assim mesmo, nossa, nunca torci tanto para esfolarem vivo um bandido.

    Sobre a mudança de comando temporária, também achei bem feita, morri de medo de cliches, mas ainda bem eles não vieram.

  4. Fernando dos Santos

    Já faz tempo que a Strauss vem tentanto derrubar o Hotch e desmantelar o BAU.Com a crise provocada pelo Foyet ela já conseguiu o primeiro objetivo e agora provavelmente vai atrás do segundo.
    E o Morgan que se cuide, afinal de contas a famigerada diretora do FBI já cortou as asas do Hotch porque viu nele um líder em ascensão meteórica e começou a temer pelo seu próprio futuro no cargo.O Morgan como líder parece ter tanto potencial quanto o Hotch então eu acho que logo ela vai partir pra cima dele também.E esse embate todo em meio a burocracia e politicagem do FBI está dando um mote interessante a essa temporada.

  5. mazinha

    Amo Criminal Minds….e gostei muito desse episódio, achei que o Morgan se saiu bem de lider e a cena em que a Garcia mostra a sua sala pra ele foi muito fofa…

    Morra, Strauss, moooraaa……

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account