Log In

Reviews

Review: Criminal Minds – The Boogeyman

Pin it

Cena de The Boogeyman
Série: Criminal Minds
Episódio: The Boogeyman
Temporada:
Número do Episódio: 28
Data de Exibição nos EUA: 25/10/2006
Data de Exibição no Brasil: 13/3/2007
Emissora no Brasil: AXN

Lendas urbanas. Quem não conhece nenhuma? Temos um seriado inteiro que baseia suas estórias nestas lendas: Supernatural. Calma, a review é do Criminal Minds sim. A primeira lenda urbana com que temos contato é a do bicho-papão (BoogeyMan), que dá nome ao episódio de Criminal Minds, no qual crianças têm sido assassinadas na pequena comunidade de Orson, Texas.

Vemos uma retrospectiva dos acontecimentos que levaram Elle a dar um tiro em um estuprador serial no episódio Aftermath. Elle e Hotch têm uma conversa após sua liberação pela investigação do FBI, mas Hotch tem dúvidas sobre como ela está e pede avaliação psiquiátrica, o que não deixa Elle muito feliz. Tudo isso faz com que Hotch com Elle fique em Quantico, enquanto a equipe parte para o Texas.

Quando chegam ao Texas as vítimas já são três, de perfil e idade diferentes. A cidade é muito pequena e a equipe treina os policiais e moradores a fim de aumentar a segurança das crianças. As crianças são instruídas a andar sempre em duplas. Pelas características e locais dos crimes, Gideon conclui que o “desconhecido” conhece bem a cidade, devendo ser um morador antigo e um homem metódico e organizado.

Quando mais um menino desaparece, a equipe descobre que a pequena cidade tem sua própria lenda urbana: no alto da colina existe uma grande casa, onde um velho chamado Finnegan teria matado sua esposa e, agora, caça e mata meninos para comê-los.

Muito legal ver Gideon conversando com tanta facilidade com o irmão mais novo do menino desaparecido. Na realidade, se observarmos bem, crianças sempre confiam em adultos mais fechados, acho que porque eles os tratam como iguais.

Ao entrarem na casa a equipe encontra as mochilas da segunda e da terceira vítima, além de encontrar várias embalagens de alimento. Na busca conhecemos mais uma nova faceta de Reid: nosso rapaz lógico e racional tem medo de escuro. Medo não, pavor.

Esse pavor nos oferece uma cena impagável: Reid telefona para Garcia em busca de informações, sozinho dentro da casa, que está totalmente escura. Garcia começa falando sobre o escuro, sobre o que pode acontecer, sobre coisas assustadoras, assassinos e bicho-papão, Motel Bates (referência a Psicose). Ao falar sobre a esposa desaparecida do velho:

Eu tenho duas palavras para você, meu amigo – Janela Indiscreta. O cara provavelmente cortou a garota em deliciosos e pequenos pedaços. … Ela ainda pode estar na casa!

Reid:

Garcia, eu estou aqui no escuro, sentado, sozinho. Muito obrigado!

Então você está esperando um assassino potencial voltar para casa? Que coisa perigosa! Que sexy!

Eu tenho que ir.

Vocês é que têm toda a diversão. Eu gostaria de estar aí!

Morgan encontra Reid, que tenta falar sobre Elle, sobre ele ter percebido como ela estava. Morgan acaba cortando-o, falando que ela estava normal, afinal ela tinha matado um cara.

Gideon finalmente encontra o garoto, a salvo, e nenhum sinal de Finnegan. Após terem certeza de que este é o assassino, eles observam que as mochilas são os troféus do assassino e Morgan fala a frase da noite:

Eu vou pendurar a cabeça dele na minha parede como troféu.

Enquanto isso a equipe local acha o corpo de Finnegan na floresta, morto muito antes dos crimes começarem.

Ao investigar as digitais nas embalagens de comida encontradas na casa, a equipe chega ao conselheiro da cidade, James, que é preso quando está saindo de casa. Em sua mochila o boné vermelho do primeiro menino morto.

Morgan interroga o conselheiro e tenta fazê-lo falar ao confrontá-lo sobre o abandono de sua esposa. Morgan está muito bem em seu papel e acho que foi o personagem que mais cresceu ao longo da primeira temporada, o que é bem percebido neste episódio.

Gideon se mostra incrédulo ao assistir ao interrogatório. Ao recebe uma ligação de JJ, que está na casa do conselheiro, ele percebe que pegaram a pessoa errada: o filho de James, Jefrey, é alérgico à leite, o que o coloca dentro da casa de Finnegan, já que o único alimento não consumido das refeições era um creme de espinafre.

Gideon confronta James, perguntando quando ele descobriu a verdade. Enquanto isso, mais uma garota desaparece, Tracy (interpretada pela irmã mais nova de Dakota Fanning, Elle). Ninguém desconfiaria de nada, já que as crianças foram orientadas a andarem em duplas.

A equipe corre ao local onde a garota foi vista pela última vez, encontrando ela e Jefrey na floresta, o menino com um taco de beisebol. Quando pergunta ao menino porque ele fez isso, Gideon recebe como resposta:

Porque eu quis.

Acredito que, a cada caso, a equipe perde um pouco de sua fé na raça humana.

Cena de The BoogeymanNo avião, Reid se culpa por não ter falado aos outros o que percebeu a respeito de Elle. Morgan diz que ele não poderia ter feito nada e que ele não deve se culpa a respeito disso. A escolha foi dela.

Em Quantico, após uma conversa com Elle no cemitério, próximo ao túmulo de seu pai, Hotch resolve exonerá-la. A despedida é marcante.

Elle:

Quando eu comecei no FBI eu me perguntava por que você nunca sorria. Agora eu sentirei falta disso.

Hotch (após Elle já ter partido):

Eu também sentirei sua falta.

13 Comments

  1. Osório Coelho

    Uma série sensacional. Não alivia em nenhum momento. E não tem medo de limar personagens para o bom andamento da série. Merece o sucesso que vem obtendo.

  2. Edu

    Simone,

    Mais um ótimo texto. Parabéns! A cada semana, fico esperando ansiosamente pelo seu trabalho.
    Agora, é impressão minha ou a segunda temporada de CM está arrasando. Todos os episódios que passaram até aqui são fantásticos.
    Não é a toa que a audiência da série se solidificou nos EUA na casa dos 16 milhões!

  3. Leon

    Repito o que o Osório disse … mas eu realmente gostava da Elle …

  4. Rô Floripa

    Gosto muito desta série, mas não gostei deste episódio. Foi um suspense muito fraco, pouco se utilizou das habilidades de equipe em fazer profiles. Coisa que aparecia mais e que tornava a série tão interessante. E a parte que poderia ser mais explorada que foi a saída Elle foi fraca também. Acho que a idéia era mostrar que ninguém está imune ao lidar com coisas tão difíceis como eles lidam, e mesmo sendo profissionais tão bem capacitados, este trabalho cobra um preço muito grande.

  5. Marcus

    A segunda temporada realmenta esta melhor.

    Eu nao gostava muito da Ellen, mas gosto menos ainda da atriz que entrou no lugar dela.

  6. Cesar

    Concordo com a Rô. Sou fã da série – aliás, “brigo” com minha esposa, porque ela não gosta muito – mas achei o episódio fraco, de solução óbvia, especialmente quando o Pai do menino é preso.

    A situação da Elle também pareceu mal resolvida. Poderia ter sido melhor explorada.

    Enfim, um episódio esquecível.

  7. Simone Miletic

    Edu,

    Obrigada pelos elogios! Fico muito feliz mesmo de saber que estão gostando dos textos.

    E essa segunda temporada está tão boa que este acabou sendo realmente o episódio mais fraco. Acho que não aprofundaram muito para dar espaço ao que acontecia com Elle, mas o arco dela acabou sendo encerrado rápido demais.

    Mas garanto que o que vem por aí é ainda melhor que os primeiros episódios da temporada.

    http://www.soseriados.zip.net

  8. Bruno ZT

    Falando em review, o que você achou dos dois episódios finais de “Vanished”?

    Achei fraquissimo, ficou parecendo que ainda falta um episódio para o término.

    Gostaria de saber se só eu tive esta impressão e o qual o ponto teu ponto de vista sobre o assunto.

    Obrigado,
    Até

  9. Simone Miletic

    Bruno,

    Eu acho que os roteiristas tiveram um diálogo assim:

    “Ei, o seriado foi cancelado mas eles querem um final.”

    “Ih, mas a gente tinha 2.000.000 de pontas para amarrar!”

    “Ah, faz qualquer coisa aí, o importante é encontrarem ela, o resto ninguém vai ligar mesmo.”

    Bom, eu liguei. E ficou péssimo. Era melhor fazer que nem Reunion, que ficou sem final pois os roteiristas falaram que muita história ainda ia rolar e não dava para fazer qualquer coisa.

    Me arrependi de ter assistido.

  10. Prue**

    Oi Simone!!! mais um ótemoooo Texto!!! to virando sua fã hahahahah
    Olha como sempre mais um maravilhoso episódio…essa segunda temporada ta arrasando…com certeza cada novo caso que aparece pra eles,faz com que eles se perguntem sobre se o q fazem é o bastante, e fazem com q a fé nos humanos diminua…esse episodio em especial,acho q nem era tanto pra ser focado no caso do menino assassino…acho q todos estavam mesmo esperando o desfecho do caso “Elle”,entaum por isso esse caso foi meio previsivel…agora o fim do caso Elle pra mim foi meio fraco…esperava mais…sei la…era outra coisa q já sabiamos q aconteceria…pq aquele olhar do Gideon qdo ela atirou no cara, demostrou que ele sabia exatamente o q tinha rolado,mas mesmo assim ele não deixou o Hotch agir sem pensar,o q me faz gostar mais ainda dele. Final bom,mas não otemo…esperava mais “calor” por parte da Elle,apesar da disilusão com o FBI e com a esquipe….Hotch sempre Hotch….achei legal mostrarem um pouco de sentimento,mesmo q seja sozinho…agora o ponto alto foi realmente a Garcia assustando o Reid…que com toda a inteligencia e “perfeição” mostrou q tem medo da coisa mais comum do mundo…ESCURO rs**

  11. sandra

    Há algumas semanas foi discutido o porquê de Criminal Minds ser um sucesso e Lost estar perdendo audiência. Alguns chegaram à conclusão que é porque os americanos não gostam de “séries seriadas”, e CM seria perfeita pois tem começo e fim em cada episódio. Só que estou percebendo que a série deixou de ser começo-meio-fim e tem uma estória rolando atrás do “assassinato da semana”. Isto me agradou muito, pois adoro estórias longas, com muitas reviravoltas. Gostei de CM desde sua estréia e agora estou adorando. Parabens aos roteiristas e, não esquecendo, parabens pelo review perfeito.

  12. Dee

    Realmente esse é o epi mais fraco dessa temporada.
    Na verdade eu acho que essa saída da Elle foi
    toda meio feita nas coxas acho que o epi já
    tava pronto quando ela pediu pra sair da série
    e eles só mudaram algumas coisas arrumaram outras
    e pronto.

    Mas… Graças que os proxímos episódios são
    simplesmente excelentes. Vale muito a pena
    ver.

    Pra quem gosta da série do indicando um site.
    http://www.criminalmindsbrasil.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account