Log In

Reviews

Review: Criminal Minds – Big Game

Pin it

Cena de Big GameSérie: Criminal Minds
Episódio: Big Game
Temporada:
Número do Episódio: 36
Data de Exibição nos EUA: 4/2/2007
Data de Exibição no Brasil: 8/5/2007
Emissora no Brasil: AXN

Imagine se a final do Brasileirão passasse a cada ano em um diferente canal e fosse unanimidade nacional – mesmo que seu time não esteja jogando você assiste, todo mundo assiste. Imagine, ainda, que o jogo será exibido em horário nobre no domingo com ares de surperprodução e que o canal que o exibir pode escolher qualquer programa da sua grade para ser exibido depois do jogo em edição especial.

Pois bem, o Superbowl é mais ou menos isso. E em 2007 o programa escolhido para ser exibido após o jogo foi Criminal Minds, um lugar que já foi ocupado por Grey’s Anatomy e ER.

Confesso que eu teria escolhido No Way Out como episódio Superbowl, não somente por tê-lo considerado o melhor da temporada, mostrando muito bem o trabalho da equipe, mas, também, por considerar o arco aberto muito interessante.

O episódio Big Game começa mostrando dois casais se despedindo após assistirem o Superbowl juntos. Fora da casa um homem fica olhando pela janela. Duas vozes são ouvidas ao fundo:

Eu não quero fazer isso.

Você precisa fazer agora, os convidados estão indo embora. De a volta por trás.

Enquanto o casal sobre para o quarto e apaga as luzes um dos homens vai ao telefone e disca 911:

1527, Chesnut Drive. Eles tem coisas demais e Raphael irá matar os pecadores que moram aqui.

Vemos a parte externa da casa e ouvimos a mulher gritando.

Em um pub em Washigton a equipe da BAU participa de uma festa de Superbowl. Morgan é o homem mais disputado, Reid participa de um quiz sobre Jornada nas Estrelas e JJ joga dardos com amigos. JJ recebe uma ligação pelo celular e avisa que levará a equipe para o escritório.

Gideon visita o Instituto Smithsonian. Sendo amigo do curador este mostra a ele uma nova aquisição: uma aquarela de Audubon com um pássaro, que tem a capacidade de imitar o canto de outros pássaros, rodeado pos cascavéis. A tranqüilidade acaba ao toque do celular.

Na BAU a equipe recebe as informações do crime: um casal foi assassinado em Atlanta. Entre a ligação feita para a polícia e a chegada ao local apenas quatro minutos e meio se passaram. Neste meio tempo o assassino matou brutalmente as vítimas.

JJ dá detalhes da ligação feita à polícia do local do crime e informa que a gravação será enviada à Garcia para análise. Na cena do crime uma página do livro Apocalipse da Bíblia foi deixada, com destaque para o capítulo 6, versículo 8.

Na casa do desconhecido, uma placa presa à parede diz Jesus Me Ama, enquanto, em outra parede, recortes de jornais estão espalhados. Uma segunda voz recita a Bíblia, enquanto a primeira discorda, dizendo que isto não é o que Deus quer. A segunda voz diz para não contradizê-lo. Em um segundo quarto vários monitores espalhados mostram cenas de diferentes casas. O desconhecido vai até ao banheiro, retira sua camiseta e olha no espelho, em seu rosto, espalhado, o sangue do casal assassinado.

Ele lembra de seu passado, quando seu pai leva-o para dentro de um celeiro e marca sua testa com um ferro em brasa, deixando uma cruz marcada. Segundo ele uma exigência do Senhor para serví-lo. No tempo presente ele ainda olha sua imagem no espelho e passa a mão sobre a marca que restou.

No avião o time continua discutindo o caso, quando Garcia passa o áudio da fita recebida da polícia. A equipe se divide tremendamente na análise dos perfis, parecendo que os desconhecidos não se encaixam exatamente em nenhum perfil.

Na casa onde os assassinatos aconteceram, Reid e Gideon examinam o local e a página da Bíblia lá deixada. Eles explicam como esses tipos de crime funcionam, já que a polícia local não tem experiência em casos assim. No legista descobrimos que o casal foi morto de forma semelhante ao abate de animais em fazendas: três cortes longos e profundos que fazem com que o sangue deixe o corpo pelas principais veias.

As pistas, ou a ausência delas, continuam confundindo a equipe: demonstram um grupo de perfis muitos diferentes entre si atuando juntos, mas a personalidade do que seria o dominante não combina, nem a do mais fraco.

Na casa onde ao assassinato ocorreu, Morgan recebe a ligação de Garcia, que confirma algumas informações sobre a cena do crime e conta a Morgan que um vídeo do assassinato já está correndo a Internet. Morgan encontra o computador sobre um móvel. Vemos que o desconhecido continua observando a cena do crime, de sua casa, enquanto come cereal.

Assistindo o vídeo na delegacia, a equipe ouve duas vozes bastante diferentes, aparentemente um dos desconhecidos está dizendo ao outro o que fazer. Reid analisa o computador retirado da casa e verifica que ele pertencia ao homem morto. Enquanto examina o computador ele percebe que está sendo observado, confirmando que a delegacia tem conexão wireless eles entendem que o notebook está sendo acionado a distância.

O desconhecido ouve a segunda voz e diz que o FBI é da armada de Satã e que eles lutarão contra ele. Na delegacia uma mensagem aparece na tela: O exército de satã não irá prevalecer. Então o computador é desligado. Garcia explica a equipe que, provavelmente, algum serviço de suporte foi utilizado pelo dono do computador, só que, depois disso, o acesso externo não foi desabilitado, permitindo que o computador fosse acionado a distância.

Ao saber que o vídeo do assassinato é um dos mais acessados da Internet, Morgan acaba concordando em pelo menos um ponto com o desconhecido:

O Mundo está realmente ferrado.

Enquanto atende a um cliente pelo telefone, o desconhecido vê em um dos monitores uma mulher recebendo um homem em sua casa, que não é seu marido. Uma das vozes compara a mulher da Jezebel, uma das prostitutas da Bíblia.

O desconhecido entra na casa da mulher, vai ao telefone e disca 911. Dessa vez Raphael fala com a atendente dizendo que irá dar uma lição aos pecadores. Ele desliga o telefone e leva o notebook junto com ele ao quarto.

Na delegacia, JJ encontra o registro de alguém diz ter visto um invasor próximo a casa aonde o casal seria assassinado. JJ e Reid partem para conversar com o responsável pela ligação, Tobias Hankel, enquanto o resto da equipe recebe a notícia de um novo crime.

A equipe vai para a casa onde o crime aconteceu. A vítima, um homem, não morava na casa e a dona desapareceu. A equipe liga os pontos, mais uma vez a ligação usa termos do Apocalipse: o desconhecido levou a mulher adúltera com ele para castigá-la.

No quarto onde o assassinato ocorreu, Morgan e Prentiss observam tudo e Morgan percebe que a câmera do laptop está ligada e alguém deve estar observando. Neste exato momento o desconhecido os observa, enquanto a mulher amarrada implora por sua vida.

Enquanto Garcia tenta localizar o sinal através do notebook, Hotchner e Prentiss discutem o caso, Gideon continua tentando decifrar o que tudo quer dizer, por que as pistas são tão confusas. Eles sabem que, sendo comparada a Jezebel, o destino da mulher seqüestrada será cruel.

No que parece um celeiro as vozes continuam a discutir, até que uma dela começa a ler trechos do Apocalipse que falam de adultério e castigo, cães raivosos. O desconhecido se levanta deixando a câmera focada na mulher. Ouvimos, vendo a parte de fora do celeiro, os gritos desesperados da mulher e cachorros ferozes latindo.

O segundo vídeo chega mais rápido ainda à Internet. Garcia envia o vídeo para a equipe na delegacia: eles assistem ao ataque dos cachorros, o vídeo é forte e eles não querem ver mas o detetive reconhece os cachorros de um ataque pouco tempo atrás. Verificando o nome do dono dos cachorros ele encontra Tobias Hankel.

Gideon, de repente, se lembra dos pássaros que viu na aquarela no Smithsonian, aqueles que imitam vozes.

Na casa de Tobias, JJ e Reid batem a porta. Tobias atende, mas não chega a abrir a porta totalmente. Nega ter ligado para a polícia e não deixa que eles entrem na casa, fechando a porta em seguida. JJ estranha ele ter ligado para a polícia e depois negado. Reid pensa o mesmo que a equipe na delegacia: para medir o tempo.

Reid dá a volta na casa e vê os diversos monitores com cenas de diferentes casas. Quando o desconhecido percebe que ele viu, corre para trás da casa. Reid pede que JJ ligue para Hotch, mas onde eles estão o celular não funciona. Reid segue Tobias até o celeiro, vai para a parte de trás e grita para JJ cobri-lo, mas JJ não o escuta.

Reid corre para a plantação de milho atrás de Tobias e JJ entra no celeiro. Reid ouve as vozes conversando, brigando entre si, enquanto JJ tenta ver algo dentro do celeiro e acaba pisando em uma poça de sangue. A última cena que vemos de JJ é ela olhando para três cachorros rosnando, tentando se defender, até que um deles avança e ouvimos seu grito, assim como Reid que tenta correr para ajudá-la. Mas ele é acertado na cabeça.

Tobias pega sua arma, Reid ainda tenta acalmá-lo, mas ele fala, dessa vez com a voz que seria de Raphael:

Eu disse para atirar nele!

Cena de Big GameReid fica parado, olhando, coloca suas mãos a frente, em movimento de defesa, enquanto Tobias fica trocando sua voz, de uma para outra sem cessar…

Eles poderiam ter sido simples: a equipe chega na hora H e salva JJ e Reid da morte. A estória acabaria em apenas um episódio. Mas algo mais deve acontecer, já que teremos um episódio inteiro já sabendo quem é o desconhecido, com Reid e JJ em perigo.

12 Comments

  1. Prue**

    Oi Simone!!!! Otemo Review!!
    Concordo com vc,esse lero lero tinha q ter acabado logo, até terminou antes o episodio vc viu???? mas espero q algo meravilhoso aconteça, e q nosso querido Reid saia ileso disso….
    Bom, vamos la,ver o eterno Dawson como vilão foi uma grata surpresa pra mim,se eu disse q consegui me deligar da cara de bobo dela estaria mentindo,mas até q me surpreendi qdo vi quem era o vilão…vamos ver no q isso vai dar…
    Que era uma só pessoa ficou facil de sacar…até pq nunca parecia 2 mesmo…saquei logo de cara q era somente ele e a cabeça louca hahahaha
    Adorei ver a equipe fora do escritorio…todo mundo com roupa casual..ver o Hotch como um ser humano e não robô e ver a mulher dele no meio da turma, até dançar ele foi!!!Morgan como sempre chamando atenção da mulherada e a Garcia mais engraçada q nunca…será q um dia rola algo entre ela e o Morgan???? hummmmm
    Gideon falando q tava se divertindo vendo os quadros foi hilário!!!! ele sempre mais afastado da galera…pode ser pela idade tambem,mas adoraria ve-lo em uma situação inusitada,tipo no bar hahahahah
    Os crimes foram bem legais…tudo q relaciona loucura,religião e mortes me agrada hahaha, pq acho impressionante como tem gente q se acha DEUS, e acha q deve seguir tudo q ta na biblia…achei forte o lance dos cachorros e da tal adultera la,se não me engano é uma das piores mosrte q ja rolaram por la…credo!!!
    Quero so ver o q vai rolar agora…já q sabemos quem o vilão é…já sabemos q o Reid e a JJ estão ferrados…e q a equipe ja deve estar a caminho…espero q algo muito legal aconteça pra tirar essa ansiedade hahahaha
    Ah so um detalhe…amei a JJ se fingindo de inutil pra acessar os arquivos da policia hahahah,essa saida dela foi de mestre…e o policial caiu q nem patinho hahaha,adoro o espaço q deram pra ela…melhor q a Pretiss q ainda nao me agradou muito…
    To louca pelo proximo episodio hahahah q venha logo!

  2. Raphaela

    Ótimo episódio com final surpreendente!!!!! quer dizer ainda não foi o final to be continued……… e a JJ com aquelas feras , será que sairá ilesa???????

  3. Thais Afonso

    O episódio foi ótimo, mas foi um episódio muito focado no marketing mesmo. Como você aproveita toda a audiência de um episódio pós-Superbowl? Você divide ele em dois, para que o público retorne. Muito espertos.

  4. Eric Fernandes

    Eita, comeu meu comentário….

    Thais,
    Com Grey’s Anatomy também foi assim e funcionou.

    Simone,
    A audiência de Criminal Minds aumentou depois desses dois episódios ou permaneceu na mesma?

  5. Simone Miletic

    Oi Eric,

    Sinceramente não sei. Confesso que não fico acompanhando a audiência dos seriados lá fora, a não ser quando os que eu gosto começam a cair demais e correm algum risco.

    Sei que Criminal Minds se saiu bem após o superbowl, mas não chegou perto da audiência obtida por Grey’s no ano anterior. E, também sei, que ela tem batido Lost toda semana.

    Prue,

    Oi moça! Também fiquei meio decepcionada com esse negócio de quebrar em dois episódios, ainda mais comendo uns 6 minutos do primeiro.

    Vão ter que fazer muito para oferecer um bom episódio na próxima semana, não acha?

    Beijos

    Si

  6. Leon

    Foi realmente um epiódio excepcional, com um final muito emocionante ! E agora ? o que será de Reid e JJ ? I said… SHOOT HIM !

  7. Sergio

    A audiência dele que já estava alta simplesmente quase chegou a 30 milhões nesse episódio e nos seguintes mantendo o grande suceeso dele na temporada toda.

  8. Mel

    Ah esse epi foi muito bom, mal posso esperar pra ver a continuação (quase baixei, mas problemas tecnicos me impediram).
    Adorei ver o Reid no centro da história, tava sentindo falta disso. Acho que depois que a Prentiss chegou ele ficou um pouco de lado.

    Prue
    A Prentiss tb nao me conquistou totalmente ainda, mas pelo menos o cabelo dela é melhor… hahahahahaha

  9. Simone Miletic

    Henrique,

    Quem diabos é o Joselito??

    Prue e Mel: eu gostei bastante da Prentiss. Principalmente pois ela acaba bastante sintonizada com o o Reid, tipo: eles são os dois mais cerebrais de uma equipe de cerebros.

    (Ficou feio? Agora já foi…)

    Si

  10. Pingback: Só Seriados de TV :: Criminal Minds Review :: Criminal Minds: Conflicted (04×20)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account