Log In

Reviews

Review: Criminal Minds – A Shade of Gray

Pin it

Criminal Minds - A Shade of GraySérie: Criminal Minds
Episódios: A Shade of Gray
Temporada:
Número dos Episódios: 86 (4×21)
Data de Exibição nos EUA: 22/4/2009
Data de Exibição no Brasil: 1/12/2009
Emissora no Brasil: AXN

Mais alguém lembrou de Gentle, Gentle (1×19) episódio da primeira temporada de CSI? Para mim isso foi evidente desde o primeiro instante, quando a equipe chega à casa da família desesperada e vemos um menino que, em seu rosto, não demonstra nada de tristeza.

Em Gentle, Gentle tivemos um menino que mata por acidente, aqui temos um sociopata. Mesmo com esta mudança e com um ótimo trabalho por parte de Prentiss eu considerei este um episódio esquecível.

Por um lado o episódio manteve o padrão identificado no restante da temporada: um clima mais sombrio e pesado. Por outro, o andamento da história pareceu não funcionar tão bem, como se as coisas ficassem jogadas em meio aos acontecimentos.

Por exemplo, o caminho fácil até o assassino das primeiras vítimas: se era tão clara a implicação porque a polícia não havia chegado até ali? É de se esperar que a polícia tenha em sua base de dados os condenados por crimes sexuais envolvendo crianças, não seria preciso a ajuda de Garcia para juntar as peças.

Outro ponto: como a equipe deixou passar uma questão como o menino dormir em outro quarto em sua primeira visita? Pareceu-me preguiçoso da parte da equipe, como se eles cometessem o erro que mais criticam nas equipes das cidades que visitam: a certeza de saber o culpado fez com que desviassem os olhos de qualquer outra pista.

Criminal Minds - A Shade of GrayFiquei principalmente decepcionada pelo envolvimento de Prentiss: se nas cenas finais ela arrasa, no início, sua investigação superficial mostrou desleixo. O mesmo em relação ao envolvimento do policial: não era simplesmente o envolvimento de alguém chegado à família, era o envolvimento de alguém que mentia.

E na hora em que ele aponta o caminho correto para encontrarem o corpo? E como, sabendo dos detalhes dos crimes anteriores ele não cumpre até o final a imitação? Ao menos seria se sentir culpado ali.

Uma pena, depois de tantos episódios bons.

Séries citadas:

12 Comments

  1. Pingback: Só Seriados de TV :: Criminal Minds Review :: Criminal Minds: A Shade Of Gray (04×21)

  2. DIMAS (Goiânia)

    Realmente ficou estranho a equipe, não só do FBI como também da polícia local, não ter averiguado o quarto ao lado. Ficou totalmente sem sentido.

  3. bia mafra

    Eu juro que desde o inicio eu tava apostando no policial. o menino me passou totalmente despercebido.

  4. Prue**

    Acho q o legal desse episodio, foi realmente o choque de ver o menino como culpado e totalmente sem remorso…ver q ali se ninguem fizer nada, teremos um futuro serial killer no mundo…e por ai vai…realmente os furos da policia são imperdoáveis e a investigação foi meio desleixada mesmo…
    Após varios episodios de tirar o folego…esse decepcionou….
    Mas nada tira o brilho de Criminal Minds….
    Otimo Review!

  5. Lívia

    Mas a vez q Rossi e o Morgan investigam a casa, foi a primeira vez q a cena do crime tinha sido insvestigada pelo FBI.
    Antes quem tinha feito a investigação tinha sido inspetor, justamente o cara q a forjou.
    E eles não entraram no quarto do mais velho pq não tinha necessidade, ja q toda a ação havia ocorrido no quarto do mais velho, e eles tavam com pressa de achar o cara, depois de acharem ai sim fazer uma investigação minuciosa.

  6. Tati Siqueira

    Concordo com a Prue em relação ao choque do menino ser o culpado…..o episodio foi fraco, mas eu gostei……rsrsrsrsr…..é que todos os episodios estão tão bons…..que é dificil de julgar; E hoje tem o episodio com meu lindo……

  7. Fernando dos Santos

    Não sei se é só impressão, mas me parece que a Prentiss é a personagem que mais se envolve emocionalmente quando as investigações mexem com crianças e adolescentes.

  8. Lu

    Acho que tem razão, Fernando dos Santos. Outro dia mesmo reprisou um episódio da primeira temporada em que a Prentiss chegou a pensar em adotar a filha das vítimas.

    Engraçado, quando eu vi o menino, cheguei a pensar nele. Mas aí, as investigações foram se desviando e eu pensei no policial.

    Não é o melhor episódio da temporada. Mas não diria que foi ruim.

    Aliás, o menininho era de dar arrepios.

  9. Andreia

    Confesso que sou apaixonada por CM mas tudo está parecendo muito parado, meio que contando o tempo até o episódio em que o Reaper voltará para atormentar o Hotchner (que tem andado apagadinho).

    Mas gostei da atuação menino, realmente no final do episódio aquele olhar dele era arrepiante.

  10. Lena

    Tb percebi que desde a primeira cena que o menino tinha culpa no cartório, poderiam ter disfarçado melhor. A cara da Prentis ao perceber que estava em frente a um “pequeno Dexter” disse tudo, além disso deu pra sofrer junto com os pais contando a verdade do pq proteger um filho para não perder os dois, gostei das atuações da família. O episódio não foi o melhor da temporada, mas mesmo assim foi bom.

  11. Fernando dos Santos

    Lu, eu acho que essa conexão que a Prentiss procura estabelecer com crianças e adolescentes tem a ver com o fato dela ter feito um aborto quando era jovem.
    Naquele episódio do exorcista assassino é revelado que ela possui rigida formação religiosa, então ela provavelmente carrega muito da famosa culpa católica.Ela deve sentir alguma culpa, mesmo sabendo que no fundo sua decisão foi a mais certa naquelas circunstâncias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account