Log In

Reviews Spoilers

Review: Chuck – Chuck Versus the Living Dead

Pin it

Chuck - Chuck Versus the Living Dead

Série: Chuck
Temporada:
Episódio: Chuck Versus the Living Dead
Número dos Episódio: 52 (3×17)
Data de Exibição nos EUA: 17/5/2010

Penúltimo episódio de Chuck. Escrevo horas antes do episódio duplo que encerrará a temporada e que foi escrito para ser o final da série. Ganhamos dois finales na mesma temporada por conta da indecisão da NBC mas por sorte ganhamos a série de volta. E fico ansiosa em saber o que nos espera nas últimas duas horas já que esse penúltimo episódio foi muito bom. Mesmo tendo acontecido o que eu temia. Melhor dizendo, o que eu não queria. (risos)

Chuck continua tendo pesadelos com Shaw e como pode ser um aviso do Intersect que o agente duplo estaria vivo ele se junta a Sarah e Casey para tentar localizá-lo. A busca por evidências sobre o paradeiro de Shaw foi recheada de diversão.

Casey:

Parece que nós conheceremos por dentro o apartamento de solteiro de Shaw, para alguns de nós não será a primeira vez.

Casey fazendo piadas é sempre muito divertido, porque ele tem um humor ácido e fez questão de deixar claro que Sarah e Shaw namoraram de verdade. Para total desespero de Chuck, que ficava o tempo todo em negação. E Sarah que tentava manter neutralidade mas no fundo estava pra lá de sem graça. Aliás, gostei de ver que a série resolveu não cair naquele clichê de fazer dos relacionamentos que Chuck e Sarah tiveram antes de se acertarem algo quase virginal. Eles são adultos e isso faz parte da vida.

E ainda temos Morgan chegando a conclusão que Shaw estaria vivo assim usando um lógica que só ele poderia ter:

Espera, você sonhou que Shaw estaria vivo? Chuck, pensei que você tinha o visto morrer. Você chegou o pulso dele, certo?

Chuck:

Bem, ele caiu no rio.

Morgan:

Ele caiu no rio! Claro que Shaw está vivo, você nunca viu um filme do John Carpenter?

O melhor amigo de Chuck ainda recebeu a missão de Casey de investigar se ele estaria tendo um caso. E Morgan resolve conversar com Devon porque segundo ele, Ellie só trairia o marido porque ele estaria fazendo algo errado. E então mais uma vez temos a oportunidade de ver o quanto o cunhado de Chuck é Awesome.

Respondendo ao chamado de Ellie, Stephen Bartowski aparece para uma visita e começa a desconfiar que o filho fez o download do Intersect 2. O que Chuck passa a maior parte do tempo negando. E como Chuck tem mentido. Não só para o pai e para a irmã, mas até mesmo para Sarah. Acredito que a mudança sutil de personalidade tem muito a ver com o Intersect agindo dentro da cabeça dele. E poderia apostar que isso será muito trabalhado na próxima temporada. Não só os efeitos físico, mas os efeitos psicológicos.

É claro que Bartowski não consegue enganar o pai por muito tempo e a maneira como o Sr. Bartowski resolve provar que está certo foi pra lá de inusitada.

Stephen:

Eu sabia! Você fez o download do Intersect 2.

Chuck:

Você jogou uma faca na minha cara!

Stephen:

Por que você faria isso depois que eu trabalhei tão duro para tirar o primeiro Intersect da sua cabeça?

Chuck:

Papai. Faca! Rosto! E se você estivesse errado?

Stephen:

Eu nunca estou errado.

Sr. Bartowski não só nunca está errado como criou outro protótipo chamado The Governor que servirá para tentar neutralizar os efeitos do Intersect 2. Pois como ele deixa claro, já que o filho fez sua escolha, ele fará de tudo para ajudá-lo.

Chuck - Chuck Versus the Living Dead

Na Buy More mais uma vez o foco foi Jeffster. A separação dos amigos durante o episódio teve uma virada sensacional quando Big Mike, o responsável pelo ‘divórcio’ da dupla, convence Lester a aceitar a voltar para a dupla revelando que fazia parte da banda Earth, Wind & Fire. Eu quase morri quando vi o macacão dourado. Festa de formatura, casamento, flashback, quase-sempre toca “September”. E a pista enche com os ‘tios e tias’ se esbaldando. E quando a música começou a tocar eu não contive o riso. Big Mike era ‘The Rain’. Esse tipo de referência e leveza é parte importante do sucesso de Chuck.

E quem diria que nessa reta final a espião na família seria a Ellie. Sem saber, a irmã mais velha de Chuck desencadeou várias ações que provavelmente veremos resolvidas nos próximos episódios. E mesmo que não sejam, é sempre bom lembrar: temos mais 1 temporada pela frente.

O talento de Sarah Lancaster é impressionante e ela consegue passar toda a verdade necessária para comprarmos que sua personagem realmente não consegue perceber que está sendo enganada justamente por estar pensando na sua família e não dando lugar para a razão.

E não podemos culpá-la por desconfiar (e temer) Casey e confiar em Justin que as poucas vezes que apareceu foi sempre muito gentil.

Por conta dessa confiança, Sarah não só coloca o pai em risco – muito bom ela colocando o rastreador – mas a ela mesma. Por sorte – tá, não foi sorte, estava no roteiro – ela decide não atirar em Casey. Com certeza não teria sucesso e John se veria obrigado a atirar na irmã do amigo. Usa uma frigideira e consegue derrubá-lo e vai direto para os braços de Justin. E sem se dar conta, está presa e provavelmente servirá de moeda de troca. E com isso chega a parte que eu temia: Shaw está vivo.

Estaria vibrando com a possibilidade desse confronto se não fosse a atuação de Brandon Routh que acaba estragando um personagem excelente. E agora Shaw também possui um Intersect como vemos na cena em que descaradamente usaram um dublê para não ter que pagar o ator mais de uma vez. (risos) Deixo vocês com o testamento de Chuck que serve como um prefácio do que nos espera:

Meu nome é Chuck Bartowski, e se você está lendo isso, significa que eu estou morto. Eu não sei o que me matará mas eu escolhi ser um espião e isso me trouxe consequências. Talvez minhas emoções sejam as responsáveis pelo meu fim ou um erro sem grandes importâncias na tentative de proteger meus amigos ou minha família que nunca desejaram que eu fizesse parte disso. Ou pode ser algo que eu nunca esperei por, mas que está ‘vindo’.

Séries citadas:

Pós-graduada em História Contemporânea, pretende fazer mestrado usando séries como fonte. Seriados fazem parte da sua vida desde sempre. Magnum, Casal 20, Macgyver, Super Vicky são alguns deles. Assiste aproximadamente 40 séries (incluindo algumas já canceladas). Está aprendendo a abandonar séries mas sempre acaba colocando outras no lugar.

2 Comments

  1. Lucas Avila

    meus deus como eu gosto de chuck! esse episodio foi sensacional! e o season finale então? cristo tenho de me desviciar urgentemente pois só temos mais uma temporada dessa maravilha! e pensar que One tree hill vai para a 8ª… belo Rewiew!

  2. Flavio Batista

    Vou dizer o q? Junto com Fringe, sao as series q me fazem torcer pra o tempo passar mais rápido (apesar de ter um monte de coisas pra fazer, inclusive assistir series rsrsrs)
    A season finale foi incrivel! Manda a review logo pra gente poder discutir as teorias rsrsrs
    Valeu!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account