Log In

Reviews

Review: Brothers & Sisters – Three Parties

Pin it

Brothers & Sisters - Three PartiesSérie: Brothers & Sisters
Episódio: Os Três Lados (Three Parties)
Temporada:
Número do Episódio: 17
Data de Exibição nos EUA: 8/4/2007
Data de Exibição no Brasil: 30/1/2008
Emissora no Brasil: Universal

Episódio bom é quando no final ficamos de boca aberta. E esse foi um deles, mas vamos começar pelo começo, vamos por partes.

O início não era muito promissor: acompanhar Kitty e Sarah num fim de semana, não parecia ser algo bom para se ver. Só que com o passar do episódio e com o desfecho final, percebi que o melhor “lado” do episódio foi o casal Kitty e o senador. Os dois vêm crescendo a cada semana com histórias reais e tocantes.

Quando Kitty chega a cidade das alcachofras e percebe que o namorado é perfeito e que a única pessoa que não o venera é ela, ocorre a culpa, pelo menos acho que foi culpa, pela crise no relacionamento dos dois. Realmente, o senador é perfeito, até na sua declaração ao final do episódio foi feita tão bem que não o culpei por ter entrado no personagem de herói de guerra, e sim, fiquei tocada pela situação que ele vivenciou.

A Sarah foi a diversão em pessoa neste episódio. E assim nos mostrou o relacionamento dela com a irmã. Esta união das duas é totalmente da vida que tiveram juntas e não do DNA. Kitty tem razão quando fala que irmã é aquela que conviveu a vida toda, aquela que brincou de boneca, dividiu a maquiagem, confidenciou sobre namorados e que sempre terminam a frase uma da outra.

O que leva a Rebecca ou R., como o J. a chama. Ele conseguiu ser um pouco chata neste episódio. Tudo bem, não deve ser nada fácil descobrir uma família aos 20 anos quando se está vunerável ao mundo, as pessoas e as drogas. Também concordo com ela na observação que o Justin não é o único cara com problemas de droga no mundo, mas ir a uma festa com drogas, ficar chapada na frente do irmão em recuperação é insensibilidade demais. Na minha opinião, é claro!

Brothers & Sisters - Three PartiesA vida amorosa de Nora vai começar a ficar complicada. Afinal de contas se envolver com o professor, não importa se é faculdade ou curso de extensão, sempre é complicado. E ao que parece ainda vai render histórias boas e cômicas esses dois juntos. E a Nora com a sua amiga, que só lhe traz problemas e situações vergonhosas, só rende risadas para nós, o que sempre é bom.

E o Kevin, quando é que ele vai conseguir ter um relacionamento duradouro? Sempre tendo problemas com seus amores. Mas, pelo menos a “ladainha Chad” já acabou. Não aguentava mais essa história de se assumir ou não. Pelo visto nem eu e nem o Kevin agüentavam mais!

Senti falta do Tommy e do Tio Saul. Do Tommy porque gosto dele com a esposa. E do Tio Saul porque aprendi a gostar dele, seu personagem definitivamente me conquistou.

Séries citadas:

10 Comments

  1. solange

    Esse seriado não é ruim, mas sinceramente não ganhou a minha simpatia. Quando a Kitty começa a falar, parece que engoliu um rádio. Parabéns para a atriz por conseguir decorar tantas falas. Pior ainda quando ela começa a discutir com a mãe…Gosto apenas das cenas com o kevin. Ele é muito cabeça. Espero que arrume um carinha bem legal.

  2. Paulo Fiaes

    essa história do senador foi boa mesmo, no dia que eu encontrar alguém que fale tão bem de mim como a ex-namorada falava dele, eu me dou por satisfeito.
    eu gosto de J e R, pena q são irmãos, dariam um belo casal. N achei insensibilidade dela, mas também n vi ainda um motivo forte que a levasse fazer aquilo. digo, se fosse qndo descobriu ou até após o jantar com a familia Walker, mas agora que parecia que ela ja estava se acostumando com a idéia, achei forçado.

  3. Andrea

    Obrigada pelo review.

    Acho que o episódio passado foi o mais sem graça da temporada. Mas morri de rir com a Nora vestida daquele jeito.

    Não senti falta do Tommy. Mas também me alegra que o Chad e o Kevin tenham terminado. Ô relaçãozinha mais chata…

    Ainda preciso ver mais episódios com a Rebecca para ter uma opinião sobre ela, mas a garota parece ser encrenca.

  4. Rodrigo

    ** Desculpe, mas o review pareceu ter sido cortado no meio, sem final. Enfim…

    Assistir Brothers & Sisters é pra relaxar. Meu Deus, que série gostosa!
    E eu dei tanta risada com os trocadilhos das alcachofras!
    E hoje tem!

  5. Giselle Bauer

    Gostei muito da Kitty e a Sarah na cidade do senador. Foi divertido. Mas a Kitty gosta de complicar as coisas não? Concordo a Rebecca foi um pé no saco neste episódio que por sinal tô achando ela bem chatinha.E não senti falta do Tommy e nem do Tio Saul.Gostei da atitude do Chad em sair do armário mas no mundo real é muito díficil um galã de Hollywood assumir que é gay.

  6. Rafael

    Talvez este tenha sido o episódio que menos gostei.

    De bom? Só o clima “The West Wing” na abertura e no fim… Que saudades!

  7. Luciano

    As cenas do senador sempre lembrar The West Wing, Rob Lowe, sempre da um show, sensacional, odiei o capitulo de ontem, alguem mais ??

  8. mauro

    Eu morri de vergonha no episódio de ontem. A Kitty estava impossível. Mostrou o pior lado dela e do Kevin. E quando a Sarah começa a ser simpática novamente vem uma bomba daquelas. O que será que aconteceu de verdade? Será que a Rebecca realmente será uma “vilãzinha” de quinta categoria? Ou o casamento da Sarah terá um fim definitivo? O episódio foi bom, mas me constrangiu e me provocou muita raica. E não há como negar que tiveram cenas hilárias.

  9. Mônica

    Gostei bastante do episódio e dei graças aos roteiristas não terem colocado a Holly nele. Também achei a atitude da Rebecca insensível. E irresponsável.

    Quanto ao senador McCallister…alguém aí tem o telefone dele? Ele é tão perfeito que o quero pra mim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account