Log In

Reviews

Review: Brothers & Sisters – Northern Exposure

Pin it

Cena de Northern ExposureSérie: Brothers & Sisters
Episódio: Exposição Norte (Northern Exposure)
Temporada:
Número do Episódio: 7
Data de Exibição nos EUA: 5/11/2007
Data de Exibição no Brasil: 14/11/2007
Emissora no Brasil: Universal

É incrível como no final Nora sempre consegue o que quer, com um pouco de drama e confusão no processo.

A fazenda da família está cheia de lembranças. Não podia ser diferente para a família Walker. Grandes mentes pensam iguais. E é claro que os Walkers decidiram visitar a fazenda no mesmo fim-de-semana, do contrário onde está diversão?

Um episódio light, mas com emoção além da conta, com certeza preparando o terreno para um futuro próximo. Percebemos isso com a reunião de Sarah e Saul com o contador. E na conversa de Saul com Sarah logo depois. “Quem é Rebecca?” Essa eu sabia que o Tio Saul iria mentir. Até eu mentiria. Mas será que ela é realmente filha do William? Não seria um pensamento precipitado?

A reunião da família com seus pares foi esclarecedora- é mostrado para nós um pouco mais de cada um. Quase um lembrete para que não nós esquecessesemos quem são. Isso é visto claramente no jantarm onde é discutido o pedido de ajuda de Tommy para Kevin e a rejeição da ajuda de Justin.

Tommy e Júlia realmente querem uma família. E é triste ver que esse sonho está cada vez mais difícil. Achei perfeita a solução para o problema. Os homens Walker se unindo mostraram o porquê que sou apaixonada por eles. O modo como Justin e Tommy voltaram às boas foi bastante emocionante. Percebemos, pouco a pouco, como a guerra afetou Justin e o porquê de suas ações.

Quando Kitty descobre que Warren e Amber ainda estão juntos, vimos a reação da Kitty republicana, conservadora e com opinião própria voltando a ativa. Infelizmente acabou o quase relacionamento de Warren e Kitty. Mas, o que vai acontecer agora? Como será o relacionamento dos dois no local de trabalho juntamente com Amber?

Justin é sempre um caso a parte, uma hora está pronto para fumar um baseado e na outra hora está querendo ajudar o irmão, assim com fez com a sobrinha.

Kevin foi outra pessoa neste episódio. Isso nos mostra que apesar de ser gay, ele não é tão liberal assim. A conversa que ele teve com a Kitty mostrou também que ela apesar de ser conservadora, pensa somente na família, assim como ela explicou o porquê de ser republicana ao Warren.

Cena de Northern ExposurePor que toda semana temos uma briga do meu casal favorito: Kevin e Scotty? Eles, num momento, parecem estar em sintonia, mas de uma hora para outra, começa a discussão. Só não foi igual as outras brigas porque neste episódio eles não fizeram as pazes no final.

Fiquei feliz com o beijo entre Nora e David, mas não será um pouco cedo demais? Vamos ter que esperar para ver o que irá acontecer.

E tem modo melhor de acabar o episódio do que apoio familiar entre os homens Walkers?

Foi um episódio onde os Walkers encontram o norte, onde literalmente se encontram e descobrem que sempre podem contar com a família, não importa que eles sejam.

Séries citadas:

10 Comments

  1. Patrícia

    Bom, gostei do episódio, era óbvio que todos acabariam indo pra fazenda no mesmo fim de semana sem combinar… achei hilária a história de Sarah, Kevin e Justin terem experiências marcantes (e diferentes) com um mesmo Tucker Booth, assim como ri muito na hora que a Kitty chega e encontra a Nora e David de roupão, imaginando coisas… hehehe… enfim, esse episódio foi muito divertido…

    Essa história do Kevin se recusar a doar esperma pro Tommy, achei meio egoísmo da parte dele no início, mas até entendi quando ele explicou o motivo de não querer fazer isso… foi uma ótima solução, o que eles fizeram no final… e legal que Justin e Tommy se reconciliaram…

    Essa série cada vez mais está se tornando uma das minhas favoritas da temporada!

  2. Daniel

    Isso q vc esveu Barbara esta certo,”Um episódio light, mas com emoção além da conta, com certeza preparando o terreno para um futuro próximo. ”
    Eu ja vi a primeira temporada q é otima, só melhora a cada episodio, os proximos episodios serao bem dramaticos… principalmente o episodio 9 e 10.
    abraços

  3. Tiago Santos

    Bárbara Reis

    Parabéns pelo artigo, já virou um vício para mim ver essa série e depois ler sua análise do episódio.

    Série boa essa. Gosto muito dessa série. Tem trama, tem pessoas (seres humanos com virtudes e defeitos), tem comédia, tem drama, enfim. Muito melhor que ver uma sequência de gags e ofensas naquelas sitcons. Minha maneira de pensar.

    Eu gostei da parte em que Nora dá a brona nos filhos por causa da discussão do esperma. Acho que o Kevin tinha todo direito de negar se assim quisesse. É como a Nora falou: ” Ele não está pedindo um casaco emprestado”. E a irmã nem ninguém tinha o direito de julgá-lo. São muitos fatores emocionais e psicológicos envolvidos.

    Achei bacana a posição do Tommy de querer ter um filho que seja necessariamente parte dele e da esposa. Não querer negar a sua esposa jovem e saudável a possibilidade de ter seus próprio filho.

    Gostei das posições da Kitty na série. Ponderada e ética. Acho forçado ela defender com unhas e dentes o governo Bush. O fato de você ser conservador e de direita não implica necessariamente em apoio a essa administração que na atualidade já vem sofrendo grande repúdio dos próprios repubicanos e da direita. Mas entendo que eles querem marcar posição da personagem.

    No começo também tinha achado cedo a Nora namorar. Mas ela tá certa. O velho corneou ela a vida inteira e ainda deixou uma herança de problemas. Tem que tentar ser feliz mesmo.

    O lance mais engraçado do episódio para mim foi todos sendo surpreendidos quando chegavam uns com os outros. Aquele misto de surpresa, raiva e disfarce. E o lance do Justin caindo com a namorada da casa da árvore foi hilário.

    Interessante como ela tá fazendo ele aos poucos largar as drogas e melhorar. Mostra como uma mulher pode SIM mudar um cara. Com persuasão e jeito.

    Gosto muito dessa série.

  4. Mica

    Totalmente sem tempo, depois eu volto. Mas queria dizer uma coisa. Embora eu tenha adorado o episódio, eu fiquei muito frustrada com a atitude egoísta da Sara ao exigir que o Kevin doasse o esperma para o irmão. Ninguém é obrigado a esse tipo de coisa! Kevin tem o direito de querer ou não ser pai de uma criança que ele terá que chamar de sobrinho. E até explicaria melhor minha forma de pensar, mas tenho que sair correndo. Até+

  5. Tiago Santos

    Mica

    Você em poucas palavras explicou tudo o que eu queria dizer. Não é uma questão de você doar para um desconhecido. Mas para alguém próximo, que você vai conviver sempre intensamente e vai ver crescer, sentimentos estão envolvidos.Imagina você sempre olhar a criança e pensar que é seu filho.

    Acho nobre doar. Mas não culpo se não fizer.

    Achei a solução que deram no final pefeita. De não revelar se veio do Justin ou do Kevin. Assim sempre que eles olharem a criança eles pensarão: pode não ser meu, pode ser do outro. É libertador esse pensamento.

    Sou apaixonado pela Amber. É bonitinha, simpática, tá sempre feliz e entusiasmada, engraçada, de bem com a vida e inteligente e bem informada. Casava com ela se fosse o Warren. Na hora!!!!! Se ela quisesse claro.

    No caso do Kevin. Acho que ele não gosta de ser gay. Acho que ele preferiria ser hetero. Ele me passa ser um cara conservador. Mais até do que a Kitty e que apesar de se aceitar, de defender sua posição e de gostar do Scotty ele inconscientemente preferia não ser.

  6. Tiago, você tem toda a razão quanto ao Kevin, e acho que no fundo é essa a função do Scotty na vida dele (neste momento na série), inclusive ele (Scotty) já disse isso ao Kevin. Adoro o relacionamento dos dois e embora ache chato eles brigarem todo episódio, achei que o Scotty tinha toda a razão em ficar com raiva porque o Kevin acha que por estarem juntos ele é obrigado a defendê-lo, não tem nada a ver, aliás, relacionamentos são bons justamente por haverem divergências de opiniões.
    E quanto a história do esperma o Kevin tinha razão, em tudo, no medo, na questão psicológica, na questão legal… enfim era direito dele. Também achei a solução perfeita.
    Pra mim o momento mais engraçado foi na mesa quando a Kitty menciona o Tucker Both e em seguida a Júlia começa brigar com o Tommy porque ele tinha pedido o esperma do irmão. Era tão trágico, mais ao mesmo tempo tão cômico que eu não consegui parar de rir.
    Achei muito triste a explicação do Justin sobre o porquê de ele querer doar o esperma, mas ao mesmo tempo muito… humana.
    Eps perfeito… mas eu li alguns spoilers e estou triste tudo o que alguns deles vão passar.

  7. Rafaelly

    Poxa…episódio bem divertido.
    Mas fala sério.O Kevin tem todo o direito de negar isso.Situação muito estranha essa.Já pensou ele ser pai do filho do irmão e da cunhada???Muuuuuito estranho…

    Aliás, mesmo essa solução q eles arrumaram no final ficou meio estranha tb. Afinal,continua na família…A dúvida vai acabar surgindo depois e os dois vão querer saber de quem é a criança.

    Achei muito prematuro esse envolvimento da Norah com o David…mas q foi bonitinho foi!

    E a história do Tucker Booth foi ótima tb…hehehe

  8. Olive

    Adoro esta série! E o episódio foi uma delícia! Também achei engarçadíssimo a Sarah e o Kevin terem perdidi a virgindade com o mesmo cara. será que eles sabem? Seria bem legal se esse Tucker Booth aparevesse em um episódio. O cara deve ser uma figura!

  9. Fernanda C.

    Se essa trama fosse feita no Brasil, seria um dramalhão só. Principalmente essa história do Tommy. Por isso que eu gosto da série, tem drama na medida certa, não é cansativo. E estou adorando a Amber. Boa sacada fazê-la inteligente, e não só mais uma jovem loira burra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account