Log In

Reviews

Review: Battlestar Galactica – Occupation

Pin it

Cena de OccupationSérie: Battlestar Galactica
Episódio: Ocupação (Occupation)
Temporada:
Número do Episódio: 39
Data de Exibição nos EUA: 6/10/2006
Data de Exibição no Brasil: 3/3/2007
Emissora no Brasil: TNT

Vamos ao primeiro review de Battlestar Galactica – espero eu o primeiro de muitos. O episódio começa com imagens que se revelam sutilmente, mostrando onde estão os personagens da série: Helen Tigh aparece fazendo sexo com um homem; Tigh está preso em uma solitária e tem um curativo no olho; a ex-presidente Laura Roslin aparece rezando; Adama tenta, sem sucesso, planejar estratégias de combate; Kara Thrace, a Starbuck, prepara a mesa para um jantar; já o chefe Tyrol aparece ao lado de Anders, o marido de Starbuck, armando uma bomba. Aqui cabe uma ressalva, quem viu os web episodes da série já sabia que Anders, Tyrol e Tigh formaram uma resistência à ocupação Cylon em Nova Caprica.

O foco se volta para inescrupulosa Helen e descobrimos que ela não faz sexo com o Cylon Calvin simplesmente por fazer (isso até não surpreenderia ninguém vindo dela), mas ela quer algo em troca… o que é saberemos em breve, uma vez que Cylon Calvin apenas responde:

Acredito que isso esteja acontecendo nesse momento.

A cena retorna a Tigh e outro modelo do Cylon Calvin, de óculos escuros, falando que revisaram o caso dele e que foi grande a decepção pro comitê revisional. Eis que se espera algo negativo adiante, porém o Cylon se levanta leva sua cadeira e sai da sala e chama Tigh, dizendo que ele está livre. Assim, finalmente podemos ter certeza do que Helen queria em pagamento do Cylon Calvin. Pelo menos desta vez ela traiu Saul por um motivo nobre. Vemos então Helen esperando Saul e os dois se abraçam emocionadamente no seu reencontro.

Tyrol e Anders aguardam os Cylons se aproximarem da bomba pra finalmente a explodir. Vemos a numero Seis junto com a cylon Shannon e dois Centuriões passando por ali…enfim parece que é o momento e Anders manda Tyrol acionar a bomba, mas…ela não funciona! Tyrol se descontrola apertando o dispositivo mas enquanto Anders esbraveja a bomba explode. Através da bomba vemos um ponto de união do nosso mosaico, Anders e Tyrol explodiram a bomba e Newman e Starbuck observam a fumaça produzida pela explosão, idem Helen e Tigh, e novamente as atenções se voltam para Starbuck,

E a companhia de Starbuck para o jantar, é ninguém menos que o modelo cylon Newman! No jantar Starbuck pede uma faca para Newman, mas este nem responde, se levanta e corta a carne para Starbuck, que surpreendentemente submissa apenas agradece. O jantar é interrompido com a explosão da bomba, onde Newman reclama dos rebeldes. Ele volta as atenções para Starbuck, faz um carinho, elogia ela que nem se move…quando finalmente se movimenta, ela usa um objeto para atravessar a garganta de Newman, talvez na melhor cena desta season premiere, Starbuck não contente se levanta senta sobre o Cylon e ainda desfere mais três golpes nele, que morre falando:

Nos vemos em breve, Kara.

E ouve como resposta:

Leve o tempo que quiser.

Starbuck limpa a mão suja de sangue no tapete, se levanta, se senta à mesa, pega a faca deixada pelo Cylon…e volta a comer como se nada tivesse acontecido!!!

Logo depois descobrimos, através das anotações da ex-presidente Laura Roslin, que já estamos com 134 dias de ocupação Cylon e que os residentes em Nova Caprica não tem contato com a Galactica desde que eles saltaram há quatro meses atrás. Laura se recusa a acreditar que o Almirante Adama tenha abandonado eles. Ficamos sabendo sobre os ataques dos rebeldes e a resistência aos Cylons. Laura segue dizendo que para os ataques terem impacto de fato eles precisam acertar um alvo mais importante, uma vez que simplesmente matar os Cylons nada muda já que eles fazem download de sua mente em outro corpo. Por fim ela encerra nos informando que o governo de Baltar é um mero marionete dos propósitos Cylons em Nova Caprica e que é somente um governo de fachada.

Após essa explicação dos acontecimentos passamos a uma reunião no gabinete do presidente Baltar e lá estão presentes alguns dos modelos Cylons, que debatem para decidir qual o melhor passo seguir na ocupação, diante das atitudes dos rebeldes de atacarem os Cylons. E o irmão Calvin é o mais exaltado e profere a frase:

Medo é uma característica chave da fé no meu entendimento.

Ele completa sugerindo a execução de Baltar. E a cara que Baltar faz é impagável e me arrancou algumas risadas, quebrando um pouco a tensão da cena. Mas (in)felizmente a proposta é rejeitada pelos Cylons pois essa seria do agrado dos humanos que vêem Baltar como um traidor, além da número Seis defender o objeto do seu amor.

Laura aparece escrevendo mais uma vez pra nos explicar um fato que, pra quem acompanhou os web episodes, não é novidade: os Cylons estão recrutando pessoas entre a população humana pra patrulhar as ruas na tentativa de criar uma força policial humana, e nos é mostrado que Jammer é um dos policiais. Explica-se também que existe uma fonte dentro da administração Baltar que tem ajudado a resistência, porém ninguém sabe quem é esta pessoa. Ela entra em contato com os rebeldes através de um sinal secreto, que é mostrado na cena do homem virando um pote de comida amarelo de um cachorro.

A resistência tem acesso a um documento sobre a segurança da cerimônia de graduação da polícia de Nova Caprica. Um alçapão subterrâneo é aberto por Tigh que se arrasta usando uma pá como bengala, chegando assim a reunião entre os lideres da resistência. Anders, Tyrol e Saul bebem e o Coronel explica sobre o curativo no seu olho, matando a curiosidade dos dois… e nossa, o seu olho foi arrancado e mostrado pra ele! Eles debatem sobre os planos a serem traçados Tyrol comenta que Baltar vai estar na cerimônia de graduação, fazendo do evento o alvo perfeito. Tyrol acha difícil atacar sem ter baixa entre os policiais, porém Saul deixa claro que ao se unir aos Cylons eles também viraram inimigos. Tigh pergunta sobre como anda a comunicação externa e vemos um computador tentando uma transmissão com algum Raptor no espaço próximo à Nova Caprica, porém todos os dias os Cylons embaralham a transmissão impossibilitando o contato entre Nova Caprica e a Galactica. Anders não acredita na possibilidade de existir um Raptor aguardando lá, porém Tigh rebate defendendo Adama e que ele jamais os abandonaria. A discussão esquenta, mas o tom muda quando o nome de Kara é citado. Tigh pergunta a Anders se ele sabe algo de Kara, que desapontado responde que não sabe nada dela há quatro meses.

Assim voltamos a Kara.Ela olha o corpo de Newman no chão, escuta um barulho na porta e eis que ele está de volta, após completar o seu download. Ele desdenha de Kara e diz que já é a quinta vez que ela o mata e ele sempre volta. E explica que Deus quer que eles fiquem juntos! Kara com a faca em mãos pede desculpas a ele, mas ao mesmo tempo parece o ameaçar. Após discutirem, Newman diz que Kara vai segurar ele nos braços dela o abraçar e dizer que o ama. Ele diz que vai pra cama e Kara vê ali a chance de tentar fugir. Ela corre para subir as escadas e corre pra porta abre, porém da de cara com grades no corredor que a impedem de fugir. Ela grita, em vão.

Novamente neste episódio vemos a Galactica. Os pilotos dos Vipers estão fazendo exercícios e após uma nave quase ser atingida por fogo amigo em pleno exercício, a nova CAG, Kat, cancela o exercício. Após entrar em contato com a Galactica vemos o novo XO de Adama, Helo, ordenar o cancelamento, porém o Almirante entra e diz para deixar os Vipers no ar e mandar a nave tanque abastecê-los lá porque o exercício deve prosseguir. Helo responde um pouco contrariado que é a 16ª vez que eles repetem o exercício e Adama responde que a próxima será a 17ª.

Cena de OccupationVemos então Lee, o Comandante da Pegasus, pela primeira vez nessa terceira temporada e a surpresa é que ele deixou sua boa forma física de lado e está bem gordo. Apolo sugere a Adama que suspenda o exercício devido ao tempo que os pilotos estão no ar. Pai e filho discutem e são interrompidos pela CAG avisando que houve uma colisão entre os Vipers – assim as naves danificadas vão retornar pra Galactica, o que acaba por irritar o Almirante Adama. Lee e Adama se encontram e o filho deixa claro que não aprovou a atitude do pai, que parece achar que o único problema é a tripulação não estar se esforçando mais. Adama rebate:

Deu uma olhada no espelho ultimamente?

Claramente mencionando o estado físico do filho que abandonou o porte atlético entre as temporadas. Adama segue falando que o filho esta mole não só fisicamente mas também psicologicamente e que ele só tem feito reclamar o quanto é difícil. E manda por fim ele tirar o traseiro gordo dele dali assim encerrando a discussão.

Voltando a Nova Caprica, vemos o debate entre o Coronel e o Chefe sobre o ataque a graduação dos policiais, Tyrol acha que eles estão passando dos limites, E percebemos então que eles não debatem sobre o ataque em si, mas a forma de ataque que será feito em uma missão suicida de Duck. Mais uma vez quem viu os web episodes já tem uma noção do por que. E quem não viu já vai descobrir: Duck justifica que desde que eles mataram Nora, sua esposa, ele perdeu a razão de viver.

Na Galactica, Adama conversa com a Cylon Sharon, que esta lá presa. O Almirante confessa sentir muita solidão, exceto talvez por Sharon. Ela pergunta se ele sente culpa por ter abandonado as pessoas em Nova Caprica, Adama responde não sentir culpa e ela explica dizendo que ele precisa perdoar a si mesmo pelas escolhas que fez e portanto ele não pode permanecer sentindo-se culpado, ou as pessoas não teriam chance de sobreviver.

Na Pegasus Lee conversa, enquanto belisca algo, com sua esposa Duala sobre a sua discussão com seu pai Ela não responde e ele capta que ela concorda com Adama, e após ele insistir ela afirma que o Almirante está certo: Lee está mole. Duala termina por dar uma lição de moral em Lee, afirmando que ele é igual ao pai dele, por mais que não queira.

Em Nova Caprica a fonte de Tyrol entra em contato com ele mais uma vez, após virar o pote amarelo do cachorro e o Chefe recebe as freqüências de interferência dos Cylons, que permite que a resistência se comunique com a Galactica. Finalmente Tyrol consegue fazer funcionar a comunicação, no exato momento em que o Raptor está para saltar pra fora da órbita de Nova Caprica, mas capta uma transmissão e eles comemoram a contato com os humanos em solo. Assim, os lideres da resistência recebem uma resposta dizendo que vão se comunicar naquela freqüência a cada 12 horas, que eles irão buscá-los e que tenham esperança. Na Galactica Adama é avisado do contato com Tigh e fica esperançoso de que tudo ira acabar bem.

Em Nova Caprica em reunião com sua assistente Roslin descobre que a força policial deverá ter pelo menos 200 pessoas e se surpreende com o numero de pessoas que os Cylons conseguiram recrutar para se voltar contra sua própria espécie.

No gabinete do “presidente” Baltar, Gaeta lhe avisa que está na hora da cerimônia. Mas Gaius resolve não ir, alegando que tem preocupações com a segurança e assim frustrando os planos dos rebeldes. Gaeta diz que irá avisar a equipe e sai em disparada pela rua, rumo ao pote amarelo do cachorro, desvendando assim que ele é a fonte misteriosa de Tyrol. Infelizmente o Chefe esteve no ponto de encontro segundos antes de Gaeta deixar o sinal. E assim a resistência não é avisada a tempo de abortar o ataque.

E por fim descobrimos qual é a missão suicida de Duck. Ele vai agir como homem bomba, ele comparece a formatura normalmente, e quando vai ser parabenizado pela Cylon D’Anna ele se explode (!!!). Da mesma forma que começou o episódio ele se encerra – com flashes de luz. Na hora que tudo fica iluminado vemos os corpos caídos pelo chão. E aqui fecha o primeiro brilhante episódio da terceira temporada, na qual os roteiristas tiveram a coragem de tirar a ação da nave e usar disso pra escrever um roteiro brilhante, recheado de criticas as formas de agir dos estadunidenses e outros povos ao longo da história, muitas se encaixando como uma luva na situação atual como a guerra do Iraque.

E assim eu encerro meu review, tive muito trabalho pra escrever, porém foi uma diversão, e espero que apesar do trabalho que vocês tiveram pra ler, devido à extensão do texto, vocês tenham tido o mesmo prazer que eu tive pra escrever. Sei que o texto não ficou perfeito, mas é apenas o primeiro que eu escrevo, espero aos poucos ir melhorando e aprendendo a escrever com menos trabalho e mais sucintamente. Desculpem qualquer erro ou falha!

Séries citadas:

Viciado em séries desde 1998, quando gravava os episódios em fitas cassetes para assistir depois (estou ficando velho). Minhas séries prediletas são: Battlestar Galactica, Boston Legal, Ally Mcbeal, Quantum Leap, Dexter, X-Files, GoT, TWD, Seinfeld, dentre outras! Atualmente sigo buscando séries que forneçam algo mais do que um passatempo de qualidade, ainda que para tanto precise recorrer a séries antigas que não vi.

42 Comments

  1. Nak Kaballa

    Parabéns, Lucas.

    Occupation, foi um tapa na cara na SEMÂNTICA americana sobre o que é Patriotismo ou Terrorismo.

    Para os Estados Unidos ver que:

    Pimenta nos olhos dos outros, não é refresco.

  2. Lucas Barreto Gomes Leal

    poh Paulo vc foi SUPER bondoso o texto estava enorme e vc tirou pouca coisa, acho que relendo os outros reviews eu peguei mais o esperito da coisa de não descrever tanto e opinar mais e acho que pro proximo eu vou estar mais objetivo e mais opinante!
    até pq essa série é maravilhosa e os fãs merecem uma boa leitura!
    mas esse é um dos meus episodios prediletos então foi dificil mesmo escrever, as comparações com a guerra do iraque são otimas, e não só com o iraque mas com a grande maioria das guerras de ocupação que o mundo viu até hj!
    nos proximos episodios o desenrolar disso é MTO bom e esse inicio de terceira temporada me fez ainda mais fã da série por isso!talvez por isso a audiencia tenha caido nos EUA afinal eles nunca gostaram de criticas ainda mais feita por eles mesmos!
    ah só pra corrigir “Data de Exibição nos EUA: 6/10/2007” 2006 ao inves de 2007 ;)

  3. Lucas Barreto Gomes Leal

    *espirito ;)
    Kaballa obrigado!!!
    realmente Terrorismo as vezes é só umas questão de semantica afinal os grandes Terroristas do mundo (na acepção da palavra os que causam Terror) são de fato os americanos!
    se eles fossem mais tolerantes e respeitassem as diferenças o mundo estaria muito melhor…

  4. Rô Floripa

    Minhas preces foram atendidas, temos review de Battlestar Galactica! Como não consegui assistir no sábado, o texto deu uma visão muito boa do que aconteceu. Parabéns Lucas, não deve ser fácil revisar Battlestar Galactica, que é uma série tão complexa.

  5. Alessandro

    Olá, pessoal! Adoro o site mas mais uma vez quero fazer uma crítica construtiva: review é pra se dar opinião, comentar sobre o que aconteceu. Não descrever minuciosamente todos os fatos ocorridos no episódio….
    Eu já assisti esse episódio, não preciso ler detalhadamente tudo que aconteceu pois fica muito chato… Review legal é aquele que comenta sobre o episódio.
    Mesmo assim, é muito bom ter reviews de BSG, umas das melhores séries da atualidade! Abraços!!

  6. Lucas Barreto Gomes Leal

    Alessandro eu agradeço a critica eu mesmo comentei isso com o Paulo que foi um erro fazer mto descritivo, ele tb já havia me dito isso…acho que agora relendo uns reviews anteriores eu vi que é pra ser mais opinativo, afinal como vc mesmo disse vcs já viram o episodio hehehe
    a critica foi construtiva sim e acatada eu mesmo já havia me dado conta disso…no próximo prometo que será mais opinativo!
    e Rô realmente não é facil revisar Battestar Galactica não…ainda mais sendo uma série que a gente tanto gosta, e sorte sua e minha que não viu o episodio se não vc ia falar o mesmo que o Alessandro hehehe ;)

  7. Paulo Antunes

    Ok, ok, a abordagem do terrorismo foi bacana, mas eu não consigo mesmo é deixar de pensar no Jamie Bamber gordo como uma bola. Caramba, que extreme makeover!!!

  8. Rô Floripa

    Lucas, esta review descritiva foi perfeita para mim que não vi este ep. Mas, particularmente, eu prefiro as reviews analíticas e opinativas. E BG tem muito material para isto, pois tem sempre umas citações interessantes com a realidade, com mitologia, os relacionamentos dos personagens são também diferenciados.

  9. Alessandro

    Beleza, Lucas, ainda bem que você não me levou a mal! Realmente seus reviews aqui vão ser ótimos! Tô mesmo querendo ajudar! ;)

    Sobre BSG: esses primeiros episódis são ótimos, são poucas as séries que conseguem manter o (ótimo) nível mesmo depois de uma virada tão radical no roteiro assim. Quem diria que um dia veríamos a “galera” da Galactica escravizada pelos cylons em New Caprica?? Sensacional! E se preparem pois muita coisa boa vem por aí. O episódio 4 é simplesmente O MELHOR episódio da série em todos os tempos! ;)

  10. Lucas Barreto Gomes Leal

    Alessandro nem levei a mal não a gente tem que ter noção do que fez de errado pra melhorar nas proximas…a primeira jamais imaginei que ia ser boa…mas enfim acho que escrever bem eu escrevo (pelo menos sempre me elogiaram nisso) agora que eu me adaptei ao jeito de fazer vai ficar melhor prometo!!!
    até pq BSG merece um review maravilhoso mesmo…e um dos melhores pra mim é o episodio Colaboradores(Collaborators) que se não me engano é o 5

  11. Adriana

    Excelente review, apesar de um pequeno detalhe: por que chamam o Leoben de Newman?

  12. Eric Fernandes

    Lucas, seja bem-vindo moleque!!!

    Ótimo review! Gosto muito de Galactica e a temporada está excelente. O próximo episódios é melhor ainda! E fica relax, pois você acerta o fomato da sua coluna com o tempo.

  13. Daniellapb

    Gostei muito!!
    Espero que a serie tenha mais e mais destaque a partir de agora pois esta excelente serie merece!
    Foi um grande episodio principamente depois de tanto tempo sem ver a serie!

  14. Lucas Barreto Gomes Leal

    Eric valeu!!!
    e acho que com o tempo eu acerto memo
    Adriana eu vejo por download e o nome dele na legenda desse episodio estava como Newman e eu esqueci de arrumar o nome do personagem é “Leoben Conoy”
    só reparei agora tb o erro na coluna!!!

  15. Paulo Fontes

    Parabéns Lucas, ÓTIMO review, ainda mais para mim, que perdi o ep.
    BSG é na minha opinião uma das melhores no ar atualmente. Vc tem pela frente uma tarefa difícil, de muita responsabilidade, mas ao mesmo tempo muito gratificante.
    Acho que poderia ser criado neste blog um espaço resumo dos ep de algumas séries, para alguns desafortunados como eu que tem um horário meio maluco possam se manter atualizados…Separados dos reviews, claro.
    Um abraço a todos!

  16. Lucas Barreto Gomes Leal

    “Acho que poderia ser criado neste blog um espaço resumo dos ep de algumas séries, para alguns desafortunados como eu que tem um horário meio maluco possam se manter atualizados…”
    interessante sua ideia…mas isso é com o outro Paulo o Antunes ;)
    ps piadinha no episodio do The Office essa semana
    dwight esta em um dialogo com um personagem desconhecido e manda “Vc assite BSG?” ai o cara faz que não com a cabeça ele manda “Então vc é um idiota” huahauhuauhaahuauh

  17. Patricia E.

    Parabéns pela coluna. E junto-me ao coro dos demais que querem ler a sua opinião sobre o episódio, deixando o resumo de lado.

    Ah, e o nome do cylon mais velho é Cavil e não Calvin. ;)

  18. Lucas Barreto Gomes Leal

    opa obrigado…esse eu que troquei mesmo…achei que fosse Calvin hehehe desculpem!
    ¬¬

  19. rodrigo

    poxa aos sabados a rede mulher estava exibindo a primeira temporada de bsg e simplesmente neste na hora comecou a passar aquela venda do grill goerge forman mais que sacanagem mais gostei da estreia da terceira temporada de bsg na tnt e tambem gostei do review

  20. Luciano Cavalcante

    Aos que o defenderam: não há nada de bom no Terror. Ele foi feito para criar o medo, não nos governos ou nos exercitos – como muita gente pensa quando lembra dos EUA – mas sim em gente como eu, como você, como nós. Mesmo colocado em uma série do nível de BG,e tirando o enredo em si, não há como eu entender as pessoas que aqui o defenderam…a não ser que elas não tenham pais,ou filhos, ou amigos, ou uma casa, ou um trabalho de que gostem, ou não se comovam e fiquem feliz com uma criança andando e brincando na rua, ou…que simplesmente não goste da vida. Se é assim, peço desculpas a essas pessoas……..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account