Log In

Reviews

Review: Army Wives – The Art of Separation

Pin it

Army Wives - The Art of SeparationSérie: Army Wives
Episódio: The Art of Separation
Temporada:
Número do Episódio: 3
Data de Exibição nos EUA: 17/6/2007
Data de Exibição no Brasil: 4/8/2009
Emissora no Brasil: People+Arts

Os militares escolheram sua profissão. Muitos a enxergam como um sonho realizado, o sonho de combater a favor do seu país. Muitos acreditam, ainda, que isso é uma forma de honrar a pátria.

Tudo bem, cada um tem o direito de escolher a profissão que desejar. Mas e a família? É obrigada a aceitar o que o pai faz, no que a mãe trabalha? O começo do terceiro episódio de Army Wives mostra isso de forma clara e objetiva: Amanda Joy, filha de Claudia e Michael, apareceu nos jornais quando fazia um protesto a favor da paz.

A notícia caiu como uma bomba para Michael, que acreditou que a filha estava contra ele. Não, ela apenas era a favor da paz, isso não queria dizer que ela era contra a guerra. Porém, enquanto os Joys tentam minimizar o fato de que a filha foi presa durante o protesto, Lenore Baker viu nesse acontecimento a chance de humilhar a família.

Parece que Pamela e Chase, dessa vez, conseguiram entrar em sintonia. Ela até criou um código com Roxy: quando o casal quiser um tempo íntimo, logo manda as crianças para a casa da outra com a seguinte frase:

Minha mãe mandou dizer que não temos bolinhos.

Muito pertinente!

Denise, Claudia, Pamela e Roxy agora fazem parte do clube da Luluzinha. Viraram amigas confidentes e até passaram um tempo no bar onde Roxy trabalha, bebendo e jogando conversa fora. E, é durante essas conversas que o ex de Roxy aparece depois que recebeu a informação de que Trevor quer adotar seu filho. Ele não aceitou da melhor forma e ainda pediu que Roxy voltasse a namorar com ele. Quando Trevor descobre, vai logo tirar satisfações e mostra que para ser pai não basta ter ajudado a fazer o filho, mas envolve toda uma criação e participação. Quando oferece uma grana ao cara, Trevor consegue que ele assine os papéis da adoção. O cara era um otário, que viu no filho a chance de reatar com Roxy. Felizmente não vingou.

Denise resolve dar um basta nas agressões de Jeremy. Para mim foi a melhor atitude que ela tomou, a de enfrentar o filho:

Jeremy, eu te amo. Mas se você me bater mais uma vez, te mando para a prisão. Troco as fechaduras e você nunca mais será bem vindo na minha casa.

Depois desse aviso, Jeremy procura Michael e confessa que agrediu a mãe mais uma vez. Michael surta e, mesmo com ímpetos de socar o garoto, não faz nada, apenas conversa e diz que vai ajudá-lo, mas com uma condição: Jeremy precisa contar ao pai o que ele fez com a mãe.

Toda essa situação de Denise e Jeremy, na minha opinião, é uma das melhores até agora. Mas, pelo que o final do episódio mostra, Frank, marido de Denise e pai de Jeremy, está desaparecido no Iraque. Parece que o filho não vai confessar para o papai que espanca mãe.

A parte que envolve Joan e Roland passou despercebida durante todo o episódio. Não entendi o que aquele soldado com traumas acrescentou na trama do casal. Joan distante, Roland dormindo no sofá, mas o clima amistoso entre eles. Não fez sentido algum. Por mim eles estão dispensados da série. Fim.

Army Wives - The Art of SeparationPamela decide enfrentar a situação dos gêmeos. Durante um evento da base militar, ela assume o microfone e revela que os bebês não morreram e que ela ganhou 50 mil dólares para ser a barriga de aluguel. E é até comovente ver Roxy e Claudia vibrando com a coragem da amiga. Os rumores em cima disso, a partir de agora, acabaram de uma vez por todas. Menos uma fofoquinha na língua de Lenore Baker.

O final é tenso. Durante uma reunião na casa de Claudia, Denise recebe a notícia de que seu marido está desaparecido. Eu acho que terá toda uma polêmica em cima disso, mostrar o que as famílias enfrentam quando o marido/pai/filho/irmão está desaparecido durante uma guerra. Não acredito que ele tenha morrido, mas também não duvido que eles possam matar um pai de família para dramatizar a história.

Séries citadas:

6 Comments

  1. Felipe

    Valeu a atitude da Denise com o filho. Tenho certeza que toda essa coisa de Frank estar sumido é apenas um joguinho pra dar um susto no espectador. No episódio de hoje isso será esclarecido!

  2. dodi

    esse assunto é tão polêmico, mas realmente a Denise tomou a atitude certa, não vejo a hora do próximo!

  3. Angela

    Eh…. o que tá salvando ali mesmo eh toda essa história de Denise e o filho dela, pq o resto tá chato. Joan = um porre. O marido tá ficando chato de tanto dar corda pras bobeiras delas.

    E o “clube da luluzinha” (gostei) tá fortalecendo, mas ainda soa falso!

  4. Paula

    Vontade de dar uns tapas no Jeremy e na Denise tambem que dexou que ele ficasse assim

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account