Log In

Reviews

Review: Army Wives – Hail & Farewell

Pin it

Army Wives - Hail & FarewellSérie: Army Wives
Episódio: Hail & Farewell
Temporada:
Número do Episódio: 7
Data de Exibição nos EUA: 15/7/2007
Data de Exibição no Brasil: 1/9/2009
Emissora no Brasil: People+Arts

Quando a esmola é demais, o santo desconfia. Essa é a sensação que Roxy tem enquanto convive com sua mãe. Ela sabe da verdade, sabe que Marda não tem dinheiro ou lugar para ir. Mas será mesmo que a mãe alcóolatra e negligente merece uma segunda chance? Vamos por partes.

Jeremy foi expulso de casa por um pai cheio de raiva, rancor e decepção. Toda essa ira é canalizada enquanto Frank esvazia o quarto do filho. Uma Denise que antes era passiva, agora se mostra firme. Finalmente ela se levanta e transmite imposição. Ela quer o filho de volta, independente dos acontecimentos do passado.

E é quando percebemos que Denise está mesmo disposta a encontrar o filho e trazê-lo para casa. Ela descobre que Amanda sabe o paradeiro de Jeremy e, depois de bater a porta na cara de Claudia Joy (que não quis interrogar a filha a fundo para saber onde está Jeremy), Denise procura Amanda, que se torna a responsável pelo reencontro entre mãe e filho. O diálogo entre os dois é suave, emocionante, porém, não é suficiente para que Jeremy volte para casa. Ele quer mostrar para a mãe que ela pode se orgulhar dele novamente.

Eu sempre imaginei como seria um relacionamento gay dentro de Army Wives. Talvez um soldado, ou talvez algo mais simples como o filho de um militar. Frank, por sua vez, vai até a casa dos pais de um de seus soldados para entregar alguns pertences do filho que morreu na guerra. E, ao encontrar um pai sem brilho, sem vida, ele ainda precisa contar que o rapaz que morreu durante uma batalha, era homossexual e havia encontrado um parceiro. Para a surpresa do Major Sherwood, o pai aceita a ideia e ainda acrescenta:

Eu não quero fingir que ele era o filho que eu queria. Mas agora que ele se foi, eu daria a minha vida para tê-lo de volta.

Foi uma frase de efeito, que caiu como uma bomba para Frank, que acabara de expulsar o filho de casa.

Com os dois pés atrás em relação à mãe, Roxy encontra os analgésicos de Trevor dentro da bolsa da mãe. Em um confronto entre mãe e filha, Roxy não acredita que os comprimidos tenham acidentalmente entrado na bolsa de Marda e pede que Trevor conte quantos aindam restam no frasco. Estão todos lá e uma Roxy desconfiada, sente-se mais aliviada. Mas, mesmo perante tal alívio, Roxy ainda não está confiante sobre as atitudes da mãe, mas concede a oportunidade de Marda se mostrar diferente.

E Marda realmente quer mostrar que mudou e que merece o carinho e respeito da filha. Enquanto organiza uma festa surpresa para o aniversário de Roxy, Pamela, Trevor e as crianças começam os preparativos da comemoração. Para despistar, Trevor leva Roxy para jantar fora e as crianças ficam com a avó. Após receber um telefonema tenso, Marda sai às pressas e deixa os meninos sozinhos em casa. Mais tarde, Roxy e Trevor retornam e encontram os filhos dormindo no meio da bagunça da sala. O jantar de celebração de Roxy e toda a felicidade que ela sentia, como num piscar de olhos, se esvaíram.

Enquanto isso, Roland resolve que é hora de assumir controle da sua vida. Ele pretende deixar a psiquiatria e o hospital, pois todo o incidente com o sargento Belgrad o deixou abalado. A internação de Joan mostra um Roland solitário, desolado e cheio de fantasmas que não o deixam em paz. Estaria ele ressurgindo e, quem sabe, tentando tornar sua vida mais interessante?

Embora decepcionada com a mãe, Roxy ainda tem forças para flagrá-la arrumando as malas para fugir e lhe dar tchau. Uma cena pesada. A sensação é de total tristeza, pois Roxy realmente acreditava na recuperação da mãe que, infelizmente, caiu na tentação do jogo e abandonou os netos. TJ ainda tentou impedir a avó, o que resultou numa cena de cortar o coração:

Não faça isso, vovó.

A cena mais chocante do episódio, no entanto, é o confronto entre Michael, Claudia Joy e Amanda. Pai e mãe discutem o relacionamento da filha com Jeremy. Eles resolvem contar a verdade para Amanda sobre o segredo de Jeremy. Transtornada, Amanda desabafa, acusa o pai de ter participação na decisão de Jeremy se juntar ao Exército e ainda enfatiza:

Obrigada por me dar a mesma droga de vida que você deu para minha mãe.

Num outro momento do episódio, Roxy chega ao bar para trabalhar e é recepcionada por Trevor, além de suas amigas para sua festa surpresa. Emocionada, todos entram no clima de festa e começam a beber, enquanto fazem confissões. Quando chega a vez de Roxy confessar alguma coisa, Marda chega para entregar um presente à filha. Roxy, embora decepcionada, abraça a mãe e diz:

Você é minha mãe. Não tenho como não te amar. Mas não posso tê-la em minha vida.

Marda vai embora e Roxy, quando abre o presente, descobre um porta-retrato que guarda uma foto de sua infância, ao lado da mãe. Uma lembrança de uma mãe que Roxy não teve e nunca terá.

Army Wives - Hail & FarewellEm um último encontro, a cena romântica do episódio fica por conta de Amanda e Jeremy, que como forma de despedida, fazem amor no coreto da base militar. Pela manhã Jeremy pega o ôninus e parte rumo ao desconhecido. Uma triste Amanda enxerga Denise do outro lado da rua, assistindo a partida do filho de longe, em silêncio.

Denise está renascendo. Roxy continua aumentando sua muralha interna como forma de defesa. Claudia Joy percebe que não tem mais controle sobre uma filha que está crescendo. Roland chega ao ponto de abandonar tudo sem saber o que vem pela frente. E Pamela, dessa vez, ficou somente nos bastidores. Foi um dos melhores episódios até agora!

Séries citadas:

5 Comments

  1. Vlad

    Nossa, o episodio me pareceu ser mto bom!!!!

    A serie está realmente progredindo!!

  2. Felipe

    Concordo que foi um dos melhores episódios até agora. Achei que a Denise poderia ter ido se despedir do filho, afinal, ele tiveram um reencontro antes da partida dele.

  3. Claudemir Antonio Zamproni

    Eu não disse que a Denise ainda tinha muita lenha pra queimar, enquanto era dito, aqui, que a série já tinha acabado para ela?!?! Excelente este episódio e toda a série, até aqui; realmente, é uma série das “Wives”, os homens estão em um nível bem abaixo que elas; são elas que conduzem a ação, que determinam tramas e conseguem fazer o mundo parecer um pouco mais sensível.

  4. Angela

    Também não entendi o pq de a Denise ter visto o filho partir de longe. Ela poderia ter ido ao menos abraça-lo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account