Log In

Reviews

Review: 24 Horas – Day 7: 10:00 A.M. – 11:00 A.M.

Pin it

24 Horas - Day 7: 10:00 A.M. - 11:00 A.M.Série: 24 Horas
Episódio: Day 7: 10:00 A.M. – 11:00 A.M.
Temporada:
Número do Episódio: 147 (7×03)
Data de Exibição nos EUA: 12/1/2009
Data de Exibição no Brasil: 28/4/2009
Emissora no Brasil: Fox

Sem dúvida a grande expectativa deste episódio era o que iria acontecer quando Jack e Tony ficassem frente a frente. E o encontro, carregado de tensão não decepcionou. As citações de Teri, Audrey, e outros elementos do passado de Jack por parte de Tony deram um gosto de saudosismo, e, porque não, um pouco de satisfação, afinal quem acompanha 24 Horas desde o começo, deve ficar satisfeito em relembrar personagens que fizeram parte de todo um ciclo e saber onde cada um se encaixou nesta longa trajetória que acabaram culminando neste momento.

Ok, no final das contas Tony não é o vilão, o que não foi nenhuma grande surpresa e até foi o caminho mais fácil que foi adotado pelos roteiristas. E pelo que andei lendo, essa era a opção preferida da maioria que acompanha 24 Horas. Talvez fosse mais interessante trabalhar como se Tony fosse o vilão, esse rumo seria mais interessante e mais desafiador, até para os telespectadores da série, e faria sentindo diante de tudo que Tony já passou.

Mas obviamente muita coisa ainda precisa ser explicada. Como por exemplo: Tony aceitou desde o começo a trabalhar infiltrado ou ele era “mau” e foi convencido? Como Bill descobriu que Tony estava vivo? Enfim perguntas sem respostas não faltam neste quebra-cabeça e sua conversa com Jack apenas revela o que sempre foi uma constante em temporadas passadas: membros do governo estão envolvidos em uma grande rede que visa apenas interesses escusos. Talvez a parte mais surpreendente foi que Bill e Chloe estão trabalhando por conta própria, sem nenhum envolvimento do governo.

A Presidenta Taylor descobre que realmente a invasão americana a Sangala está diretamente relacionada à ameaça que paira sobre os EUA e se vê obrigada a tomar uma difícil escolha. Já seu marido acaba descobrindo que a morte do seu filho foi bem elaborada com um álibi para seu suicídio. Quem viu 24 Horas: A Redenção sabe que na verdade o filho da Presidenta realmente não se matou e isso se confirma quando a namorada dele volta a procurá-lo.

24 Horas - Day 7: 10:00 A.M. - 11:00 A.M.O duelo das “geeks” Janis e Chloe foi uma atração a parte, uma tentando antecipar os movimentos da outra e fica claro que, ao menos por enquanto, as duas personagens são bem parecidas. Jack livra Tony até com uma certa facilidade do prédio do FBI. Mas a cena de Jack arremessando o carro contra a mureta foi muito boa, A Renee ficou transtornada depois da fuga de Jack e não é para menos, ela mesmo colocou Jack com a possibilidade de resgate de Tony. Porém o que ela também deveria ter pensado, é que se Jack quisesse manter Tony livre era só ele não ter identificado o atirador no episódio anterior, afinal foi assim que Tony foi localizado.

Até agora 24 Horas está empolgante confirmando as expectativas iniciais, vamos ver se esse ritmo se mantém nos próximos episódios. E espero que o Morris apareça!

Séries citadas:

Luiz Marcelo é advogado. Fã de Lei & Ordem, Desperate Housewives, Grey's Anatomy, 24 Horas, The Good Wife e The Shield.

5 Comments

  1. marília

    TÁ DEMAIS DE EMPOLGANTE.

    JURO, PASSEI MAL ONTEM!!!

    que episódio bom, e gente ver Bill e Chloe: AAAMMMOOO!!!!!

    Chloe falando com JAck, pq ele tem um sepre carinho por ela e tal… e Tony não sendo bad guy, ótimo! ah não dá pra tony almeida ser vilão, simplesmente não dá. criatividade e vanguarda tem limite, não dá pra fazer um cara como ele virar do mau!

    e o duelo? ah que maravilha!!!! Chloe rules!!!

  2. Carlos T.

    Estou acompanhando a série com os EUA, mas ontem assisti esse episódio de novo na Fox (legendado na Sky porque dublado não dá!) e realmente é muito empolgante.

    Lembro que fico muito feliz quando vejo o Bill e a Chloe, não via a hora de os dois aparecerem e sem dúvidas o duelo das nerds Chloe e Janis foi muito legal.

    Essa temporada é muito boa, nem se comara à temporada passada.

  3. Camila

    Tony não é o Vilão da trama, mas ele está bem enrolado ahhhhhhhhhhhhh isso tá.

  4. Eduardo

    O roteiro de estréia de Brannon Braga, ex-produtor de Star Trek, foi excepcional. Deu o primeiro twist da temporada, criou excelentes momentos consistentes com o comportamento dos personagens, e ainda criou bastante tensão na fuga do FBI, dirigida no melhor estilo anos 70 pelo veterano Brad Turner.

    A parceria Manny Coto/Brannon Braga é responsável por alguns dos roteiros mais inspirados da temporada. Com 15 anos de Jornada nas Estrelas no currículo, ambos jogaram um balde de água fria na narrativa de 24 Horas (algo necessário a ausência de Surnow, Cochran e Loceff) ao mesmo tempo, mantendo a consistência, traço forte desta temporada.

    Destaque especial para Colm Feore, que faz o primeiro-marido. Esse ator transpira fragilidade emocional misturada com determinação e teimosia ao mesmo tempo, tudo isso de forma bem restringida. Ele merece um emmy.

    Annie Wersching também foi a melhor escolha para protagonizar a temporada ao lado de Jack. Desta vez, colocaram um parceiro antagonista que deu certo (ao contrário de Chase).

  5. Carolina

    GEnte eu adorei ver a cloe e o Bill ja tava me perguntando quendo eles iriam aparecer.
    E foi muito bom saber que o Tony naum eh um terrorista.
    Agora só estou esperando as explicações pra toda essa confusão…e logicamente to doida pra saber quem eh o traidor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account