Log In

Reviews

Review: 24 Horas – Day 6: 6:00 A.M.-7:00 A.M.

Pin it

Cena de 24 Horas
Série: 24 Horas
Episódio: Day 6: 6:00 A.M.-7:00 A.M.
Temporada:
Número do Episódio: 121
Data de Exibição nos EUA: 14/1/2007
Data de Exibição no Brasil: 8/4/2007
Emissora no Brasil: Fox

Começa mais um longo dia, mais precisamente 20 meses após o final do 5º dia. Os EUA estão sofrendo uma série de atentados com ataques de homens-bomba em várias cidades que já dura 11 semanas e fez cerca de 900 vítimas. Não fugindo do contexto histórico atual, os árabes são os principais suspeitos ou bodes expiatórios pelos ataques, dependendo do ponto de vista de cada um. Entretanto, as coisas estão bem diferentes na Casa Branca. Wayne Palmer é o presidente, Karen, agora como chefe da NSA, a Agência de Segurança Nacional, também está na Casa Branca… A grata novidade é a presença de Peter MacNicol no papel de Tom Lennox. Ator de séries como Ally McBeal, Numb3rs e, quem for mais velho irá se lembrar, de Chicago Hope, seu primeiro grande papel na telinha. E ele já começa aparentemente defendendo um plano para isolar os mulçumanos em centros de detenções.

Karen não concorda com tal plano e Palmer parece mais decidido que em temporadas passadas a manter um certo “padrão” no seu governo. Diferente de quando apareceu como assessor de seu irmão, onde ele parecia adotar o lema “os fins justificam os meios”. Na CTU, a maior novidade é que Milo reaparece. É sempre bom em uma série um personagem antigo retornar. Morris continua o engraçadinho de sempre, espero que ele mude, até por que, onde ele trabalha e para a atual situação do país, é um pouco estranho esse ar negligente. Chloe voltou aparentemente com a mesma função, o que é sempre uma vantagem, afinal para ajudar Jack ela precisa sempre esconder suas ações de seus superiores, o que dá mais emoção em seu papel. Como chefe isso não aconteceria.

Quando Chloe é abordada por Nadia Yassir (de descendência árabe e a segunda em comando na CTU), revelando que Jack está em solo americano, o episódio começa a esquentar. Jack Bauer sai então do avião, ao lado do chinês que comandou o seu seqüestro sob olhares atentos de Curtis e Buchanan. O rapaz está um farrapo humano. Mesmo assim ele é informado da atual situação do país e não parece dar muita importância. Quando Buchanan revela o motivo do retorno dele aos EUA, ele parece aceitar bem a situação. Ele é uma pessoa completamente entregue e sem nenhuma perspectiva. Percebemos que Karen e Buchanan agora estão casados. Na CTU, Chloe exige saber de Nadia tudo sobre Jack e até chantageia a chefe, mostrando que sua devoção por ele é maior do que qualquer fã.

Nadia explica toda a situação: Jack será uma moeda de troca para localizar Assad, e Chloe fica abatida com a sentença de morte que foi dado a ele. Admirando a paisagem depois de estar limpo e barbeado, ele se assusta quando Bill lhe entrega o celular onde Palmer o aguarda na outra linha. Palmer tenta explicar o inexplicável, mandar um homem a morte. Talvez, por tudo que já passou, Jack parece desejar por um fim em tudo. Palmer duvida se realmente está tomando a melhor decisão, mas Tom assegura-lhe que ele não tem outra saída, está encurralado mesmo. Ainda na Casa Branca, Karen e Tom continuam se atacando sobre o plano dele, o que parece ser o pano de fundo no núcleo presidencial.

No ponto onde Jack deve ser entregue a Fayed, as minhas suspeitas, e acho que da maioria também, revelam um homem que está há muito tempo esperando ou preparado para morrer. O seu desejo era morrer ao menos por algo importante e de grande significado e essa é uma grande oportunidade. Coisa de herói mesmo. Isso fica bem aparente na frase abaixo:

Você entende a diferença entre morrer por algo e morrer por nada? A única razão que eu lutei tanto para ficar vivo na China era porque eu não queria morrer por nada. Hoje eu posso morrer por algo. Meu modo, minha escolha. Para ser honesto com você, será um alívio.

Enquanto isso nos subúrbios de Wisteria, digo, um subúrbio qualquer, um cidadão tenta mostrar que nem todos os americanos são preconceituosos. E na CTU, depois que Morris redireciona um satélite para localizar Jack e agradar Chloe, tudo vai praticamente por água abaixo: não só são flagrados por Fayed como levam uma bronca homérica de Bill. Chloe se negando a olhar para ele com um comportamento típico dela mostrou que a operação pode ter ido para o espaço e Jack poderá ser morto por nada. Bill também tem que se explicar com sua mulher, que teme que a prisão de Assad foi comprometida e, principalmente, o plano de Tom seja implementado sob esse novo prisma.

Já sob o domínio de Fayed, começa outra das inúmeras sessões de tortura na série, desta vez com Jack sendo ameaçado e depois torturado. Muito se discute se esse tipo de cena realmente é necessária ou é apenas um meio apelativo. Porém os tempos mudaram. As pessoas, infelizmente já não se chocam com qualquer cena. Hoje a audiência é acostumada a ver cenas de guerras, desastres e outras tragédias com ampla cobertura. Séries mostram corpos, autópsias, cirurgias cada vez mais realistas. Uma série cujo tema é o terrorismo não pode se furtar de usar esse tipo de cena.

Então Fayed revela o que é a grande reviravolta do episódio: Assad não esta por trás dos ataques, e sim quer impedi-los. Fayed é que comandou os atos terroristas nos EUA e terá seu oponente morto pela CTU. Jack não só morrerá por nada como foi um “bônus” nos planos de Fayed. Nota zero para a Inteligência americana não é mesmo?

Fayed então revela a localização de Assad para a CTU. Chloe lança um olhar e chora de forma mais capciosa de que quando viu Edgar morrendo na própria CTU meses atrás. E no subúrbio, o homem que foi defendido pelo americano virtuoso parece realmente ter ligações com Fayed. Alguns levam o ditado “ter o inimigo mais próximo” a sério demais, pobre infeliz americano!

Cena de 24 HorasE na sala de tortura, quando Jack está prestes a perder um dedo, Fayed é interrompido e justamente esse é o tempo preciso para, numa cena audaciosa, Jack desligar o monitor cardíaco, atrair a atenção do vigia e matá-lo com uma dentada. Como a sorte de Jack é uma coisa divina, o cara poderia ter caído no chão bem distante dele, impedindo-o de apanhar a chave. Mas quem disse que nosso herói é azarado? Esse é um grande atrativo da série também: você sempre se pergunta “como Jack vai escapar dessa agora?”. E as saídas inventadas até que não decepcionam e a maioria surpreende. Como um episódio que serve para mostrar os rumos da temporada, ele, na minha opinião, cumpriu bem o seu papel. Agora é esperar o que acontecerá depois, já que Jack provavelmente vai impedir a morte de Assad.

Se alguém na Fox está lendo essa coluna, coloquem a fita certa agora, é o mínimo que se espera alguém que paga (e bem caro) por uma programação diferenciada.

Séries citadas:

Luiz Marcelo é advogado. Fã de Lei & Ordem, Desperate Housewives, Grey's Anatomy, 24 Horas, The Good Wife e The Shield.

62 Comments

  1. Rô Floripa

    Tenho que me render: Jack Bauer é o cara! Ele sai do avião todo estrupiado. Minutos depois e com apenas uma bacia de água, lâmina e tesoura (ou faca?), ele sai todo limpinho, sem cicatrizes e ele mesmo corta seu cabelo bem bonitinho. Depois, mesmo amarrado a uma cadeira e num só golpe ele consegue dar um mordida fatal na jugular do terrorista. Este cara foi trainee do Conde Drácula!

  2. João Nilson

    Ótimo review, passou bem a emoção do episodio. Rí muito por causa do suburbio =P

  3. Paula

    Nossa, só gente velha lembra de Chicago Hope? Deus, estou velha… embora não lembre do Peter MacNichol lá :O
    E Jack Bauer, sempre criativo nos seus métodos de assassinato… será que os CSIs conseguiriam descobrir o assassino pelas marcas de dentes??? Hehe, pergunta idiota :)

  4. Rô Floripa

    Paula, ele era um advogado do hospital e, quando ele saiu da série, o personagem foi morto num assalto, acho que esfaqueado. Ele tinha um apelido engraçado que eu não lembro. Ih! Acho que estou velha! hehehe.

  5. daniela

    Bom, depois de ter feito chicago hope ele fez o biscoito do seriado Ally Mcbeal, chorei muito com a morte dele (chicago hope), soh não lembro se ele foi esfaqueado ou baleado.
    É uma pena q muita gente não conheça Chicago Hope, sempre achei superior a ER.
    To achando q o Jack é ninja, soh pode ser!!!

  6. Lucas Barreto Gomes Leal

    porra eu tenho 22 p/ 23 anos e lembro dele MTO bem no Ally Mcbeal e lembro vagamente, pois não via a série mto mas sempre passavam reprises e etc, em Chicago Hope!!!
    e eu não to velho não po!!!
    heyeheh
    gostei mto do começo dessa temporada de 24h…agora esta mais “comum” um pouco morno…não mantem o nivel de fim de temporadas de 24h…o apice foi no começo depois foi decaindo ao meu ver…
    mas esse primeiro episódio e essa morte com a mordida vão ficar na historia da série!!!

  7. sandra

    Se Jack perder o emprego na CTU, deve abrir um salão de cabeleireiro. Preciso saber como ele conseguiu, não tenho muitos saco de ir em salão para cortar os meus, gostaria de aprender.
    Brincadeira à parte, essa temporada tem um monte de furos, perdoáveis pois não passa de diversão. Mas tem detalhes que não poderiam deixar passar, custava dizer que tinha alguém para ajudá-lo com a aparência? Ou então ele fizesse o corte com máquina a zero. Mas apesar de tudo ainda gosto do Jack, ele é quase um Smallville! (rs)

  8. Carla

    Sandra, please… não ofenda 24 nem Kiefer… odeio fãs que ficam enchendo o saco com cada ceninha, cada detalhe sem importância, como essa sua. Sente e aproveite, that´s entertainment.

    E Jack Bauer é o cara.

  9. Roberto

    Bom começo, mas o Jack não pode mesmo reclamar de ser entregua pra morrer, já que ele mesmo matou o Ryan Chapelle na terceira (?) temporada a mando do terrorista da vez – que se fosse esperto teria ordenado o contrário.

  10. sandra

    Carla, acho q vc não entendeu o espírito da coisa: tudo é diversão, sem dúvida Jack é o cara, se um dia a série acabar vou me sentir orfã. Um abração para vc, sem ressentimentos.

  11. Prue**

    hahahahhah concordo com a Rô de Floripa hahahaha ELE É O CARA!!!! como ele fez tudo isso com akela bacia e espelhinho ficará em segredo hahahaha,agora, depois de apanhar,meses na china,volta e ainda apanha mais??? fala serio….eles é o super homem!!!
    Amo essa serie…e to bem animada com a volta dela,agora o q mais curti nessa nova temporada foi ver a Cloe,sofrendo pelo Jack…ela q sempre foi tão fechada, tão controlada simplismente desabou com a possibilidade de perder o amigo…isso foi muito bom….a apresentação do novo pessoal tambem foi legal…nao curti muito o Wayne Palmer como presidente, mas veremos mais pra frente…agora a presença de Peter MacNicol é muito bem vinda…adoro esse ator, e pelo q vimos ontem ele será bem polemico…já q é extremista até os cabelos hahahaha
    Otemo inicio…de uma otema serie!!!

  12. Mica

    O que eu acho mais maravilhoso em 24H é poder criticar sem dó nem piedade. Adoro assistir, divirto-me muito, acho sim que 24H é diversão pura e entretenimento, e justamente por isso adoro achar defeitos e criticar. Torna tudo ainda mais saboroso.
    Mas, críticas à parte, tava na cara que o Fayed era o vilão e não o tal Assad. Ou será que é só pq já é a 6ª temporada e a gente já pensa um pouco nas probabilidades para o Jack conseguir escapar da morte certa? Seja como for, achei ótimo ele mordendo o tal cara (nojo!!!) e, depois de quase se sacrificar a toa, dar a volta por cima e deixar os caras a ver navios.

    Do que será que o Wayne abriu mão para ter o Jack de volta?

    Não fui com a cara da tal Nadia. Ela não tem jeito de gente confiável. Ou talvez seja a cara de playmobil dela que deponha contra a garota, sei lá.

    E que vacilo da Chloe, não? Bom saber que ‘gênios’ também dão bola fora.
    Agora, sou só eu ou mais alguém não sente empatia pelos figurões de 24H? Nas primeiras temporadas eu gostava dos outros personagens além do Jack, mas os atuais não me cativam.

  13. Carlos Souza

    O nome do careca é Mike, uma hora ele volta, afinal ele tb tinha sido assessor do outro Presidente Palmer !!!
    O personagem de Peter MacNicol morreu com um tiro em chicago Hope.

  14. Mica

    Eu dei graças a Deus dela estar fora. Odiava a Audrey com todas as minhas forças. Atriz mequetrefe para um papel ainda mais xinfrim.

  15. Marcio

    Se quem for mais velho vai lembrar de Chicago Hope, quem for AINDA mais velho vai lembrar de Caça-Fantasmas 2 :D

  16. Marcos Almeida

    Também senti falta da Audrey. Espero que ela retorne ao menos em participação especial. A kim algum terrorista pode matar….hauhauhauha.

  17. João da Silva

    Bom episódio. Mostrar árabes/muçulmanos como terroristas é o mais lógico, já que a imensa maioria dos terroristas do mundo real são muçulmanos árabes.

    O primeiro episódio da temporada passada foi mais surpreendente que este, mas este foi divertido.

  18. Bernardo

    Tá certo que o Jack bateu recorde na velocidade do corte do cabelo, mas o recorde mesmo de algo bem rápido em 24 Horas foi a Martha Logan atrasando (por alguns segundos) o marido no final da temporada. Aquilo sim foi digno de um Flash!

  19. Vanessa

    Parabéns ao Kiefer, fiquei impressionada com a atuação dele qdo desceu do avião. Era um farrapo humano, e nem estou falando da aparência. Os olhos dele nem de longe lembravam o Jack que a gente conhece. Ver um Jack todo humilde, fraco foi bem bacana. Tb gostei da reação do Bill Buchanan, o jeito que ele ficou surpreso com o estado do Jack.

    E vcs repararam que a primeira coisa que ele falou depois de 2 anos foi Audrey? Ele nem perguntou da filha primeiro. Compreensível, já que a Kim é um saco.

    Adoro o Morris, ele tem um humor bem bacana, acho que é um ótimo par para Chloe, já que não temos Edgar. E tb odiei a Nadia. A atriz não convence como sendo chefe de nada. E já repararam que todos os figurantes da CTU parecem modelo/manequim? Se fosse assim na vida real…

  20. Cristiano (Highlander_Master)

    Kiefer deu uma aula de interpretação nesse episódio.

    Havia muita pressão pra esse episódio ser bom, a Fox gastou muita grana em divulgação, o começo da temporada passada foi o melhor começo de todas as temporadas, o final da passada deixou um suspense incrivel pra essa. Enfim, era muito complicado fazer esse episodio, mas eles se sairam muito bem. Um pouco abaixo do começo do ano passado, mas ainda muito bem.

    Ah, a frase do ano, sem dúvidas:

    “Você entende a diferença entre morrer por algo e morrer por nada? A única razão que eu lutei tanto para ficar vivo na China era porque eu não queria morrer por nada. Hoje eu posso morrer por algo. Meu modo, minha escolha. Para ser honesto com você, será um alívio.”

  21. Luciano Bruce

    Ahhhhh 24 horas, de longe minha série preferida… tá levo na boa as brincadeiras do Jack nunca ir ao banheiro e daí??? Quero mais é mordidas nas jugulares

    =D

    Curti muito o episódio…. vou até bom rever o último da temporada passada….tem uma frase q não que acho duca “Sr Bauer, como vc deve saber a China tem uma longa memória….”

  22. Cesar

    Foi o 1º episódio que ví inteiro. Fui conferir porque tantos amam ou odeiam “24 Horas”.

    No final, nem amei, nem odiei. Na verdade, fiquei decepcionado, apenas. Esperava muito mais. Kiefer é ótimo ator e, junto com a edição, a melhor parte da série. Achei os demais personagens caricatos. E Jack Bauer, pra mim, pareceu o “novo Rambo” (achei a cena final forçada à enésima potência, além de achar que vilões tão sofisticados e cruéis jamais deixariam sozinho um cara que é capaz de tudo).

    Mas, enfim, o pior foi o sentimento de decepção. Se a série é boa ou ruim, cada um que faça sua avaliação. Apenas esperava mais.

  23. Darth Cesar

    Jack Bauer é o Chuck Norris do momento, mas o Jack pelo menos sabe atuar.
    Tava torcendo pra aquele chefe do JB enfiar umas bolacha naquele china cara de pau.

  24. Márcio

    O QUE NÃO ENTENDO É PORQUE A FOX Ñ COLOCA LOGO O SEGUNDO CAPITULO, CARA EU ADORO ESTA SÉRIE 24 HS É O MELHOR SERIADO QUE EU JA VI……

  25. Lucas Barreto Gomes Leal

    Cesar a série chega na sua sexta temporada…é evidente que o personagem já ficou caricato e que algumas situações são forçadas exatamente pq todas outras hipoteses mais plausiveis já foram esgotadas pela série…pros fãs isso passa despercebido exatamente pela evolução da série…pra vc que quis assistir a esse episódio da SEXTA temporada como o primeiro fica ruim…
    aconselho a vc arrumar o box da série e acompanhar desde a primeira temporada…por sinal a primeira a melhor de todas pra mim não ira te desapontar!

  26. Thais Afonso

    Marcos Almeida, pelo que eu vi no IMDB ela participará dos últimos episódios. Se eu não me engano começando em 10P.M.

  27. Edvaldo Silva dos Santos

    Parabéns por essa temporada desde as outras que foi em cena ,o mais interesante é esse ator brilhante que atua em cena jack Bauer é o cara

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account