Log In

Reviews

Review: 24 Horas – Day 5: 7:00 P.M.-8:00 P.M. (episódio 109)

Pin it

cena de Day 5: 7:00 P.M.-8:00 P.M.Série: 24 Horas
Episódio: Day 5: 7:00 P.M.- 8:00 P.M.
Temporada:
Número do Episódio: 109
Data de Exibição nos EUA: 13/3/2006
Data de Exibição no Brasil: 29/5/2006
Emissora no Brasil: Fox

Clima de terror na CTU. Todos assustados, sem saber o que fazer. O gás Sentox continua sendo liberado pelo canister. Chloe observa o corpo de Edgar caído no chão. Notamos que ela está em estado de choque. O tom de surpresa e incredulidade do final do episódio anterior ainda permanece no começo desta hora. Buchanan informa a Curtis a situação e é informado que a equipe que deveria auxiliar a CTU em ocasiões como essa levará trinta minutos para chegar. Na Sala da Justiça, Jack tenta fazer com que Chloe volte aos eixos, pois é necessário que o trabalho continue. Foi legal quando ele disse que a Chloe é a “coluna” da CTU. Mas Chloe parece paralisada e a visão de Edgar no chão não ajuda. O Dr. Barry então tenta intervir. Jack meio a contra gosto aceita a ajuda, mas não sei se foi mais por causa da Kim do que propriamente pela habilidade do doutor. Chloe acaba desabafando e conta que tratou Edgar mal durante esse dia. A verdade é que Edgar e Chloe não dão o braço a torcer fácil.

Na outra sala, Lynn e um guarda da CTU estão também isolados. O hobbit confessa que se sentiu embaraçado ao apanhar e ser roubado e que por isso não denunciou o roubo do seu cartão da CTU, o que faz com que o guarda dê uma resposta cínica para ele. Já na ala médica tivemos cenas e diálogos bem interessantes. Tony, sabendo que o algoz de sua mulher está na sala ao lado, apanha a arma do médico que estava com Handerson e tenta matá-lo, mas é impedido pelo já famoso, reconhecido e atestado dom de oratória de Jack Bauer. Ele lembra a morte de sua mulher que tem semelhanças com o atual estado de Tony. Destaque para a troca de olhares cúmplices entre Jack e Kim nesse momento.

Na casa presidencial, Hal Gardner tenta a todo custo convencer Logan que a lei marcial é necessária se apoiando no ataque sofrido pela CTU. Logan tenta resistir, mas como eu disse na coluna anterior, é uma medida acertada. E Bierko planeja um novo ataque e desta vez de grandes proporções. Percebam que na Sala da Justiça, toda vez que Jack dirige a palavra a Barry todo mundo olha para ele e, desta vez, não foi diferente. Jack tenta insistir com Choe mais uma vez, porém agora Barry interrompe. Ah, pra que ele foi fazer isso… Barry o acusa de tentar forçar a barra com Chloe e ainda de não estar presente para Kim. Jack acusa o doutor de se aproveitar da sua posição para ficar com ela. Nessa hora o jogo de câmeras foi interessante, mostrando Jack, Kim e Barry na discussão. O balançar de cabeça de Kim já avisava: meu pai vai atacar! E não deu outra: Jack pega Barry pelo pescoço, com Kim tentando argumentar que ele só ficou do lado dela em um momento difícil. Chloe, parecendo chocada com o rumo em que a situação estava chegando parece retomar o bom senso e volta a trabalhar. E rapidamente ela percebe que a proteção que impede a entrada do gás mortal está cedendo – corte para o olhar desesperado de Barry e a cara de “o que eu vim fazer aqui” da Kim. Azar pouco é bobagem!

Mike e Martha tentam fazer com que Logan não imponha a lei marcial, alegando que o vice-presidente está querendo agir apenas em benefício próprio. Foi engraçado Mike falar que o apelo dela precede qualquer lei constitucional… E Jack parece perdido e se sentindo culpado pela presença de Kim na CTU. Audrey diz que ele não tinha como ele prever que a CTU ficaria tão vulnerável. Definitivamente Audrey não conhece a fama de Kimberly Bauer! Nesse momento, Jack tentará uma cartada para salvar a todos. Passar pelo duto de ventilação no meio do gás Sentox para desligar um programa que impede que Chloe descarregue o gás através do sistema de ventilação. Enquanto Jack está a caminho, Chloe dá uma leve patada em Kim. Até o Barry leva a sua o que foi engraçado! Deixem a mulher trabalhar em paz pessoal!

Mas Jack acaba voltando sem sucesso em sua empreitada. Ele então é obrigado a recorrer a Lynn e ao guarda para que se sacrifiquem em prol de todos na CTU. O guarda parece naturalmente não acreditar no destino que lhe aguarda. Lynn, talvez pela culpa da invasão da CTU ter ocorrido por um descuido seu, parece mais conformado. O diálogo nessa cena foi bem intenso. E Chloe e Kim fazem as pazes. Chloe revela que passava informações de Kim para seu pai, sobre sua depressão, a separação de Chase… E solta uma pérola: “psiquiatras dão conselhos que eles mesmos não seguem!” Essa é a Chloe!

Lynn e o guarda se preparam para sua missão literalmente suicida. Para aumentar a dramaticidade, o guarda se despede da sua filha pelo celular. Lynn então sai da sala acompanhado por uma das marcas da série: uma trilha instrumental bem colocada que dá ainda mais ênfase ao momento crítico. Quando Lynn retorna, o guarda quase me engana ao afirmar que o efeito do gás tinha passado. Ledo engano. O guarda e Lynn morrem, para o espanto de Buchanan e dos demais na Sala da Justiça. Espero que Frodo o receba. E Jack parece desesperado não acreditando no que está acontecendo ao seu redor.

Tenho que ressaltar interessante participação de Sean Austin no elenco. Ele que parecia que teria uma leve participação acabou crescendo no decorrer da série e foi uma excelente aquisição para o elenco desta 5ª temporada. Jack e Kim têm um novo embate. Desta vez ela reconhece (aleluia!) que quando ela está por perto de seu pai, coisas ruins acontecem. Ela que se afastar de tudo isso. Jack tenta argumentar, mas ela está irredutível. A verdade é que é complicado mesmo estar ligado a Jack, muito complicado. O trabalho de Jack complica qualquer relação. Ele claro está frustrado, mas no fundo entende o argumento dela.

E Jean Smart e Gregory Itzin tem mais uma brilhante cena juntos, ao discutir sobre a aplicação da corte marcial. E uma misteriosa mulher precisa passar uma planta para Bierko para o próximo ataque. Na CTU, Buchanan é informado que a Homeland Security(*) está a caminho. O que ele não sabe é que ela vem para assumir o lugar da CTU.

cena de Day 5: 7:00 P.M.-8:00 P.M.E quando o gás Sentox é eliminado do recinto da CTU, o isolamento acaba. Jack e Kim tem uma melancólica despedida. Jack então parte para a enfermaria com Tony pronto para matar Henderson. No entanto Tony não tem coragem ou a frieza necessária para executar a sua vingança e Henderson desperta e injeta em Tony a seringa fatal que ele mesmo havia preparado para Henderson. Com a morte de Tony, apenas o personagem de Jack Bauer passa a ser o único que apareceu em todas as temporadas da série. E muitas pessoas ficaram revoltadas com a morte de Tony. Por que diabos ele não usou a arma? Mil maneiras de matar uma pessoa e ele escolhe a mais complicada! E não teve relógio mudo desta vez. Destaque também para a cena final, o choro comovente de Jack Bauer ao segurar Tony em seus braços (lembrando o final da 1ª temporada), emocionado e contido (boa atuação do Kiefer nesse momento) e a frase de Tony sobre o olhar atônito de Jack:

She’s gone, Jack…

Essa frase marca muito esse episódio. A idéia inicial era que Tony morresse na 1ª hora deste dia, no entanto os roteiristas mudaram de idéia. Ou seja, Tony não iria passar desta temporada mesmo. É mais um personagem marcante a deixar a série nesta temporada e mais um excelente episódio. Decididamente a série volta a suas origens!

(*) O Departamento de Segurança de Doméstica dos EUA (Homeland Security, DHS em inglês) é um departamento de Gabinete do Governo Federal com a responsabilidade de proteger o território dos Estados Unidos de ataques de terroristas e responder a desastres naturais. O departamento foi criado e possui 22 agências federais existindo em resposta aos ataques terroristas de 11 de setembro de 2001. Considerando que o Departamento de Defesa é responsável em tomar ações militares, o DHS trabalha na esfera de civil para proteger os Estados Unidos dentro e fora de suas fronteiras. Sua meta é preparar-se para previnir e responder a emergências domésticas, particularmente o terrorismo.

Séries citadas:

Luiz Marcelo é advogado. Fã de Lei & Ordem, Desperate Housewives, Grey's Anatomy, 24 Horas, The Good Wife e The Shield.

28 Comments

  1. Paulo Antunes

    Luiz, o Aaron também não participou de todas as temporadas de 24 Horas?

    E 24 Horas tá parecendo aqueles filmes de terror de massacre em acampamento. Daqui a pouco termina por falta de personagem.

  2. Eu fiquei achando que o Tony não tinha morrido pq o relgoginho final tocou, não ficou mudo como na cena da morte do Edgar no ep anterior. Se o Tony morreu, este tal reloginho tinha que ter ficado mudo em sinal de luto, o Tony merecia esta homenagem.
    Eu detesto aquele presidente Logan, mas o ator está dando um banho. As cenas dele com a Jean Smart são fantásticas.

  3. André

    ótimo episódio… pra mim, faltou só uma cena mostrando o pessoal da sala de reuniões olhando pro Lynn indo em direção à sala… mas talvez o ângulo não permitisse… mas a trilha daquela cena tava perfeita…

  4. João da Silva

    Episódio brilhante este. O Tony Almeida vai fazer falta à série.

  5. Thiago

    Faltou o reloginho mudo pro Tony, mas de resto, ótimo episódio. E Paulo, se renda: 24 Horas tá massa de ver!

  6. sandra wolga

    A “patada” da Chloe no psicológo foi demais… “é assim que ele cura? manda todo mundo respirar”…(ou algo parecido), achei ótimo, infelizmente a maioria dos psicológos pensam igual, parecem feitos em “série”…

  7. michelle bauer

    acoisa mais horrivel e despresivel nesse episodio,foi o despreso que a kim deu ao jack…
    ela foi tão ruim,tão fria.ela me fez gostar até da nina myers…o bichinha ruim essa kim bauer,nem pra dizer eu te amo pro pai…ela que tinha q morrer não o tony.

  8. Paulo Fiaes

    luto por tony, terceiro melhor personagem da serie, depois de jack e david palmer

  9. Anderson Vidoni

    Eu só fiquei pensando, quando o tal de Barry foi se meter entre o Jack e a Chloe, quantos minutos o Jack ia demorar pra dar uma dura no cara. Tony realmente é uma grande perda, assim como Palmer e Michele o foram.

  10. Lucas R.

    É legal os produtores lembrarem que todos os personagens são descartáveis. Assim volta o pânico de quem iria morrer em breve que havia nas duas primeiras temporadas, e que foi exterminado na terceira. Na quarta tentaram trazer novos personagens para tentar voltar com esse pânico, mas não conseguiram. Ainda bem que estam fazendo uma chacina nesta temporada de 24 horas.

  11. mandinha

    Foi chocante mesmo,porém a morte de Edgar foi foda ele era muito verme juntamente c Chloe…Tony vai fazer muita falta ao contrario do idiota do Lim,mais a morte de Edgar foi a maior perda p mim!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account