Log In

Reviews

Review: 24 Horas – Day 5: 11:00 P.M.-12:00 A.M. (episódio 113)

Pin it

cena de Day 5: 11:00 P.M.-12:00 A.M. Série: 24 Horas
Episódio: Day 5: 11:00 P.M.-12:00 A.M.
Temporada:
Número do Episódio: 113
Data de Exibição nos EUA: 10/4/2006
Data de Exibição no Brasil: 26/6/2006
Emissora no Brasil: Fox

Agora que nos foi revelado que na verdade Logan é o responsável, ou um dos responsáveis por orquestrar os ataques deste dia, o foco da série novamente muda de rumo. Antes os terroristas deveriam ser detidos, depois tivemos a corrida atrás dos canisters, agora temos o embate do homem mais poderoso do mundo contra o vingador da América. E garanto que será um duelo bem interessante. Esta hora começa com a corrida de Jack e Wayne em busca de uma gravação entre Henderson e Logan que provaria o envolvimento do presidente na conspiração. Mas Logan sabe que terá que usar dos recursos que o cargo lhe oferece para evitar que Jack chegue primeiro a evidência. Enquanto Jack e Wayne deixan Evelyn e sua filha em um motel, ambos partem em busca da fita. Na CTU, Audrey recebe a noticia de Jack e fica igualmente estarrecida. Para tentar equilibrar um pouco a situação ao seu favor, Jack pede que Audrey chame seu pai para que ele apresente as provas contra Logan.

Enquanto isso, Logan começa o embate e pede que Karen prenda Jack novamente sobre a acusação do assassinato de David Palmer – uma ordem visivelmente infundada. Para Logan a ordem tem pleno sentido, já que diminuiria as chances de Henderson ser detido e criaria maiores obstáculos para que Jack chegue a gravação. Porém Karen não vê sentido na ordem e parece suspeitar de algo. O que parece que ficou claro nessa parte é que o assassinato de Palmer não era uma coisa que Logan tinha autorizado (ou que tivesse conhecimento que isso faria parte do plano. E Audrey novamente pede a ajuda de Chloe, desta vez para colocar seu celular em uma linha segura após Karen perguntar se ela teve contato com Jack. Ela nega e fala que precisa sair para dormir um pouco (uma coisa quase inédita na série). Karen manda colocar um localizador no carro dela, pois acha (aliás, sabe) que ela na verdade está encobrindo Jack.

Para Wayne e Jack conseguirem a gravação, ambos precisavam seqüestrar o gerente de um banco. Wayne parece incomodado em ter que fazer isso mas Jack sabe que na base da conversa, mesmo ele tendo uma das melhores oratórias da série, não conseguirá nada. O detalhe é que o gerente possui um alarme magnético em casa, mas o muro da rua é mais baixo que muitas cercas de arame farpado! Óbvio que Wayne e Jack não tiveram dificuldades em pular o muro…

Dentro da casa, Jack e Wayne não tem nenhuma dificuldade em dominar o gerente e sua mulher. Enquanto nossa loira que não é burra entra em contato com seu pai e pede que ele passe em Los Angeles para fazer a revelação bombástica. Ela então chega em um posto de gasolina e, auxiliada (mais uma vez) por Chloe, descobre um rastreador em seu carro e o coloca em um caminhão. Aliás, que lugar para colocar um rastreador hein? Ele seria facilmente localizado mesmo. E o vice-presidente estranha e muito a ordem de Logan para prender Jack – assim como Aaron, que se encontrava no recinto. E demorou, mas finalmente ele agiu como presidente quando seus interesses estavam claramente em jogo e foram colocados em cheque, afastando Hal da questão usando de sua autoridade. Realmente o bobo não é tão “bobo” assim. No hotel, uma combalida Evrlin acaba ficando inconsciente, fazendo com que sua filha ligue para 911 (atenção: aqui é 190) e dando de bandeja a sua localização para Henderson. E durante a entrevista de Logan, Martha reaparece ao lado de Aaron e diz que eu marido, apesar de tudo, conseguiu evitar a ameaça. Aaron finge concordar.

Jack, Wayne e o gerente chegam perto do banco, quando Aaron telefona para Jack preocupado com a ordem de prisão emitida contra Jack. Jack revela que Logan é o responsável por tudo e que em breve terá provas. Jack então, com sua trupe, se encaminha ao banco e como o gerente acaba reconhecendo Wayne, este confessa o real motivo pelo seqüestro dele. E enquanto os paramédicos atendem Evelyn, Henderson chega e, para o desespero de Amy, mata-os a sangue frio. Bad Robocop, very bad! Martha, sem saber que Logan na verdade está por trás de tudo, cumprimenta seu marido e reconhece que ele conseguiu se sair bem diante das crises que enfrentou. Ah se ela soubesse… No entanto, quando os dois ainda estão juntos, Henderson telefona e avisa que está próximo de apanhar Jack. Já Evelyn e Amy, adeus… provavelmente morreram. Martha suspeita da ligação mas Logan, que agora começa a agir e parecer mais durão, mente para ela. Realmente ele mudou sensivelmente depois que seu plano foi descoberto. Talvez uma manobra para mostrar que Logan poderia ser sim um homem perigoso, que usando de uma “máscara” de uma pessoal fraca e vulnerável, pudesse fazer com que suas reais intenções passassem desapercebidas.

Na CTU o paradeiro do carro de Audrey é descoberto e quando Shari mostra a Chloe que o carro dela está sendo seguido através de satélite ela fica muito preocupada. E finalmente Jack, Wayne e o gerente descobrem a pista, uma fita com as vozes de Handerson e Logan discutindo sobre o assassinato de David Palmer. O cofre era de número 23, um dos malditos números de Lost. Agora tudo começa a fazer sentido! O gerente fica chocado com a revelação e começa a colaborar com Jack. Enquanto isso, os homens de Handerson cercam o banco apenas esperando que eles saiam para serem abatidos. Na CTU, Chloe desconfigura o satélite, fazendo com que os agentes percam o paradeiro de Audrey. Miles que já observava Chloe desde que Audrey requisitou sua permanência, percebe que ela não está em seu posto e corre ao servidor. Neste momento uma música bem diferente do que estamos acostumados a escutar em 24 começa a tocar como se fosse um “faroeste urbano”, Miles versus Chloe. Ela ainda está programando o sinal quando Miles parte em seu encalço. Dando passos de soldadinho de chumbo, quando ele chega na sala Chloe não está mais lá. No entanto, ele cruza com ela na saída do banheiro feminino. Ele “sutilmente” pergunta “o que ela estava fazendo”. Isso lá é pergunta que se fizesse mesmo naquelas circunstâncias? Óbvio que Chloe com seu sarcasmo não perdeu a deixa: “Você está brincando? Se quiser eu te faço um relatório!” Bom ele devia esperar por essa. De volta ao banco, Jack pede que o gerente fique lá dentro, enquanto ele e Wayne vão embora. O gerente não aceita e se arrisca a sair com eles.

cena de Day 5: 11:00 P.M.-12:00 A.M. Quando a polícia chega, em meio a tiros e o fogo cruzado, o gerente é atingido e acaba morrendo. Os bons morrem antes mesmo, ainda mais em 24 Horas. Quando Wayne fala que o gerente morreu, Jack fala “dammit” mas como querendo dizer “eu avisei que não era uma boa idéia você sair do banco!”. Jack então liga para Audrey, que está no aeroporto a espera de seu pai. Jack confirma que a prova incrimina Logan e que isso significa que ele terá que “derrubar o presidente dos Estados Unidos”. Apesar de ser uma frase dita no fim deste episódio, realmente essa virada foi bem interessante. Também é necessário dizer que para um homem como Jack, fiel ao interesse de seu país, a expressão tem um significado maior do que aparentou. Afinal a cadeira de presidente do país deveria ser uma grande honraria e não um lugar para um homem da índole de Logan. O jogo de gato-e-rato começa muito bem e vai ficar ainda mais interessante, tanto para o lado de Jack quanto também na CTU, no que se refere a Chloe!

Séries citadas:

Luiz Marcelo é advogado. Fã de Lei & Ordem, Desperate Housewives, Grey's Anatomy, 24 Horas, The Good Wife e The Shield.

10 Comments

  1. Thiago

    Eu odiei de verdade a morte do gerente. Sempre que estes coadjuvantes chegam ao fim do episódio, sempre morrem pq não tem “tempo” de faze-los terem uma saída lógica. Fora aqueles dois árabes da loja de armas do 4ªdia, todos morrem! Até os agentes da CTU q não têm falas. Isso me irrita. Enfim…
    24 Horas vai ter uma caída agora. Dá pra ver logo de cara no primeiro final q não teve um gancho.
    E dá-lhe Chloe, a melhor da temporada!

  2. Glória

    Chloe sempre! Forever! Ela é uma das que seguram esta temporada. Tomora que continue. As caras e bocas então, enm se fala! Thiago, penso diferente. Acho que o fato de ser o próprio presidente muda tudo e fica mais interessante, afinal os americanos não estão acostumados muito com isto.E os inocentes sempre irão pagar o pato! Adoro esta série.

  3. fernando

    Eu já assisti toda a 5° temporada que já terminou nos EUA a mais de um mês. Essa é sem dúvida a melhor temporada do 24 horas (que é a melhor série da TV).

    Eu não vou contar o final para vcs para não estragar a surpresa, mas ainda terá muitas mortes (o q é uma pena, pois eu gosto de todos os personagens) E essa temporada não vai acabar bem, ou vcs se esqueceram da China na 4° Temporada, espero que todos vcs gostem desta temporada como eu.

    Obs: Espero que 24 horas nunca acabe.

  4. Marcelo Luciano

    Também não gostei da morte do gerente. Ele podia pelo menos ter ficado apenas ferido….
    Mas pior do que isso, foi a impressão do que o “Cristoffer Rococop Hendersen” matou, à sangue-frio a agente e pior, sua filha….

  5. bruno carvalho

    Eu acho que evelyn e sua filha mereciam um fim mais bem explicado.

    Eu ACHO que robocop torturou-as fazendo chatagem emocional com evelyn usando sua filha, então eu ACHO que ela disse onde estava a fita, depois disso eu ACHO que o hendersen matou as duas.

    Ficar no “achismo” com o destino de uma personagem que fez a diferença no mesmo episódio é inaceitável!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account