Log In

Reviews

Review: 24 Horas: A Redenção

Pin it

24 Horas: A RedençãoSérie: 24 Horas
Episódio: 24 Horas: A Redenção (24: Redemption)
Data de Exibição nos EUA: 23/11/2008
Data de Exibição no Brasil: 31/3/2009
Emissora no Brasil: Fox

Bom antes de comentar o filme de 24 Horas não posso de apontar a falta de visão da Fox no Brasil. Redemption foi ao ar nos EUA em 30 de novembro e está chegando com quatro meses de atraso aqui no Brasil. Claro que devido a questões contratuais e ainda o fato da série ainda precisar ser dublada, ela não poderia ir ao ar aqui logo após a exibição nos EUA. Mas quatro meses me parece um tempo exagerado, ainda mais se levando em conta que horas após a exibição do telefilme nos EUA, ele já podia ser baixado e dias depois a legenda em português também já estava circulando na Internet.

Com isso a Fox parece ignorar o grande alcance que a Internet proporciona, e assim acaba jogando a audiência pela janela e desvalorizando o seu produto. Para se ter uma idéia como estamos atrasados, Portugal viu o episódio apenas 10 dias depois de sua exibição nos EUA, e por aqui mesmo o DVD do filme poderia ser encontrado nas locadoras no início em janeiro. É uma grande incongruência!

Sobre o filme, podemos notar pontos bem positivos, como a fotografia e os bons cenários, um cuidado mais técnico que não é notado na série, talvez em conseqüência do projeto inicial de que o filme fosse mesmo para o cinema. Só lembrando, o filme foi produzido na Cidade do Cabo, o que deu mais veracidade a história. O seu tema, no entanto mostra uma grande semelhança com o filme Hotel Ruanda que também mostra a luta de um gerente de um hotel de luxo que precisa salvar sua família e seus hóspedes dos horrores de uma sangrenta guerra civil.

Quem não conhece 24 Horas vai ficar um pouco perdido, por exemplo, sem saber porque é dado destaque para a posse da presidente Taylor que não tem quase nenhum envolvimento direto com o que está ocorrendo na África, como a conversa dela com o agora ex-presidente Noah Daniels, ou também não entender por que Jack está fugindo de seu país, mas esses elementos serão importantes na sétima temporada da série.

O filme é bom, não é o melhor que 24 Horas já produziu, mas claro que o que todo mundo esperava era mesmo ver Jack em ação, ainda mais depois de um grande período longe da tevê. E ele não decepciona, usando dinamites, armas, metralhadoras e escapando várias vezes da morte certa, como nos bons tempos. A proteção a escola lembra o resgate audacioso que ele faz na primeira temporada salvando Teri e Kim de seus sequestradores, e que apesar das várias temporadas passadas, continua a ser um dos momentos mais memoráveis da série.

24 Horas: A RedençãoEm Washington, pouca coisa interessante acontece, apenas o desenvolvimento da história de um poderoso membro do alto escalão estar envolvido com a guerra civil em Sangala com o fornecimento de armas e da grande possibilidade do filho da Presidente ser arrastado para essa conspiração. Porém esse segmento não teve grande importância no contexto, pois esse núcleo também será melhor elaborado na sétima temporada. Ou seja: para esse núcleo ter uma conclusão é necessário assistir ao seu desenvolvimento na nova temporada, o que acaba dando a idéia que mesmo se fosse para o cinema, o filme seria um “episódio especial de duas horas de duração” como foi o primeiro filme de Arquivo X.

Ainda a respeito deste núcleo, Noah lembrou Bush e Taylor lembra um pouco a esperança que Obama trouxe de volta: de uma renovação no cenário político mundial. Obviamente que os EUA têm seus pecados, mas é muito complicado para um presidente decidir se invade outro país e tenta evitar uma tragédia, correndo o risco de sofrer uma grande pressão interna por deslocar soldados americanos para frente da batalha, ou se permanece neutro na situação e sofre pressão mundial por ser omisso apesar de ter o maior contingente militar do planeta. É uma decisão que geralmente é tomada conforme o interesse ou a falta de interesse que o país tem em relação ao conflito ou possíveis alvos estratégicos que possam interessar ao país defender.

Também foi preservado o “tempo real” que sempre foi a grande essência da série que até foi bem desenvolvida e não pareceu algo forçado em grande parte do tempo, mas mesmo assim alguns detalhes acabam ficando um pouco irreais, como por exemplo, o fato da escola ser perto do centro da cidade. Com isso ficou um tanto estranho o fato de Carl descobrir em cima da hora o fato de Juma estar tentando montar um exercito feito por crianças e não ter se antecipado a este problema. A ONU foi bem retratada, um órgão omisso como sempre.

24 Horas: A RedençãoO filme teve uma boa narrativa, com bons elementos dramáticos, com destaque para o momento que Carl é obrigado a se sacrificar, o momento mais emocionante do filme, e a passagem em que Jack fica frente a frente com uma criança armada. Mas seria demais, mesmo para Jack Bauer, matar uma criança, mas que seria surpreendentemente chocante como 24 Horas sempre tenta ser, seria. Jack Bauer parecia um cara atormentado por um fantasma durante todo o filme. Talvez a temporada na prisão de Kiefer Sutherland tenha sido um “laboratório forçado” para o desenvolvimento desta fase de Jack Bauer.

Redemption não foi uma grande redenção, mas também ficou longe de ser uma grande decepção. Quem sabe no futuro uma nova empreitada possa ser feita, agora de fato na telona, mas com uma história mais fechada para que possa atrair mais espectadores para as salas de cinema.

* * *

O filme 24 Horas: A Redenção reprisa na próxima terça-feira, dia 7 de abril, às 21h, na Fox.

Séries citadas:

Luiz Marcelo é advogado. Fã de Lei & Ordem, Desperate Housewives, Grey's Anatomy, 24 Horas, The Good Wife e The Shield.

8 Comments

  1. Gilberto Guerra

    Eu já assisti o filme em DVD e gostei muito, não apenas eu como minha noiva e o irmão dela que nunca acompanharam a série. Eles até ficaram animados com a idéia de assistirem a 7º temporada. Pra mim esse filme foi uma grande sacada da FOX.

  2. ROOSEVELT BARROS

    O problema todo foi que, como eu não consegui optar para a o aúdio em inglês com legendas em português, opção esta que a SKY permite (mas que ontem infelizmente não funcionou)gravei todo o filme dublado, daí não tive muito tesão pra assistir depois. Vou ter que comprar ou a locar o DVD com som original.

  3. Rodrigo

    O “filme” é bom mas já passou há tanto tempo que nem tem mais graça comentar.

  4. Gabriel Paixão

    Achei muito bacana o filme, bem cadenciado e bem calçado no tempo real. Claro que como é um elo de ligação, quem não assistiu as temporadas anteriores vai ficar boiando, por causa do desenvolvimento dos personagens. Até por isso fica cada vez mais evidente (como o próprio Sutherland já disse em entrevista) que um filme pra cinema de 24 não seria viavel usando totalmente o tempo real. Teria que ser algo misto (metade do filme “normal” e a outra em tempo real) ou simplesmente abolido pra dar certo.
    Ps: Bola foríssima da Fox em demorar tanto pra exibir, hein?

  5. Marcelo

    Alguém saberia me dizer,por favor,se a Fox irá reprisar o “24:Redemption”?
    Muito obrigado desde já,Marcelo.

  6. Luiz Marcelo

    O filme 24 Horas: A Redenção reprisa na próxima terça-feira, dia 7 de abril, às 21h, na Fox.

  7. katia

    Vou tirar na locadora para ver com legendas. DUBLADO ninguém merece.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account