Log In

Reviews

Revenge – Guilt

Pin it
Série: Revenge
Episódio: Guilt
Número do Episódio: 1×05
Data de Exibição nos EUA: 20/10/2011

Culpa. Nessa semana Emily nos mostrou a forma com que as pessoas ao seu redor seguem suas vidas de modo perverso e muitas vezes impulsivo. Olhamos para o passado e vemos erros e poucas vitórias, mas seria essa a motivação de sua vingança? Sim. Quem disse que culpa é sinônimo de algo ruim? Em Revenge, a culpa anda de mãos dadas com a certeza e essa sim, é algo que devemos nos apegar.

Lydia mostrou sua caras novamente e dessa vez quis reatar a sua antiga vida, um novo começo em cima de seu antigo erro. Em outras palavras, ela quis tentar um processo fênix: se reerguer do mesmo lugar que iniciou seu erro. Mas como alguém poderia fazer isso ao tentar se reerguer do modo errado? Dessa vez Emily não se vingou, simplesmente se protegeu. Lydia se vingou por si só. Ela mesma remediou seus erros por meio de sua culpa e, no fim, como era de esperar, sua vida que não possuía mais nenhum objetivo, terminou assim… Morta em cima de um táxi.

Uma espécie de relacionamento que vem sendo testado e achei super bacana foi de Conrad com Daniel. Pai e filho. Porém, como Daniel poderia se orgulhar de ter um pai que possui uma amante, que vive uma mentira, cometeu grandes erros no passado e que ainda os comete no presente? É esse tipo de pessoa que ele quer se espelhar para ser um homem? Não. E não importa o dinheiro ou qualquer coisa do gênero. Existem famílias desestruturadas, mas buscamos alguém em nos espelhar e infelizmente, apesar de querermos muito, nem sempre são nossos pais. Mas talvez se tentarmos buscarmos algo, nem que seja bem no fundo, conseguiremos encontrar uma qualidade nas piores pessoas. Veja Lydia, por exemplo. Ela foi uma amante, tinha tudo na vida e ao mesmo tempo não tinha nada. Uma pobre mulher que estava tentando buscar algo que a pudesse fazer continuar, mas o quê? O mundo gira em torno do dinheiro, quando já se tem, o que mais se precisa? Talvez, Lydia amasse Conrad de um jeito diferente e por isso, tivesse feito o que fez. Mas existem consequências e ela seria muito ingênua em pensar que o amor pode derrubar Victoria Grayson.

Apesar de Revenge ser baseado em pensamentos de Emily e é com certeza com eles que aprendemos da pior maneira a realidade humana, não poderia deixar de citar a frase mais realista e mais pavorosa que já vi na série dita por ninguém menos que a rainha Victoria Grayson:

Entenda uma coisa, Lydia: Todas as vezes que sorrio para você através de um cômodo ou nos cruzamos em um almoço, ou te recebo em minha casa… Que aquele sorriso seja um lembrete do quanto desprezo você. E que todas as vezes que eu te abraçar, o calor que você sente, é meu ódio queimando. Adeus, Lydia.

Séries citadas:

Bacharel em Ciência da Computação pela Universidade São Judas Tadeu. Nasceu em São Paulo, Brasil, no ano de 1993. Trabalha com desenvolvimento de software na Foster, empresa afiliada a WPP, estuda teatro e desenvolve vários experimentos em seu Laboratório. Assiste Once Upon a Time, Nashville, Downton Abbey e muitas outras.

Website: http://www.mariomadureira.com.br

1 Comment

  1. !3runo

    Lydia nao morreu, foi dito que ela está em coma. E o segurança de CONRAD suborna o segurança do prédio para ver quem entrou no apartamento antes dela, ve o nerd chato e o segurança do prédio NÃO VÊ que o segurança de CONRAD estava lá no momento da morte??

    E a policia também não requisitou as fitas e não viu os dois indo lá na mesma noite?

    Furo grande esse, hein?!

    E Tyler, ja percebemos que ele não é rico coisa alguma, é um golpista. Mas qual a dele com Daniel?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account