Log In

Especiais Notícias

[RETROSPECTIVA 2013] Relembre o que aconteceu nas premiações em 2013

Pin it

O que seriam das produções para TV se não fossem as badaladas premiações. Entra ano e sai ano e o nível de qualidade e popularidade de uma série é também medida pelo número de estatuetas que ela leva. Seja um Globo de Ouro, um SAG, um Emmy, até mesmo a prancha de Surf do People’s Choice Awards, as indicações e os prêmios fazem parte da vida de quem curte séries de TV.

Esse ano, consagramos Breaking Bad, demos uma sobrevida para Homeland, deixamos de fora Orphan Black, e nos retratamos com Orphan Black, e tivemos uma pitada de inovação com as indicações da Netflix.

Senhoras e senhores, o TeleSéries traz para vocês uma retrospectiva recheada de prêmios. Vamos aos indicados, vencedores e perdedores.

Breaking Bad 5 20

Breaking Bad conseguiu colecionar mais prêmios nos seus últimos minutos e foi consagrada como a melhor série de todos os tempos. Desta vez, foi pelo Guinness World Records (O Livro dos Recordes) como a série mais bem avaliada da história da TV. A maravilhosa marca foi atingida por ser a maior série de TV com o maior índice de avaliação positiva entre seus usuários do site “MetaCric.com”, que reúne criticas das mais diferenciadas revistas e jornais do mundo. O recorde será publicado na edição de 2014 do Guinness World Records, que terá seu lançamento no dia 12 de setembro do próximo ano.

Veja só as categorias que deram ao seriado algumas estatuetas em 2013.

Melhor Atriz Coajuvante de Drama: Anna Gunn (Primetime Emmy Awards)

Melhor single-camera para edição de fotografia em uma série dramática: Kelley Dixon (Creative Arts Emmy Awards)

Melhor Performance de um Ator em Série Dramática: Bryan Cranston (Screen Actors Guild Award)

Melhor Apresentação de TV (Saturn Awards)

Melhor Ator de TV: Bryan Cranston (Saturn Awards)

Melhor Ator Coadjuvante: Jonathan Banks (Saturn Awards)

Programa do Ano (Television Critics Association Awards)

Melhor Ator de Drama: Bryan Cranston (Critics Choice Television Award)

Melhor Série de Drama (Critics Choice Television Award)

Diretorial Proeminente em Série Dramática: Rian Johnson (Directors Guild of America Award)

Melhor Série Dramática (Writers Guild of America Awards)

Melhor Série de TV Aberta com 1 Hora: Skip MacDonald (American Cinema Editors Awards)

Além disso, a série está indicada nas categorias de Melhor Drama, Melhor Ator e Melhor Ator Coadjuvante em Série de Drama no Globo de Ouro de 2014. Será que mesmo após o fim, Breaking Bad continuará fazendo história?

House of Cards - Chapter 1

O canal por streaming Netflix tem dado certo e seus grandes investimentos já renderam alguns frutos este ano. Começando pela marca histórica que é vista como inovação e boas oportunidades: pela primeira vez em 65 anos, uma série distribuída exclusivamente para internet foi indicado para o Emmy Awards, principal premiação da televisão americana. A série House of Cards, concorreu ao troféu de melhor drama este ano na premiação. E os atores Kevin Spacey e Robin Wright, que interpretam os personagens principais na série, foram nomeados na categoria de melhor ator e atriz. No total, a Netflix teve 14 indicações ao Emmy: House of Cards (9), Arrested Development (3), Hemlock Grove (2). E mais 6 indicações ao Globo de Ouro, com os seriados House of Cards, Arrested Development e Orange is The New Black com a categoria de Melhor Atriz em Drama para Taylor Schilling. É, parece que o serviço de streaming chegou para ficar mesmo, e conquistou o direito a tapete vermelho nos prêmios de TV e cinema.

Globo de Ouro

A 71ª edição do Globo de Ouro que foi ao ar 13 de janeiro de 2013, com a cerimônia comandada por Tina Fey e Amy Poehler, realizada em Los Angeles e com uma cobertura ao vivo aqui no TeleSéries.  Homeland foi a que levou três estatuetas pra casa, melhor drama e melhor ator e atriz para Claire Danes e Damian Lewis. Girls levou a melhor nas categorias melhor série de tv de musical ou comédia e melhor atriz de comédia, Lena Dunham levou o prêmio ganhando de Zooey Deschanel (New Girl) e as apresentadoras da noite, Tina Fey (30 Rock) e Amy Poehler (Parks and Recreation).

No SAG Awards, as grandes estrelas do cinema se reuniram em Hollywood, para a premiação mais importante do setor audiovisual. Ao contrario do Globo de Ouro, a premiação não teve surpresas entre os ganhadores na categoria de televisão. A atriz Claire Danes, levou mais um prêmio para casa, diante de tantos outros prêmios que a atriz já ganhou, sendo considerada melhor atriz em série de drama com seu trabalho em Homeland. O ator Bryan Cranston, também de Breaking Bad, venceu também uma categoria de melhor ator. As séries Downton Abbey e Morden Family saíram com um prêmio nas mãos na noite da premiação. A apresentadora do Globo de Ouro desse ano Tina Fey, ao lado de Amy Poehler, foi nomeada como melhor atriz de comédia com 30 Rock. Alec Baldwin, também da série 30 Rock levou como melhor ator de comédia. Juliana Moore (Game Change) e Kevin Costner (Hatfields &McCoys) levaram a melhor em suas categorias.

Já no Bafta desde ano, o destaque vai para Girls, que venceu a categoria de Melhor Série Internacional, deixando Homeland e Game Of Thrones para trás.

teen choice awards 2013 lea

No Teen Choice Awards 2013, o destaque ficou por conta do momento mais emocionante da noite da premiação, com sua primeira aparição pública, após a morte de Cory Monteith, Lea Michele ganhou o prêmio de melhor atriz de comédia e subiu ao palco para agradecer aos seus fãs, com um discurso emocionante. A atriz não conteve as lágrimas ao falar de seu namorado e colega de elenco e dedicou o prêmio para ele.

Com sua 65ª edição, o Emmy Awards que aconteceu em Los Angeles no dia 22 de setembro, e que é a premiação considerada o Oscar da televisão norte-americana, consagrou a série Breaking Bad como a melhor série de drama e Morden Family como melhor série de comédia.

A parte mais engraçada desta retrospectiva ficou por conta dos atores Jon Hamm e Amby Poehler que deram uma festa batizada pelo nome “Losers Party” para os perdedores do Emmy Awards. Os atores que já vinham planejando a festa desde o Emmy do ano passado, quando  Kristen Wiig perdeu o Emmy de atriz coadjuvante em série de comédia para a atriz Julia Bowen  e transformou seu quarto de hotel em um salão de festas. A festa teve como objetivo divertir os amigos que sairão da premiação sem nenhum prêmio. Mas isso não quis dizer que os vencedores ficariam de fora, para participarem eles teriam que deixar suas estatuetas do lado de fora e doar uma quantia de no mínimo 1.000 dólares para uma instituição de caridade.

Tatiana topo

Entre perdedores e vencedores teve aqueles que nem indicações recebeu. Foi o caso da atriz Tatiana Maslany, que ficou de fora do Emmy em 2013. Isso gerou tanta indignação dos fãs da “orphan black”, que os protestos ecoaram nas redes sociais mundo a fora. Até o Teleséries fez uma coluna especial para mostrar 15 razões pelas quais Tatiana Maslany merecia ser indicada ao Emmy.  “Seria muito surpreendente se a série fosse indicada. Eu acho que as pessoas ficariam animadas com isso porque muitas séries incríveis de ficção-científica não são levadas a sério na temporada de premiação”, disse a atriz, na época. Surpreendente ou não, o fato é que Orphan Black está na lista de indicados do Globo de Ouro de 2014. Estamos na torcida!

Séries citadas:

Estudante de publicidade e loucamente apaixonado por seriados, assiste mais de 60 séries, entre elas estão The Vampire Diaries, Grey’s Anatomy, New Girl, American Horror Story, How I Meet Your Mother, Arrow, The Walking Dead, Revenge, Awkward e Nikita. Sua maior paixão é pelo seriado One Tree Hill. Fã de um bom filme, uma boa música e um bom livro. Encontram no twitter pelo user @anthonnyviana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account