Log In

Especiais

Retrospectiva 2006 – V – O polêmico novo Emmy Awards

Pin it
Stockard Channing, Lisa Kudrow e Chris Meloni

A verdade universal: nenhuma premiação, nunca, irá agradar a todos. É da natureza das premiações gerar críticas e reclamações e é este também o seu charme. Do Oscar aos televisivos Emmy e Golden Globe, até pelo nosso caseiro Prêmio TeleSéries, a graça de toda a eleição dos melhores do ano está não só nas homenagens que perpetua, mas também nas injustiças que comete.

Mas eis que em 2006 a Academia de Artes e Ciências da Televisão se curvou às críticas do público e da imprensa e desenhou mudanças radicais nos critérios de elegibilidade do Emmy Awards. A esperança do público: ver séries e astros queridos como Battlestar Galactica, Treat Williams e Kristen Bell finalmente disputando prêmios. O resultado das mudanças, no entanto, foi completamente diferente e inesperado, beirando o bizarro.

Na tentativa de diversificar sua lista de indicados, a Academia. que é tradicionalmente conservadora e poucas novidades trazia ano a ano, mudou o critério de votação. Ao invés dos associados elegerem por voto direto os cinco indicados das principais categorias (Melhor Série Drama, Melhor Série Comédia, Melhor Ator Série Drama, Melhor Ator Série Comédia, Melhor Atriz Série Drama e Melhor Atriz Série Comédia), o processo para checar ao Top 5 ganhou dois turnos. De um turno para outro os membros da Academia assistiam a episódios selecionados pelos produtores das séries indicadas (neste momento com a lista já reduzida a 10 ou 15 nomes, dependendo da categoria), no qual baseariam suas decisões. Isto significava que se um série de uma emissora pequena, como a WB ou a FX, passasse para a segunda votação, ela obrigatoriamente teria um episódio assistido pelos eleitores, aumentando suas chances de ser eleita.

O resultado da mudança nas regras, no entanto, não foi exatamente o esperado e gerou muita polêmica.

O plano era renovar mas acabou garantindo que atores e séries veteranas, acima de qualquer crítica, como Frances Conroy, Tony Shaulhoub, The West Wing e Família Soprano garantissem indicações.

E a renovação de fato aconteceu, mas não foi exatamente aquela que a crítica esperava. Por exemplo, a novíssima e simpática Everybody Hates Chris acabou preterida pela veterana Segura a Onda. No lugar do jovem Jason Lee, indicação de Melhor Ator em Comédia para o experiente Charlie Sheen. E a sempre esperada indicação para Lauren Graham para Melhor Atriz em Comédia mais uma vez não aconteceu, atropelada por inesperadas indicações de para Stockard Channing, da já cancelada Out of Practice, e Lisa Kudrow, da também cancelada O Retorno.

Mas alguma justiça foi feita. Apesar de ser o mais bem pago comediante dos Estados Unidos e astro da sitcom mais antiga no ar na atualidade, Kevin James jamais havia recebido uma indicação por The King Of Queens. Ela veio. Já Christopher Meloni, que nas premiações ficava à margem de sua colega Mariska Hargitay, finalmente teve seu talento reconhecido por Law & Order:SVU. Ainda assim, os dois atores e suas séries não são populares o suficiente para justificar que a mudança tenha sido boa.

Afinal, a lista de indicados chamava mais a atenção por quem ficou de fora: gigantes como Hugh Laurie e James Spader, líderes de audiência como Desperate Housewives e até mesmo o grande drama do ano anterior, Lost.

O resultado: um Emmy recebido sob críticas, uma premiação que acabou sendo fria (e com baixa audiência) e a sensação de que talvez Academia precisava mesmo se renovar, mas que talvez tenha pago um preço muito alto pela mudança.

Séries citadas:

É jornalista, pós-graduado em Jornalismo Digital pela Pucrs e trabalha com produção de conteúdo para Internet desde 1995. É editor de internet do Jornal do Comércio, de Porto Alegre. Fundou o TeleSéries em agosto de 2002. Na época, era fã de The West Wing, The Shield, Família Soprano e Ed. Atualmente é viciado em The Good Wife, NCIS, Game of Thrones e Parks and Recreation.

13 Comments

  1. Juliano Cavalca

    Enquanto eles não inventarem um novo método de votação que permita indicar/premiar séries/atores como Balttlestar Galactica, Edward James Olmos e Kristen Bell, eles tem mais é que ficar criando fórmulas novas.

  2. beck

    hehehe, acho que o jason lee com quase 40 ja nao é mais um “jovem” propriamente dito.

    o problema dessas premiações, o motivo pelo qual elas se elevam a grandes premiações, é que passamos tempo demais desperdiçando nossas vidas falando das mesmas.

  3. Li

    As premiações devem seguir algum critério, não sei se esse escolhido pelo Emmy realmente é o melhor, mas, com certeza premiou a melhor atriz em série dramática que foi Mariska Hargitay, sem dúvida, é claro que nem tudo é perfeito, mas devem existir critérios, e o melhor é não se deixar levar apenas pela popularidade, carisma e beleza, que infelizmente nas premiações onde o público tem participação na premiação fatalmente acontece, o público sempre se deixa levar pelo mais bonito, simpático, carismático, deixando o talento de lado. Um exemplo é a grande reclamação do público quanto a não indicação da Lauren Graham, que até é uma boa atriz, mas, com certeza o desempenho da Stockard Channing foi superior, talvez um dia mereça uma indicação entretanto ao meu ver isso ainda não aconteceu, Julia Lois-Dreifuss abocanhou o prêmio de melhor atriz em comédia o que achei bacana, nunca uma premiação agradará a todos, no entanto, acredito se deixarem o público escolher teremos sempre os mesmos premiados, aquele ator (atriz) jovem, magro, bonito, com sorriso cativante, popular, que trabalha numa série onde o público jovem é o alvo principal, isso se torna evidente quando acontece as premiações onde o público escolhe os melhores.

  4. lobfort

    Por que o Emmy tinha que gostar de Desperate Housewives se nem o criador da série gostou da segunda temporada ?

  5. Milena

    Com tanta atriz boa em drama, indicar a Kristen Bell seria palhaçada. Mariska Hargitay dá de 1000 a zero na pirralha! Então, sendo assim, eles tavam mais do que certos.

  6. rafagb

    Sem querer desmerecer a Stockard Channing, que é uma grande atriz, não acho que dê, nem de longe, para comparar o desempenho dela naquela série rasa que era Out of Practice com a performance sutil, hilária e dramática na mesma medida da Lauren Graham, a atriz mais subestimada dos últimos anos.
    Para mim, o caso da Stockard Channing esse ano foi o mesmo da Ellen Burstyn, indicaram baseados no fato de ser uma ótima atriz, mas não devido ao trabalho dela nessa série em particular.

  7. Cristiano

    Sem dúvida o Emmy 2006 levantou muita polêmica. Mas sempre haverá descontentes e pessoas discordando desse ou aquele indicado. Acho que o critério predominante deve ser sempre o talento e não a beleza ou popularidade.Mas não há como negar que estes dois fatores também influem.A meu ver ninguém mereceu mais seu Emmy do que Mariska Hargitay. Essa extrapolou. É uma pena não ver essa grande atriz em produções no cinema.Acho que tudo que ela faz traz a marca do seu talento e de sua dedicação ao trabalho.Um fã americano diz que ela é a atriz dos olhos de chocolate(se referindo a cor, do sorriso doce-melancólico, e do glamour relaxado.O autor do comentário inicial, Paulo Duarte diz que Cristopher Melloni(que admiro) e foi indicado não tem popularidade suficiente para justificar sua indicação. Que é isso meu amigo. Lei e Ordem SVU tem uma média de 13 milhões de espectadores por semana e está sempre entre os 20 programas mais assistidos.E tenho certeza que esta maravilhosa série ainda terá seu valor reconhecido pela crítica, porque do público ela já é consagrada.

  8. Nina

    Lei e Ordem SVU é uma das melhores séries que já assisti, além de ter um maravilhoso elenco.Merece todo o reconhecimento e muito mais.

  9. Rafaelly

    Não me entendam mal…Eu amo a Lauren Graham,mas se ela não foi indicada nas 3 primeiras temporadas,com certeza não seria indicada na sexta!Aliás, realmente não mereceu ser indicada pela sexta temporada.Teve algumas boas cenas,mas nada comparado às primeiras temporadas em q ela dava um show sempre q abria a boca.E agora com essa sétima então…aí é q não é indicada mesmo…Infelizmente!!!
    E Stockard Channing era a melhor coisa de Out of Pratice mesmo.Ótima atriz e tava muito bem no papel q interpretou nessa série(q diga-se de passagem,não estava à altura dela)…
    Infelizmente não posso falar da Mariska Hargitay, pois não assisto Lei e Ordem.
    Já Desperate Housewives não merece estar em lista nenhuma!!!Se na primeira temporada eu já não gostava,na segunda então…Só posso elogiar Marcia Cross e Felicity Huffman q são ótimas atrizes e fizeram bons papéis na primeira temporada.Já na segunda…até elas sofreram!!!

  10. thais

    L&O: SVU é uma das melhores séries da atualidade, os atores então, são excelentes…o prêmio para a Mariska foi mais q merecido,era mais do q justo q ela levasse esse prêmio,foi uma pena o Meloni não ter levado tb, mas só de ter sido indicado foi muito legal……eu acho os dois excelentes atores, e o papel dos dois em SVU é perfeito, formam a dupla perfeita……..parabéns a esses dois atores maravilhosos e a todo o elenco d SVU tb……..

  11. Silvia Leandra França

    Bom,não preciso nem dizer que gosto demais da série SVU.Todas as indicações e prêmios foram bem merecidos,espero que continuem assim dando destaque a quem merece.
    Silvia Leandra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account