Log In

Reviews

Red Band Society – Sole Searching

Pin it

Série: Red Band Society
Episódio: Sole Searching
Número do Episódio: 1×02
Exibição nos EUA: 24/09/2014
Nota do Episódio: 3.5

Sole Searching, segundo episódio da primeira temporada de Red Band Society, foi um pouco mais organizado que o seu antecessor, trazendo maiores detalhes sobre os seus personagens e seus dramas. Nos primeiros minutos pensei que o enfoque maior seria em Jordi Palacios (Nolan Sotillo), já que o mesmo iria retirar a sua perna em uma cirurgia, devido ao câncer agravante em seu corpo.

“Às vezes a maior caminhada é aquela que você faz sozinho.”

Só que para a minha surpresa o enfoque foi nas consequências de tal acontecimento, em relação ao personagem Leo Roth (Charlie Rowe), que virou quase um irmão para Jordi no hospital. Afinal, com a realização do procedimento médico, Leo não se sentiria mais sozinho, pois teria uma pessoa igual a ele, compartilhando os mesmos sentimentos e tudo ficaria bem. Infelizmente, às vezes as coisas não saem como nós planejamos e Jordi continuou com a sua perna. O jovem ainda terá uma grande luta pela frente, com muitas sessões de quimioterapia até a chegada da próxima cirurgia.

red-band-society-season-1-episode-2-Jordi-and-Dr-McAndrew

Para desafogar as mágoas, Leo vai com o seu antigo amigo Astro (Dash Hosney) a uma festa na frente do hospital e acaba dando trabalhos para todos. Uma das coisas que eu mais gostei foi que o papo da juventude está se tornando cada vez mais atual e literário, com referências a Jogos Vorazes! Quem sabe essa não possa ser a mais nova cantada para nós homens conquistarmos as gatinhas em uma balada, hein? Rs!

“Como disse Theodore Roosevelt: ninguém se importa o quanto sabe até que saibam com quanto se importa.”

Outra personagem que deu o que falar neste episódio foi a loirinha que usa aplique no cabelo: a mimada Kara Souders (Zoe Levin). Ela é super grossa, trata as pessoas como se fossem lixos e se acha o centro das atenções. Ela merecia um belíssimo tapa na cara, mas como os produtores e roteiristas não me pedem ajuda para escrever a série, pelo menos eles nos deram uma pessoa que, aos poucos, está tornando essa história diferente: a doce e adorável Emma Chota (Ciara Bravo).

doctor red band

A jovem anoréxica, além de ter todo um estilo próprio de se vestir (aqui vai a minha menção honrosa à boina preta da garota), ela é super inteligente e educada. Imagina você ter que ouvir da boca de uma menina que sua própria filha precisa de atenção? Sarah Souders (Andrea Parker) e Daniella (Tricia O’Kelley), por favor, repensem em suas atitudes e sejam mais amáveis com Kara, afinal, o seu coração não vai aguentar tanta pressão sozinho. Fiquei feliz ao ver as três se abraçando no final, sendo o ponta pé para a mudança, principalmente aquela que diz respeito à relação entre Daniella e Kara, que sempre foi bastante conturbada. Tenho certeza de que a amizade entre Emma e Kara irá muito mais além do que uma simples troca de favores (por exemplo, uma comendo a dieta da outra), na qual poderemos ver muitas cenas engraçadas entre as duas no hospital.

Para finalizar vamos à parte em que todos mais gostam em qualquer série: shippar os casais, que até agora nenhum foi formado oficialmente, mas o potencial e a torcida para que fiquem juntos é enorme: Jordi e Emma, Leo e Kara, Jordi, Emma e Leo (possível triângulo amoroso) e Dr. Jack McAndrew (Dave Annable) e a moça que estava no balcão do bar. Mas, confusões e constrangimentos virão por causa deste último, afinal, a mulher é mãe de Jordi e o encontro dos três não será nada natural.

“Às vezes, você não precisa andar com os sapatos de outras pessoas para saber como elas se sentem. Às vezes, o melhor a se fazer é sentar-se ao lado delas.”

P.S. 1: Até mesmo a evil enfermeira Nurse Jackson (Octavia Spencer) tem amor em seu coração e acabou elogiando a sua colega de serviço, Nurse “Brittany” Dobler (Rebecca Rittenhouse), pelo ótimo trabalho e deu até conselhos para Leo em relação a sua vida. Como não amar essa mulher que é durona e amável? <3;

P.S. 2: Vamos ajudar a Kara a conseguir avançar na lista de transplantes usando a hashtag #HartAndSoul [#CoraçãoeAlma] no Twitter, por favor;

P.S. 3: Desde o episódio anterior estou tentando descobrir com quem o Dr. Jack McAndrew parece, pois eu o já conhecia de algum lugar. Analisem bem a imagem acima e percebam que ele é a cara do ator brasileiro Reynaldo Gianecchini (Em Família). Qualquer semelhança entre os dois é uma mera coincidência, mas ainda acredito que os dois são gêmeos e foram separados na maternidade;

P.S. 4: Achei estranho eles ainda não se pronunciarem como um grupo, ou seja, a Red Band Society, mas acho que isso irá ocorrer quando todos estiverem reunidos. Tomara que seja no próximo episódio! Um grande abraço a todos! =)

Séries citadas:

19 anos, técnico em Química, mineiro de Beagá. Atualmente é vestibulando de Medicina e pretende se formar pela Faculdade de Medicina da UFMG. Quando aparece um tempo livre, tenta acompanhar a maioria das séries médicas, mas elas nunca acabam! Um dia pretende finalizar ER, Grey's Anatomy e Dr. House. Acompanha também: 2 Broke Girls, Bates Motel, Fargo, Sherlock, Supernatural, The Walking Dead, The Big Bang Theory e muitas outras.

Website: https://medcine.wordpress.com/

4 Comments

  1. Maria Inez Nêssarte

    Parabéns Arthur, não assisti a série ainda….mas deu vontade!!!!

  2. Gabriela Pagano

    Cheguei, Arthur! Finalmente consegui assistir aos dois episódios da série. E realmente, apesar de todo o drama, é uma série muito gostosinha de assistir – da mesma forma que seu texto é delicioso de ler, cheio de humor! Estou gostando bastante do seriado e achei esse segundo episódio ainda melhor que o primeiro. AMEI a menção à Sétimo Céu, que era minha série preferida na pré-adolescência, e mais ainda às referências a Ellen e Portia, que eu shippo muito na vida real! Haha A Kara realmente merecia um tapa na cara, que menina má! Mas acho que ela vai nos proporcionar momentos emocionantes e reflexivos ao longo da temporada. Já a Emma conquista logo de cara e muito se deve ao ótimo gosto para se vestir! Quanto ao Dr. McAndrew, ele é um gato, mas achei ofensivo você compará-lo ao sem sal do Gianecchini! Hahahaha Ele é muito mais bonito AND talentoso (coisa que o brasileiro não é ;p).
    Até semana que vem, para um episódio que, provavelmente, será ainda melhor do que esse (já fiquei curiosa com algumas situações mostradas no preview do próximo capítulo). Beijos! ;*

  3. Arthur Barbosa

    Estou gostando bastante das menções que a série dá a outras série e filmes também. Quem sabe um dia a Emma não aparece na sua coluna né? hehehe Já a minha comparação ao Dr. McAndrew foi apenas física ok? Só a fisionomia do rosto que me lembro o ator hehe Obrigado pelo apoio de sempre! Te espero na próxima review! Beijos! =)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account