Log In

Notícias

Primeiras Impressões – The Tomorrow People

Pin it

Seres humanos que nasceram com super poderes, romance, rivalidade familiar, um elenco ridiculamente bonito e uma premissa que chamou a atenção. Foi assim de The Tomorrow People  estreou na última quarta-feira (09). Por mais que apresente a fórmula que a CW repete em boa parte de suas séries e que o enredo não seja exatamente original, o piloto deixou claro que, se bem desenvolvida, The Tomorrow People pode virar um grande sucesso de público.

O diferencial de The Tomorrow People está, justamente, no clichê: os produtores podem fugir dele e surpreender o público com a temática que têm em mãos. Se a série britânica que serviu de base para a nova estreia da CW ficou no ar por seis temporadas nos anos 70, porque a nova versão da história dos Tomorrow People não pode repetir o sucesso? E para falar a verdade, não existe nenhuma série atualmente que não tenha nem um pouquinho de clichê, principalmente as de ficção científica.

Stephen, Cara, John, Russell e Jedikiah, os personagens principais, parecem ser muito bem construídos. Stephen é o clichê (olha ele aí de novo) de personagem principal: perdido no início, confuso ao descobrir o que é de verdade e extremamente bom no que faz depois que aceitar isso. O que me chamou a atenção nele foi o fato de ter, supostamente, aceitado a proposta de Jedikiah. Foi um ato de coragem, mas pode ter sido precipitado, já que ele ainda não sabe como lidar com tudo o que pode fazer. Ele está sim, jogando como agente duplo, mas o que não ficou exatamente claro foi o lado que ele assumiu: O dele mesmo ou o dos Tomorrow People?

Jedikiah é, até agora, o personagem mais intrigante entre os cinco.  A ideia de ele ser tio de Stephen e de ter se tornado um cientista porque tentou “salvar” Jack de seus poderes (que, por sinal, não foram divididos igualmente entre os irmãos) dá bastante pano para a manga e possíveis flashbacks. Se ele é malvado como parece ser, Stephen pode ter colocado a si mesmo, sua mãe e seu irmão em maus lençóis ao tentar enganar o tio.

The.Tomorrow.People US

Cara e John me surpreenderam ao se mostrarem como casal. Podia jurar que ela ia acabar se arrastando para o lado do Stephen (assim como Astrid, a única amiga que ele tem na escola), mas ela está mesmo dando uns amassos no loirinho sarcástico e badass. Mas eles ainda tem uma temporada inteirinha pela frente e eu tenho certeza que o ciúmes que John já sente da ligação de Cara e Stephen vai aumentar exponencialmente. Mas mesmo assim, ele vai continuar sendo o cara que chega na hora de salvar todo mundo.

Russell é, até agora, o piadista que fica esquecidinho de lado até que alguém precise dele. Tomara que não continue assim por muito tempo: esses são sempre os primeiros a morrer.

Confesso que antes de assistir ao episódio um dos meus maiores medos eram os efeitos especiais. Quando percebi que eles foram bem feitos, quase chorei de emoção. Ninguém merece uma série com efeitos que parecem ter sido feitos por uma criança de sete anos. E os Tomorrow People não me decepcionaram.

Os outros fatores que me deixam muito otimista em relação a The Tomorrow People tem nome e sobrenome: Greg Berlanti e Julie Plec. Os dois são responsáveis por duas das séries de maior sucesso da CW:  Greg por Arrow e Julie por The Vampire Diaries. Eles conhecem a receita de uma série de sucesso. Basta a colocarem em prática novamente agora.

Bem, eu vou continuar tentando descobrir o que os Tomorrow People vão fazer amanhã. E vocês? Vão se deixar levar pela telepatia de Stephen ou não?

Séries citadas:

16 Comments

  1. biancavani

    Quando li a premissa, quase descartei, ainda bem que não fiz isso. Gostei mesmo da série. Acho que vai continuar agradando.

    Também me chamou a atenção o Mark: tão bonzinho em Lost, e tão do mal em TTP! Ótimo ator.
    De fato, Ariel, atores lindíssimos. E o Lucke (John) é o mais guapo de todos.

  2. biancavani

    Não é? E, além disso, um herói, pois passou por sofrimentos inimagináveis nas mãos daquele Jacob ao contrário, e, no entanto, foi lá defender os de sua espécie. Um contraponto legal em nosso tempo, em que o homem comum é o protagonista.

  3. ArielCristina

    eu não consegui não comparar o John com o Damon Salvatore de Vampire Diaries. E olha que ele é meu preferido. Muito amor, de verdade ?

  4. ArielCristina

    tomara que eles não façam o que fizeram com Secret Circle e estraguem a série, haha

  5. biancavani

    O Damon também é meu favorito, idem o Klaus, o Saywer de Lost… eita, tô vendo aí um padrão meu de predileção por bad boys. Bom, mas eu também não sou boazinha, então acho que tudo bem

  6. ArielCristina

    E justamente, no final, cancelaram a bendita. Tenho vontade de saber o que os outros filhos do Blackwell iam fazer até hoje :(

  7. coelho rebelde

    Sei k THE TOMORROW PEOPLE é baseada em uma serie britanica mas me lembrou muito o filme JUMPER onde o HAYDEN CHRISTENSEN e o
    JAMIE BELL eram caçados pelo SAMUEL L. JACKSON.

    Posso até comparar os personagens.
    DAVID(Christensen) e STEPHEN(Robbie Amell):
    Poder descuberto na adolescencia,problemas familiares (no filme e a mãe do personagem k some)problemas no colegio e como sempre uma guria por kem ele se apaixona(no filme Rachel Bilson)
    GRIFFIN(Bell) e JOHN(Luke Michell) :
    Consientes de seus poderes,personalidade forte,estiloso,Badass e tem um passado traumatico com o vilão da historia.
    Eu amo o filme e estou gostando da serie,só espero que o ritmo não caia.
    AMOOO! AARON YOO mas por favor ñ morra e tire a cavanhaque com urgencia.
    Por um momento passou pela minha cabeça k JEDIKIAH e JOHN eram pai e filho…sera k to loka

  8. coelho rebelde

    Ao k parece todas amamos JOHN(Lucke).
    A verdade é k de uns tempos pra ca as series tem produzido Badass mais carismaticos e alguns ‘principes’ menos encantadores.

  9. ArielCristina

    HAHA, eu também lembrei bastante de Jumper assistindo The Tomorrow People. E, não, você não está louca. Também achei que o John fosse filho do Jedikiah.

  10. coelho rebelde

    Pai e filho ,sera k essa possibilidade existe?
    Mas uma coisa é certa,pelos comentarios acima JOHN já ganhou alguns corações
    enclusive o meu <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account