Log In

Notícias

Primeiras Impressões – The Leftovers

Pin it

Com uma premissa bem interessante, o primeiro episódio do novo drama da HBO, The Leftovers, fez jus a todo barulho ocasionado pela série. O piloto cumpriu seu papel: apresentou todos os plots, informou muito pouco e, principalmente, deixou intrigado quem estava assistindo. E quando digo intrigado quero dizer perdido, mas pelo menos pra mim em um bom sentido.

Baseada no livro de mesmo nome escrito por Tom Perrota (que também assina o roteiro desse episódio), a história mostra o fatídico dia 14 de outubro (ano não informado), quando 140 milhões de pessoas, ou aproximadamente 2% da população mundial, sumiu. Simples assim. Na divulgação da série, tratavam esse sumiço como um “arrebatamento”, contudo essa hipótese não foi levantada no episódio.

A história dá um salto no tempo e vemos como todos estão lidando com suas “perdas” três anos depois do ocorrido. Justin Theroux é o delegado Kevin Garvey, cujo pai, também policial, teve um surto. Ele não está em seu melhor momento, pois sua esposa o deixou logo depois do “arrebatamento” e ele ficou responsável pelos seus dois filhos: Jill (a linda Margaret Qualley), que por não conseguir lidar com os acontecimentos está se tornando uma jovem problemática, e Tom (Chris Zylka), que abandonou a faculdade – depois de presenciar um suicídio duplo – e procurou refúgio em uma fazenda liderada por uma espécie de guru.

Laurie, interpretada pela atriz Amy Brenneman despida de toda sua vaidade, é a esposa de Kevin que largou tudo e foi morar numa espécie de “seita” chamada Guilty Remmant (Culpados Remanescentes, em tradução livre), onde não é permitido falar e as pessoas fumam muito. Através de um rápido flashback, fica subentendido que Kevin a traiu e talvez esse seja o motivo dessa mudança radical.

s01e01_697

Pelo que foi visto, a “seita” está procurando novos recrutas e usam um jeito bem peculiar de abordar as pessoas: ficam de plantão, encarando onde quer que elas estejam. O alvo dessa vez é Meg (Liv Tyler), que está nos preparativos finais do seu casamento, contudo fica perturbada com as investidas e acaba largando tudo e se entregando a eles. Somente neste momento ouvimos a voz de Patti (Ann Dowd), que aparenta ser a líder do grupo.

O foco do episódio é um desfile que o governo está preparando para honrar os “heróis”, como eles resolveram chamar as pessoas sumidas, já que não conseguiram arrumar outra explicação. Uma saída interessante, com o objetivo claro de tentar acalmar os ânimos. Kevin é contra, contudo a palavra final é da Governadora e a festividade acontece. Porém, como o delegado previa, a ”seita” aparece e os ânimos ficam exaltados.

s01e01_678

Outro ponto pouco explorado foi o que acontece na fazenda onde Tom se refugiou. Liderado por Waney (Paterson Joseph), esse lugar aparentemente serve como consolo para aqueles que perderam seus entes queridos. Óbvio que reservados àqueles que têm muito dinheiro. Contudo, pelo pouco mostrado, estou achando isso meio estranho e sinto cheiro de trambique no ar. Waney tem uma protegida, Christine (Annie Q.), e é óbvio que Tom ia se interessar por ela. Só que o guru deixa bem claro que eles não podem se envolver.

s01e01_959

Difícil para quem não leu o livro criar qualquer tipo de teoria, pois muita coisa foi mostrada, diversos questionamos jogados no ar e poucas explicações foram dadas, logo tudo pode acontecer. Qual o verdadeiro motivo da separação de Laurie e Kevin? O que são os Culpados Remanescentes? O porquê de fumarem tanto? O que acontece no encontro com Waney? Será que Jill vai ser a nova adolescente chata do pedaço e roubar o lugar da Dana (Homeland) e Carl (The Walking Dead)? E principalmente: o que aconteceu com esses 140 milhões de pessoas?

Como todos os produtos da HBO, The Leftovers tem uma finalização impecável, uma fotografia interessante e uma trilha sonora de primeira. Em especial desta a música James Blake, Retrograde, que toca quase no final do episódio. Para ouvir e relembrar, clique aqui.

Bom, vou apostar na série e ver até onde isso vai dar. E você, o que achou de The Leftovers? Está tão perdido como eu? Deixe seu comentário.

Ps: A série começou com um bom índice de audiência para o canal, fechando com 1,8 milhões de espectadores e o episódio está disponível, gratuitamente, no HBO On Demand.

Duas curiosidades:

s01e01_185

A atriz Catherine Curtin fez uma participação logo no início desse episódio, como Sra. Tunney. Curtin pode ser vista também no sucesso do Netflix, Orange Is The New Black, como a policial Wanda Bell.

s01e01_373

O tempo passa e os gêmeos de Lynette (Desperate Housewives) continuam aprontando por aí.

Séries citadas:

Carioca, formado em Atuária e Estatística pela UERJ. Deixa os números de lado quando se trata de séries. Sem nenhuma experiência no mundo jornalístico, chegou ao TeleSéries com muita vontade de aprender e hoje faz parte do time de colaboradores de notícias e resenhas. Acompanha: Scandal, How to Get Away with Murder, Homeland, The Walking Dead, The Americans, Nashville, Parks and Recriation, Modern Family, Orphan Black, Devious Maids e atualmente está alucinado com The Good Wife. Já sonhou morar em Everwood, trabalhar na redação do News Night with Will Mcavoy, ser um bombeiro em Third Watch e ter como vizinhas às garotas Gilmore.

68 Comments

  1. Pedro

    o q mais me incomodou no primeiro episódio não foram as várias perguntas abertas, mas a chatice de todos os personagens. Todos com uma maluquice q vc não sabe se tem explicação ou não. Mas nenhum teve nenhum carisma pra mim, talvez apenas o cachorro assassinado :)

  2. Pedro

    também achei toda maluquice meio forçada, principalmente pq o mais normal era o cachorro no início. Mas com certeza vou assistir + alguns episódios pra ver como se desenvolve.

  3. Pedro

    Mas vocês lembram da frase que eles colocam na manifestação: “não desperdicem sua respiração (breath)” ou algo parecido. Pensei q eles não merecem mais respirar, por isso só abrem a boa pra fumar.

  4. Paullo Kidmann

    É Felipe os gêmeos da Lynette continuam por aí e não mudam né, pararam no tempo!
    Não dá para contestar a qualidade dos produtos da HBO e The Leftovers não fica atrás (digo em questão de produção), a série tem uma premissa incrível: mas, para por aí, por que a execução deixou muito a desejar, você não tem personagens cativantes, a trama em si é confusa, aquele povo fumando é simplesmente R-I-D-I-C-U-L-O, e a desculpa mais ainda, algo como: estamos fumando para lembrar a vocês a pararem de desperdiçar o ar que respiram, tá e vocês estão fazendo grande coisa fumando…
    Volto a falar a premissa da série é incrível, eles tinham um puta material para trabalhar, mas deixaram a desejar e muito, é tudo muito confuso, mas aí nem sei de dá para por a culpa toda na série visto que a mesma é uma adaptação.
    E vale ressaltar que a série é de um dos criadores de Lost, ou seja, se está confuso agora imagina quando eles começarem a criar novos mistérios e tudo isso para que? Um final decepcionante? Não vou pagar para ver!

  5. Paullo Kidmann

    Uma semana antes passou um especial na HBO e no mesmo eles falam que a questão de fumar é uma forma de protesto, para que as pessoas parem de desperdiçar o ar que respiram, algo do tipo, mas ainda assim é muito sem sentido e bizarro!

  6. Paullo Kidmann

    Nossa Felipe, para mim a Liv se juntar a ceita foi o fim, até ia tentar ver o 2° epi por causa dela, mas quando vi a cena eu pensei, parei agora rsrsrs

  7. Wagner Guimarães

    Para uma serie com trama complexa e misteriosa, é injusto julgar apenas pelo piloto. Só me empolguei mesmo no 3o episodio, o melhor ate agora, centrado no personagem mais interessante da trama ate o momento, o cara q divulga os “podres” dos desaparecidos. Nao é uma serie pra descobrir o q aconteceu com os desaparecidos, mas sim pra ver como os q ficaram vao levar a vida. É um ” Lost” às avessas.

  8. Wagner Guimarães

    a faixa q eles abriram na cerimonia dizia “nao desperdicem seu folego”. pelo q entendi, eles querem q as pessoas esquecam os desaparecidos e renunciem a tudo, achando q a vida nao vale a pena pq vc pode desaparecer a qq momento. daí, o cigarro seria uma metafora disso. Reparem q a perda de pessoas queridas aparece em outras formas na serie: a morte, a separacao e ate uma pessoa q fica em estado vegetativo.

  9. biancavani

    Foi o que presumi. Apenas achei que foram muitas cenas – demooooradas, insistentes – com os fumantes, quando só uma já teria sido suficiente.

  10. Wagner Guimarães

    a reiteracao era importante pra gente ver q fumar é um habito constante deles. se fosse uma vez só, achariamos q era algo irrelevante.

  11. biancavani

    Certo: um é pouco, dois tá bom, mas três é demais… que dirá trocentos, rsrs.

  12. Elisabete

    Estou gostando, pretendo continuar vendo, intrigante, mais maluca e com mais mistérios que Lost. Só espero que o final não seja nem parecido com Lost que decepcionou!

  13. Lone Handhel

    Felipe, acho que não me fiz interder claramente nessa ponto do meu comentário. Eu não equiparei os dois fatos “traição e arrebatamento”, mas atribui os dois como os pontos fortes que desestruturou a família do Kevin. Até porque kevin traiu Laurie no dia do arrebatamento (ao menos foi o que deu pra entender no flashback quando perguntam pra ele onde estava no momento fatidico). Mas como eu expus, essa história é um quebra-cabeça há ser montado, vamos ver o que causou tudo aquilo que já sabemos. ;)

  14. Cristiano Lopez

    Assisti ao oitavo episódio e até agora…nada…estou com uma sensação de que estou revendo Lost.
    Muitas metáforas ali escondidas e uma trama que vai se enchendo de mais perguntas ao espectador e nada!

    vou acompanhar essa primeira temporada se nada mudar paro por ai.

  15. Rafa Silveira

    Ta acompanhando esperando respostas? Então não chegue ao fim, largue agora. Já foi dito milhares de vezes que não haverão respostas para o sumiço das pessoas.
    Se com o final do oitavo episódio a morte em questão não elucidou o que se trata a série pra vc, é melhor desistir mesmo. Ta assistindo a série com uma visão totalmente errada e nem o nono episódio que vem explicando vai mudar isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account