Log In

Preview

Preview: Warehouse 13 é melhor do que a Warner diz ser

Pin it

Warehouse 13

Alguns meses atrás, me deparei de última hora com o episódio piloto de Warehouse 13, seriado do SyFy, canal de TV paga americana dedicado a ficção científica (apesar de querer “esconder” isso mudando de nome, que antes era Sci Fi Channel). Eu não sabia absolutamente nada sobre o seriado, e como era um período de mid-season (estava com tempo livre) resolvi assistir.

E adorei.

Warehouse 13 não é daquelas séries para figurar entre as melhores de todos os tempos. Ela nem mesmo tem algo de inovador a oferecer. Porém, Warehouse 13 tem uma atmosfera tão light, surreal e gostosa de se acompanhar, que é quase impossível não empatizar com sua despretensão, o desleixo dos personagens e a criatividade das histórias, que a fizeram a maior audiência da história do SyFy. E apesar disso, a Warner teima em anunciá-la como mais um seriado policial das noites de segunda…

Ambientado num universo que co-existiria tanto na vida real quanto nas histórias em quadrinhos, Warehouse 13 demora a pegar no tranco, mas depois que entra de cabeça em sua premissa, ela não olha mais pra trás e tudo vira diversão pura.

Inicialmente, a série é centralizada em três personagens: Arthur “Artie” Nielsen (Saul Rubinek), responsável pelo mega depósito que dá título a série, mais os agentes Peter Lattimer (Eddie McClintock) e Myka Bering (Joanne Kelly), que acabam sendo convocados de última hora para trabalharem no Depósito 13.

Esse depósito é uma enorme (e bota “enorme” nisso) construção no meio do nada, em Dakota do Sul, que serve como local de armazenamento e catalogação dos objetos mais bizarros, fantásticos e misteriosos já conhecidos pelo homem. Isso tudo é controlado por apenas um homem, o bizarro e peculiar, porém bastante simpático, Artie Nielsen, um cientista maluco que tem como meta de vida proteger a humanidade dos males que esses objetos (chamados por ele de “artefatos”) podem causar.

Como a pesquisa de campo e a recuperação de artefatos exige diversas viagens e o galpão não pode ficar sem supervisão, Artie convoca a dupla de agentes Peter e Myka para auxiliá-lo. A dupla foi escolhida pelo super computador do depósito, e o motivo da seleção foi uma das coisas que mais me fizeram gostar do seriado: eles foram convocados porque seriam como Mulder e Scully, de Arquivo X. Na cara dura. Ele, Peter Lettiner, é mente aberta e possui bom senso de humor, enquanto que ela, Myka Bering, é a profissional cética que leva o serviço à sério. Quem não se leva à sério é a série mesmo. E essa falta de pretensão (ao contrário de Fringe, ela não quer ser a próxima Arquivo X) é o ponto forte da série, que deve agradar não como um programa sério, mas como uma comédia de aventura… Até mesmo uma comédia romântica.

Peter sempre tem uma frase de efeito, Myka usa constantemente as mesmas feições (a atuação de Joanne Kelly pode até ser discutível, mas eu a adoro) e possuem ótima química. Artie é um maluco que sempre tem uma solução simples para o pior dos problemas… Temos ainda CCH Pounder no elenco, no papel da incógnita Sra. Frederick.

No mais, a ambientação é ótima e tudo parece ter saído de uma revista em quadrinhos ou um daqueles bons filmes de sessão da tarde. E a gama de histórias a serem criadas é enorme, visto que as possibilidades do galpão são praticamente infinitas. Só no piloto, vimos uma arma de raios feita por Tesla, um comunicador inventado pelo criador da televisão, a carteira de Houdini e até mesmo uma chaleira que realiza desejos. Claro, nem todos os desejos. Mas quando você não é atendido, recebe um furão em troca(?!).

Você é fã de Arquivo X e não foi convencido por Fringe? Quer um seriado com uma boa química romântica entre os protagonistas? Ou apenas se divertir? Garanto que vai encontrar isso tudo e muito mais em Warehouse 13. Mesmo que a Warner queira a apresente como apenas mais um seriado policial das noites de segunda….

Warehouse 13

* * *

Warehouse 13 estreia nesta segunda-feira, dia 26 de outubro, às 23h, na Warner Channel.

Séries citadas:

41 Comments

  1. Gilberto

    Gostei da premissa da série, sou fã de boas séries de ficção científica… Assistirei com certeza!

  2. Mônica A.

    Vou dar uma conferida no piloto só pelo modo como os agentes foram escolhidos. Que saudades e Mulder e Scully!

  3. Jeferson SC

    Gostei muito da Preview, a serie parece ser muito boa mesmo, com certeza vou assistir. Mas, Claudia, acho que não haverá reprises. Pelo menos do primeiro episodio não consta na grade da Warner.

  4. Vinicius

    Claudia, reprise na warner é só de friends, canal miserável…

  5. cleide

    eu simplesmente AMAY assistir Warehouse 13
    o clima sem compromisso, a química entre os personagens, as histórias fantásticas levando Myka e Pete a momentos comicos deixa sempre um sentimento leve em mim

    é uma série leve sem compromisso, comica e ao mesmo tempo com sua pitada de drama na altura do que se propõe

    e a série foi crescendo em cada episódio tendo seu season finale com um gosto grande de ver a próxima temporada

    mesmo já tendo visto a 1a. temporada verei de novo

    fica a dica

  6. Flávia

    Eu era mega-fã de Arquivo X. Até vejo Fringe, mas nem dá para comparar.
    Bom, vou conferir essa então…

  7. Raruiz

    Opa… Muito bem escrito o Preview. Me deu vontade de assistir.
    Como os horários da Warner são pra lá de ingratos, acho que vou ter que recorrer aos downloads.

    Por curiosidade, quantos episódios teve a primeira temporada?

  8. Mica

    Mommy não confira só o piloto. O Piloto de Warehouse 13 É HORRÍVEL!!! A série melhora só depois (e realmente melhora). Depois do piloto eu só continuei por teimosia (e pq era mid-season), pq o piloto é ruim de dar dor. Mas passado o piloto a coisa toma jeito e fica realmente interessante. Os atores ficam mais confortáveis no papel e as histórias passam a ser mais cativantes.
    Enfim, realmente vale a pena.

  9. Luly*

    Raruiz,

    Acho que foram 12 episódios na primeira temporada, ou 13, já que o primeiro foi duplo mas a warner deve dividir.

    Fiquei com vontade de assistir, foram que o McClintock é super fofo, gostei dele em Bones

  10. cleide

    concordo com Mica, o episódio Piloto (que por sinal é duplo) não é muito bom, o que vale mesmo é assistir os próximos episódios pois a série vai crescendo e ficando cada vez melhor

    o fato de mencionarem Arquivo X é simplesmente pela série ter 2 agentes do FBI, mas nunca a série teve a pretensão de seguir ou ser um novo Arquivo X, fato esse errôneo que Fringe se atreveu e se deu mal

    Warehouse tem 13 episódios porém o episódio Piloto é duplo

    e sim … Warehouse 13 lembra muito Eureka (vale até mesmo um crossover de atores =P)

  11. Daniele

    Eu nunca ouvi falar desta série, Tiago obrigada!!!
    Como uma admiradora de Doctor Who imagino q vou gostar desta também!

    E quem nunca viu doctor Who não perca a chance, maravilhosaaaaaaaa

  12. Fernando dos Santos

    Warehouse 13 vem em boa hora.Neste momento em que as emissoras ficam prometendo o “novo Arquivo X”,o “novo Lost”,o “novo Twin Peaks”, nada melhor que uma boa série despretensiosa que já começa mostrando não se levar a sério.

  13. Andrea

    Acho que será esta animada preview e meu valente gravador de dvd que me farão assistir à série, porque 11 da noite sem reprise é f*.

    Alguém sabe se garantiu 2ª temporada? Pois esse clima quadrinhos/comédia também havia em The Middleman e elazinha foi pro buraco.

  14. Aline

    Okay, okay, você me convenceu. Assistirei hoje ;)

    Gostei dessa preview, fez a série parecer bem interessante. Sem falar que eu adoro séries que não se levam a sério.

  15. Josias

    Parece que Warehouse 13 vai ser reprisado aos domingos às 15h e Trauma às 16h.

  16. claudia braga

    Tomara que tenha essa reprise mesmo!! porque não vai dar pra eu ver hoje

  17. Patricia E.

    “Temos ainda CCH Pounder no elenco, no papel da incógnita Sra. Frederick”

    Já entrou na minha lista de futuros downloads. Será bom rever a CCH Pounder na tela
    (que, só por curiosidade, já trabalhou em Arquivo X, sua personagem era uma agente do FBI na 2ª temporada – o episódio é um dos clássicos: “Duane Barry”).

  18. Vera

    Baixei alguns eppys, só tive tempo de ver o piloto. Agora vou fazer um esforço pra ver na Warner. A série parece realmente ser bem legal e light, o que eu preciso no momento.

    Dean Winchester is the man!

  19. Mônica A.

    Mica e Paty, saudades de vocês, meninas!

    Mica, pode deixar. Vou assistir aos outros episódios também, mesmo que não goste do piloto.

    Paty, sério, agora me deu vontade de ver “Duane Barry”. Ê saudade de Arquivo X!

  20. sonylena

    Adorava Arquivo X, quando ainda passava na record..cruzes tô velha mesmo..rsrrs
    Tentei assistir Fringe mas achei uma chatice, mas com vc falando Thiago e os comentários, se eu não estiver mimindo, vou dar uma olhada…

  21. Patricia E.

    Oi, Mon! O episódio duplo Duane Barry/Ascension é presença certa no top ten de qualquer fã de AX. Também fiquei com vontade de rever. :)

    E, Mica, Spooks volta dia 4/11, mal posso esperar. She’s back, yay!

    Quanto a episódios pilotos ruins, o engraçado é que não achei o piloto de Arquivo X lá essas coisas quando finalmente tive a chance de vê-lo — o primeiro episódio da série que eu vi foi “Ice” (Terror no Gelo), só fui ver o piloto muito tempo depois. Felizmente a boa impressão deixada por este episódio me fez continuar a assistir. Claro que tem série que nem a maior boa vontade do mundo adianta. Procuro ver uns 2 ou 3 antes de decidir se vale a pena ou não. Mas já assisti a pilotos tão “trash” que nem me dei ao trabalho de ver o resto.

  22. Rafael Schnneider

    Olá todos bom como fã de X File , que concordo o piloto não é lá essas coisas , só fui ver o episódio The Humbumg , aquele do circo que tinha o anão de Twuin peaks ali me apaixonei e não parei mais de ver . Quando anunciaram Fringe já sabia que ia ser ruim, pois X file foi uma série que começou sem pretenção alguma , e virou oque virou e a graça da série estava no fazer ironia com a prórpia série , e as teorias de conspiração , E.T essas coisas , algo que Fringe se leva muito a sério , e as histórias são pra lá de batidas. Quanto a warehouse só pelo post fiquei muito afim e de fato já vinha querendo ver a série a tempos , pois já tinha visto dizer que ela faz algo com humor , algo do tipo ironizando essas conspiraçoes , ”uma homenagem bem humorada” a X file , vou ver com certeza o problema é o horário e a Warner né , mas parabéns pelo post .
    Mica, Paty, Mônica, Patricia , que saudades de x file rss esse episódio é realemnte demais engraçado rssssssss abraço a todos

  23. Mica

    Pois é, Mommy, também sinto saudades de você ^_^. E se tivesse qualquer DVD de Arquivo X (que heresia, não tenho unzinho para contar história) eu reassistia Duane Barry/Ascension.

    Paty, estou aterrorizada com esse negócio de Spooks. Tinha emprestado o DVD para uma amiga e ficou faltando assistir os dois últimos da temporada. Terei que ver no feriado sem falta. Não perco esta estréia de jeito nenhum!

    Btw, comecei a ver Arquivo X em um episódio que não lembro o nome (pra variar), mas era um da Samantha e das abelhas…Foi amor imediato.

    Eu acho que comparar Warehouse 13 com Fringe ou mesmo Arquivo X não é lá um bom negócio. As três séries são bem diferentes. Como alguém aí disse, Warehouse está mais para Eureka do que para Arquivo X (se bem que, sendo bem sincera, se colocar as duas frente a frente eu prefiro Eureka à Warehouse).

  24. João da Silva

    Foi um erro The Middleman ter sido cancelada. A série era divertida.

    Espero que Warehouse 13 não tenha este mesmo destino.

  25. Mônica A.

    Os primeiros episódios que vi de Arquivo X foram Anasazi/The Blessing Way/Paper Clip. Fiquei apaixonada no primeiro momento e não parei mais de assistir. Tenho até a oitava temporada. Ainda não me decidi se comprarei a nona.

    Acabei de assistir a Warehouse 13. Gostei. Achei divertido. Vai melhorar? Ótimo!

  26. Mônica A.

    Em tempo. Não conhecia a Joanne Kelly e achei ela a cara da Christy Turlington.

  27. Patricia E.

    Concordo contigo Rafael (25). Pra mim alguns dos melhores episódios de Arquivo X (tirando os “mitológicos”) são exatamente os cômicos, que tiram sarro do sobrenatural e até mesmo de todo o lance de OVNIs. Pena a qualidade não ter se mantido até o final, mas no conjunto ainda é e sempre será minha série preferida.

    Fringe não me agradou porque a maior parte do que vi me pareceu material reaproveitado de AX. Se eu nunca tivesse visto AX talvez não ficasse comparando tanto, mas, enfim, vi alguns episódios e não gostei. Tinha um que era praticamente um remake de um episódio de AX, só que, pra piorar, escolheram justo um episódio ruim. Versão piorada do que já era ruim, aí lascou-se. :D

    Mon, você deve ter alugado um daqueles VHS que lançaram com esses episódios, né? Lembro bem quando os vi na locadora e saí de lá não só com este aí como também com Duane Barry/Ascension e aquele do Eugene Tooms (aqueles olhos amarelhos davam um medão na época, hehehe). Aliás, Tooms foi um dos melhores “monstros da semana” ao lado do Modell.

    Ah, compra a última temporada sim, nem que seja pelos extras (são dois discos só de material adicional, mas tem coisas legais da 2ª e 3ª temporadas lá no meio). :)

  28. Mônica A.

    Foi isso mesmo, Paty. Aluguei todos aqueles VHS e e me apaixonei pela série. Depois aluguei todos novamente por ordem cronológica e comecei a ver na record. O Tooms, o Modell e o Donnie Pfaster são os monstros da semana mais assustadores.

    Extras, é? Hum…você acabou me deixando curiosa. Acho que vou ter que comprar. Embora até hoje eu não tenha perdoado o Chris Carter pela morte dos Lone Gunmen.

  29. Patricia E.

    Donnie Pfaster foi assustador também. Aliás, os monstros da semana mais assustadores não tinham nada de mutante/alienígena/fantasma. Eram gente aparentemente comum.

    O final de AX foi tão trash que eu fiz que nem a Mica e apaguei da memória, hahahahahaha.

    O até hoje não entendi o porquê de terem matado os Pistoleiros – imperdoável.

    Os discos de extras do box da 9ª devem ter sido estratégia de marketing pra empurrar os DVDs pros fãs senão acho que ia encalhar nas prateleiras. :P Mas, falando sério, tem dois documentários legais, um que foi ao ar na Fox de lá na época de Anasazi e outro na época da estréia da 4ª temporada – bem nos moldes dos resumões de Lost que vão ao ar na ABC, mas com umas coisinhas a mais. Fora um vídeo-homenagem à série que ficou dez.

  30. Claudemir Antonio Zamproni

    Assisti ontem o piloto, com duas horas de duração, e gostei muito. Um grande BARATO. A sacada maior é não esquentar a cabeça e ficar posando de “série que vai mudar o mundo”, “série que vai revolucionar”. Fazendo um paralelo na linguagem e nas intenções, lembra muito o “CHUCK”: sem pretensão, mas que faz a gente “perseguir”, sem conseguir deixar de assistir. Virei fã com apenas este episódio… Se como disseram acima, depois melhora, fiquei entusiasmado!!! E, pra variar, Warner desvalorizando seus produtos…

  31. Paulinha

    Eu penso como a Daniele: achei mais pro lado de Dr Who.O piloto achei muito chato, arrastado, cansativo mesmo.Mas com algumas pessoas disseram: gosto de série que não se leva a sério.
    Até a 5 temporada AX foi excelente, depois…
    Valeu, Thiago.

  32. Mônica A.

    Eu apaguei toda nona temporada de Arquivo X da memória. Pra mim o final foi aquele beijo fofo entre Mulder e Scully no final da oitava temporada.

  33. sonylena

    Bem…o que eu mais temia aconteceu…acabei dormindo, vou tentar semana que vem..alguém aí sabe se vai ter reprise???

  34. Rafael Schnneider

    Olá Patricía (30)Eu vi warehouse e gostei porque é despretenciosa , algo que Fringe não é , e acaba pecando por isso. Eu tenho x file ate a 6 temporada em dvd original as outras eu reluito em comprar pois foram ridiculas comparadas ao resto da serie que era incrivel , até a 4 então nossa dá de 1000000000000 a 0 em muitas coisas que dizem por ai serem genial , e outra x file te convencia algo que fringe e até lost nao me convencem, eu nao creio que aqueles caras estão naquela ilha, e nem que o cara do dawsosn creek trabalha junto com a moça do fbi abraços a todos

  35. Filipe Alves

    realmente essa serie é bem melhor que fringe e tambem é bem despretensiosa e talvez por isso seja tão boa de assitir

  36. antonium

    me lembra a trilogia do “de volta para o futuro”onde o humor é fundamental e a interação dos personagens é que conta com um roteiro bom e despretensioso.discordo da opinião da atuação da Joanne Kelly (no episódio em que ela tem que ser outra pessoa ela faz muito bem)e ela sempre com um ar de preocupada e carente ao mesmo tempo e tentando ser durona.ótima atuação!Eddie está bem como o “panico-na-tv-reporter-vesgo americano”e a serie promete ser divertida.torcer para que tenha novas temporadas.sugiro ver a partir do terceiro epísódio onde a serie toma um ritmo mais interesante.o piloto e o segundo episódio são meio fracos.
    a verdade não está lá fora,está dentro do deposito 13.

  37. margaret said

    Gente, o mais divertido da série é assisti-la com um bloco de notas e ir escrevendo tudo o que for referido a fábricas, nomes e produtos. Depois, surpresa! vc descobrirá coisas reais que vão além da imaginação como a lâmpada Shelby (que são as lâmpadas que iluminam o armazém), que está acesa há mais de cem anos, num corpo de bombeiros nos Estados Unidos. Tem até um site que filma a lâmpada 24 horas para vc vê-la, ao vivo! Ela nunca se queimou… Há mais dela, só que não dá pra provar como essa dos bombeiros…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account