Log In

Preview

Preview: Shark

Pin it

cena de SharkÉ praticamente impossível não comparar Justice e Shark. São duas séries que surgiram na mesma temporada. São duas séries sobre advocacia. E são duas séries que têm um protagonista marcante. Os protagonistas das duas séries são ótimos atores: em Justice, Victor Garber está impecável; em Shark, James Woods arrasa. A diferença básica entre as duas séries é que a primeira, talvez por ter o nome de Jerry Bruckheimer nos créditos, tem uma fórmula pré-definida – muito embora tente fugir dela. Já a segunda, Shark, também tem sua fórmula, mas o conjunto final dos fatores faz com que haja vida fora dela. Mas não é só nisso que a série ganha de Justice.

Piloto por piloto, Shark ganha fácil. E há um motivo especial para isto: o diretor é simplesmente Spike Lee. Sim, ele. O resultado final é simplesmente genial: ritmo incrível (repare como não dá para desgrudar os olhos de James Woods), texto profundo (mas de fácil digestão) e, claro, o maestro Woods. Spike e Woods são nomes do Cinema, onde quase nunca erram a mão. Não ia ser no piloto de Shark que ia acontecer.

cena de Shark
Shark vai fundo na alma dos advogados, e compreende a profissão. O personagem de Woods, Sebastian Stark, é a verdadeira encarnação do título da série: um verdadeiro “tubarão” nos tribunais, convincente e um pouco arrogante. Não perde caso algum. Só que a série não entra simplesmente na sua rotina: ele, que sempre atuava como advogado de defesa, é convidado pelo prefeito de Los Angeles para trabalhar na promotoria (que é chefiada por Jeri Ryan. Sim, ela está aqui!). Shark entra justamente nessa transição. Os novos submissos de Sebastian não o recebem bem, mas sabem que estão tratando com um mestre dos tribunais. É uma relação complicada, e que é desenvolvida de forma competente pela série.

Sebastian, mesmo esquecendo de James Woods, é um personagem especial. Todos a sua volta tentam analisá-lo e compreendê-lo (na última cena do piloto, quem faz isso é a filha dele), mas ninguém chega a um consenso. Arrogante? Sim. Obcecado pela profissão? Sim. Presunçoso? Sim. Qualidades específicas até podem ser esboçadas, mas um retrato fiel, dificilmente. Algumas estranhezas, por exemplo, revelam que, ao mesmo tempo em que é presunçoso, também sabe que precisa ir bem para manter o ego inflado. Prova maior disso é um cômodo que ele mantém na própria casa: Sebastian simplesmente tem uma réplica, com peças raras, de um tribunal. Tudo para estudar cada passo que dará.

É ele o responsável pela estabilidade em Shark. Ele e James Woods. Mesmo sendo uma série com base em fórmula (um caso por episódio), acaba havendo uma sensação estranha: o telespectador quer mais. Do mesmo. E sem culpa. Jerry Bruckheimer precisa, urgentemente, aprender um pouquinho com Shark.

***

Shark, Fox, pré-estreia domingo, dia 4/2, às 22h.
Horário regular, Fox, quintas, às 22h.

Séries citadas:

35 Comments

  1. danny

    Eu assisti ao piloto de Shark e gostei, mas preferi dar prioridades a outras séries.

    Por outras palavras, Shark é o House dos advogados.

  2. Thomás

    Fiquei impressionado com Justice, pois pensei que era só mais uma série de tribunal, com todos os clichês e artistas mais ou menos. Aí assisti o primeiro epidódio e não perdi nenhum desde então, mas a série já era. Estou louco pra ver Shark, mas vou ter que arranjar outro horário pra pré-estréia, pois hoje tem Super Bowl. Pra quem não sabe o que é o Super Bowl, esperem o TeleSéries divulgar a audiência que vocês vão entender.

  3. italo

    Acho que todo mundo sabe o que é Super Bowl..
    Mas enfim.. eu vou ver hoje. E quinta-feira às 22hrs é o melhor horario que eu vou ter esse ano pra ver alguma série. Espero que essa seja boa mesmo..

  4. Luciano

    A comparação House-Shark foi feita algumas vezes pela crítica americana, inclusive estenderam a comparação para Jeri Ryan-Lisa Edelstein, Sarah Carter-Jennifer Morrison, Sam Page-Jesse Spencer…
    Mas não assisto House, então não saberia dizer…
    Só sei que “Shark” é bom! Dêem uma chance e acho que não se arrependerão!

  5. danny

    Luciano, essa comparação entre House e Shark é verdadeira.
    Para além do piloto, eu assisti ao 2º episódio e as duas séries têm muitas parecenças.
    Mas, mesmo assim, Shark tem os seus momentos.

  6. Leonardo

    Adoro série de tribunal. Já assisto Law & Order, Boston Legal e a quase finada Justice. Fiquei curioso pra assistir Shark. Principalmente por ter James Woods.

  7. Victor Hugo

    Justice já foi…. é uma pena pois foi ela e The Class que me agradaram….. como eu não tenho Fox …então não poderei opinar sobre Shark….

  8. Victor

    Eu acho que qualquer série de advogado consegue ser melhor que Justice. Não sei se todos os episódios dela foram péssimos, mas os que eu assisti foram.
    Shark parece ser boa, eu vou assistir.

  9. Bernardo

    Ao menos Justice tem a cena que mostra a verdade sobre o “crime da vez”, o que é um diferencial bem interessante.

  10. Thiago FLS

    Gostei do piloto de Shark, mas para mim a atuação de Woods e a direção de Lee foram responsáveis por 90% da sua qualidadee.

    O roteiro tem alguns problemas, principalmente nas cenas piegas de Stark com a filha, além da forma idiota como a ré se traiu no julgamento.

    Vou tentar assistir aos próximos episódios porque a série tem potencial, e espero que os roteiros melhorem. Deve ter algum motivo além de Woods para Shark estar ganhando de E.R. toda semana nos EUA.

  11. Thiago Sampaio

    Concordo com meu xará. Woods se superou, e pouquissimos no elenco nem mereciam estar naquela série. E foi bem “blergh” final do episódio, com o desfecho da assassina e da filha dele

    Mas no todo, o seriado parece ser promissor

  12. Cesar

    Gostei do piloto, mas também fiquei meio decepcionado com alguns “buracos”, como os já comentados. Mas, terá mais algumas chances.

    Na comparação com Justice, Shark vence porque é mais “humano”, enquanto Justice é muito tecnológico, cheio de efeitos e acaba por soar caricato.

  13. Vanessa

    Gostei de Shark, mas não o suficiente para assistir às quintas no lugar de CSI ou ER. Essa série é para assistir qdo não tiver nada ou nas reprises.

  14. sandra

    Gostei de Shark e adoro House, a única semelhança que eu vejo é que ambos são ótimos atores, parou ai. House é um personagem mal humorado, brilhante, sofredor e sarcástico, não acredita em ninguém, para eles todos mentem. Shark demostrou também ser brilhante e sarcástico mas bem humorado. Achei o piloto um pouco raso, poderia ser melhor explorado, ficou um pouco artificial, porém promete, vamos esperar para ver o resto.

  15. Rubens

    Concordo 100% com as criticas… O seriado tem tudo para ser bom, mas as cenas piegas envolvendo a filha do Shark (incluindo a vacilada dele durante o julgamento, ao pensar na filha, que quase pos tudo a perder — aquela foi de lascar), e a forma apressada como o caso foi resolvido (“às pressas e nas côxas”), com a assassina se entregando facilmente em 10 segundos (porque o tempo do episodio estava acabando), foram uma decepção gigantesca. Se nao tinham tempo para contar a historia, que tivessem feito um episodio duplo na estreia, mas do jeito que foi resolvida a situacao, ficou muito ruim.

  16. Victor Pacheco

    Não esperava mais do piloto… mas esperava mais de algo dirigido pelo Spike Lee…

  17. Rafaelly

    Gosto de Justice mas como a review falou, é muito previsível…igualzinha demais,Shark por outro lado, apesar de ter uma fórmula, tem alguma coisa a mais.
    Se Justice ainda existisse ficaria imaginando um crossover entre ela e Shark.Já pensou James Woods e Victor Garber se enfrentando num tribunal???Iria sair faísca,nem q fosse por causa de seus egos inflados!

  18. André Campello

    Shark é uma ótima série. Pena que a TV aberta não reproduza seriados de boa qualidade como este, limitando-se à pobreza e ao mau gosto de Gugu e Faustão. Os debates são inteligentes, a rapidez de raciocínio é fundamental, enfim, é uma série instigante, principalmente para nós advogados, porque mexe com nossos egos na medida em que vemos que a busca pelo sucesso e pela excelência profissional só se encerra pela morte.

  19. Marcelo

    A marca do smartphone do Shark é Palm, provavelmente modelo Treo 650 ou Treo 700

  20. Lucas - zepelega

    ótima série, eu tenho todos os 22 episodios da primeira temporada, e estou aguardando ancioso para a segunda.

  21. Maria

    Por que no dia 11 de julho/2007 não foi apresentado o episódio de “Shark”? Alguém pode me responder????????????? Realmente a gente tem que se esquecer da FOX.

  22. Duarte Covas

    Kual o nome da musika da serie shark??

    alguem me poderia dizer ??
    obrigado.

  23. Pedro Basto

    é possivel saber quais as músicas que passaram pela série shark?

    obrigado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account