Log In

Preview

Preview: Boardwalk Empire

Pin it
Drama de época assinado por Martin Scorsese estreia no Brasil. Saiba o que esperar do seriado.


Sabe aquela expressão “TV com qualidade de cinema”? Em Boardwalk Empire, nova série da HBO, ela alcança sua plenitude. Sob os cuidados de Martin Scorsese e Terence Winter, a trama é uma fantástica história de gangsters e narra o surgimento do crime organizado, no ano de 1920, em Atlantic City.

A série foi escrita por Terence Winter, um dos roteiristas de Família Soprano, e foi inspirada no livro Boardwalk Empire: The Birth, High Times, and Corruption of Atlantic City, de Nelson Johnson, que conta a história do crescimento econômico de Atlantic City a partir de 1920, ano em que a máfia utilizou-se da Lei Seca para aumentar a sua influência.

Para a realização da série, foi feita uma grande pesquisa em torno dos hábitos, dos fatos e dos costumes da época, tudo para garantir o máximo de veracidade possível à história. Neste sentido, o investimento da HBO também foi impressionante. O episódio piloto custou 18 milhões de dólares. Nem sempre alto investimento é sinônimo de qualidade. Em Boardwalk Empire, porém, a produção foi impecável. A direção de arte, a fotografia, a trilha sonora, enfim, tudo nos leva diretamente ao século passado e durante os 70 minutos de episódio ficamos imersos naquela realidade.

A série é ambientada na década de 1920, em Atlantic City, um verdadeiro paraíso à beira mar. Conhecida como a cidade dos jogos e dos bordéis, o turismo na região era intenso. Nessa época, foi implantada a Lei Seca que proibia o consumo, a produção e o transporte de bebida alcoólica, sob o argumento de que a bebida favorecia o vandalismo, a violência, os casos de estupros, de falências, de dependências e acidentes.

Nucky Thompson (Steve Buscemi), protagonista da trama, é um político muito popular (principalmente entre as mulheres, que acabaram de conquistar o seu direito ao voto) e defende publicamente a Lei Seca. Nos bastidores, porém, ele é um dos envolvidos no contrabando e na movimentação ilegal de bebida alcoólica na região. Ou seja, assim como a maioria dos nossos políticos de hoje, sua postura honesta, é apenas uma fachada. Ele, na verdade, integra a máfia que controla o contrabando, a prostituição e a jogatina na cidade.

Vale destaque, também, o personagem Jimmy, do ator Michael Pitt. Recém-chegado da Guerra, ele é protegido por Nucky, o ‘chefão da máfia’. Sua ambição, porém, faz com que ele traia a confiança de Nucky. Esta ambição é justificada até certo ponto. Casado e pai de família, ele quer dar uma condição de vida melhor para aqueles que ama. Ele pretende, assim, compensar o tempo perdido durante o período em que esteve na guerra. Claro que a fama e as regalias que a máfia proporcionam também servem de motivação.

Essa incrível história de gângsters conta com a presença de outros nomes bastante conhecidos como: Lucky Luciano (Vicent Piazza), Al Capone (Stephen Graham), Arnold Rothstein (Michael Stulhbarg) e Big Jim Colosimo (Frank Crudele). Uma das cenas mais inesperadas é o diálogo de Jimmy com um simples motorista, que logo depois revela ser Al Capone, que ainda não era um pesonagem de destaque dentro da máfia. Em comum, Jimmy e Capone dividem a mesma ambição.

O primeiro episódio teve pouco mais de 70 minutos e o ritmo da narrativa foi um tanto lento. Uma questão de estilo e notadamente proposital, uma vez que contribuiu para a valorização das situações, dos diálogos e do clima como um todo. Não restam dúvidas, porém, de que com a evolução dos plots, os episódios ficarão muito mais tensos. A ambição de Jimmy em conflito com Nucky; a relação de Nucky com Margareth e, principalmente, todo o desenvolvimento da máfia na cidade prometem uma temporada bastante movimentada.

Vale dizer que, empolgada com a audiência do episódio piloto de Boardwalk Empire, a HBO já renovou a série para uma segunda temporada. Em época de tantas séries canceladas na metade de suas temporadas, esta notícia serve de estímulo para aqueles que ainda tem alguma dúvida se acompanham ou não a série.

* * *

Boardwalk Empire – O Império do Contrabando estreia este domingo, 17 de outubro, às 21h10 na HBO.

Texto publicado originalmente no weblog Série Maníacos

Séries citadas:

8 Comments

  1. Nêssa (NêssArte)

    Ainda bem que a Sky liberou o HBO para a estreia, assim vou poder ver valerá a pena…..espertinhos eles…..espero que dê vontade de quero mais…..

  2. Pingback: Tweets that mention Preview: Boardwalk Empire -- Topsy.com

  3. Sr. Fruc

    Assisti a premiere na HBO.
    É sensacional: personagens, história, atores, ambientação.
    Mais um show de Scorsese!

  4. Thiago FLS

    Ainda bem que não mudei de canal quando o primeiro episódio acabou, pois a HBO exibiu o segundo logo em seguida. Ótima estreia, apesar de ter ficado um pouco abaixo das minhas expectativas, que talvez tenham sido excessivas por causa do talento envolvido na série.

  5. Fernando dos Santos

    Gostei muito dos dois primeiros episódios e pretendo continuar acompanhando.Eu até não achei o piloto tão lento assim e se comparado por exemplo ao pilot de Mad Men diria até que o primeiro episódio de Boardwalk foi bem movimentado, embora talvez um pouco mais longo do que o necessário.Acho que uns 60 minutos já estariam de bom tamanho.Contudo o saldo foi positivo.Destaque para a surpreendente dose de humor negro presente no roteiro.Neste sentido a escalação de Steve Buscemi para o papel principal foi uma escolha muito correta.

    Em 1997 a HBO começou a mudar a cara da teledramaturgia americana com OZ e em 1999 o canal firmou-se de vez como uma emissora de vanguarda com The Sopranos.Durante as seis temporadas de Sopranos a HBO continuou premiando o telespectador com outras séries dramáticas igualmente brilhantes como a sobrenatural Carnivale,o faroeste Deadwood, o policial The Wire e o épico Roma.

    No entanto após o término de Sopranos o canal estava devendo uma série dramática a altura das que estreiaram no período 1997-2005.Acho que Boardwalk Empire tem tudo para suprir essa lacuna.

  6. Giselle Prudente

    Gostei bastante e vou continuar assistindo.
    Concordo com o Fernando também não achei o ep. piloto lento não.
    Achei o elenco muito bom.
    Steve Buscemi está ótimo e o Michael Pitt tá muito bem .
    Show de bola esta série !!!

  7. Anônimo

    Se Scorcese, a marca gloriosa HBO e os atores (oba, o primo do Tony Soprano…) ainda não tivessem me convencido, os comentários e a análise do Ewerton fariam isso sem a menor dúvida. Tô nessa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account