Log In

Reviews

Person of Interest – Dead Reckoning

Pin it
Série: Person of Interest
Episódio: Dead Reckoning
Número do Episódio: 2x13
Exibição nos EUA: 31/01/2013
98
4.9
1

O episódio começou diretamente do final do passado, e teve o número de Donnelly sendo apontado pela máquina. Só que, como vimo, nada acabou bem. Kara, a ex-parceira de Reese, jogou nada menos que um caminhão em cima do carro, em seguida matou Donnelly e sequestrou Reese. Enfim a storyline de Donnelly foi finalizada, de maneira rápida e precisa, mesmo assim sinto que algo tenha faltado, mas como Person of Interest está longe de seu fim, acredito que o jeito que acabou foi o melhor, pelo menos por enquanto. Interessante foi ver que o FBI acredita mesmo que o Homem de Terno está morto, e que Donnelly estava desacreditado pelo FBI por conta de sua obsessão. Mas, como disse, a storyline ficou meio incompleta, digo, havia várias maneiras de detectar que Carter estava no acidente, muito mais que o brinco que Fusco recuperou, este que praticamente virou o anjo da guarda de Carter, mas ela continua ilesa e despercebida, mesmo estando envolvida até o pescoço.

Esse episódio serviu para responder muitas perguntas em relação à Kara e tudo foi muito minucioso, tivemos até flashbacks de episódios antigos pra lembrar os acontecimentos entre John e Kara, para não ter ninguém perdido na história. Stanton acabou sendo salva por aqueles que ela já fora contra. Também conhecemos suas razões, ela aparentemente trabalhava para o grupo chinês unicamente em troca do nome do mandante da missão que destruiu sua vida, pessoa esta que é ninguém mais ninguém menos que Harold Finch, não sei vocês, mas não fui pega de surpresa pela revelação, já esperava isso desde o Foe (1×08), bem, eu pelo menos imaginava que o laptop estava relacionado à Machine, mas ainda acho difícil acreditar que Finch mandaria matar Reese e Stanton. Estou curiosa sobre qual será a reação de Reese quando esta informação chegar aos seus ouvidos, não é nem questão de “se” e sim de quando, acredito que logo os escritores usarão esse plot como um teste de confiança pro relacionamento entre Reese e John. Sabemos que Reese foi incapaz de matar Kara, mesmo que suas ordens fossem outras, talvez esse tenha sido o motivo pelo qual John fora recrutado por Harold, sua lealdade.

E cada vez mais Person of Interest é Team Machine against The World, conhecemos, também, nesse episódio uma organização chinesa, em que o líder não é chinês, que era para quem Kara estava trabalhando, havia especulado em reviews anteriores sobre os empregadores de Kara, se eles seriam alguém que nós já conhecíamos ou outro “vilão”, que não sabemos as motivações, sabemos que está tudo relacionado à Machine, mas por que? O realmente era aquele upload feito? Seria um meio de tomar o controle da Machine? Se for isso, pra uma máquina secreta, tem muita gente sabendo dela já.

Lembro que uma vez cheguei a comprar Person of Interest com Minority Report, e sinto que a cada episódio que passa, a série segue mais esse caminho, os casos da semana raramente são fillers, ou seja, estão sempre contribuindo para o desenvolvimento do plot da temporada. Não sei se vocês chegaram a reparar, mas não houve a menção de um novo número, além do de Donnelly, que já havia aparecido no final do episódio anterior. Dead Reckoning foi inteiramente focado em Reese e as conspirações de PoI, e não deixou quase nada a desejar. Person of Interest está em constante desenvolvimento, e sempre ficando melhor.

Menção honrosa à Mark Snow que fez o que eu definitivamente não esperava, a cena de Reese e Finch no telhado foi tão envolvente que quase me esqueço que Snow estava no episódio e vestido de maneira bombástica (ba tum tss). Mark fez Kara provar do próprio veneno, parece que a megera foi mesmo dessa vez.

Ps1: Bear e Reese esbanjando fofura.

Ps2: Fusco tem potencial maior que só que o toque de humor na série, mas ele reclamando de subir 21 andares foi engraçado.

Ps3: Tudo bem que foi pra manter a storyline linear, mas estamos em 2013, PoI.

Ps4: A preocupação de Carter com Reese impressiona, mas ainda sou shipper de John e Zoe.

Séries citadas:

Estudante universitária, equilibra seu tempo entre livros acadêmicos, seriados e a regência do mundo livre. Depois de muito procurar, encontrou uma dobra no tempo que a permitiu continuar sendo seriadora, e assim mantêm em dia Castle, Suits, Doctor Who e Game of Thrones, entre outros milhares de seriado. É a responsável pelas reviews de Homeland.

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account