Log In

Reviews

Parenthood – I’m Still Here

Pin it
Série: Parenthood
Episódio: I'm Still Here
Número do episódio: 5×21
Exibição nos EUA: 10/04/2014

Se aproximando do final da temporada, Parenthood teve um episódio cheio de confrontos longamente esperados e interações diferentes e inusitadas. Primeiro com Crosby chamando Joel para ajudá-lo a arrumar o piso da casa depois que o mofo finalmente foi removido. Essa é uma das coisas ótimas de Parenthood, o elenco é grande, então é fácil inovar colocando atores que praticamente não contracenam juntos, mesmo estando na mesma série. Nesse caso, Crosby serviu para lembrar a Joel como ele ama a família e ele parece arrependido de ter desistido de Julia. Detalhe para Peet reclamando que Joel não deu bola para ela mesmo com as diversas investidas dela. Adoraria que eles tivessem passado pelo menos uma dessas investidas. Já para mim, Peet se vai sem deixar nada para a série.

Enquanto Joel relembra como ama a família e repensa sua decisão de seguir em frente, Julia tem que lidar com ter seguido em frente e passado a noite com o professor Knight. Como disse Sarah, a culpa é toda de Kristina e Adam que adoram contratar pessoas bonitas para trabalhar com Max – lembrando de Gaby (Minka Kelly), terapeuta de Max, que teve um caso com Crosby na segunda temporada. Julia conversou com Evan e por enquanto está tudo sob controle. Imagino que o ápice desse problema esteja sendo guardado para o final da temporada. Mal posso esperar para ver a reação de Kristina, Adam e principalmente Joel ao descobrir o que aconteceu.

Outra relação interessante foi de Hank e Amber. Depois de receber uma ligação avisando que Ryan estava no hospital em San Diego, Amber não consegue lidar com o fato e completamente descontrolada resolve dirigir até lá para vê-lo. Sobrou para Hank, a única pessoa por perto, cuidar e levá-la até San Diego. Foi muito legal ver um lado sensível em Hank e tenho certeza de que isso será importantíssimo na escolha de Sarah se fica ou não com Hank novamente. O que me desagradou foi a volta de Ryan, ainda estou com raiva dele por tudo que aconteceu e prefiro Amber sem ele, para ser sincera. Mas ainda é muito cedo para realmente avaliar isso.

Já Drew nos deu o primeiro final feliz da temporada e eu realmente espero que isso dure pelo próximo episódio. Natalie finalmente falou tudo o que queria para Drew e Drew finalmente desculpou Natalie, e toda a história de aproveitar a faculdade resumiu-se nos dois começando a namorar. Pode ter sido piegas e clichê, mas eu adorei esse final para os dois e é bom ver um personagem feliz, principalmente num episódio que foi marcado pelo drama.

O ponto alto do episódio com certeza foi Kristina se despedindo de sua amiga Gwen, que ela conheceu na quimioterapia na temporada passada. A cena em que Kristina fala com Gwen e ela não tem condições de responder foi de cortar o coração e nada mais justo que Gwen continue na série em memória como o nome da escola que Kristina e Adam vão abrir. Foi uma maneira linda e real de terminar uma história forte que começou temporada passada e com certeza marcou quem é fã da série.

Isso é Parenthood, uma série que te leva algumas vezes das lágrimas aos risos em somente 45 minutos. Que venha o final dessa temporada e que ele traga uma renovação para essa maravilhosa série.

Séries citadas:

Formada em Engenharia de Computação, mestre em Ciência da Computação e tentando virar doutora. Assiste séries demais para citar (mas odeia novelas), ama rock'n'roll (mas também é muito fã das Spice Girls), torce fervorosamente para o Miami Dolphins, time de futebol americano, (mas odeia o futebol "normal") e ama viajar (sem exceções aqui).

Website: http://unfolding-europe.blogspot.fr

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account