Log In

Notícias

Os erros e acertos da temporada do ‘MasterChef Brasil’

Pin it

O início da segunda temporada de MasterChef Brasil, em maio deste ano, já sinalizava que a edição de 2014 da Band havia conquistado um grande espaço na televisão brasileira. Além do aumento significativo de audiência, batendo a concorrência em diversos momentos, o programa fez grande sucesso na internet – e a prova definitiva ocorreu com a avalanche de tweets (mais de 1,5 milhão) durante a exibição da grande final na última terça-feira (15/9).

O crescimento da popularidade do reality era perceptível desde o momento das inscrições: foram 10 mil os aspirantes ao título, que passaram por uma triagem até ser alcançado o número de 75 participantes. A partir daí, o programa passou a exibir as provas eliminatórias que levaram à formação do time de 18 cozinheiros amadores que suaram o avental em quatro meses de uma competição intensa.

MasterChefBR2015(2)

Além da diversidade de provas, a edição 2015 do MasterChef Brasil apresentou uma mistura bem interessante de competidores. A cozinha foi tomada por um intercâmbio de estilos, idades e profissões bastante variados. Além disso, foram muitas as trocas culturais, sendo destaque a participação de Jiang, a chinesa que ganhou a simpatia do público, com seu jeito meigo e tranquilo, e o paladar dos chefs, com sua técnica e ousadia, tornando-se uma forte competidora da semifinal ao lado de Raul e Izabel, os finalistas da temporada.

Essa variedade de origens tornou a competição acirrada. A cada semana, os candidatos mostravam sinais de uma grande evolução nas receitas com relação à primeira temporada. Claro que nem sempre foi lindo, e erros bem feios fizeram Paola, Fogaça e Jacquin perderem o apetite e não perdoarem os cozinheiros com críticas diretas. Os comentários das avaliações, além das tiradas cômicas da apresentadora Ana Paula Padrão foram, inclusive, uma dos marcos de sucesso do MasterChef na internet, e desde o início choveram memes e gifs animadas com imagens da competição.

MasterChefBR2015(3)

Além do aumento de nível dos competidores, o programa alavancou a produção, mais arrojada que a do ano anterior, com publicidades mais direcionadas e pensadas para cada momento, dinâmicas de provas mais bem elaboradas e também uma edição eletrizante e com muitas doses de suspense para garantir que ninguém nem pensasse em trocar de canal sem saber quem seria o eliminado da semana.

Tudo isso culminou com a final de terça-feira, que colocou Raul e Izabel frente a frente na busca pelo troféu de MasterChef Brasil. Ambos ótimos competidores, com jeitos de cozinhar muito variados, os dois tinham chances de ganhar o jogo. No entanto, apesar de uma torcida consideravelmente maior no dia da final, Raul acabou sendo vencido por Izabel. Enquanto ele apresentou um menu baseado em suas experiências de viagens, Izabel levou as referências de sua infância para a cozinha. Tanto um quanto o outro se saíram bem, mas o ponto de decisão dos chefs foi a consistência de conceito e apresentação nos três pratos de Izabel.

MasterChefBR2015(4)

Apesar da competição eletrizante e emocionante, a transmissão da final deixou um pouco a desejar. Anunciada como ao vivo, nos mesmos moldes do ano anterior (para evitar vazamento do resultado), a final contou com diversas partes gravadas, inclusive a própria prova, a maior e mais importante parte, momento em que Raul e Izabel executaram os pratos. Inclusive, para não dar bandeira das partes gravadas, todos os convidados e equipe utilizaram durante as tomadas ao vivo o mesmo figurino da prova anterior – o que acabou gerando ainda mais confusão. Fora isso, a prévia e o estúdio interativo criado para a final foram espaços bastante sofridos da transmissão, parecendo que a produção tenha sido um tanto amadora, bem distante daquilo que o programa vinha mostrando desde o início da temporada.

E agora, depois de meses de competição, a Band não vai dar folga: em breve, ainda antes da terceira temporada do MasterChef Brasil, a emissora vai tocar a estreia do MasterChef Junior, prevista para outubro. Será que os pequenos vão emplacar da mesma forma que os cozinheiros da versão adulta?

Séries citadas:

formada em jornalismo, trabalha como revisora e, sempre que tem oportunidade, adora falar, escrever e estudar sobre comida. Nas horas vagas, também gosta de exercitar os talheres e os copos. Compartilha suas receitinhas caseiras no blog Panela de Pau. Saudosa irreparável de Friends e Barrados no Baile, atualmente acompanha Homeland, Suits e House of Cards.

Website: http://paneladepau.com.br

1 Comment

  1. Claudia Braga

    Eu assisti bem empolgada mesmo, mas agora vou dar um tempo nos programas de culinária kk. Ótimo texto!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account