Log In

Especiais

Os 30 melhores episódios da temporada 2011-2012: #10-1

Pin it

Quem não gosta de ver uma lista dos melhores disto, os melhores daquilo, pra comparar e medir a qualidade das coisas, e concordar em parte, ou discordar de tudo que está listado? Foi com este espírito que o TeleSéries se lançou a um desafio polêmico: escolher os 30 melhores episódios da temporada que começou em junho de 2011 e terminou em maio deste ano.

Ao longo de um mês de muito debate, listamos 30 episódios de 30 shows (só valia escolher um único por série) para por fim os ordenar – os episódio de 30 a 21 nós divulgamos na quinta-feira (leia aqui) e os de 20 a 11 na sexta feira (veja aqui), A parte final da lista, pensada dentro das comemorações dos 10 anos do TeleSéries, você vê abaixo. Confira quais foram os 10 melhores episódios do ano na nossa opinião:

Modern Family - Baby on Board

#10
Série:
Modern Family
Episódio: Baby on Board (3×24)

Modern Family tem o dom de começar um episódio sem grandes emoções e no final fazer com que o telespectador fique emocionado por ser pego surpresa. Seria o momento que Mitchell e Cam trariam para a família um novo bebê. Tudo que poderia dar errado dá errado. E os dois se encontram num turbilhões de emoções para no final chegarem a conclusão que talvez esse não fosse o momento de adotarem um novo bebê. Mas os dois grandes momentos do episódio são de Jay e Gloria. Jay ao lado de Lily dançando balé foi uma cena muito fofa. Porém a revelação no final que Gloria está grávida foi umas das coisas mais bonitas da série e o mérito é da atuação de Sofia Vergara que conseguiu passar no olhar a emoção de sua personagem. (Tati Leite)

The Walking Dead - Beside the Dying Fire

#9
Série:
The Walking Dead
Episódio: Beside the Dying Fire (2×13)

Desde a primeira temporada, The Walking Dead vem explorando um grande campo desconhecido de relações sociais e suas afeições num mundo apocalíptico. E, como em qualquer adaptação, gerou discussões e críticas em torno das comparações com as histórias em quadrinhos. Apesar de se desviar muitas vezes da trama original, a série escolheu um modo alternativo de expor a liderança de Rick e de que forma isso afeta o grupo de sobreviventes. Mas o que ninguém esperava era que a série fosse pegar tão surpreendentemente os fãs, quando a trama voltou a se intensificar trazendo mortes que não esperávamos e introduzindo nos minutos finais Michonne e a prisão. Mas nada se compara a verdadeira face de Rick quando ele afirma fielmente que todos estavam vivos devido a ele. Suas decisões podem ter tido consequências ruins, mas serviram para manter o grupo unido e por um desses motivos, Beside the Dying Fire foi um dos melhores episódios do ano. (Mario Madureira)

Fringe - Letters of Transit

#8
Série:
Fringe
Episódio: Letters of Transit (4×19)

O 19° episódio da temporada de Fringe é figurinha fácil em qualquer lista de melhores episódios do ano. Isso porque os roteiristas brincaram e nos apresentaram aquela que será a realidade da quinta e, infelizmente, última temporada da série. Em Letter of Transit conhecemos o universo azul em 2036, após os Observadores terem tomado o controle da humanidade, no ano de 2015. E vimos o esforço dos agentes Simon Foster e Etta Bishop em achar os integrantes originais da equipe Fringe, mantidos no âmbar. Nesse episódio Olivia não aparece e descobrimos que William Bell fez algo horrível com ela. A trama do episódio foi bastante empolgante, e certamente todos os fãs da série estão bastante animados em ver um pouco mais do que o futuro reserva à Liv, Peter e companhia, nos 13 últimos episódios de Fringe. (Mariela Assmann)

The Good Wife - Another Ham Sandwich

#7
Série:
The Good Wife
Episódio: Another Ham Sandwich (3×14)

The Good Wife é conhecida por fazer episódios redondinhos, com boas atuações e bom roteiros. E tudo na terceira temporada aconteceu para convergir no episódio épico do julgamento de Will – o mais aguardado da temporada e provavelmente o melhor da série até agora. Os grandes vilões (Wendy e Dana) se deram muito mal, achando que derrubariam Will, que, na verdade, só tinha feito uma doação à Unicef por meio de um juiz. Achávamos que Kalinda estava realmente ajudando Dana, mas ela mostrou sua lealdade a Will, em uma das melhores cenas de toda a série. Foi uma boa jogada Will não ter invocado a quinta emenda, o que torna tudo muito mais prazeroso. E tivemos ainda o momento depoimento de Alicia diante do grande júri. Tinha certeza que Wendy iria fazer qualquer coisa para tentar provar que Will era corrupto, e que isto faria seu relacionamento com Alicia vir à tona. Os méritos do episódio não ficam só nos plot twists, mas em todas as deliciosas cenas do julgamento, em especial Alicia sendo confrontada por Wendy. (Marco C. Pontes)

Community - Digital Estate Planning

#6
Série:
Community
Episódio: Digital Estate Planning (3×20)

O combinado era escolher apenas um episódio de cada série. O que é especialmente um problema pra Community. Nenhuma outra série arriscou tanto nesta temporada e criou tantos episódios únicos e memoráveis como a comédia de Dan Harmon. Mas escolher um é preciso e o mais original, na minha opinião, é Digital Estate Planning. Nele Pierce e seus colegas de faculdade embarcar numa jornada dentro de um jogo de videogame, tendo como prêmio a herança de Pierce. O episódio é todo muito engraçado. Mas pra quem cresceu brincando horas e horas com um console de 8 bits, como um MSX, NES ou Master System, é muito mais do que isto. Televisão e videogame se unem e o resultado é um episódio antológico. (Paulo Serpa Antunes)

Mad Men - The Other Woman

#5
Série:
Mad Men
Episódio: The Other Woman (5×11)

Mad Men fez uma temporada bastante regular – e ótima – o que poderia tornar difícil destacar um único episódio. Mas Semi Chellas e Matthew Weiner escreveram um roteiro digno de Emmy. The Other Woman marcou a mudança na vida das principais mulheres de Mad Men, e consequentemente dos homens ao redor. Joan faz qualquer coisa para conseguir o que quer. É repugnante o modo como ela chega à sociedade de SCDP, mas mostra o seu caráter, para ela não importa como. Peggy também percebe que ela tem que mudar para poder crescer. Com uma linha temporal indefinida no início do episódio vemos a obstinação de uns poucos e o desespero de muitos. (Camila Telcontar, do Apaixonados por Séries)

Parks and Recreation - The Debate

#4
Série:
Parks and Recreation
Episódio: The Debate (4×20)

Parks and Recreation teve uma quarta temporada sólida, consistente, gerando grandes momentos cômicos em torno da candidatura de Leslie para o conselho municipal. E a temporada teve um ponto alto, o antepenúltimo episódio, The Debate, que coloca Leslie participando de um debate com o riquinho Bobby Newport (Paul Rudd, fantástico), um ativista ecológico, o dono de uma loja de armas e uma atriz pornô (que é quase um clone da Leslie). E ainda tem Andy reencenando filmes de ação, Chris tentando reatar com Ann, Tom com ciúmes e Ron Swanson fazendo gato de TV por assinatura. É um episódio que consegue fazer algo que na maioria das vezes Parks não consegue: ser engraçado o tempo todo, do início ao fim. E ainda tivemos um inspirador discurso de encerramento da Leslie. Já ganhou! (Paulo Serpa Antunes)

Homeland

#3
Série:
Homeland
Episódio: The Vest (1×11)

Em The Vest, penúltimo episódio da temporada de Homeland, não há mais espaço para as dúvidas que rondaram as 10 primeiras semanas da série – Carrie é capaz de fazer seu trabalho? Brody é mesmo um terrorista? Qual o plano de Abu Nazir? Agora as coisas estão claras, mas a única pessoa capaz de ver o quadro geral não tem credibilidade para fazê-lo. The Vest é o episódio de Homeland que tira as melhores performances no seu elenco: no terror nos olhos de Saul ao descobrir a condição médica de Carrie; nos sentimentos conflitantes de Brody, se reaproximando da família às vésperas de virar mártir; e especialmente no desequilíbrio de Carrie – numa atuação de luxo de Claire Danes, a melhor atriz em drama no ano. A série relevação de 2011 chegou ao seu auge. (Paulo Serpa Antunes)

Game of Thrones - Blackwater

#2
Série:
Game of Thrones
Episódio: Blackwater (2×09)

Impossível falar dos melhores episódios da última temporada e não citar Blackwater. A batalha da água negra foi filmada magistralmente e o episódio proporcionou um verdadeiro show de interpretação de Lena Headey e Peter Dinklage. E certamente um dos motivos por tanto alvoroço em torno de Blackwater – justificadíssimo, diga-se de passagem – foi o fato dele ter sido escrito por George R. R. Martin, o autor da saga literária que foi adaptada para a HBO por David Benioff e D. B. Weiss. O confronto entre Stannis Baratheon e os Lannister – mais especificamente contra o comandante anão GIGANTE Tyrion – foi realista e emocionante, razão pela qual chegou a ser considerada por boa parte da crítica especializada como a melhor batalha já filmada para a televisão. O episódio mudou o estilo da série, já que toda a ação ficou centrada na capital dos Sete Reinos, enquanto que em todos os outros dezenove episódios a ação se desenrolava em vários cenários diferentes. Certamente uma das melhores horas do ano na televisão, e disparado o melhor episódio de toda a série. (Mariela Assmann)

Breaking Bad - Face Off

#1
Série:
Breaking Bad
Episódio: Face Off (s04e13)

Durante quatro anos acompanhamos a jornada de Walter White, se afundando em mentiras, arriscando a vida e a família, se enredando no mundo do crime. Walter é um peão, habilidoso, mas um peão. Face Off é o episódio da virada, que transforma o peão em rei (do crime), a caça em caçador. Quando achávamos que não havia mais para onde ir, que Vince Gilligan não teria mais como nos surpreender… Bum! Uma explosão, um incêndio e o veneno extraído de uma flor encerram mais uma temporada empolgante de Breaking Bad, reafirmam o show como a grande série de culto da atualidade e nos entregam o melhor episódio do ano. (Paulo Serpa Antunes)

E então, você concorda ou discorda da nossa lista? Deixe seu comentário!

Confira também as outras partes do especial:
Os 30 melhores episódios das temporada 2011-2012: #30-21
Os 30 melhores episódios das temporada 2011-2012: #20-11

Séries citadas:

Os textos assinados pela Redaçao TeleSéries são textos de autoria coletiva ou notícias escritas por um redator anônimo, mas sempre revisadas com a máxima precisão jornalística.

6 Comments

  1. Cleide Pereira

    dos listados só vejo : TWD / Fringe / TGW / Homeland e GoT e só tenho a dizer que as escolhas foram as melhores … parabéns

    só uma nota : só a Carrie e a Patrícia Kogut sabiam que o Brody era realmente terrorista desde o começo da série pois eu mesma e acredito que uma leva enorme de seriamaníacos só tiveram certeza no episódio final … só falo isso :s

  2. Nêssa da Silva

    Perfeito, tem algumas que não engulo tipo Mad Men Mas as demais ,perfeitas , e principalmente Breaking Bad, com esse epis. de tirar o folego literamente….

  3. Paulo Serpa Antunes

    Dos episódios escolhidos pro Top 10 o único que eu trocaria é o de Walking Dead. O meu favorito ainda é o que encerra a primeira metade da temporada. Eu acho a cena do reencontro da Sophia muito mais dramática que toda a season finale.

  4. Vanessa Freitas

    eu sempre soube que o Brody era mesmo um terrorista, e olha que foi o primeiro seriado que eu assisti na vida! Agora to vendo Breaking Bad, mas super que eu pensava que era “o” seriado mas tô achando bem previsível. Homeland foi alucinante do início ao fim!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account