Log In

Reviews

Orphan Black – Knowledge of Causes, and Secret Motion of Things

Pin it
Série: Orphan Black
Episódio: Knowledge of Causes, and Secret Motion of Things
Número do Episódio: 2x07
Exibição no Canadá: 31/05/2014
100
5
2

Que série é essa? QUE SÉRIE É ESSA? QUE. SÉRIE. É. ESSA?

Não sei como começar essa review, já que ainda não consigo reagir “apropriadamente” à Knowledge of Causes, and Secret Motion of Things. O que foram aqueles minutos finais? Sarah se despedaçando por Cosima e Donnie sendo… Donnie! Cabeças explodindo. Literalmente. Mas antes de falar sobre esses 5 minutos finais, preciso falar sobre os cerca de 37 minutos que os antecederam. Tão brilhantes quanto.

Nessa semana observamos que as semelhanças entre a Mrs. S e Sarah são muitas. Paul está certo: foi da mãe adotiva que Sarah herdou essa vontade – e a habilidade – de “explodir” as coisas. Enquanto Sarah foi ver Kira – e resolver o probleminha de Alison na rehab -. Mrs. S foi dar um olá para Leekie e promoveu o encontro entre Rachel (que tem sentimentos, vejam só!) e o professor Duncan.

E nem todo mundo aguenta a pressão do Dia da Família… Ruir. Sério, será que existirá futuro para a família Hendrix depois de tudo que aconteceu nesse episódio? Eu sabia que Donnie é um tapado de marca maior, afinal de contas foram váááárias as reuniões do Clone Club na casa dele sem que ele percebesse nada de esquisito. Sem contar que ele foi torturado por Ali e humilhado publicamente por ela. Muitos de nós, fãs da série, achamos que ele aguentou tudo isso por ser parte do plano de Leekie. Só que não. Ele não sabia era de nada. A cara de enjôo dele ao presenciar Sarah e Alison lado a lado foi genial. E a cara de fúria dele depois de ouvir o discurso de Ali (que partiu meu coração em pedacinhos bem pequenos) dava dicas do que viria a seguir. Bom, pelo menos de uma parte da cena final da série. Mas falo disso depois.

Mas não foi só Ali e Donnie que movimentaram as coisas na rehab. Antes disso Ali, esperta que só, descobriu que Vic estava tramando com DeAngelis. Pena que ela descobriu isso tudo apenas depois de desabafar sobre a “negligência criminosa” com Aynslee. Sério, Ali? SÉRIO? Claro que Sarah teve que aparecer para falar com Vic e tentar evitar que a Alison fosse dividir a cela com as garotas de Orange is the New Black. Afinal de contas, já passou da hora de tirar a pedra que impede o rio do Vic de fluir. Só que Fee resolveu dar uma ajudinha e BAM. Gliter e sangue para todos os lados.

A sequência que envolveu Fee e Alison tentando esconder um desmaiadíssimo Vic enquanto Sarah tentava se passar por Ali (se passando por Donnie) foram muito divertidas. E deram mostras de que a produção de Orphan Black sabe muito bem o que faz, inserindo doses bem vindas de comédia dentro dos episódios, o que nos possibilita parar de roer as unhas e dar uma respirada ocasional.

Sarah ainda teve tempo (tudo ficou menos distante nesse episódio ou foi impressão minha?) de dormir com Cal e Kira e até mesmo de tomar o café da manhã com eles. E de voltar para ambos depois de toda ação na rehab. E foi nesse momento que caiu sobre ela a bomba da gravidade do estado de saúde de Cosima. Mas ainda não falei disso, então vamos para um “previously in Knowledge of Causes, and Secret Motion of Things”

Orphan Black - Knowledge of Causes, and Secret Motion of Things 2

… Delphine conseguiu o que queria ao esconder de Cosima a informação sobre a origem do material genético usado em seu tratamento. O procedimento médico de implantar “a cura” no útero de Cos foi realizada e as chances dela melhorar aumentaram. Mas na sequência Cosima descobriu tudo que Delphine escondeu dela (e descobrimos como o dente da Kira foi parar na Dyad) e nossos coraçõezinhos shippers foram partidos. Cos expulsou Delphine do laboratório e agora que fazer “crazy science” sozinha. Mas, eventualmente, ela acaba aceitando que Kira é a resposta para sua melhora e liga pra Sarah. Pronto. Podemos seguir com a review.

É claro que Sarah se desespera ao saber que Cos está morrendo. E Kira, espertinha, escuta a mãe falando sobre o dente e prontamente extrai um. Tem como não amar profundamente essa menina? <3 E é então que mãe e filha partem, juntas e sozinhas, para a jornada pró-Cosima. Mesmo que Cal tenha ficado bravinho, afinal de contas ele passou vários episódios fugindo da Dyad e agora Sarah vai levar Kira diretamente para eles. O que Cal não sabe é que é necessário. Então, go Sarah!

Cosima estava sofrendo por estar morrendo. Sarah estava sofrendo por Cosima estar morrendo. Alison estava sofrendo por estar na rehab e ver sua família ruindo. Não vimos a Helena no episódio, mas ela estar sofrendo, pois está com os Proletheans. Mas elas não eram as únicas que sofriam. Rachel – sim, pasmem, Rachel! – também sofria nesse momento. (E nós sofríamos por vê-las sofrendo, é óbvio).

Orphan Black - Knowledge of Causes, and Secret Motion of Things 3

Depois de 20 anos, Rachel reencontrou o pai, que julgava estar morto. E de quebra descobriu que Leekie, seu amado mentor, foi o responsável pelo “acidente” que vitimou sua mãe. É claro que ela não lidou bem com tudo isso. E sobrou para Leekie, que foi “traído” inclusive por Marion Bowles, a chefe badass da Dyad.

Ela chegou com tudo e bem que levou um papinho com o médico e falou sobre “controlar” Rachel. Mas no final das contas quem seria controlado seria o próprio Leekie, já que ele falhou em “neutralizar” a maior ameaça à Dyad: Sarah. Só que Rachel mostrou que além de ter um coração, há sentimentos nele, e deu a chance do seu mentor tentar sobreviver. O problema é que eles não contavam com a estupidez do Donnie.

Papai Hendrix buscava reparar o mal que Leekie fez à sua família. Desabafou, armado (espero que não seja uma das armas registradas da Alison), cobrando explicações do médico. E se demitiu. Mas ao bater a mão no volante, BAM. Miolos voando por todos os lados. COMO ASSIM, DONNIE?

Como Ali reagirá ao acontecimento. E, principalmente, como Rachel reagirá ao saber da morte do mentor? Será que Rachel vai sair do lado negro da força? E Helena, foi inseminada? As coisas ficarão realmente feias em Orphan Black. E isso tudo faltando 3 míseros episódios para o final da temporada. Como lidar?

tumblr_n6h8fcUM3G1s2nmgyo2_250

P.S.1: na cena entre Alison e Sarah a produção de Orphan Black foi tão ousada que colocou um espelho. UM ESPELHO REFLETINDO PERFEITAMENTE AS CLONES. E não dá nem pra perceber a câmera. Well done, Orphan Black.

P.S.2: Tatiana interpretando Sarah interpretando Alison interpretando Donnie. Well done, Orphan Black. [2]

P.S.3: R.I.P. Dr. Leekie (ah, vai… ele merece). Só espero que os conhecimentos dele não sejam necessários para salvar Cosima.

P.S.4: Paul está sempre indo para o lado que o vento sopra. Não consigo confiar nele. Mas também não consigo desconfiar dele de verdade. Damn me!

P.S.5: Bem vinda, Michelle Diva Forbes.

P.S.6: Volta, Helena. Sentimos saudade.

P.S. Eterno: Tatiana Maslany RAINHA!

Séries citadas:

Editora Chefe do TeleSéries, gasta boa parte da sua semana com séries. Sua estréia foi com ER, e atualmente assiste - entre várias outras - Grey's Anatomy, Game of Thrones, Suits, Castle e Rookie Blue. Ainda assim, arrumou um tempinho para maratonar Friends, The X Files e Chuck - pela qual se apaixonou, recente e irremediavelmente. Está saindo da crise de abstinência de Fringe graças à Orphan Black.

1 Comment

  1. pedroluiz02

    Realmenrte Mariela, no PS2 impecavel quando a Tatiana Maslany interpreta a Sarah imitando sua interpretação de Alison; que atriz sensacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account